Creepy dress, a tendência da vez é meio esquisita!(?)

05/03/2020  •  Por Thereza  •  Tendência

Bom, creepy dress sou eu que estou chamando, mas com todo o respeito! Na realidade, o modelo de vestido é mais chamado de baby doll dress, nesse caso com o twist das mangas bufantes, meio largão e geralmente num tecido semi armado de algodão, tricoline e popeline. A cor pode ser branca branquinha ou com estampa mini floral, o ideal abaixo está na moda, mas explico o motivo pelo qual o chamo de creepy (assustador).

As fotos acima são da campanha mais recente da Zara e, honestamente, me lembra vestido de criança. E criança grande, aquela criança de filme de antigamente, sei lá. Postei no Twitter meu legítimo incômodo com o vestido e logo endereçaram a razão:

Chaves, mais precisamente Chiquinha e Popis, e Castelo Rá Tim Bum. O modelo de vestido me lembra adulto fantasiado de criança, sabe?! Rindo, mas preocupada! É um pouco bizarro e ainda com um quê fascinante, afinal, quem inventou essa moda? Ok, parece até confortável, fresquinho, mas é também meio complexo ao se analisar profundamente.

creepy dress

Não sei se curto essa infantilização da moda, ma ela está por todos os lados e acho que vai ser uma das apostas de 2020. Seja o modelo de algodão, babados, drapeados, bufante e romântico, tem um quê girlie e com muitas adeptas pelas redes sociais, só jogar baby doll puff sleeves dress no Pinterest e encontrar uma geração de mulheres na pegada teen.

Semana passada a atriz Sophie Turner usou um modelo clássico do creepy dress, acho que o dela ficou mais “temático” ainda porque ela colocou uma bolsa de… pelúcias! Já no streetstyle, a onda segue um pouco discreta, mas com styling mais possível.

Longe de mim falar mal de uma tendência e, apesar de achar bizarro sim, creio que um vestido nessa pegada pode funcionar bem com um contraponto mais cool ou masculino. Um sapato mais pesado, acessórios menos girlie, enfim, uma estética que se distancie ao máximo desse ideal adulta vestida de criança.

Tendência: correntes e mais correntes!

10/09/2019  •  Por Thereza  •  Acessórios

Pode entrar, rappers! Se a gente fala daqueles colares gigantes e pesados de correntes, de quem a gente lembra? Sim dos rappers na mais pura ostentação, mas parece que o jogo virou e as peças andam cada vez mais delicadas, mas ainda como aquele impacto necessário.

Na realidade, os colares de correntinhas são comuns e muitos deles atemporais, mas dessa vez tenho visto mais das versões grossas e ainda aqueles que misturam tamanhos e outros tipos de colares e correntes.

CORRENTES CHAIN

Amo uma neck party! Admiro quem consegue usar sem emaranhar tudo, mas olha como fica bonito a mistura de correntes com colares delicadinhos, até mesmo pérolas e os mais variados pingentes. Gosto também quando ele fecha numa blusa com decote mais fechado, mas também num belo decote.

CORRENTES CHAIN

Acha que as correntes andam só no pescoço? Que nada, elas invadiram as calças, tal qual a tendência da década retrasada! A I.AM.GIA é uma marca super descolada e esse modelo de calça cargo tem sido a sensação entre famosas. Kourtney Kardashian, Bella Hadid e grande elenco endossam a onda e colocam suas correntes pra jogo.

CORRENTES CHAIN

Agora não precisa ser versão grifada, mas só colocar uma corrente, prender na calça e pronta pro jogo. A microtendência tem sido vista entre as mais descoladas, seja do look esportivo à calça social, fica a dica pra colocar a onda em prática, usariam?!

Tendência da vez: multianéis de rapper!

11/06/2019  •  Por Thereza  •  Acessórios

Talvez não seja uma tendência, mas uma microtrend, que são aquelas pequenas grandes tendências que não necessariamente estão espalhadas pelas grandes lojas ou são desejo de geral, inclusive, geralmente são minhas favoritas. E eu ando doida por essa onda Signet rings, já viu por aí?!

ANEL ANÉIS

Do que se trata? Lá fora eles chamam de Signet rings, traduzindo, anéis de sinete: geralmente um anel quadrado com alguma gravação em relevo, seja uma figura ou as iniciais de quem o usa. Mas eu gosto de chamar de anéis de rapper (ok, alguns também pode chamar de anel de bicheiro, pois é!).

Pois não é só um ou outro, geralmente tem muitos anéis nas mãos, em sua maioria quadradões, dourados, brilhosos, assim bem grandões. PIMP BLING RING. Observe:

ANEL ANÉIS

E não é que a onda chegou (na realidade, voltou) entre as mais fashionistas? O modelo ostentação tem sido um bom contraponto ao estilo mais minimalista e também nessa pegada noventista de looks mais descomplicados, mas já viu os dedos??

ANEL ANÉIS

Dúzias de anéis! Lógico que as fotos acima são meramente conceito, mas dá pra gente ter uma ideia que os anéis são dos mais variados, desde que eles sejam grandes, chamativos e que tenham companhia.

Acho que é super possível entrar na tendência de forma razoável, roubando uns anéis da mãe, fazendo um garimpo num brechó (ou na Forever mesmo) e variar um pouco. Que tal, usariam?!

Página 1 de 6212345Última »