Bolsas pequenas e quadradas

05/10/2020  •  Por Thereza  •  Acessórios

Foi-se o tempo – mesmo – que Victoria Beckham e cia ostentavam aquela giga bolsa que cabia até a mãe, 2 cachorros e um lanche dentro, hoje em dia as bolsas estão cada vez mais diminutas!

E foco nesses 3 lançamentos que são as grandes apostas das respectivas marcas pra essa nova temporada (pra eles o ano meio que começa em setembro). Repare, as 3 tem um shape parecido, são compactas e com logo discreto!

Em maio, em meio à pandemia e quarentena, a Louis Vuitton fez um lançamento ousado, colocou dúzias de atrizes e influencers pra andar com sua PONT 9 por aí, na época repercutiu de forma um pouco polêmica, mas a bolsa veio pra ficar.

O nome Pont 9 é uma homenagem à ponte mais antiga de Paris, chamada Pont Neuf, que atravessa o Rio Sena e fica justamente em frente à matriz da maison francesa.

Acho muito interessante a LV estar querendo variar cada vez mais do seu monograma clássico e tentando novos estilos e formatos. o modelo em questão aqui no Brasil está na faixa de R$18.500 beijoseboatarde

Em julho foi a vez da Dior lançar seu novo modelo chamado BOBBY, criado por Maria Grazia Chiuri, o nome é uma homenagem ao cachorro de Christian Dior, cujo nome batizou diversos outros looks da marca ao longo de décadas.

O modelo é mais um aceno da marca ao público mais jovem, já o preço é bem adulto, lá fora não sai por menos de 3200 euros, o que convertendo aqui oo Brasil custa uns 2 milhões?

Por fim, e minha marca favorita no quesito bolsa, a YSL lançou recentemente o modelo SOLFORINO, que segue essa onda de bolsas compactas e discretas. O modelo lá fora sai à partir de 1900 euros.

Partindo pra vida um pouco mais real, vale a pena ficar também de olho em versões tropicalizadas de bolsas compactas e utilitárias feito essas.

Joy, o novo perfume delícia refrescante da Dior

22/11/2018  •  Por Thereza  •  Beleza

Tem duas coisas que soam muito bem aos meus ouvidos: Perfume e Dior, daí quando eu sinto o cheiro então, é daquelas certezas que vou gostar! Sempre me dei bem com vários perfumes deles, cresci com minha mãe usando religiosamente o Poison dia sim, e outro também, amo o meu Miss Dior e Poison girl, com isso, quando vi o super lançamento do Joy, pensei, vou amar!

E amei! Claro, ele tem um nome muito adorável (me lembra o post que fiz sobre Joy, em busca do prazer e não da felicidade), a embalagem é clean e o líquido é rosa e, de quebra, tem uma garota propagando poderosa, aka Jennifer Lawrence. Dito tudo isso, vamos à parte mais importante? A fragrância!

A alegria é finalmente capturada num aroma marcado pela suavidade envolvente e energia. Uma ode ao prazer e à vida. Uma fragrância Eau de Parfum iluminada pelo sorriso vibrante das flores e dos frutos cítricos, uma carícia suave das madeiras e a serenidade dos almíscares. Uma fragrância facetada de mil nuances, no entanto clara e pura. 

Ok, essa foi a literatura oficial sobre o perfume, mas vamos à fragrância em si.

A Bergamota cítrica e a Tangerina explodem em uníssono com as flores. A Rosa de Grasse, utilizada em Essência e em Absoluto e o Jasmim, misturam-se com as frutas suculentas num sorriso vibrante. O sândalo quente e cremoso abraça-nos com sua suavidade.  Uma assinatura íntima, o sopro claro e empoado dos almíscares funde-se com a pele numa suavidade sensual.

Inspirado pela joie de vivreessa leveza da vida e essa alegria de viver, o resultado é um perfume floral amadeirado almiscarado… mas foco nas flores! Ele é fresco tipo uma tarde de primavera no sul da França, mais precisamente em Grasse (poetisei toda), uma fragrância que de fato te deixa feliz ao passar, sabe? Aquele perfume pra passar depois do banho e ficar o dia todo cheirosinha assim.

Pra mim, também é aquele tipo de perfume democrático, difícil de alguém não gostar, um bom presente! Ele não é muito doce, muito forte, é delicado, mas com personalidade e com aquela fixação padrão Dior de qualidade.

Gosto muito da mistura do cítrico (bergamota e tangerina) com o floral (Rosa e Jasmin), acho que é uma mistura bem sucedida e especial. Ele ainda me lembra um pouco um outro perfume da marca que eu amo, o Miss Dior Blooming Bouquet, quem gosta desse, certamente vai amar o Joy.

O Joy foi a volta triunfal da Dior aos lançamentos de perfumaria, pois é a primeira fragrância original que a marca lança desde o J’Adore, em 1999. Sem contar que tem JLaw, que segundo eles transmite toda essa essência, como garota propaganda. Pra quem gosta de perfume nessa pegada solar, floral, fresca e cheia de personalidade, é uma boa dica.

JOY DIOR

Tem dele por R$299 aqui no site da ÉPOCA, SEPHORA E THE BEAUTY BOX.

 

DIORCLUB, OS ÓCULOS NEO SENSAÇÃO DA DIOR

20/06/2018  •  Por Thereza  •  Tendência

O seu pedido é uma ordem fashion! Saturada dos OCLINHOS que invadiram os rostos e feeds do instagram no último ano? Não seja por isso, a Dior está aqui para reverter esse cenário e chegar com a moda do OCLAÇO! Explico.

DIORCLUB

Bom, quase isso! A moda segue muito doida mesmo, talvez mais doida ainda. Para a temporada de verão que começa agora no hemisfério norte, a Dior aposta em 2 modelos que prometem ser sensação: o DIORCLUB 1 e 2. Os modelos já começam a ser vistos entre tops e influenciadoras e a tendência promete.

DIORCLUB

DIORCLUB1, o mais ousado! Sim, uma viseira, Dior está tentando voltar a fazer a viseira acontecer! Mas em tempos de proteção solar total, não é que faz sentido? O modelo de viseira vem em várias cores, é desmontável e ainda vem todo trabalhado na logomania J’ADIOR.

DIORCLUB

Não sentiu muito a vibe da viseira colorida? Tudo bem, a Dior também tem seu DIORCLUB 2 e um modelo mais “tradicional”, mas com uma espécie de marquise grifada, mas removível. O modelo é mais um hit da marca e sem dúvidas veremos mais e mais dele por aí.

DIORCLUB

De volta à viseira, estamos bem longe do nosso verão (graçazadeus), mas sem dúvida que a ideia será hit na próxima estação, num simpático mix de fashionismo com prudência solar!

Falando do DIORCLUB 2, na minha humilde opinião, melhor que os oclinhos, que tal?!