Creme de Limpeza Dercos Sensi Care da Vichy

16/01/2018  •  Por Thereza  •  Beleza, Cabelos

Lembra quando a gente era adolescente e via no banheiro um shampoo 2 em 1 e achava o máximo, uau que moderno! Bom, essa sensação de inovação durava até o primeiro banho, já que o tal produto não era lá muito benéfico ou transformador. Pois bem, outro dia recebi um presskit da Vichy com uma novidade que logo fiquei curiosa, porém, receosa…

Se você já leu esse post aqui, sabe que o Dercos Sem Sulfato é um dos meus shampoos favoritos da vida, com isso fiquei curiosa com a novidade da marca, o Sensi Care. Lembro que assim que recebi, logo levei pro banho e foi só ler a embalagem e percebi que se tratava de algo diferente, basicamente um shampoo 3 em 1, daí hesitei um pouco e deixei de lado.

Mas aí foi chegando fim de ano e novas pautas que resolvi deixar o trauma do 2 em 1 de lado e experimentar essa novidade, mas do que se trata o Sensi Care?

É um creme de limpeza, ele 1 – Lava, 2 – Condiciona, 3 – Acalma, tudo em 1 única aplicação, você não precisa de mais nada nesse banho (bom, vai precisar de sabonete pro corpo rs). De acordo com a Vichy, “Inovação para cabelos sensibilizados e quimicamente danificados:  0% de sulfatos, 0% corantes e 0% parabenos. Agressões diárias como escovação, secador e químicas podem sensibilizar o couro cabeludo e a fibra capilar.

O Sensi Care tem dupla eficácia, é hidratante e calmante, ele substitui o shampoo e o condicionador,  limpando sem ressecar, condicionando e hidratando os fios em um único gesto. Sua  combinação única de ativos, acalma o couro cabeludo sensibilizado, reduzindo a coceira e o desconforto desde a 1ª aplicação e por 48h”. 

Poderoso, hein?! E o resultado disso: cabelos mais resistentes, macios e hidratados; Brilho e cor preservados por mais tempo; Couro cabeludo protegido e reforçado. Já fiz post aqui falando de como esquecemos e deixamos de comprar produtos para o couro cabelo e ele é um ponto fundamental pra saúde dos nossos fios!

O que eu achei do produto? De início fiquei receosa, já que meu cabelo é muito fino, de não conseguir desembaraça-lo, mas logo me enganei. O produto tem a textura de um creme normal, mas visualmente ele tem aquele aspecto de shampoo com uma camada um pouco brilhosa, sabe? A embalagem é de pump e com 7 pumpzadas consegui aplicar no couro cabeludo e pontas, a ideia é se jogar e não pensar que tá passando creme na raiz, esquece esse mito, pelo menos por hoje.

O produto diz que não faz espuma, mas achei até que ele faz um pouco, bem na medida. Sugere-se deixar no cabelo durante 3 minutos e da primeira vez que eu passei eu fiquei massageando meu couro, fazendo carinho em mim mesma rs, dizem que isso ativa a circulação local e faz até o cabelo crescer.

Da primeira vez que usei deixei secar naturalmente e posso transmitir uma sensação: puro! O cabelo fica com cara de virgem, de cabelo que nunca viu nenhuma química, tipo quando a gente era adolescente. Outra sensação boa é que parece que o cabelo degruda da raiz, sabe?! Fica mais maleável e, de fato, limpo!

Como eu gosto de experimentar algumas vezes pra depois resenhar, a prova cabal foi lavar em casa e secar no salão. Achei que minha cabeleireira (ela é sincerona) ia reclamar ou notar alguma diferença, mas nada, de quebra a escova ainda ficou bem solta e com um volume mais natural. Resumindo, em duas ocasiões diferentes, resultados positivos.

O produto não tem cheiro de nada (gostaria até que tivesse um cheirinho) e na embalagem recomenda-se usar 3 vezes por semana, mas eu confesso que tenho passado 1 vez por semana e pra mim está bom.

Pra quem gosta de produtos inovadores, cuidar do couro cabeludo e, de quebra, praticidade, é uma excelente sugestão. E se você sofre com couro cabeludo ou simplesmente cabelos mais sensibilizados e sofridos, achei um ótimo produto pra fugir dos tratamentos triviais.

Ele tem à venda nas farmácias e online achei aqui na Época por R$84 e por ser um potão de 400ml, achei o preço razoável!

E vocês, conheciam o Sensi Care?!

Manifesto pelos poros mais à mostra em 2018

11/01/2018  •  Por Thereza  •  Beleza, Maquiagem, Pense

Eu amo reboco, adoro uma pele eventualmente carregada e, especialmente, acho incrível o poder que uma maquiagem  dá de nos transformar, disfarçar imperfeições (espinhas, olheiras) e tudo de acordo com nosso humor e vontade própria.

Agora veja bem, às vezes é bom lembrar que podemos nos libertar de tudo isso, sem necessariamente levantar bandeira de “dia-sem-make” ou “sou-linda-de-cara-lavada”. É bom lembrar que é possível se encher de sombra, exagerar no rímel e extravasar no batom e ainda assim não ser refém de se rebocar toda, sabe? Especialmente no verão. Eu tô falando de pele!

É que estamos muito condicionadas a nos inspirar nas maquiagens gringas (especialmente em tempos de tuto de 1 minuto no Insta) e lá o reboco corre solto. Repito, amo rebocar minha cara quando saio principalmente à noite, mas preciso relembrar à mim mesma que é possível sair com uns porinhos à mostra sim e ainda se sentir plenamente maquiada E BEM.

Os poros viraram vilões. Aceite seus poros.

Essa pequena reflexão veio depois que comecei a seguir a maquiadora, Katie Janes Hughes. Vocês precisa seguir a Katie! A inglesa maquia famosas (Rosie Huntington e Kerry Washington) e campanhas, não é fenômeno na internet, não tem milhões de views, mas me deixou uma lição importante. Ela brinca com a maquiagem, ousa, inventa, mas a pele dela é mais natural, sabe?

Ela adora criar pontos focais de make nos olhos e sabe qual é o procedimento na pele? Muita preparação, creminhos, primers e fim, o acabamento dela fica o glow dos próprios produtos e nada de necessariamente criar o tal do brilho através de iluminadores, o glow vem dela. Lógico que ela usa os melhores produtos e procedimentos estéticos, mas você sente que a pele dela é natural e tem um viço surreal. Ele meio que inspirar a deixar o mate de lado e mostra que uma pele reflexiva é muito linda também.

Teoricamente assim não dá pra explicar bem, mas Katie vale muito o follow justamente por nos mostrar um outro caminho, e que a gente cada vez mais encontre um meio termo entre o reboco excessivo e a cara limpa demais. Pra completar, ela ainda faz tutoriais ao vivo, no Stories, enfim, ela compartilha mais na prática e de forma absurdamente real.

Porque às vezes a gente vê aquele tutorial lindo de 1 minuto, mas que levou 20h e 200 makes, mas pareceu tão fácil, já com a Katie é mais vida real e desconstruído, vale muito seguir pra entender o que eu estou falando. E ela ainda tem um plus de não ter 20 anos e a pele naturalmente perfeita, ela se transforma, surpreende e nós aqui do lado de cá achamos possível, simples assim.

FLUFFY LASH COMING RIGHT UP – @lancome Crayon Khol in black coffee and black ebony with @maccosmetics Upward lash

Uma publicação compartilhada por katie Jane Hughes (@katiejanehugheswastaken) em


Por exemplo, depois de uma vida refém do gatinho, agora só tô fazendo o olho assim, obrigada Katie! E vocês, tem outra mulher que te inspire a quebrar alguns padrões de make, seja dessa forma por uma make mais real ou seja qual for a sua realidade?

Corretivo Diorskin Forever Undercover

04/01/2018  •  Por Thereza  •  Beleza, Maquiagem

Vamos começar o ano com uma dica de corretivo, que mal conheci, mas já considero pacas?! Vocês sabem que eu adoro resenhar corretivos e com muito conhecimento de causa, afinal, tenho olheiras consideráveis e quanto mais o tempo passa, mais elas incomodam.

A última resenha de corretivo foi o incensado Lock It da Kat Von D, muito bem falado, recomendado, salve salve. Eu comprei, usei, de fato ele é muito bom – com algumas ressalvas (expliquei no post), o que não contaram é que, permita-me ligar o caps: ELE NÃO DURA NADA!

Sério, eu tô usando ele há uns 3 meses e ele está no fim! E, na boa, eu não usei só ele, intercalo com vários outros (por exemplo, tenho usado também os 4 da Benefit que postei aqui) e eu já tô lá raspando o tacho do danado. Enfim, ele não é um corretivo barato, mas ao menos o igualmente queridinho da Nars dura uns 6-8 meses fácil, logo, me decepcionei e não sei se compraria novamente (já a base estou gostando bastante, vamos ver se dura, pois aí volto com resenha).

Bom, passado a minha re-resenha, volto com novidades! Recebi vários lançamentos da Dior e, entre alguns produtos de make e Skincare, logicamente o corretivo me chamou a atenção número 1, conheça o Diorskin Forever Undercover Concealer – Waterproof One-Coat Camouflage Everlasting Concealer. Nome pomposo e gigantesco que logo revela suas benesses, pois eu não me recordo de já ter ouvido falar de corretivo à prova d’água, logo, amei! E ele ainda é tipo “uma camada só” e “eterno”, ou seja, seria esse o  Deus dos corretivos?

O que a sua descrição oficial diz? Crie uma cobertura completa de camuflagem com uma camada só. Com 25% mais pigmentos do que a base Diorskin Forever Fluid, este corretivo esconde e neutraliza imperfeições durante todo o dia. Sua fórmula líquida hidratante permanece confortável, não craquela e não vai marcar as linhas.

Pois bem, eu amei, fiquei surpresa e bem impressionada. O danado é potente e sabe como eu posso resumí-lo? Uma mistura do Radiant da Nars (pelo fato de iluminar bem) e o Lock it da Kat (pelo fato de ter textura seca {só espero que não acabe logo}). Ele tem um acabamento matte, não só o produto em si, como a própria embalagem.

Assim como a descrição diz, de fato você usa pouco e sente a cobertura na medida e, apesar de se dizer alta cobertura, passa-se só uma fina camada que já se nota um resultado muito satisfatório, por isso de fato ele não marca as linhas. Ainda senti que ele é muito pigmentado e fornece a sensação de iluminar bem e naturalmente a região (quase um quê de Touche Eclát). Resumindo, o danado é uma reunião de hits que amamos! Abaixo tem um vídeo fofo da Bella Hadid e versões multiuso.

Se você está em busca de um corretivo novo e poderoso pra 2018, achei esse uma grata surpresa e muito eficiente. Ele vem em 10 cores (a minha é a 020, mas talvez poderia ser a 030) e tem Dior na Sephora e ainda a boutique no Village Mall.

Página 1 de 26112345Última »