Netflix: 7 documentários sobre autoconhecimento

02/11/2018  •  Por Thereza  •  Saúde, tv

O feriado taí e o que nos resta? Sim, viver a vida aproveitar com que a gente ama, mas também sabemos que a Netflix é nossa melhor amiga quando o assunto é um bom filme, seriado… ou documentário na nossa semana especial pra desanuviar as ideias!

Aproveitando essa temporada temática do bem-estar (se perdeu algum post, clica aqui!), trago 7 documentários sobre esse mundo zen. De coach motivacional a yoga, passando por significado de felicidade e ressignificado da vida!

netflix documentário

MINIMALISMO

“Pessoas que acreditam que bens materiais não trazem felicidade são entrevistadas neste documentário que aborda a questão: menos é mais?”, um dos meus documentários favoritos da Netflix! Te faz ter uma outra perspectiva sobre o que realmente importa, tipo ter controle sobre a sua própria vida e buscar mais um propósito e menos coisas materiais. Simplesmente assista e me conte depois!

netflix documentário

CAMINHE COMIGO

“Na França, uma comunidade de monges liderada pelo mestre zen budista Thich Nhat Hanh se abre para mostrar a prática da atenção plena e a vida monástica”, a atenção plena no caso é o Mindfulness, uma técnica de respiração e foco no momento presente que já falamos dela algumas vezes aqui. Eu descobri esse documentário (narrado por nada menos que Benedict Cumberbatch) essa semana e já quero assistir.

netflix documentário

HAPPY – FELIZ

“Embarque em uma jornada pelos pântanos da Louisiana às favelas de Calcutá em busca do segredo da verdadeira felicidade”, o documentário não só conta histórias e trajetórias de vida em busca da felicidade, mas traz reflexões e fontes científicas sobre o tema. De um estudo de universidade até uma história de vida, é uma busca pelo segredo da felicidade numa viagem por vários países, culturas e etnias.

netflix documentário

TONY ROBBINS – EU NÃO SOU SEU GURU

“Os clientes são fãs incondicionais das técnicas de coaching nada ortodoxas de Tony Robbins. Conheça os bastidores do megaevento anual que atrai milhares de participantes”, acho que muita gente já ouviu falar no Tony Robbins, um coach motivacional que mais parece um superstar.

Ele atende famosos de Oprah a Lebron James, passando por todo e qualquer anônimo disposto a pagar uma pequena fortuna em busca de um ressignificado da vida. Esse documentário sobre ele e um de seus megaeventos é visceral e muito interessante.

netflix documentário

HUMANO – UMA VIAGEM PELA VIDA

Sabe a palavra empatia? Pois bem, esse documentário é um pouco a síntese disso, “mais de 2 mil pessoas de diversas idades e etnias refletem sobre suas experiências e sobre o que faz de nós humanos”. A fotografia do filme é incrível e a curadoria das histórias nos faz refletir.

netflix documentário

YOGA – ARQUITETURA DA PAZ

“Baseado no livro homônimo do fotógrafo Michael O’Neill, este documentário mostra a jornada dele pelo universo da ioga durante 10 anos”, esse docu mostra a jornada do fotógrafo no mundo da yoga ao tentar curar uma lesão que poderia acabar com sua carreira. Segundo Michael, “apenas o ato de procurar alternativas já traz ganhos essenciais“, ele ainda fala que a busca por válvulas de escape externas ajuda a enfrentar buscar obstáculos. É um filme com uma lição de força e resiliência.

netflix documentário

FOOTPRINT – THE PATH OF YOUR LIFE

“Acompanha a viagem de 10 homens pelo Caminho de Santiago, uma jornada de 800 quilômetros e 40 dias a pé que desafia a força e a fé do grupo”, o documentário mostra as orações por todo o longo caminho, tem experiências  de fé, amizade e perseverança. É uma forma de viajar junto e de como o caminho pode ajudar no seu desenvolvimento pessoal e inspirar um novo olhar sobre o mundo.

Espero que tenham curtido a seleção, caso tenham alguma sugestão similar, compartilha com a gente!

4 programas na Netflix pra quem ama decoração e arquitetura

07/09/2018  •  Por Thereza  •  tv

Eu sou uma apaixonada por programa de decoração e não apenas por conta do meu ex ofício de arquiteta, mas também porque sou uma eterna curiosa, adoro reparar (positivamente) na casa dos outros, ver detalhes, analisar a planta, revestimento e soluções, enfim, esse é o meu maior prazer!

Eu era viciada no saudoso “Minha Casa, Sua Casa” que passava no também saudoso canal People + Arts, quem lembra? Os vizinhos reformando a casa do outro, com um budget generoso e o tempo limitado, isso era bom demais! Hoje em dia amo os programas do GNT (Decora, vem na minha casa!), mas a Netflix também tem se destacado no assunto. Daí pra aproveitar o feriado, listei 3 programas de decoração que assisti recentemente e amei!

REFORME NA BAIXA, FATURE NA ALTA

A tradução ficou meio nada a ver pro “Stay Here”, novo programa da Netflix com uma sacada muito boa, “A designer Genevieve Gorder e o especialista em mercado imobiliário Peter Lorimer mostram como transformar imóveis para aluguel de temporada em uma grande fonte de renda”. 

Eles basicamente pegam imóveis do Airbnb que não estão faturando muito – especialmente por ter uma decor precária, analisam o mercado e fazem uma MEGA transformação! Não é de um quarto ou sala, eles já mudaram um barco que funciona como residência em Seattle, um pequeno prédio no Brooklyn e até um chateau numa região vinícola na Califórnia.

A ideia é muito boa pois mescla decoração com a parte mais business de aluguéis de imóveis em tempos de Airbnb. Os apresentadores são muito carismáticos e entrosados (depois eu fuxiquei todo o insta da Genevieve) e você ainda tem vontade de se hospedar em cada um dos imóveis. E gosto é que o seriado tem 30 minutos e você faz um binge watch decorativo!

programa decoração netflix

AS CASAS MAIS EXTRAORDINÁRIAS DO MUNDO

Esse programa é pros amantes de decoração, arquitetura e muita ostentação, o  premiado arquiteto Piers Taylor e a atriz apaixonada por arquitetura Caroline Quentin rodam o mundo visitando lares nada convencionais”! E você sonha e viaja junto, as imagens são de tirar o fôlego e é prato cheio pra quem gosta de arquitetura.

O programa tem duração de 1 hora e é dividido em Montanha, Floresta, Litoral e Subterrâneo. Menção honrosa pra mansão feita pelo arquiteto David Hertz com peças de um Boeing 747 encontradas num cemitério de aviões no deserto de Mojave. Falando assim parece louco, mas o resultado é ESPETACULAR!

programa decoração netflix

GRAND DESIGNS

Não é arquiteto, mas é apaixonado pela profissão? Bom, a ideia do Grand Designs é mais ou menos assim, compartilhar projetos incríveis criados por não-arquitetos, “O apresentador Kevin McCloud mostra pessoas que constroem suas próprias casas, acompanhando cada passo desses ambiciosos projetos”.

O programa é um dos mais longevos no quesito na Inglaterra – que, diga-se de passagem, ama o assunto, foi lançado em 1999, mas aqui na Netflix só tem uma temporada e vale muito assistir!

programa decoração netflix

INCRÍVEIS POR DENTRO

Sabe quando você não dá nada pra uma casa e por dentro… UAU? Pois bem, essa é a ideia do Incríveis por dentro, revelar o lado mais exótico – e muitas vezes insólito – de várias casas pelo mundo! “Conheça pessoas excêntricas cujas casas são uma caixinha de surpresas. Tudo está valendo, desde montanha-russa no quintal a um aquário de proporções gigantescas”.

O programa é super interessante e prova que a gente não pode julgar uma moradia pela sua fachada. Gosto que os episódios são de 30 minutos, super rápidos e você conhece várias casas de uma vez só!

Espero que tenham gostado da minha seleção, tem muito programa sobre o tema que amo e guardeis outros pra um próximo post! Se você tem alguma sugestão, conta pra gente!

 

Dica de série: The Good Place

17/08/2018  •  Por Thereza  •  tv

Tenho assistido muitas séries novas e pretendo trazer minhas favoritas pra cá e inicio com essa, que mal comecei e já gostei pacas! Zapeando pela Netflix, me deparei com The Good Place, nunca tinha ouvido falar, mas duas coisas me levaram a apertar o play: Kristen Bell e 20 minutos.

Eu adoro a atriz e adoro seriados rápidos de comédia, sem muita tensão ou firula, logo, presumi que TGP era isso. Vamos à sinopse, “depois de morrer, a egocêntrica – e sem compaixão – Eleanor é enviada por engano ao lado bom do Além. Agora ela está determinada a se tornar uma pessoa melhor para continuar lá, sem antes passar por muitos apuros.”.

Parece louco? Talvez até seja. Fantasioso? Escapista? Surreal? Mais ou menos isso. Bom, assisti 1, 2, 3, 4 episódios numa tacada só e tudo ao lado do Rodrigo, que tem um perfil de série bem diferente do meu, mas estava igualmente conectado com Eleanor Shellstrop e sua turma.

Daí depois conversei com algumas pessoas sobre o seriado e umas falaram que era tosco, nonsense e outras que pararam no meio. Logo pensei, ok né, sou meio tosca mesmo e meus gostos são peculiares rs. Mas aí eu postei no Stories e pra que? Chuva de fãs de The Good Place que até reconhecem a nonsensice, mas acham o seriado imperdível, obrigada!

Algumas palavras resumem essa série: é genial, ousada, despretensiosa, inteligente, nos faz refletir e, ok, é nonsense sim (até porque não temos noção de como é – e se existe de fato – o “lugar bom”).

Uma mulher vivendo na vida após a morte, com um cenário “perfeito”, diálogos filosóficos, humor ácido e crítico, dilemas existenciais, se eu te falasse que esse roteiro existe, provavelmente você acharia de fato tosco, mas te juro que não é!

Gosto muito que o texto é inteligente, os diálogos são muito divertido, tem sacadas atuais e do mundo “de cá” e a melhor parte, o elenco é excepcional! Kristen Bell, Ted Danson (aka 3 solteirões e 1 bebê) e ainda new faces carismáticas, aliás, menção honrosa pro casting, composto por negros, latinos, asiáticos, tem de tudo, como deve ser.

Eu estou ainda no começo da 2a temporada (a 3a estreia mês que vem), gostei do twist do fim de temporada e a contar pelo fator cronológico, é um seriado que pode durar a vida toda rsrs. É leve, mas até nos faz refletir (Rodrigo já teve uns 3 sonhos sobre vida após a morte) sobre ser bom ou mau e o que a gente leva dessa vida.

Não ache que por ser um seriado sobre “vida após a morte”, fala-se de religião, muito pelo contrário e o tema nem aparece, mas é o humor e situações absurdas que levam o seriado pra tal da genialidade e um estilo nunca antes visto nas comédia.

Vida longa a The Good Place, amém!

Página 1 de 1312345Última »