Black Friday do Shoptime (com Cupom!)

29/11/2019  •  Por Thereza  •  Publicidade

Preparados para a maratona Black Friday?! A gente espera o ano todo pra fazer aquela compra esperta ou simplesmente vai na intuição do achado, eta época boa praquela auto indulgência!

Vocês sabem que produzo o Podcast do Decorismo em parceria com o Shoptime e, é claro, que eles estariam aqui com a gente durante a Black Friday! Imagina aproveitar uma BF que já está cheia de descontos e ainda com CUPOM?

Pois bem, quem compra com nosso cupom ganha mais 12%OFF é só digitar BLACKFASHIONISMO12 ao final da compra, alguns pooucos produtos não estão inclusos e aproveitar essa sexta-feira com Shoptime, os cupons são limitados, então corre :)

E se você não sabe o que comprar, fiz uma MEGA Wishilist no site do Shoptime com produtos imperdíveis e com foco na decoração e além!

Acha que acabou? Ontem saiu um Podcast sobre Black Friday e os produtos que eu particularmente quero comprar, outras recomendações e ainda os mais pedidos, segundo vocês!

Ness mês de novembro ainda abordamos os seguintes temas no Decorismo por Shoptime! Vale assistir no Spotify, Itunes ou aplicativos de áudio.

Episódio #6: 5 programas de decoração que você precisa assistir!

Episódio #7: Home office com cara de office ou office com jeito de casa

Episódio #8: Decoração com cara de casa da vovó

Podcast Fashionismo para ouvir: série especial Decorismo Por Shoptime

31/10/2019  •  Por Thereza  •  Podcast

Antes de existir internet, e-commerces, lojinhas de instagram e qualquer outro comércio virtual, existia o Shoptime. A compra por tv/telefone era a maior modernidade – e diversão! – dos anos 90, de pipoqueira a TUA 360, a sensação de poder comprar 24 por dia era um prenúncio dessa era digital. Meu bairro foi o primeiro a ter internet a cabo no Rio (isso em meados dos anos 90) e lembro perfeitamente que desde então Shoptime já era uma febre, com programação 24 horas por dia e isso era fascinante, “ai gabi, quem viveu sabe”.

Do icônico Ciro Botini ao crush Mauro Jasmin, Shoptime sempre foi aquele tipo de marca com a qual tive relação de afeto, sabe? Agora corta pra 2019 e o Shoptime, que hoje em dia vai muito além de canal e tem um dos maiores e-commerces do país, me convidou para produzir uma série de podcasts falando sobre decoração, claro!

Ah Thereza, você vai ficar 6 meses gravando podcasts pockets semanais apenas falando sobre Shoptime? Não, muito mais que isso! O Shoptime empresta sua marca e endossa um projeto meu, com conteúdo com curadoria e bem aos moldes do Fashionismo de trazer informação, falar sobre tendências, novidades, comportamento de consumo de maneira leve e despretensiosa, tudo isso powered by Shoptime! <3

 

2019 definitivamente é o ano do podcast (só ver a campanha maciça, o que chega às massas, aka mães e pais, da Globo) e cada vez mais, marcas vão buscar entrar na narrativa e se inserir num conteúdo autoral e que, no final das contas, preste algum tipo de serviço, comunique, informe e por aí vai!

Dito tudo isso, toda quarta-feira, pelos próximos 6 meses temos um encontro Decorativo no Fashionismo Para Ouvir! O podcast está disponível em todas as plataformas de áudio, como Spotify, Itunes, Castbox, Wecast e outros!

E todo final de mês, aqui no blog, trarei o resumão dos podcasts e também outras novidades e lançamentos relacionados ao mundo Decorismo e também Shoptime!

Episódio #1 – É tempo de Decorismo:  Um papo apresentando o projeto e contando que ele abordará temas como decoração, design, arquitetura e bem-estar para casa!

Episódio #2 – De onde vem as tendências de decoração: Se no Fashionismo teve série de posts falando de onde surgem e como se propagam as tendências de moda, levei pro podcast uma versão decor e como o timing é diferente.

Episódio #3 – A importância das cores na decoração: Um papo sobre cores, o quão democráticas elas são e como podem ser o elo perfeito – e mais fácil e barato – para trazer informação de “moda” pra sua decor e ainda um TOP5 das cores de 2020.

Episódio #4 – 3 tendências que ditam a nova mentalidade de decoração: Você é organizada? Descarta o que não traz mais felicidade? A geração Marie Kondo trouxe um novo e importante movimento, mas também não é preciso levar tudo ao pé da letra!

Episódio #5 – Decorismo Q&A: Toda a última quarta do mês será um espaço para perguntas e respostas sobre decoração! Dessa vez falei como incrementar um apartamento alugado, parede preta, sofá de veludo e +++.

Espero que estejam gostando da série e toda quarta-feira é dia de Decorismo por Shoptime!

O futuro da beleza e a liberdade de ser plural

26/07/2019  •  Por Thereza  •  Pense, Podcast

Falamos tanto aqui no Fashionismo sobre comportamento do consumo, insights do mercado e previsões – ou seria desejo? – de um futuro cada vez mais consciente. Ando cada vez mais encantada com o tema e pesquisando muito sobre futurismo, especialmente no mercado de moda e beleza.

Em maio fiz um podcast com insights do mercado de moda, hoje foi a vez de publicar um #FashionismoParaOuvir com previsões do mundo de beleza. De tecnologia a patches, cannabis a big data, se curte o tema, vale ouvir nosso podcast nas principais plataformas. Agora impossível falar do consumo do futuro e não pensar na Geração Z! Eles são a geração da vez, cada vez mais presente, antenada e consciente.

Dito tudo isso, aproveitei a pauta e bati um papo com uma leitora que faz 100% parte desse mundo, é GenZ e também curte – e entende muito – esse mundo de beleza e consumo e perguntei pra ela: o que você espera do mercado de beleza de amanhã? A resposta foi tão legal… que virou post!

Hoje o Fashionismo Convida é especial com a Luísa Moura, que refletiu e compartilhou com a gente suas previsões e expectativas com o futuro da beleza. Com vocês, Luísa!

Pensando no futuro do consumo de beleza, o sentimento que vem à tona é um só: liberdade. A gente cansou de tantos e tantos padrões impostos ao longo dos ultimos tempos e também de que outras pessoas definissem o que é belo. Por que eu deveria supostamente esconder minhas olheiras? E por que não posso usar batom vermelho durante o dia? Aliás, uma pele sem nada acompanhada de batom vermelho é praticamente meu signature look, mas isso não quer dizer que sou “menos Luísa” se resolvi sair sem batom algum.

E amplio aqui essa conversa a tantas outras instâncias: é a liberdade para assumir as suas linhas de expressão e também para corrigir aquela manchinha antiga no queixo, se quiser. Usar um delineador rosa neon, se quiser.

E essa liberdade anda de mãos dadas com o cuidado: não é porque ”tudo é permitido” que não vou fazer nada com a minha pele e “acabou”, pelo contrário. A beleza passa a ser mais leve e natural, é o filtro solar para proteger do sol e o hidratante para não rachar no frio, mas sem a necessidade de se impor uma dezena de passos diariamente.

Pra mim é um movimento de ressignificação da maquiagem e mesmo do skincare que só tende a aumentar: a gente não tem tanta paciência pra seguir passo-a-passos e muitas etapas, de maneira que ambos se tornam mais valiosos quanto mais divertidos são. Afinal, basta passar um demaquilantezinho que sai, sem dramas. Dá pra experimentar milhares de opções de visuais sem que nada precise me definir de fato, apenas representa aquele meu instante e tá tudo bem, seguimos a vida depois, não preciso me prender a um padrão.

E essa é a liberdade a que eu me refiro: não só de ser eu mesma, mas de ser plural em mim.

Página 1 de 3123