Quem é Gigi?
Postado por Thereza dia 27 de November de 2014 às 11:00 em Celebridades, Estilo

Nessas andanças bloguísticas, entre muitas figurinhas repetidas é sempre bom mudar de assunto e renovar os ares , certo? Como esse blog aqui _o/ gosta de falar de pessoas, taí uma que tá na crista da onda e na página popular do Instagram:

GIGI-HADID-MODELO

Gigi Hadid, nascida nascida Jelena Noura Hadid, tem 19 anos, é taurina (então é gente boníssima), sua mãe é uma modelo famosa dos anos 80, Yolanda Foster, e seu pai é palestino e corretor famo$o na California, onde nasceu e cresceu, mais precisamente em Malibu.

O que Gigi faz da vida? Gigi (adoro esse nome, vou ficar repetindo) faz sucesso! Mas como? Sabe a última September issue, quando Anna Wintour colocou uma chamada de destaque falando sobre #INSTAGIRLS? Gigi é dessa nova geração de modelos, que são modelos fulltime, seja no editorial praa revista ou pra fotinho no Insta.

Gigi é a típica garota da Califórnia, assim como sua amiga Kendall Jenner, tem mostrado pro mercado da moda essa nova safra de meninas muito descomplicadas e pouco inibidas.

Mas Gigi vai além! A menina não tem só ficado no metro quadrado do Insta e redondezas, ela faz um editorial atrás do outro, é queridinha de Carine Roitfeld e garota propaganda sabe de quem? Simplesmente Tom Ford. Tá bom pra vocês?

GIGI-HADID-QUEM-É-MODELO

Não tá? Gigi também é garota propaganda da Guess (aliás, foi a marca que a descobriu), já veio até aqui pro Brasil pra fazer a campanha da Lita Mortari. Além disso, figura entre uma capa de Sports Illustrated e calendário da Pirelli, é presença constante nos principais eventos e, é claro, intercalando tudo isso com várias doses de fotos no tal do Instagram (vale seguí-la @GigiHadid).

Outro dia foi chamada pela própria Vogue para “reproduzir” a primeira capa da revista sob o comando de Anna Wintour. Gigi é bem parecida com a modelo da capa de 1988 e tem essa pegada free-spirit, uma coisa quase girl next door, digo quase, porque nossa door precisaria ser na California :]

Gigi parece a tal menina simples, mas tem um je nes sais quois, algo encantador e surpreendente. Tem um rosto redondo expressivo, cabelo de surfista e corpo na medida. Pra celebrar seu ano de sucesso, recentemente entrou na prestigiada lista do models.com como uma das principais modelos do mundo (ah, sua amiga Kendall entrou também!).

Pra completar e pra gente ficar de olho, Gigi tem looks muito legais, não é à toa que está no nosso Look dessa Semana e chamou a atenção no último AMA’s.

ESTILO-GIGI-HADID

Nos looks casuais parece uma menina, sempre despojada, com jeito que tá nem aí e nem deve estar mesmo. Vai sempre com looks descomplicados e, porque não, personalizados com essa t-shirt Gg :)

Em eventos aposta na calça como companheira, seja skinny, de couro e até uma versão capri (pra não dizer pescando siri :D). E no tapete vermelho vai de barriga de fora e decotão, o cabelo natural e descomplicado só complementa sua pegada californian boho da nova geração.

Vocês já conheciam Gigi? O que acham do estilo dela? Vale ficar de olho!



5 comentários
Qual é o batom da Grazi Massafera?
Postado por Thereza dia 26 de November de 2014 às 13:48 em Beleza, Celebridades, Compras

Voltamos com uma edição extraordinário do #QualéoBatom! Dessa vez eu fui super arrobada na foto do Instagram da dita cuja e vejamos o batom e a boca envolvida!
QUAL-É-O-BATOM-GRAZI-MASSAFERA

Grazi Massafera! Ontem a musa foi na inauguração da Rosa Chá em SP e o look era legal, mas o batom… arrasou! Eu acompanhei o Insta dela e povo não parava de perguntar a procedência do tal batom. Acho que a marca de maquiagem ficou mais feliz que a marca de roupa hehe

Eu ia trazer pra cá a enquete de qual batom é esse, mas Grazi é MUITO legal e já compartilhou a id do precioso. Tomem nota: Batom Lime Crime na cor Utopia (make by Henrique Martins). Achei a cor muito linda e eu não tenho nada dessa marca, mas sempre ouço falar, alguém já usou e recomenda? Onde podemos comprar para reproduzir o look da Grazi? heheh :]

Agora muita gente achou parecido com o uber famoso Flat Out Fabulous da MAC aka Batom da Bruna! E por falar nela…

ESMALTE-BRUNA-MARQUEZINE

Bônus! Qual é o esmalte da Bruna? É da própria Bruna, by Ludurana! Ontem fui no almoço de lançamento da sua linha de esmalte e ela estava com esse azulzinho cor Acqua super verão, achei uma graça, assim como a Bruna (ela contou que é uma Kardashianática também!). O look era all NK Store e sandálias Animale.

O que acharam do batom & esmalte? Curtem esse momento Projac por aqui? Acho que essa semana ainda tem outro capilar :)



7 comentários
Esse não é mais um post sobre a Kim Kardashian.
Postado por Thereza dia 25 de November de 2014 às 11:31 em News

Já perdi a conta (mesmo!) de quantos posts fiz sobre a Kim Kardashian. Uns mais úteis, outros adoráveis encheções de linguiça, afinal sou fã mesmo e se fico 2 semanas sem postar sobre a família vocês me pedem, então sou obediente :)

Por aqui já compartilhei suas dicas de beleza (pros cabelos sedosos ou cílios poderosos), seus looks do dia, seus erros, acertos e até seus 2 casamentos. É um assunto que rende e ela ainda colabora estando sempre out-and-about por aí. Mas ao mesmo tempo, às vezes tento ver um outro lado, fazer uma análise quase comportamental da família e eventualmente convencer vocês por a+b+(k³) que o Kardashian Klã não é apenas um rostinho bonito.

E tipo já é 2015 e ainda tem gente que pergunta “o que essa família faz da vida?”.

Agora se tem um tema importante – e talvez o mais relevante – acerca da Kim é sua confiança (e antes que alguém diga, sim, às vezes um pouco exacerbada, outras vezes duvidosa). Kim é confiante, se mostra poderosa, mas também frágil (notamos o quanto ela sofreu durante sua gestação), Kim se mostra uma mulher real, ok, surreal às vezes. E, diferente de uma Beyoncé e sua perfeição quase inatingível, Kim é cheia de nuances, facetas, altos e baixos.

E depois da capa da Paper, uma capa me chamou muito mais atenção.

PRE-ORDER3-Kim-Kardashian-by-Jean-Baptiste-Mondino-January-cover-BLOG_SIZE

A Elle inglesa chamou Kim (em dose tripla) para sua capa de janeiro e nela escrito: Confidence (eu escreveria com K, mas ok :D) e é isso que Kim representa: Confiança. Não só a que ela tem, mas a que ela transmite pra muita gente (muita gente mesmo!).

Kimberly é aquela mulher dos dias de hoje que precisa constantemente provar alguma coisa, que derruba mitos e preconceitos, mas através de um ponto leva a tal confiança à milhares de mulheres: Kim tem bundão, qualdrizão e outros ãos que são um sopro de alívio para muitas mulheres que vivem à margem (ou reféns mesmo) da tal ditadura da magreza, de mulheres lindas e maravilhosas como Caras e Karlies, mas que são apenas modelos distantes, Kim é referência.

Kim quebrou um padrão há muito tempo vigente. E também conseguiu transformar a indústria da moda, e não digo isso pela sua Kardashian Kollection, mas através de estilistas como Balmain a Givenhy e todo e qualquer outro que queira vestí-la e, apesar da cintura fininha, entrar naquele quadril não deve ser num número 02 à venda na arara mais próxima. Aliás, parte desse assunto foi pauta no Ela, d’O Globo desse final de semana e só corrobora pra trazer Kim como referência de uma geração que muito sofre com referências e padrões limitados de beleza.

Já ouvi amiga falar – e que nem vive nesse meio bloguístico – o quanto se sentiu melhor depois de ver uma foto da Kim (ou da Khloe) toda confiante a bordo de um vestido mais justo que Deus. Já vi leitora me escrever a mesma história, o quanto Kim a representa, o quanto é inspiração na hora de montar um look, até mesmo na hora de pirar no fashionismo, sem medo de ser feliz. O fato dela “errar” nas escolhas de roupas, apenas a humaniza mais ainda, e isso é bem legal.

Dentre os outros fatores – entretenimento! – admiro Kim por isso também. Acho válido termos uma mulher muito famosa que mesmo com toda sua dita confiança, às vezes não se leva a sério e não tá nem aí se “pode ou não pode” vestir calça de couro ou vestido de vinil, ela vai lá, veste e fim, doa a quem doer e tá doendo em muita gente.

Vivemos tanto tempo na era das supermodels, na era da super magreza, que hoje em dia a era da super Kim é apenas um respiro essencial pra esse mundo louco que vivemos. E como a própria revista diz, ter 70 milhões de seguidores provavelmente apenas engrossa o coro da sua força. Esse post pode parecer devaneio de uma ~kardashianática~ mas acho que de fato o fator Kim toca em muita gente, mesmo até que de forma involuntária.

Kim gera um debate e Kim gera uma reflexão. Que me desculpe quem não acha, mas eu vejo muito mais por trás da dita ‘superficialidade’. Pra mim (e pra muitas!), Kim inspira, Kim levanta a autoestima de muitas mulheres, mas, principalmente, Kim levanta o tal do debate.

Pra mim ela é mais que uma “personalidade da mídia”, pra mim ela é uma mulher de fato poderosa e com sua voz (e sim, bunda!) atinge muitas mulheres e suas – antes veladas – inseguranças. Kim subverteu esse meio da sociedade à sua maneira, de forma tortuosa diga-se de passagem, mas penso que o resultado pode ser encarado pelo lado positivo, por que não?  Kim, te acho admirável e consigo te ver além!

E se for pra fazer uma limonada desse limão, que seja dessa maneira



61 comentários


Página 1 de 1,43312345Última »