Moda praia 2018: 25 maiôs e hot pants!

09/01/2018  •  Por Thereza  •  Compras, Moda

Pode entrar verão, espero que nos bronzeie devagar! Olha, confesso que não é minha estação favorita, mas gosto da sensação do verão (não a do calor), dos dias mais longos, o pôr-do-sol mais bonito. Gosto muito do clima de liberdade, de usar menos roupa, menos maquiagem, enfim, se a conta de luz não viesse tão alta, eu amaria 100% o verão.

E como início de ano é tradição aqui no Fashionismo, volto com nosso apanhado moda praia 2018. Ano passado tivemos 2 posts logo no início do ano sobre o tema, “onde comprar biquini” e um que super repercutiu “a indústria de moda praia está querendo boicotar nosso bronzeado rs”. Agora venho com um guia, achados biquinísticos, mas nada do tradicional de sempre, mas sim dos novos clássicos, maiô e hot pants! Por muito tempo essas peças de moda praia eram estigmatizadas, mas agora eles tornaram item democrático e também inclusivo pra quem quer botar o corpitcho no sol, seja ele qual for!

Ainda tem muitas marcas sim que parece que estão alienadas à uma grade mais ampla e democrática, mas existem muitas outras que tem feito modelos maiores, mais bonitos e prontos para usar! Qual é o seu estilo?

ONDE-COMPRAR-BIQUINI
SHOP >> 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13

Maiô! Foi-se o tempo que era item pra você nadar ou pra uma festa no iate, o maiô popularizou, ainda bem! Com isso, hoje em dia tem inúmeros modelos, uns super divertidos e ainda aqueles que a gente pode estender pro pós praia! Gosto das versões com estampas alegres, mas também adorei essa versão cavada lateral, com o zíper frontal (achei meio Baywatch) e o com o flamingo, claro!

ONDE-COMPRAR-BIQUINI

SHOP >> 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12

Mais um item que tem se tornado menos modinha e mais clássico, logo, vemos profusões de modelos! Acho hot pant super confortável e ainda coringa pra você mesclar com a parte de cima do biquini e do bronze vigente. Adorei essas duas versões de arco-íris e esse verde de estampa de folhagem! E se quiser um pós praia, ainda pode jogar uma saída de praia mais transparente e partir pro próximo compromisso!

Acho que se a gente pegar a moda praia 5 anos atrás ela não era 1/10 criativa do que é hoje! Mais do que o assunto #bodypositive da vez, é tanta variedade linda de biquinis, maiôs e similares que não nos resta nada além de nos jogarmos na praia, piscina, laje ou o que for. Partiu?!

E você tem alguma marca moda praia favorita? Compartilha com a gente!

8 lojas pra você comprar biquini online!

16/01/2017  •  Por Thereza  •  Compras

E o ano mal começou e o post da marquinha de biquini – a missão, deu o que falar! E junto a toda reflexão sobre o biquini certo pra hora certa e pro bronze perfeito, veio outro questionamento: onde encontrar biquinis legais?

Seja cortininha, asa delta, com 392340 tiras, seja hotpant ou até o indefectível maiô, quem decide a marca do seu biquini é você, mas nós estamos aqui pra dar aquela ajudinha e selecionei 8 lojas (físicas e online), pra gente dar aquela caprichada no fashionismo nas areias!

onde-comprar-biquini-renner

Renner: Eu ando muito positivamente surpresa com a Renner. Além dos looks maneiros pro dia-a-dia, a marca vem caprichando MUITO na moda praia. Biquinis, maiôs, saídas de praia, acessórios, lá tem de tudo e as estilistas estão antenadas. Tem maiô com mensagem, tem biquini sereismo, com conchas, tem modelo que deixa marca loka, tem os clássicos.

Pra completar, eles tem uma grade bem razóavel e dá pra encontrar do p ao gg tranquilamente. Tanto as lojas, quanto o e-commerce estão recheados de boas opções, vale o clique.

onde-comprar-biquini-amaro

Amaro: E no quesito fast fashion, a Amaro vem se superando na diversidade de produtos. Se antes o foco eram roupas, agora eles tem uma ótima seleção de moda praia também. E o mais legal é que tem muito biquini clássico, básico e sem invenção de moda. Quer um biquini preto? Lá tem. Além disso, estampas bonitas e o mais importante: preço.

Com essa onda de vender peças separadas, as marcas perderam a noção e se você juntar um top + calcinha, beira os R$400. Lá na Amaro basicamente todas as peças são de 2 dígitos o que é um frescor pra nossa moda praia.

onde-comprar-biquini-salinas

Salinas: Se tem uma marca de biquini que eu tenho um apego, o nome dela é Salinas. Desde que eu me entendo por gente carioca, toda estação eu tinha que ter um biquini da Salinas e uma coisa é fato, a qualidade é muito boa, dura verões e verões e pra completar eles tem as estampas mais incríveis! Tô apaixonada por essa de flamingo, queria que tivesse um biquini de cortininha dele!

onde-combrar-biquini-blueman

Blue Man: Outra marca super clássica das areias cariocas e adjacências. O legal da Bluen Man são as estampas criativas, bem humoradas e sempre contando uma história. Para essa temporada eu fiquei apaixonada pela estampa de abacaxi “literal”, achei o máximo e fora do óbvio.

onde-comprar-biquini-triya

Triya: Se tem uma marca de biquini que é fashionista, descolada e com as estampas mais poderosas, é a Triya! A marca cria estampas incríveis e seus biquinis são desejos no roteiro Noronha-Punta. Pra essa coleção, adorei a estampa de deserto e céu estrelado. Se você quer O biquini poder, lá tem muita coisa legal.

onde comprar biquini hype

Hype: Momento novidade, pesquisando pro post, conheci a Hype e curti! Eles tem biquinis com modelagens super criativas, ousadas e looks que vão incrementar sua festa no iate (na sombra, pfvr). Eu adorei o maiô e esse biquini de lacinhos babadeiros.

onde-comprar-biquini-aguadoce

Água Doce: Outra marca de moda praia que não conhecia, mas curti. Eles tem uma variedade de estampas enorme, modelagens para todos os gostos e, muito importante, até GG (só falta a foto). Sei que muita gente justamente procura biquinis assim e por lá tem uns bem legais.

onde-comprar-biquini-agua-de-coco

Água de Coco:  Outra marca clássica de moda praia, a Água de Coco também capricha nas estampas cheias de história e biquinis com modelagens variadas. Da oncinha à vitória-régia, por lá as saídas de praia completam o look do verão!

Curtiram a seleção moda praia? Se você tiver alguma outra marca de biquinis que vale o follow, compartilha com a gente!

 

 

A indústria de beachwear e a marca do biquini!

02/01/2017  •  Por Thereza  •  Moda, Pense

Denúncia! Começamos 2017 no espírito do verão e com uma queixa que vem aflingindo mulheres nas praias e piscinas do país: as marcas de beachwear não estão querendo que a gente pegue sol!! Só pode ser. Vejamos em lindas imagens exclusivas de dor e sofrimento…

marca-biquini

Use protetor solar, mas mesmo assim, se for pra pegar sol, ou você vira adepta do nudismo ou aceita que o sol deixará marcas no seu corpo! Em 2010 fiz um post – que até hoje é um dos mais lidos do Fashionismo –  que fala da “Marca da discórdia”, na época estávamos descobrindo que, vejam só, marca de sol era ~cafona, que não era maneiro aquele traço da cortininha sobre seu colo.

Dada a rejeição de algo, até então super comum, veio a moda do sutiã tomara que caia e similares discretos que evitavam ao máximo qualquer tipo de marca inocente e aparente de Astro-rei.

Só que de 2010 pra cá muita coisa mudou, a moda praia está mais em alta do que nunca, os maiôs viraram look do dia e pra 2017, tome nota (já teve post aqui), a moda do biquini-to-wear vem com tudo. Dito isso e, pra completar, a profusão de marcas de biquini cada vez mais criativas, o que temos vistos? Nosso corpo todo rabiscado!

biquini

Se aquela marca de alcinha discreta era cafona para muitos (não pra mim, inclusive, adorava), imagina o que o povo tá achando dos biquinis de hoje? É alça pra cá, tule pra lá, babadinho de um lado, emaranhado de outro, recortes nada estratégicos e biquinis mais complexos que muitos vestidos de festa.

Nesse período de fim de ano, Anitta foi mais uma vítima do sol (ou do biquini, nunca saberemos) e mostrou o resultado dessa mistura loka de moda e praia. Um pouco antes, o site Jezebel fez uma “experiência” com mulheres e os tais biquinis da vez. Não sei vocês, mas essas imagens me deixam até aflita, dá um nervoso, sabe?

Durante alguns anos, decidi manter o bronze com biquini tomara que caia e nem amava, afinal ficava uma tarja horizontal maior que qualquer tracinho de cortininha. Para esta temporada, voltei ao clássico, mas aí eu quis variar e comprei um biquini que o bojo tem uns mini babadinhos na borda (tipo esse preto da 1a foto) e sabe o que aconteceu? Minha marca está toda ondulada, bizarro!

maquinha-biquini

Sei que muitos desses biquinis são usados mais pro social que pra praia em si, mas em tempos que o sol tá queimando até na sombra, todo cuidado é pouco. E mais, comprar um biquini só pra carão de Insta e editorial conceitual, isso sim é fora de moda, né :)

E a questão não são nem os biquinis, mas sim o quebra-cabeça que a gente tem que montar pra marca não ficar aparente na hora de usar um outro modelo. Se em tempos de cortininha a gente tinha meia dúzia de biquinis da mesma modelagem, mas estampas diferentes, nessa nova geração a gente só compra um biquini e fica o verão todo com ele?  Além da não-exposição ao sol, também estamos promovendo indiretamente a sustentabilidade?

Tudo muito bom, tudo muito bem, essa moda praia de fato está incentivando a gente a usar mais protetor solar e ficar menos bronzeada, afinal, não se pode ter tudo. A marca fica feia, mas é cada biquini mirabolante que a gente compra!

E vocês, estão no mesmo desafio de encontrar um biquini bonito ou menos é mais e essa marcas de sol não rolam? Biquini fashionista ou marquinha uniforme? Me contem e feliz ano novo!

Página 1 de 512345