O rebranding de Swarovski

23/06/2021  •  Por Thereza  •  Acessórios, Moda

Se você acompanha as fashionistas gringas musas do streestyle desde a década passada, com certeza conhece a italiana Giovanna Battaglia Engelbert. Ela é uma das minhas pessoas da moda favoritas. É elegante, divertida, tem aquele espírito festivo e ousado italiano, mistura cores, estampas, modelagens tudo com a mesma naturalidade com a qual eu visto meu pijama de mescla da Renner.

E Giovanna não é apenas “profissão fashionista”, ela já deu expediente com como editora de moda da Vogue Japão e L’Uomo – ao lado da sua Bff, Anna dela Russo – e também sempre trabalhou como consultora de moda para marcas que vão de Dior a Lacoste. Dado o proeminente currículo, no último ano Gio  deu um passo importante na sua carreira.

A italiana assumiu, em plena pandemia, o cargo de diretoria criativa global na austríaca Swarovskia primeira da marca em 125 anos de existência. Sua premissa inicial é transformar cristais em algo cool, moderno e divertido, feito ela.

E a mudança de percepção não será apenas nos acessórios de moda, o envolvimento de Gio é total e também em todo o portfólio de decoração da marca, que vai de taças a lustres, tudo agora com a criatividade e chancela de Giovanna.

swarovski giovanna

Depois de um ano no cargo, recentemente saíram as fotos da 1a campanha e tenho algo a dizer: uau, achei o rebranding incrível. Eu sempre tive uma visão mais, digamos, tradicionalista da marca, nunca tive um desejo latente (ok, tenho uma caneta deles que eu amo) ou uma relação aspiracional como tenho com algumas joalherias, mas a roupagem que Gio está dando já me abriu os olhos.

Segundo ela, “Swarovski não é apenas uma marca, mas é uma plataforma para expressar a criatividade de uma forma muito interdisciplinar. Tenho paixão pelo alegre “Embellishment of Life” (enfeite da vida, que é o slogan da marca), que é definitivamente o que tem tudo a ver com o cristal Swarovski e o que a marca quer transmitir, seja no seu pescoço, em sua casa ou em seu espírito.”

Para a primeira campanha, Gio contou que quis (re)começar com o básico do básico, revirar os arquivos da marca centenária, focar em cores e geometria e aliar a facilidade e privilégio de trabalhar com uma marca que detém seu próprio material, o cristal, no caso!

 

Esse movimento da Giovanna tem se tornado mais comum entre fashionistas e artistas em geral que tem ganhado cargos de comando – sempre no lado criativo – em grandes marcas. Muitos deles acabam tendo um envolvimento mais superficial e funcionam mais como embaixadores, mas o caso dela é integral e dá pra ver pela mudança de posicionamento de uma marca histórica. 

E o legal da Swarovski é que existem muitas peças acessíveis e, ao menos lá fora, os preços dessa nova era ficarão entre U$49 até U$1790. Aqui no br o site já mostra algumas das peças e vale abrir os olhos pra essa nova era!

A volta da bolsa de nylon da Prada

02/11/2020  •  Por Thereza  •  Acessórios

O saudosismo, ele bate na porta de todo mundo! E com a Prada não foi diferente, na realidade, a marca adora reeditar clássico não tãão antigos assim (lembra há 2 anos com a volta da sandália foguinho?).

Pois bem, a marca trouxe de volta sua bolsa de nylon sensação entre 2000 2005 e com um upgrade de uma bolsa acoplada (para airpods!), o modelo se chama Re-Edition e já tem fortes entusiastas.

bolsa nylon prada

Kylie Jenner é uma que já foi vista e revista com o modelo na versão bege a tiracolo. E, internet afora, é possível também encontrar a versão básica do modelo clássico do início do milênio! Pra quem gosta da era Paris Hilton & cia, isso é nostalgia pura.

bolsa nylon prada

Ano passado falei de um outro modelo sensação, dessa vez da Louis Vuitton, que resgata esse ideal de multibolsas, a grandona e a pequenininha, agora a Prada vem com sua versão simples, mas muito certeira, afinal já é hit e muito por conta do preço “em conta”, o modelo básico está na faixa de U$725!

Será que marcas brasileiras vão criar suas versões de multibags e de nylon?!

Bolsas pequenas e quadradas

05/10/2020  •  Por Thereza  •  Acessórios

Foi-se o tempo – mesmo – que Victoria Beckham e cia ostentavam aquela giga bolsa que cabia até a mãe, 2 cachorros e um lanche dentro, hoje em dia as bolsas estão cada vez mais diminutas!

E foco nesses 3 lançamentos que são as grandes apostas das respectivas marcas pra essa nova temporada (pra eles o ano meio que começa em setembro). Repare, as 3 tem um shape parecido, são compactas e com logo discreto!

Em maio, em meio à pandemia e quarentena, a Louis Vuitton fez um lançamento ousado, colocou dúzias de atrizes e influencers pra andar com sua PONT 9 por aí, na época repercutiu de forma um pouco polêmica, mas a bolsa veio pra ficar.

O nome Pont 9 é uma homenagem à ponte mais antiga de Paris, chamada Pont Neuf, que atravessa o Rio Sena e fica justamente em frente à matriz da maison francesa.

Acho muito interessante a LV estar querendo variar cada vez mais do seu monograma clássico e tentando novos estilos e formatos. o modelo em questão aqui no Brasil está na faixa de R$18.500 beijoseboatarde

Em julho foi a vez da Dior lançar seu novo modelo chamado BOBBY, criado por Maria Grazia Chiuri, o nome é uma homenagem ao cachorro de Christian Dior, cujo nome batizou diversos outros looks da marca ao longo de décadas.

O modelo é mais um aceno da marca ao público mais jovem, já o preço é bem adulto, lá fora não sai por menos de 3200 euros, o que convertendo aqui oo Brasil custa uns 2 milhões?

Por fim, e minha marca favorita no quesito bolsa, a YSL lançou recentemente o modelo SOLFORINO, que segue essa onda de bolsas compactas e discretas. O modelo lá fora sai à partir de 1900 euros.

Partindo pra vida um pouco mais real, vale a pena ficar também de olho em versões tropicalizadas de bolsas compactas e utilitárias feito essas.