Shampoo Seco Total Miracle da Aussie

27/11/2019  •  Por Thereza  •  Cabelos, Compras

Sabe aquela pergunta tradicional de qual produto você levaria pra uma ilha deserta? Bom, eu acho que eu levaria um shampoo a seco! Porque maquiagem a gente até se bronzeia naturalmente, mas um shampoozinho assim é providencial e acho que eu levaria esse Total Miracle da Aussie, o nome é bem auto-explicativo.

shampoo-seco-aussie

Eu costumo mesclar entre dois dry shampoos, o da Batiste e o da Lee Stafford, mas esse se tornou um novo queridinho, logo, amei. A Aussie é famosa por seu creme capilar poderoso e a versão shampo a seco segue o mesmo padrão de qualidade e bom preço.

shampoo-seco-aussie

O Total Miracle garante ser um produto 7 em 1, ele mantêm aquela limpeza capilar do 1o dia de escova, da um gás de frescor, é leve, mas encorpa bem, protege a cor, dá uma sensação de limpeza, tem acabamento matte e, pra completar, tem uma fragrância mara.

E eu começo pelo fim, é a melhor fragrância que já experimentei no quesito. Na realidade eu nem gosto de shampoo assim perfumadão, mas esse é refrescante e dá aquela sensação boa e de limpeza. Pra completar ele não pesa o cabelo, você passa, faz efeito, mas seu cabelo não fica intocável, sabe?!

E ainda de bônus comprei o laquê da mesma linha e ele é igualmente maravilhoso, segura o cabelo na medida e não deixa o fio muito rígido. Ambos comprei na Harmon da 6a avenida e estavam numa promoção bem boa (algo na faixa de U$5). Aqui no Brasil depois descobri que tem na Americanas online.

shampoo-seco-aussie

Eu nunca gostei muito de trazer shampoo seco de viagem, pois sabe-se lá porque eles esvaziavam na hora do transporte (isso aconteceu umas 3 vezes comigo com o da Victoria’s Secret), mas esse deu super certo e vale a pena!

Gostando das resenhas de produtos?! Se tiverem alguma sugestão de tema, só falar!

3 mitos sobre shampoo (Trago verdades!)

06/11/2017  •  Por Thereza  •  Beleza, Cabelos

Se tem um slogan que pegou na nossa infância foi, “Shampoo qualquer um. Condicionador, só Monange”. E taí uma inverdade! Shampoo não pode ser qualquer um, já falamos algumas vezes não só dos malefícios de muitos ingredientes, mas até a forma e quantidade que aplicamos. Dito tudo isso, li uma matéria super legal na Allure que revela alguns mitos e a real em relação ao produto, logo, compartilho com vocês!

MITO 1: SHAMPOO SECO PODE FAZER O CABELO CAIR
A REAL: Dizem que o shampoo seco pode obstruir os folículos capilares no couro cabeludo e fazer você perder os fios, mas dermatologistas negam “Os shampoos secos usam pó, amido ou talco para absorver o óleo, e nenhum desses ingredientes afeta diretamente a capacidade dos folículos para crescer novos cabelos”, PORÉM, também não é por isso que devemos usar todo santo dia.

A dica pra evitar problemas a longo prazo? Não aplique o spray direto na raiz, levante os fios e direcione neles! Nunca tinha feito assim, agora jamais farei diferente, obrigada!

MITO 2: É MAIS SAUDÁVEL NÃO USAR SHAMPOO TODO DIA
A REAL: Shampoo de fato remove alguns dos óleos naturais do cabelo, mas o óleo não é o único problema que acomete sua raiz. Bactérias, sujeira, suor, poluição, deixar tudo isso por muito tempo no seu couro cabeludo causa irritação, coceira e até mesmo caspa. E ainda tem produtos que você usa nesse período, como spray, mousse, entre tantos outros e que também precisam ser eliminados com o tempo para não estragar o cabelo na hora da próxima lavagem.

Resumindo: shampoo é imprescindível e, diferente do que muitos falam, é permitido lavar o cabelo todo dia sim! Se seu cabelo é mais oleoso, é possível aumentar esse período para 2 ou 3 dias, nada muito além disso!

MITO 3: SHAMPOO SEM SULFATO É MELHOR PARA CABELOS PINTADOS
A REAL: Muitos dizem que sulfato não combina com tintura, mas testes recentes já afirmam ao contrário e dizem que não há nenhuma mudança significativa de perda e desbotamento de cor. Especialistas dizem que a própria água é mais capaz de abalar a cor dos fios, do que o próprio sulfato, ou seja, é bom evitar, mas não é o grande vilão da cor.

Daí a gente vê que não só shampoo tem que ser especial, mas também a forma que usamos!

O shampoo seco molhou? Conheça essa novidade de beauté!

30/08/2017  •  Por Thereza  •  Cabelos

Especialistas da Nasa (não tenho certeza) ficaram anos, talvez décadas, tentando criar um produto que pudesse estender a validade da nossa escovex e manter a dignidade capilar uns diazinhos a mais… fez-se o shampoo seco!

Agora prontos para subverter esse sistema, outros engenheiros de beauté vieram com uma novidade e essa é promissora e desconstruída: shampoo seco só que meio molhado, na realidade MOUSSE aka ESPUMA.

Mas como, Thereza? Mérito da Jen Atkin, a hairstylist queridinha das famílias Kardashian/Jenner/Hadid tem sua incensada marca Ouai e no início do ano lançou o Ouai Dry Shampoo Foam, como funciona?

Segundo Jen, é simples e melhor que a versão seca, “Para usar é fácil, aplique o produto do tamanho de uma bola de ping-pong, esfregue levemente nas mãos e aplique na sua raiz e estenda até um pouco no meio dos fios.  Diferente do que você possa imaginar, a cremosidade do mousse não vai estragar sua escova ou deixar seu cabelo melecado, a função do mousse é agir como se fosse uma borracha, que magicamente remove qualquer impureza e oleosidade. O produto ainda dá uma sensação mais suave que a versão em pó e deixa um volume na medida” finaliza, Jen. Abaixo tem um vídeo dela explicando na prática.

Eu experimentei o produto na Sephora gringa e de início achei que melecou (porque eu não penteei depois), mas com o tempo senti meu cabelo de fato mais suave e sem aquele aspecto depois-do-pó que os shampoos seco deixam, sabe? Pra quem não curte muito a versão spray, achei uma solução bem interessante!

shampoo-seco-espuma

Além da Ouai, outras marcas já entraram no universo shampoo mousse, como a Drybar e Tresemmé e não vejo a hora de ter aqui pelo Brasil opções pra gente experimentar.

Vocês já conheciam e testariam?

 

Página 1 de 212