AS MAIS
LIDAS!

Nada é brega para sempre

03/08/2020  •  Por Thereza  •  Acessórios, Pense

Um título como esse nem precisaria de texto, ele já é autoexplicativo, mas eu explico. Outro dia estava lendo uma thread legal no Twitter falando sobre moda e sapatilhas e uma das envolvidas (eu perdi o tweet específico) falou, “Nada é brega para sempre” e eu gritei – em pensamento: SIM!

Sim diante da máxima, mas não diante do outro comentário, sapatilha não é brega e, vocês sabem, tenho aversão à essas palavras como brega ou cafona. Dito isso, é preciso explicar a fobia recente à sapatilha, pois para uns ela virou símbolo da “””cafonice””” como a pochete dos anos 90: moda não é linear, moda é circular, tudo que vai… volta, fique tranquila – ou preocupada.

A sapatilha em si tem uma questão específica, no início da última década viveu O AUGE do conforto, charme, fofurice e ainda ostentação (vide a famigerada sapatilha bicolor Chanel). Todo lugar era sapatilha, generalizou, banalizou… e bateu de frente – ou seria de bico?? – com o que eu gosto de chamar de item fashion do milênio, o tênis!

Veja a timeline, o auge das sapatilhas veio com o surgimento do tênis, não do tênis cotidiano que a gente usava pra escola ou pra academia (??), mas o tênis com caráter fashion, ousado, disruptivo, que abandonou a característica esportiva e se tornou fashionista, jovem, fresco e muito confortável.

A sapatilha é uma gracinha, tenho várias, mas de fato perdeu espaço pra era do tênis (e de alguns outros modelos de calçados que ascenderam nos último anos, vide mules, espadrilles e outros), então sumida sim, mas brega, jamais. E pra completar, e vale resgatar esse post aqui de 2017, sapatilha é confortável, mas não é lá, digamos, muito saudável.

Bom, pelo menos foi isso que meu ortopedista disse pra mim depois de ter um problema do calcanhar e ele me incentivar a EVITAR (não abadonar) o uso de sapatilha por saltos de pelo menos 2cm ou… tênis.

Outro dia postei na #RondadaFW um desfile lindo e com várias sapatilhas lindas e questionei “seria o retorno das sapatilhas?” e recebi um ou outro recado, “pra onde elas foram? nunca deixei de usá-las!”, bom, nem eu, mas a moda vai além do nosso guarda-roupa pessoal e vivemos eras que duram um semestre (por exemplo, o neon) ou alguns anos (como o linho que parece que voltou forte e em definitivo). O que está no nosso armário é imutável, é nosso e graças a Deus podemos comprar de forma mais consciente, mas as passarelas ditam novos movimentos, logo, veremos mais ou menos disso nas vitrines e araras.

Outro exemplo bem real, há uns 3 ou 4 anos, vimos muitas blusas ombro a ombro e ciganinhas por aí, agora vai encontrar nas lojas? Difícil. Elas sumiram 100%? Lógico que não, mas “cedem” espaço para outros movimentos e tendências. O mesmo podemos dizer do momento atual da estampa de oncinha que há 2 anos vem forte e espalhada por aí, em breve ela provavelmente tirará um período sabático, não pra gente, mas para as lojas!

E para o próximo ano, aposto no retorno triufante das rendas que, por muito tempo, passaram descansando para que tecidos mais minimais (como o cetim ou linho) brilhassem mais, mas isso será pauta para um próximo post. E um belo dia podemos falar isso das sapatilhas, elas não se tornaram bregas, aliás, desconfie de quem usa essa palavra que pra mim tem um caráter mais autoritário do que indicador de moda.

E todo esse resumo é pra explicar que a moda é cíclica e a frase do texto é definitiva: nada é brega para sempre. Por mim, poderia dizer que nada é brega e que talvez tenha sim seus altos e baixos, mas nada é eternamente brega, pelo contrário, já dizia o saudoso poeta contemporâneo, Alexandre Magno Abrão, “dias de luta, dias de glória”.

O legal da moda é isso, se até pouco tempo atrás olhávamos torto para pochete ou calça de moletom, hoje elas são itens fashion e de conforto, o mesmo podemos dizer das sapatilhas, se agora estão mais sumidas, um dia elas voltam e bom da gente que podemos experienciar os ciclos da moda e nos mantermos atentas pro entendimento dessa adorável engrenagem!




Deixe seu comentário!
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

14 Comentários
  1. Avatar
    Geovana - 04/08/20 - 11h46

    Eu moro no interior e por aqui sapatilha nunca saiu de moda haha. Talvez por a maioria não ser suuuuuper fashionista, todo mundo usa pra trabalhar, dar uma volta, encontrar com os amigos.
    Quando adolescente eu gostava daquelas bem bonequinhas, agora já prefiro as minimalistas.
    Mas sempre se manteve no meu armário, só que atualizada! Haha
    Pra mim, sapatilha é um clássico!

    Responder
  2. Avatar
    Gabriela - 04/08/20 - 13h31

    Esses sapatinhos da última foto eu acharia horríveis há uns dois anos, hoje acho lindos kkk continuo usando sapatilha principalmente para trabalhar (preciso estar social, então é o único além do salto que da pra usar), mas até os modelos que uso hoje são diferentes dos que usava no passado

    Responder
  3. Avatar
    Helô Prado - 04/08/20 - 14h20

    Eu amava sapatilha! Tinha várias há uns anos, mas foi me dando muita dor no calcanhar e acabei doando. Em questão de estilo, comecei a gostar mais daqueles tênis de enfiar o pé, acho que chama slip on, a delicadeza da sapatilha não combinou mais comigo, mas foi só isso. Tbm não curto muito quem fala de forma autoritária de moda, porque aí a pessoa não tá falando do seu gosto e sim classificando aquilo como regra, ne? No mais, acho legal essas indas e vindas das tendências. rs Beijo!

    Responder
  4. Avatar
    Luísa Moura - 04/08/20 - 15h09

    Gostei demais desse post, the! Eu sou dessas que compra uma coisa e usa aaanos independentemente das indas e vindas da moda kkk

    Responder
  5. Avatar
    Luiza - 04/08/20 - 15h39

    The, amei esse texto! Concordo com tudo! A moda é muito cíclica, e achei que a frase, nada é brega pra sempre perfeita! Também não gosto mto do uso da palavra brega, prefiro simplesmente saber que existe a moda e o nosso gosto pessoal, e as vezes vão coincidir, as vezes não, e tudo bem! Tem coisas que acho muito feias, na moda ou não, e é isso, meu gosto, e que tbm pode mudar né, kkkkk

    Responder
  6. Avatar
    Fernanda - 04/08/20 - 15h51

    Theee! Amei o post! No início do ano eu postei uma foto de sapatilha nos stories com
    O texto “MAKE SAPATILHAS COOL AGAIN” kkkkkk e fui massacrada
    To aqui fazendo minha parte aguardando esse retorno fashionista

    Responder
  7. Avatar
    Suzane Bahde - 04/08/20 - 16h00

    Coisa número 1: eu tô doida atrás de um saltinho desse da terceira foto, bicolor! Preciso encontrar em alguma loja! hehe

    Coisas 2 ou mais:

    Eu era do time sapatilha forever! Ficava confortável e bonitinha pra trabalhar (sou professora e há 10 anos o tênis só me fazia parecer aluna da escola hahah), mas depois de um tempo o calcanhar começou a me castigar e o médico pediu a mesma coisa q o seu: ou tênis (o meu pediu q fosse tênis de academia, socorro) ou saltinho. Como o saltinho não dava, pq trabalhar com criança + salto não é uma combinação muito boa… Eu vivia torcendo pro New Balance baixar os preços, mas trabalhando com aquele tênis de academia horrível hahahah

    Ultimamente ando saudosa das sapatilhas, achando elas charmosas pra criar um visual romantico, sei lá, fugir da cara mais esportiva q tem o tênis!

    Adorei o post, pra variar! =)

    Responder
  8. Avatar
    Denise - 04/08/20 - 21h18

    Texto incrível, The! Acho que o conceito de brega vem muito pra desestimular quem gosta de usar determinada coisa, ela passa a ter “vergonha” de usar aquilo e vai precisar consumir mais… Então a quem esse conceito realmente interessa?

    Responder
  9. Avatar
    POLIANA RIBEIRO - 05/08/20 - 09h03

    Thê obrigada por mesmo nesse momento lindo que você está vivendo sempre separar um tempo pro blog. É o único que leio religiosamente e adoro esses posts sobre moda, principalmente com uma reflexão envolvida. No meu caso as sapatilhas ainda continuam… até pq eu já tinha várias e enquanto estiverem em bom estado elas serão sim item do meu look do dia rs rs rs
    Super Beijo

    Responder
  10. Avatar
    Amara - 06/08/20 - 19h48

    também sou do time que amava sapatilha e abandonou por causa da dor no calcanhar kkkkkk

    Responder
  11. Avatar
    Denise - 07/08/20 - 10h32

    Parece ä volta dos que não foram”!
    Existem muitas variáveis que influenciam nosso modo de vestir, conforto, estilo, influencia externa, mas certamente o marketing maciço tem seu dedo nisso, acostumando”nossos olhos às coisas mais absurdas.
    Sapatilhas, como neste caso, são uma opcao de conforto e estilo que eu jamais deixarei de usar, mesmo em festas. Muito menos por causa desses horrendos tênis borrachudos e caríssimos que tentaram nos empurrar guela a baixo(minha opinião , usa quem quer). Chanel então , eterna, com salto bloco, rasteira, etc? Tô dentro!!!

    Responder
  12. Avatar
    Juliana - 07/08/20 - 11h33

    Na minha vida sapatilha nunca foi brega, no meu círculo de amizade também não. To surpresa que ela é considerada brega em alguns lugares. Aqui onde moro ela é tipo jeans, algo atemporal e clássico.

    Responder
  13. Avatar
    Izabela Merlussi - 08/08/20 - 20h10

    Será que um dia vamos achar lindo os cabelos poodle?!

    Responder
  14. Avatar
    Aline - 10/08/20 - 10h22

    Migles Suzane (não consigo responder seu comentário) tbm fui impactada pelo “tem que usar tênis de academia” a.k.a. com bom amortecimento, mas achei uns da Nike bonitinhos bem discretos, pretinhos e tem até um cinza que lembra bem de longe um NB, to investida neles. Sdds ser jovem hahahaha!

    Responder