Warning: Declaration of c2c_ConfigureSMTP::options_page_description() should be compatible with C2C_Plugin_023::options_page_description($localized_heading_text = '') in /home/fashioni/public_html/wp-content/plugins/configure-smtp/configure-smtp.php on line 47
protetor solar Archives - Fashionismo 

Conheça o novo Anthelios Airlicium 70!

21/01/2019  •  Por Thereza  •  Beleza, Publicidade

Se tem uma resolução que cumpri com muito sucesso em 2018 foi: use filtro solar! Eu usei rotineiramente e de forma contundente, parou de ser esforço e se tornou um hábito adquirido com louvor. Já experimentei algumas versões, os mais diversos fatores, com cor ou sem cor, mas minha pele sempre se deu bem mesmo com o Anthelios Airlicium da La Roche-Posay (devidamente indicado pela minha dermatologista <3)

Já contei em diversos posts os motivos pelos quais ele funciona bem na minha pele (mista/oleosa/carioca) e acho que isso é fator predominante pra você encontrar O protetor, aquele que se adapta bem à sua pele… e se tiver o cuidado extra de antioleosidade, melhor ainda!

E para os entusiastas de Anthelios ou quem busca conhecer O protetor, sabia que agora ele tem uma nova fórmula? Pois bem, a La Roche-Posay é a marca número 1 em dermocosméticos no mundo, logo, o Anthelios é bestseller e a versão Airlicium (tecnologia que garante controle inteligente da oleosidade por até 12h e ainda sensação de pele limpa) idem, logo, o novo Anthelios Airlicium 70 chega renovado e pronto pro verão brasileiro!

Adorei, mas qual é o diferencial dessa nova fórmula?

Recebi mês passado da Drogaria São Paulo o lançamento e a primeira coisa que percebi é que a textura está mais imperceptível. Ele também não pesa, não meleca e, o principal e que incomoda muita gente: ele não deixa aquele filme branco sobre o rosto, sabe? Você aplica e ele rapidamente é absorvido pela pele.

Junto a isso, essa nova fórmula não deixa nenhum tipo de resíduo – comum em protetores – e o produto também não esfarela na pele e sei que muita gente se incomoda com essa questão e acaba abandonado o hábito do protetor no dia a dia.

novo anthelios la roche-posay

Comparando com a versão anterior, percebi que ele está mais sequinho e a textura mais leve, ainda que cremosa e facilmente aplicável. Foi tipo um upgrade necessário e que a gente sente a diferença na pele, literalmente falando rs. Vale lembrar que nos novos produtos vem escrito “Nova Fórmula” em verde na embalagem. Ah, uma coisa que não mudou – graças a Deus: segue não tendo cheiro de nada!

Outro dia experimentei um protetor japonês muito bom, mas com esse calor carioca (o Saara é mais fresco que o Rio)… ele pareceu derreter na minha pele, sabe? Recentemente falamos aqui sobre essa obsessão com a rotina oriental e como ela não pode ser adaptada fidedignamente no Brasil, especialmente nesse calor 40º. E justamente isso é o que acho um dos maiores diferenciais de toda a linha Anthelios, ele é desenvolvido especialmente para a pele da brasileira e a nossa pele no verão é algo digno de estudo rs.

Pra quem curtiu essa novidade, não deixe de conversar com sua dermatologista e saber o protetor certo para seu tipo de pele. Se o Anthelios Airlicium já faz parte da sua rotina, vale muito experimentar a nova versão!  Clica aqui que no site da Drogaria São Paulo tem a novidade por R$84,90!

 

novo anthelios la roche-posay

Curtiram a novidade? Se alguém já experimentou, compartilhe suas impressões aqui!

 

7 dicas pra você inserir definitivamente o protetor solar na sua rotina

29/10/2018  •  Por Thereza  •  Beleza, Publicidade

Passar protetor solar religiosamente é mais do que um desafio ou estilo de vida, é majoritariamente HÁBITO e eu posso garantir! Há algum tempo, temos falado mais sobre o assunto e me sinto orgulhosa em poder colocar em prática esse não tão difícil costume. A minha ligeira obsessão pelo danado fez até com que eu contagiasse minha família, tipo, Rodrigo não passa todo dia, mas quando vamos fazer uma caminhada, ele já sente a necessidade.

E, seja por questões de proteção solar e/ou prevenção de manchas e rugas, vocês sabem que o Anthelios Airlicium da La Roche-Posay foi o responsável por me fazer conseguir tornar esse hábito possível. Sei que existem milhares de entusiastas do produto que não me deixam mentir, pra mim ele é a melhor coisa pra quem tem dificuldades de colocar protetor solar na sua rotina.

Gosto especialmente, pois ele absorve rápido, a pele não fica melequenta, não tem aquele cheiro de protetor solar da infância e, o diferencial, o Airlicium em si. Do que se trata? É uma tecnologia de controle inteligente de oleosidade, que contém micropartículas matificantes e encapsuladas com 99% de ar, que controlam o brilho sempre que a pele produz oleosidade ou umidade. Resumindo, ele não é apenas mais um protetor, pois essa tecnologia, que os outros protetores não tem, faz toda a diferença.  A quem interessar possa, na Drogaria São Paulo tem o Airlicium FPS30 com 20%off. Dito tudo isso, separamos 7 pequenas dicas (entre erros e acertos) sobre o universo da proteção solar e como deixar esse hábito pronto pro verão que vem aí!

1. PROTETOR MULTITAREFA

Uma questão importante que vai fazer você definitivamente inserir um protetor à sua rotina é o aspecto multitarefa dele. Por exemplo, um protetor que seja hidratante ou um protetor com cor que já funciona como maquiagem (tem protetores inclusive que exercem essa função, no caso, tripla!). Portanto, estude bem um protetor que simplifique sua rotina e ainda não aperte no bolso, afinal, essa multifunção não só vai te fazer economizar passos, como outros produtos.

2. O ÚTIL E O AGRADÁVEL

Desde que minha dermatologista me ensinou a misturar numa usado só, protetor e vitamina c, consegui inserir esse último ingrediente definitivamente na minha rotina. Sabia que pra obter o máximo de seu filtro solar, você deve combiná-lo com um antioxidante, como a vitamina C?

Pois bem, “O dano solar é um processo oxidativo. Os raios UV, poluição e fumaça de cigarro, causam a liberação de radicais livres nocivos, que levam a sinais prematuros de envelhecimento, mas a vitamina C os neutraliza e ajuda a proteger a pele contra esses danos, mantendo-a saudável e vibrante. A vitamina C não funciona como barreira aos raios UV, mas uma vez que esses raios entram na pele, é um potente antioxidante que diminui a taxa de danos dos radicais livres, melhora o colágeno e ajuda na reparação da pele.”

Eu tenho aplicado 4 gotinhas do C E Ferulic (tem dele aqui também), a vitamina C da La Roche-Posay, ao meu Anthelios Airlicium e tenho matado dois coelhos com uma cajadada só, pois é duplamente eficaz e até mais fácil de passar, conversem com sua dermato que faz muita diferença.

3. DESMITIFICANDO AS COISAS

“Eu até tento, mas protetor solar me dá espinha”, a maioria das pessoas atribuem à questões como essa, o fato de não conseguirem inserir proteção solar à sua rotina. Mas já perceberam que qualquer coisa pode nos dar espinha? Uma base do momento? Aquela comida delicia? Mas como protetor não é ‘gostoso’, a gente deixa de lado rs. A questão é óbvia, é preciso encontrar um protetor solar pro seu tipo de pele.

Li uma matéria muito legal na Allure falando sobre essa resistência e como é preciso, antes de mais nada conversar com seu dermatologista e depois ir na tentativa x erro. A matéria fala que a questão não é nem em relação ao surgimento das espinhas, mas sim o motivo pelo qual elas surgem, e muito se deve à transpiração, se esse for seu caso, vale ver um protetor resistente à água. Ou, por exemplo, as versões em gel – como é o caso do Anthelios, que tem textura gel-creme , são menos propensos a causar desconforto na pele por conta de sua boa absorção.

4. MAQUIAGEM É MAQUIAGEM, PROTETOR É PROTETOR

Não se iluda com certos produtos de beleza que tenham a letra mágica FPS, eles ajudam num retoque eventual, mas estão longe de serem suficientes. Nessa mesma matéria, um dermatologista diz que, por exemplo, um pó com FPS, precisa ser aplicado 14 vezes na pele pra fazer efeito e uma base com uma pequena quantidade de fator precisa de 7 camadas pra proteger de forma eficiente, já imaginou o reboco?

5. EU SEI O QUE VOCÊS FIZERAM COM O PROTETOR SOLAR DO VERÃO PASSADO

Típico, vem chegando o verão, aquele calor no coração e bate aquela vontade (ou diria peso na consciência?) de inserir o protetor solar que você não usa desde o verão passado, certo? Pois bem, reflita, a validade de um protetor solar é curta, geralmente de 12 meses, simplesmente pelo fato dos ingredientes ativos do produto perderem sua eficácia, ou seja, você vai se lambuzar toda e nada acontecerá, portanto, a cada 12 meses é preciso renovar seu estoque de protetor (mas se você usar assiduamente não vai correr esse risco do produto ficar inutilizado :D).

6. DÊ UM TEMPO PRO PROTETOR PROCESSAR AS IDEIAS

Tudo ótimo, você está conseguindo inserir o protetor à sua rotina, mas um erro que as pessoas cometem:  passar e sair. Um protetor precisa de 20 a 30 minutos para adentrar definitivamente na sua cútis e fazer efeito, portanto, passe um tempinho antes de sair.

7. INDO ALÉM DO ÓBVIO

Tudo muito bem, você já usa protetor solar diariamente na sua rotina, mas até onde? Sabemos que no rosto é fundamental, mas tem gente que passa como se fosse uma máscara, até a curvinha do queixo e fim. Vamos à fase 2 da proteção e que tal estender por todo o pescoço, colo e aquele restinho no dorso da mão? Essas partes do corpo, inclusive, são onde mais revelam a idade e mostram que protetor solar não tem limite, mas é tudo uma questão de hábito!

protetor solar

E você, como conseguiu introduzir o ritual da proteção solar à sua rotina?

4 coisas que aprendi sobre proteção solar

16/04/2018  •  Por Thereza  •  Beleza, Publicidade

O verão acabou e, para muitas pessoas, aquela sensação de diminuir a mão no protetor solar aumenta. Confesso que no passado era uma dessas, mas hoje, com o advento da idade rsrs, ando me preocupando muito mais com essa questão, é um vício saudável que quando saio de casa sem protetor, parece que está faltando alguma coisa, sabe?!

Vocês já perceberam que cuidados com a pele tem sido meus posts favoritos e quando o assunto é proteção solar, meu lado hipocondríaco apita e é muito difícil sair de casa sem. Já contei nesse post aqui que o Anthelios Airlicium (tem dele aqui na Drogaria São Paulo!) foi meu primeiro protetor solar e, assim como sutiã rsrs, a gente nunca esquece. Foi através dele que consegui incorporar o processo à minha rotina sem sentir a pele sufocada ou pegajosa e também é o único que o Rodrigo aceita que eu passe nele (aliás, convencer maridos e namorados a usarem protetor, merece um post exclusivo).

E depois que minha dermatologista me orientou a passar protetor até pra escrever esse post aqui, minha relação com o produto mudou 100%, com isso, fiz uma seleção de 4 coisas que aprendi sobre a importante arte de passar protetor solar!

proteção-solar

PROTETOR SOLAR EM CASA

Não tem muito tempo que eu descobri a importância de passar protetor solar em casa. Inocentemente (ou bem ignorante mesmo), achava que só deveria me precaver na rua, mas que nada, minha dermato me contou da importância de se proteger ao ficar no computador e até celular, pois ficamos diretamente expostos à luz azul contínua emitida por essas telas. Sabia que cada 4 horas que passamos diante de uma tela capaz de irradiar essa luz, seria o equivalente a 20 minutos de exposição ao Sol?! Pois é!

Confesso, muito cá entre nós, que esse é um hábito que ainda estou tentando incluir na minha rotina (especialmente na parte do retoque), mas quem passa muito tempo diante do computador/celular, precisa se precaver.

A ORDEM DAS CAMADAS ALTERA O PRODUTO

Protetor solar já é um hábito pra você, maaas, a forma que você passa pode estar errada. Nunca e em hipótese alguma passe o seu protetor solar pela manhã antes dos seus cremes de rotina. Talvez você até saiba que isso não é correto, mas sabe o motivo?

Simples, se o protetor for a primeira camada da sua rotina de cuidados, ele vai evitar que os outros produtos penetrem, afinal, se ele impede o astro-rei, quem dirá nossos produtinhos de beauté. Além disso, e talvez o mais importante, ele pode até alterar as propriedades do filtro solar, portanto, a ordem desses fatores altera a proteção sim! Produtos de cuidado com a pele + protetor + make = Sucesso!

FATOR DE PROTEÇÃO SOLAR IMPORTA?

Claro que importa! Mas, afinal, qual é a diferença entre FPS 15, 30, 70 e por aí vai? Bom, antes de mais nada, acho que é de conhecimento geral que o 30 é o mínimo garantido por convenção internacional para proteger a sua pele, mas e os outros? Simples, quanto mais baixo, menor é o tempo de proteção que o produto concede à pele, ou seja, um filtro com FPS 30 protege a pele da ação dos raios solares por um período 20 vezes menor do que um com fator de proteção 50.

Aprendi recentemente esse cálculo (para o meu tom de pele): se, em apenas 10 minutos exposta ao sol sem proteção, sua pele já fica vermelha e ardida, ao passar um protetor com FPS 30, levará 300 minutos (5 horas), para que isso comece a acontecer. Para chegar a esse número, multiplique os 10 minutos pelo número do fator de proteção, nesse caso, 30. Por fim, vale lembrar que geralmente filtros e bloqueadores com maior FPS contêm uma concentração maior de compostos que os tornam mais aderentes à pele, deixando-a mais protegida.

A QUANTIDADE RAZOÁVEL E NECESSÁRIA

Mais uma polêmica envolvendo proteção solar. Como a gente passar creme em 100% do corpo? Bom, dizem que é necessário encher um copinho de shot pra passar o produto adequadamente no corpo, mas e o rosto? Na embalagem do Anthelios diz “abundantemente” e o que isso significa? Bom, depois de muitas dúvidas e versões, peguntei à minha dermato e ela disse “uma colher de chá está bom”. Na dúvida, pergunte sempre à sua dermatologista!

E como é a relação diária de vocês com protetor solar pro rosto? Sabiam de todos esses itens, tem outros segredos e querem compartilhar?! Conta aí!

Página 1 de 212