Truque de styling: muitas formas de usar a bolsa!

26/10/2018  •  Por Thereza  •  Acessórios, Fashion Week

Convenhamos, tem coisa mais confortável que uma pochete? Você prende na cintura, não precisa segurar nas mãos, ombros, costas, enfim, no quesito bolsa, a danada é confortável SIM.

Agora se ela é a coisa mais “diferente” diante das nossas tradicionais bolsas e acessórios que guardam nossos documentos e outras necessárias tranqueiras, essa última semana de moda nos reservou, bem… invenções de moda! Olha essas 4 microtrends de maneiras diferentes de usar bolsa.

Chanel, sempre ela, salve salve, a maison francesa é a rainha mundial das bolsas, daí inventar outras formas de usar, é mais que natural. E Karl estava inspirado, levou pra passarela dezenas de itens incríveis, mas foco nesse modelo que prende pela cintura e pelo pescoço, já pensou? Ela segue esse ideal quaaase pochete, mas vira um colar, um hibrido bem interessante, aguardando os inspireds.

bolsa diferente

No mesmo desfile, mais uma ideia… bolseluva? Bolselógio? Uma bolsa que fica acoplada na luva, parece um relógio, mas você pode guardar umas boas moedas. Já achei interessante pra levar pra academia e guardar a chave de casa rsrs.

bolsa diferente

Agora se quer variar, olhe essa tendência vista no desfile da Burberry, Gabriela Hearst e Nanushka. O modelo é bem coisa de vó ou tiozão que só busca praticidade, mas agora vem com viés fashionista, que tal?

Por fim, Jacquemus (falamos recentemente do estilista sensação nesse post aqui), o francês fez praticamente um diy e pegou a alça da bolsa, transformou em cinto, prendeu ao redor do quadril e pronto: praticidade + truque de styling!

Então fica a dica, esse é um bom momento pra desconstruir a forma com a qual você usa bolsa, vamos?

 

Decifrando o look Chanel estranho da Blake Lively

03/04/2018  •  Por Thereza  •  Celebridades, Estilo, Red Carpet

Blake Lively não tem stylist. Essa é uma condição que ela muito se orgulha e nós ficamos muito admiradas. Desde a era Gossip Girl até a fase mais recente (na qual ela comentou numa entrevista e falamos aqui no seu #PorAí), a atriz reafirma que não tem stylist, mas sim busca ter um bom relacionamento com estilistas (de Michael Kors a Karl Lagerfeld, passando Christian Louboutin e Lorraine Schwartz), ter uma equipe sempre atenta que a ajuda e, o principal, um legítimo amor por moda.

E eu acho tudo isso louvável, porque a gente vê que é um look autêntico, às vezes ela viaja, percebemos que até uma conexão vez ou outra pode faltar, mas é tudo visceral, a gente sente. E ontem ela foi fazer o papel de amiga e prestigiar Emily Blunt na première de “Um Lugar Silencioso” e seu look me chamou muita a atenção, especialmente pela história acima dela não-ter-stylist.

Look Blake Lively

O vestido é Chanel. Alta Costura. É um vestido que a gente não ama de início e você pode até falar “aah, é porque é comprimento ingrato”, nem tanto, eu ando até amando comprimento ingrato. Mas o look em sim não é uau uhul amei, é um vestido bonito, apenas, sejamos francas. Mas Blake Lively me convenceu, não por ser a atriz, ok talvez ajude um pouco, mas pela composição e obra final. Seguimos.

Look Blake Lively

O vestido é meio sério, tem um comprimento meio arriscado, o tweed preto e branco é bem sóbrio, ok que esse top de couro com decotão suaviza, mas Blake fez uso dos acessórios pra incrementar e deixar o look mais, digamos, divertido!

Pulseironas não são muito comuns em tapete vermelho, daí ela foi lá e fez uma arm party completa, nesse braço aí tem o pib inteirinho do Leblon. Não satisfeita, ela propositadamente exagerou nA “finger party” com muito anéis e, pra compeltar, arrematou com um brincão. Menção honrosa pro sapato que não é nada discreto e também nem disfarça o tal do CI, mas mesmo assim funcionou. Agora minha parte favorita:

Look Blake Lively

O cabelo! Uma trança, que se bobear ela fez sozinha em casa (ela diz que eventualmente faz seu cabelo/make), e um bando de correntinhas pra deixar o look divertido e pra contrastar bem com a formalidade do vestido. O resultado é um look 100% padrão Blake de qualidade.

Olha, eu poderia até desconfiar que ela não tem stylist (talvez ela até tenha uma assistente muito eficiente e um bom grupo fashion de zap rsrs), mas a contar por esse look, eu acredito! Menção honrosa pra make-cara-de-sem-make e só prova que a era rebocão pode ser questionada.

Look Blake Lively

Por fim, mas com todo o respeito, um acessório de respeito: Ryan Reynolds. Um belo casal, parabéns aos envolvidos! E vocês, conseguiram ver esse significado além no look ou nem amaram?!

Saudades de analisar looks pontuais no tapete vermelho e penando em fazer um tag #DecifrandooLook rsrs, o que acham?!

Chanel e o penteado sensação da semana de moda

07/03/2018  •  Por Thereza  •  Fashion Week

… é aquele que a gente usa sempre!

A temporada de moda terminou ontem, foram centenas de desfiles, milhares de looks, mas foi só no último dia que um penteado chamou a atenção e talvez um pouco pelo seu fator Hi-Lo: a Super Chanel apresentou um coque podrinho!

Lembra antigamente que a gente chamava tudo de podrinho? Penteado podrinho, t-shirt podrinho, bom, esse podrinho vem com uma série de ressalvas, pois ele é milimetricamente pensado, mas o resultado é aquele adorável penteado inspirador que a gente faz igual quando o cabelo tá naquele bad hair day.

O penteado foi feio pelo cabeleireiro da marca, Sam McKnignt, e em seu Insta ele compartilhou uns trechos do processo, olha só!

Dá até vontade, né?! Agora se você acha que é só fazer um mega rabo, dar umas torcidinhas, umas ouriçadas, aí que vem o segredo de backstage. Sam compartilhou que coloca uns tufinhos de cabelo em alguns casos, tudo pra ser aquele tal milimetricamente bagunçado.

Se você for do time das preguiçosas _o/ que gosta de um cabelo descomplicado ou simplesmente não larga a mão de um belo coque, fica a dica! Agora se você quer incrementar, no desfile foram usados acessórios de cabelo pra dar o acabamento e aquele toque mais sofisticado em meio a bagunça.

Apaixonadas por um belo coque?!

 

Página 1 de 1612345Última »