Máscara de Quartzo Rosa

14/01/2020  •  Por Thereza  •  Beleza

Em 2017, o rolinho de Jade (e outras versões similares, mas com a mesma função, como o da Nurse James) se tornou sensação numa era em que o skincare vivia o seu boom, logo, mil variações de cuidar da pele! Na época, fiz esse post aqui e contei que ele é um apetrecho de beleza milenar, mais precisamente do século 7!

O rolinho de jade é uma ferramenta antiidade poderosíssima, pois foi descoberto há milênios que a pedra jade tem esse poder de cura, também desinflama, desincha a pele e ainda tira o aspecto de cansada.

Quando se tem uma “boa ideia”, como a gente faz pra aproveitar? Suga o máximo possível! Depois do rolinho, vem aí as máscaras de Jade! Quer dizer, elas já são hit na gringa, tudo por conta da sua eficácia e relaxamento. O tratamento, chamado “Self Love Mask”, foi desenvolvido pelo badalado SPA, Angela Caglia, em Los Angeles, frequentado por nomes que vão de Rachel Zoe a Sting. O tratamento custa a bagatela de U$800 e sabe de onde vem as pedras de jade? Do Brasil!

máscara de jade

“O frio das pedras ajuda na drenagem linfática, atenua as olheiras e aumenta o fluxo sanguíneo para menos inchaço. Especialmente quando o cliente está deitado, é mais fácil drenar a retenção de líquidos através dos gânglios linfáticos, graças ao posicionamento das pedras na face. Também ajuda a acalmar a vermelhidão e a irritação no contato, da mesma forma que um cubo de gelo faria. (menos todo o derretimento), para que o esteticista o aplique após tratamentos faciais mais intensos, como peelings e lifting.”

O tratamento fez tanto sucesso que não só a Angela Caglia, como a Skin Gym, marca que tem vários apetrechos nessa pegada, lançaram sua Jade Mask, que tem essa mesma função, porém com foco na área dos olhos. Segundo eles, o produto tem esse mesmo ideal de drenar, desinchar e atenuar as olheiras.

máscara de jade

Enquanto um custa U$140, o outro é mais “acessível” e sai pela bagatela de U$48. o bônus do produto fica com o fato dele ser muito usado em momentos de meditação e, de quebra, muita gente mantém a máscara na geladeira pro serviço ficar completo! Acho que em 2020 falaremos cada vez mais desses produtos que aliam o bem-estar no lado do cuidado de pele, mas também de meditação e sempre no autocuidado. Curtem?!

Álcool em gel instagramável e perfumado!

06/11/2019  •  Por Thereza  •  Beleza

Tenho uma confissão a fazer: sou extremamente hipocondríaca! O que significa? Amo um álcool em gel kkk. Por muito tempo foi uma mistura de vício com toc, mas percebi uma questão que minha dermatologista confirmou: ressecava muito minha mão e dava bolinhas, daí uso só em situações mais periclitantes.

Eis que outro dia conheci uma marca nova e me apaixonei, um álcool em gel instagramável! Sim, um “hand sanitizer” modernete e com mil e uma utilidades além do básico, que é matar 99,9% dos germes!

A Touchland é uma marca espanhola inovadora, criada e cuidada por mulheres, que busca desenvolver soluções criativas para seu dia a dia e bem-estar. Segundo eles, esse universo de “limpeza” sempre foi muito neglicendiado, portanto, fez-se Touchland!

Pra começo de conversa, além de matar 99,9% dos germes, ele ainda absorve muito rápido, diferente, de algunas versões clássicas. Ele ainda hidrata, suaviza as mãos, é vegano, cruelty-free, tem spray suave e direcionado e pode ser levado pro avião (alô, Naomi!).

O legal do Touchland é sua embalagem charmosa e o produto tem mais de 8 fragrâncias/cores, de baunilha a melancia, matar (germes) nunca foi tão legal. E, o mais importante, além do gel, ele tem aloe vera, óleos essenciais de lima e limão e outros ingredientes que deixam a experiência completa.

 

Ver essa foto no Instagram

 

@rosiehw in-flight essentials ✈️💦👋 via @roseinc #rosiehuntingtonwhiteley #touchland

Uma publicação compartilhada por Touchland (@touchland) em

Pra quem gosta de um autocuidado de verdade e prático, vale ficar de olho na Touchland! Um frasco da marca custa U$12 e rende mais de 500 sprayzadas, ótimo para hipocondríacos e limpinhos em geral :)

Jameela Jamil, cristal empoderado e fada do body positive!

16/01/2019  •  Por Thereza  •  Saúde

Se você nunca assistiu The Good Place (aqui tem minha resenha dessa série mara), provavelmente você não conhece Jameela Jamil, mas estou aqui para te apresentar esse ícone de mulher, linda por fora e maravilhosa por dentro.

JAMEELA JAMIL

Jameela tem 32 anos, é britânica e de família indiana, já trabalhou como modelo, apresentadora, dj e seu primeiro papel na tv mesmo foi no seriado. Mas vamos falar de uma outra Jameela, a feminista e nome importante no movimento body positive. Jameela não é padrão hollywoodiano, especialmente por sua ascendência indiana, mas ela vem falando especialmente sobre quebra de padrões e a desconstrução da cultura do corpo magro e inatingível em tempos de Instagram e obsessão pela beleza filtrada.

Selecionei 3 histórias na qual Jameela usou de sua força e redes sociais para falar algo importante.

JAMEELA JAMIL E KHLOÉ KARDASHIAN

Semana passada a Khloé postou um texto bem problemático em seu Stories dizendo o seguinte: “Duas coisas que uma garota quer: 1) Perder Peso 2) Comer”. E isso é tão triste, especialmente da parte da Khloé que acabou de ter uma menina e, viver num mundo no qual queremos APENAS ISSO, é triste demais.

Daí Jameela, sempre ativa nas redes sociais buscando combater esse tipo de discurso, desabafou, “Isso me deixa triste. Espero que minha filha cresça querendo mais do que isso. Eu quero mais que isso. Enviando amor para essa pobre mulher. Essa indústria fez isso com ela. A mídia fez isso com ela. Queridas garotas, QUEIRAM MAIS DO QUE ISSO.”

Aos que responderam Jameela falando que era apenas uma brincadeira e um meme, ela continuou, “Não se esqueçam que somos adultos, então não entendemos as narrativas da mesma forma que as crianças o fazem. Não estou aqui para protegê-las, estou aqui para dizer às crianças vulneráveis para não seguirem esta maneira de pensar, antes que coloquem a magreza como uma prioridade e temam a comida”. 

E Jameela tem razão ao afirmar que a indústria fez isso com a Khloé, que cai numa espiral do que ela sempre foi vítima ao mesmo tempo do que a família propaga. É complicado, é triste e hoje, 2019, não podemos achar graça de algo tão sério, somos todas vítimas desse sistema.

JAMEELA JAMIL X CHÁ DETOX E CARDI B.

Quem nunca cruzou com uma publicação daqueles chás milagrosos? As gringas adoram e aqui no Br temos versões similares e que prometem mundos e fundos… mas calma galera,  é só um chá! E foi a vez da atriz se indignar com uma super famosa promovendo a moda da vez.

“Eles contrataram a Cardi B para promover o absurdo – e laxante – chá detox. DEUS, espero que todas essas celebridades evacuem em público.” Diferente da Khloé, eventualmente verborrágica, mas dessa vez engoliu a seco, Cardi respondeu Jameela bem 5a série style, “Eu nunca vou evacuar em público, porque tem banheiros públicos por todos os lados… e arbustos”.

Cardi B. não entendeu o cerne da questão e a problematização de algo que promove algo inconcebível, sem contar que muitas vezes é mais um placebo. Sempre implacável, dessa vez Jameela precisou usar um pouco de humor e deboche pra ver se povo entende, na próxima ela desenha.

Mas aí ela seguiu e foi fundo na questão, acha que essas famosas e influenciadoras fitness usam o artifício de um inofensivo chá para conseguir aquele corpo “dos sonhos”? Jameela foi categórica, “Nos dê os cupons de desconto para seus nutricionistas, chefs pessoais, personal trainers, photoshops e cirurgiões plásticos, seus sanguinários mentirosos!”. Tem mais o que falar?

JAMEELA X CULTURA DO CORPO PERFEITO

Pode não ser direcionado a famosa x ou y, mas a atriz sempre busca promover a pauta e empoderar especialmente jovens meninas que são aos maiores vítimas – muitas vezes inconsciente – desse universo.

“Eu não vou parar até ensinarmos as pessoas a serem melhores aliadas para as mulheres e pararem de vender esses produtos que parecem medicamentos, mas são apenas merd*s sem função. PAREM DE SEGUIR AS PESSOAS QUE LHE DIZEM COISAS QUE FAZEM TE SENTIR MAL.”

Sei que para uns que não acompanham a atriz, podem achar que ela está provocando e querendo “aparecer”, mas não, há anos a atriz busca promover o movimento body positive, pois já viveu na pele na adolescência essa questão de peso & julgamento.

E pra mim é um sopro de esperança numa timeline infestada de fakes e filtros. Quem não segue a atriz, vale acompanhá-la no Instagram pessoal e no da campanha I Weigh, Twitter e, claro, acompanhar The Good Place, porque se tem um bom lugar… é por perto da Jameela.