AS MAIS
LIDAS!

11 Looks da Jessica Biel Por Aí

21/04/2018  •  Por Thereza  •  Celebridades, Estilo

Como “o cabelo mais bonito do mundo” não tem um post Por Aí” pra chamar de seu? Jessica Biel não só tem um belo cabelo, mas também é detentora de looks super charmosos, básicos, discretos, mas inspiradores. Separei seus últimos looks!

Looks Jessica Biel

Seu estilo favorito: um belo jeans, sapato discreto e um casacão mais estiloso. Como os looks são mais recentes, atentem pra inspiração mais invernal.

Looks Jessica Biel

Repare na mesma fórmula, um belo casaco, mas ainda com o twist do chapéu e óculos charmosos.

Looks Jessica Biel

Trench-coat caramelo, não tem como dar errado. E ainda um salve pra essa linda sandália de 3 tiras!

Looks Jessica Biel

Esse é meu look favorito da leva, com um bom truque de styling do cinto marcando a cintura e ainda um outro casacão por cima, ficou muito bonito, amei!

Looks Jessica Biel

Na febre da estampa príncipe de gales (falamos recentemente aqui), Biel também deixa sua versão charmosa, interessante e usável.

Looks Jessica Biel

A mesma calça e um look mais básico e discretinho, curti!

Looks Jessica Biel

Totalmente à paisana, mas ainda muito estilosa!

Looks Jessica Biel

Adorei o vestido e o cinto diferente marcando a cintura.

Looks Jessica Biel

Toda toda num estilo boho romântico

Looks Jessica Biel

Mais formalzinha e super patricinha numa aparição na tv

Looks Jessica Biel

Pra fechar, um look 100% casual com seu esposo. Jessica Biel é daquelas atrizes discretas, mas cheias de charme e com estilo que inspira de verdade. Curtem?!

Ronda da Semana: Apologia ao nazismo, gordofobia e divórcio

20/04/2018  •  Por Thereza  •  Moda, RDS

Tivemos uma semana intensa, cheia de assuntos e polêmicas, portanto, é hora de Ronda da Semana! Trago 3 assuntos que vocês já devem ter lido por aí, mas é importante estender o tema e debater por aqui, vamos lá?!

LANÇA PERFUME E APOLOGIA AO NAZISMO

Nessa semana foi divulgada a campanha de inverno da Lança Perfume e, pasmem, as roupas trazem referências ao uniforme militar alemão usado na 2ª Guerra Mundial e também à Cruz de Ferro (condecoração dos tempos de guerra e usada por oficiais do exército de Hitler). As referências vão muito além e sou incapaz de compartilhar todas as fotos de campanha e lookbook em questão.

Depois de receber milhares de críticas, a marca contou que a ideia era “transmitir uma mensagem plural e elevada sobre a capital alemã e sua história”. E ainda afirmou que a tal Cruz de Ferro não é um símbolo nazista, mas que tem origem anterior à guerra, e concluiu “repudiamos o nazismo e o fascismo em todas as suas dimensões”.

A nós, restam algumas reflexões: desenvolver uma coleção não é apenas encontrar um tema x, mas sim pesquisar a fundo sua história além da moda, especialmente numa questão tão densa quanto esse. E sobre a Cruz de Ferro, mesmo tendo origem anterior, seu uso foi disseminado na época da guerra, portanto, de forma alguma deve ser recuperada por conta do triste simbolismo que carrega. Por fim, dizer que é “apenas ignorância da marca” é basicamente relevar algo muito grave.

FLUVIA PRECISOU DESENHAR SEU PRÓPRIO VESTIDO

A modelo plus size, Fluvia Lacerda, contou que precisou desenhar seu vestido de gala porque ninguém quis fazer um pra ela. Pois é. Fluvia foi uma das convidadas do amfAR e revelou o absurdo em seu Instagram “Esse vestido foi um sonho meu, imaginado depois de tantas portas fechadas na tentativa de ser vestida por uma marca ou designer nacional. Nunca vesti uma peça de roupa com tanto orgulho!”.

Sabe essa onda de representatividade, empoderamento feminino, inclusão e etc? Na prática, para muitos isso é balela, pois as marcas seguem excludentes e segregadoras, euzinha mesma já vivi casos parecidos.

Parecer inclusiva e atenta é apenas um token para não ser criticada, mas no fundo mesmo é tudo pra lacrar nas redes sociais e nada mais, afinal, a grade vai até 42 e-olhe-lá. Espero que num futuro próximo isso seja menos exceção e mais regra. Enquanto isso, que valorizemos marcas reais e que coloquem o tal discurso bonito 100% em prática.

YAN ACIOLI NÃO É MAIS O STYLIST DA SABRINA SATO

Essa semana a apresentadora Sabrina Sato anunciou que Yan Acioli não é mais seu stylist, depois de 13 anos de uma parceria muito bem sucedida (quem assume o cargo é Pedro Salles). A foto acima foi a última profissional da dupla, com look YSL para o amfAR.

Já participei de um bate-papo com a dupla e ali a sinergia era perfeita, dava pra perceber a gratidão mútua e com certeza a moda teve muito peso na ascensão e história de Sabrina. Enquanto Yan entrava com altas doses de fashionismo e muita informação de moda, Sabrina segurava todo e qualquer look, pra mim um dos casamentos mais perfeitos da moda. Eles contam que a amizade continua, mas cada um seguirá um caminho profissional. Acredito que depois de uma era extravagante fashion, Sabrina seguirá um momento mais cool minimal. Façam suas apostas!

Bom fim de semana!

Empties: SkinCeuticals, Lancôme, Benefit, Armani e Kérastase!

19/04/2018  •  Por Thereza  •  Beleza, Compras

Empties (“vazios”), foi uma tag que surgiu anos atrás no Instagram e as pessoas, sejam blogueiros ou não, postavam seus produtos finalizados e o que isso significa? Sim, que é um produto que a gente aproveitou até o talo, tipo, valeu muito a pena, logo, recomendamos!

Em 2015 postei aqui sobre o movimento, que também ganha vida em posts de blogs e vídeos no youtube, e confesso que é a tag que mais assisto por aí. Como eu acho que dica boa, é dica de produto vazio, periodicamente farei um apanhado dos meus, ok?! Vamos começar!

Clarifying Clay Masque SkinCeuticals: Ama argila? Essa máscara é pra você! Resenhei ano passado nesse post aqui e agora, depois do fim, posso afirmar, é uma das máscaras de argila que mais gostei. Enquanto umas são muito agressivas (e repuxam até demais), essa é na medida, nem muito e nem pouco e ainda parece que a argila suga todas as impurezas, a pele fica uniforme e muito bonita. Teria de novo? Sim, com toda certeza, pena que não é das mais baratas (aqui tem por R$284), mas vale cada rico dinheirinho.

Rénergie Multi-Lift Lancôme: Creme riquíssimo e poderosíssimo, durante meses foi meu companheiro de cabeceira. Sua função oficial é “Para fazer o tempo parar e combater rugas e perda de firmeza, enquanto redefine o contorno facial, área por área”, eu tenho todas essas questões, exceto as rugas (ainda), então não sei se ele é um creme exatamente pra minha idade. Se você precisa de algo bem nesse estilo e gosta de gastar bem com cremes similares, a linha Rénergie é sempre sem erro, tem aqui dele.

POREfessional Benefit: Amor eterno, amor verdadeiro. Eu não consigo usar outro primer a não ser esse da Benefit. Eu uso há anos, é o que melhor se dá com a minha pele e é daqueles que quando não uso, a maquiagem não fica a mesma. Tipo de produto que corto pra aproveitar até a última gota (como se pode ver na foto). Ele é um dos itens básicos de make pra mim (tem aqui na Sephora por diversos tamanhos).

Armani Code Cashmere: Eu demoro muuuito pra terminar um perfume, simplesmente por sempre variar de fragrâncias no dia a dia (não sou aquela 100% fiel à uma só), mas esse Armani Code eu terminei num período recorde de 6 meses, foi O meu cheiro de 2017. Já teve post dele aqui, pra quem gosta da linha, essa versão Cashmere acho que supera os originais, é um pouco mais suave, mas ainda marcante e cheiroso demais rsrs. Tem de na The Beauty Box.

Kérastase Croma Captive: O meu condicionador do dia a dia dos últimos anos. Gosto muito da linha Croma Captive, pois ele mantêm a cor dos cabelos tingidos e ainda traz brilho, a máscara é uma das minhas favoritas, não costumo investir tanto em cremes por dia a dia, mas esse é uma extensão positiva e eficiente. Pra quem tem cabelo com cor, é uma excelente linha!

Espero que tenham gostado do #empties e voltamos a qualquer momento com mais produtos vazios (já estou super acumuladora pra outra leva e já foquei nos baratex)!

Página 1 de 2.19812345Última »