Empties: SkinCeuticals, Lancôme, Benefit, Armani e Kérastase!

19/04/2018  •  Por Thereza  •  Beleza, Compras

Empties (“vazios”), foi uma tag que surgiu anos atrás no Instagram e as pessoas, sejam blogueiros ou não, postavam seus produtos finalizados e o que isso significa? Sim, que é um produto que a gente aproveitou até o talo, tipo, valeu muito a pena, logo, recomendamos!

Em 2015 postei aqui sobre o movimento, que também ganha vida em posts de blogs e vídeos no youtube, e confesso que é a tag que mais assisto por aí. Como eu acho que dica boa, é dica de produto vazio, periodicamente farei um apanhado dos meus, ok?! Vamos começar!

Clarifying Clay Masque SkinCeuticals: Ama argila? Essa máscara é pra você! Resenhei ano passado nesse post aqui e agora, depois do fim, posso afirmar, é uma das máscaras de argila que mais gostei. Enquanto umas são muito agressivas (e repuxam até demais), essa é na medida, nem muito e nem pouco e ainda parece que a argila suga todas as impurezas, a pele fica uniforme e muito bonita. Teria de novo? Sim, com toda certeza, pena que não é das mais baratas (aqui tem por R$284), mas vale cada rico dinheirinho.

Rénergie Multi-Lift Lancôme: Creme riquíssimo e poderosíssimo, durante meses foi meu companheiro de cabeceira. Sua função oficial é “Para fazer o tempo parar e combater rugas e perda de firmeza, enquanto redefine o contorno facial, área por área”, eu tenho todas essas questões, exceto as rugas (ainda), então não sei se ele é um creme exatamente pra minha idade. Se você precisa de algo bem nesse estilo e gosta de gastar bem com cremes similares, a linha Rénergie é sempre sem erro, tem aqui dele.

POREfessional Benefit: Amor eterno, amor verdadeiro. Eu não consigo usar outro primer a não ser esse da Benefit. Eu uso há anos, é o que melhor se dá com a minha pele e é daqueles que quando não uso, a maquiagem não fica a mesma. Tipo de produto que corto pra aproveitar até a última gota (como se pode ver na foto). Ele é um dos itens básicos de make pra mim (tem aqui na Sephora por diversos tamanhos).

Armani Code Cashmere: Eu demoro muuuito pra terminar um perfume, simplesmente por sempre variar de fragrâncias no dia a dia (não sou aquela 100% fiel à uma só), mas esse Armani Code eu terminei num período recorde de 6 meses, foi O meu cheiro de 2017. Já teve post dele aqui, pra quem gosta da linha, essa versão Cashmere acho que supera os originais, é um pouco mais suave, mas ainda marcante e cheiroso demais rsrs. Tem de na The Beauty Box.

Kérastase Croma Captive: O meu condicionador do dia a dia dos últimos anos. Gosto muito da linha Croma Captive, pois ele mantêm a cor dos cabelos tingidos e ainda traz brilho, a máscara é uma das minhas favoritas, não costumo investir tanto em cremes por dia a dia, mas esse é uma extensão positiva e eficiente. Pra quem tem cabelo com cor, é uma excelente linha!

Espero que tenham gostado do #empties e voltamos a qualquer momento com mais produtos vazios (já estou super acumuladora pra outra leva e já foquei nos baratex)!

L’Incroyable Blowdry Crème da Kérastase, para cabelos criativos!

02/04/2018  •  Por Thereza  •  Cabelos, Compras

Cabelo, é um dos assuntos que mais rende aqui nesse #Fashionismo10anos (não é à tóa que o post mais lido de todos os tempos é sobre “o cabelo mais bonito do mundo”) e quando a pauta é resenha de produtos, sei que você adoram! Confesso que no último ano não experimentei taaantas novidades como gostaria (ou deveria), mas outro dia recebi um presskit e logo vi potencial!

Kerastase blowdry

Há um mês recebi essa novidade da Kérastase, usei algumas vezes e o veredito é bastante positivo. O L’Incroyable Blowdry Crème tem nome pomposo e função eficiente! Pra que ele serve? “É um Creme Finalizador termoremodelável que protege os cabelos do calor do secadores, piastras e babyliss. Sua exclusiva tecnologia permite modelar e remodelar os fios para novos looks, com sua ação reativada através de calor, sem precisar reaplicar o Creme. Tem alta durabilidade de efeito antifrizz, disciplina com movimento e funciona para fibras de cabelos normais a grossos”.

E o que isso significa? Que você pode num dia fazer escova, depois babyliss e num outro passar chapinha, o L’Incroyable Blowdry dá memória ao fio (produtos tipo “Memory Mist” tem sido moda lá fora, inclusive a Ouai – aka Jen Atkin – acabou de lançar o seu) e respeita essa nova forma. Pra quem gosta  de inventar moda capilar, é uma boa pra não ficar só no mesmo “shape” numa escovada só, sabe?!

Kerastase blowdry

Eu tenho buscado variar mais com a finalização do meu cabelo e consigo fazer escova no salão e no dia seguinte criar uma versão mais “messy” e fazer um babyliss mais caseiro (aka informal), o bom é que você usa o produto só uma vez e daí pode recriar formas ao seu fio.

Como usar? Você coloca uma pequena quantidade na mão, distribui em todo o comprimento do fio, massageia e depois parte pra escova, chapinha ou babyliss (não necessariamente nessa ordem). Também testei o produto só na hora de fazer escova e sinto que ela fica bem modelada e dura mais. E o que eu mais gostei foi justamente isso, não costumo passar nada que modele o fio na escova (nem fixador pra segurar), porque acho que deixa o cabelo muito rígido e não-maleável, já esse, deixa a escova bem modelada, mas sem deixar o ficar enrijecido.

Pra completar e garantir o cabelo na medida do sucesso, o produto é pacote completo e garante uma secagem 3x mais rápida, tem proteção térmica e até 69h de anti-frizz.

Kerastase blowdry

Pra quem gosta de modelar o cabelo muitas vezes e ainda ter aquela escova no capricho, vale experimentar! Achei na Época Cosméticos e também tem em várias salões que tem produtos da marca. Custa R$197, o preço não é dos mais baratos, mas sem dúvida o pote de 150ml dura por bastante tempo.

Conheciam esse produto ou usam outro com proposta similar?!

 

Therapiste da Kérastase, para cabelos Extremamente Sensibilizados (prazer, o meu!)

19/10/2017  •  Por Thereza  •  Beleza, Cabelos

Outro dia eu pintei o cabelo e saí sensivelmente mais loira. Não tradicionalmente loira, acho que aloirei demais. Dias depois pensei, “é acho que vou dar uma cortadinha no cabelo”. Não sei se é a lua, os hormônios ou uma sensibilidade qualquer, tem dia que os fios ficam mais macambúzios, sabe?

Daí eu fui cortar meu cabelo com a Dani Anjos (outro dia falei da minha rotina capilar aqui!) do Werner Exp Barra Shopping e, além de um corte providencial para, digamos, aparar as arestas, ela me sugeriu um tratamento, mais precisamente o Therapiste da Kérastase.

kerastase-therapiste

Já tinha feito ele algumas vezes, mas sempre voltava pra cauterização a frio. Eis que quando Dani me sugeriu o Therapiste, eu perguntei “Pra que serve?” e ela “Para cabelos extremamente sensibilizados” ou seja, recado anotado…

E no dia que fiz o tratamento, acrescido de um leve corte de cabelo, senti uma boa diferença, há tempos não fazia um procedimento tão eficiente, logo, virou post!

kerastase-therapiste

Será que o seu cabelo é minimamente sensibilizado? 

Você pinta muito o cabelo, faz muita escova, chapinha, babyliss e etc? Tem cabelos partidos, quebrados, pontas múltiplas? A prova cabal: você penteia o cabelo com os dedos e ele não passa (esse foi o meu termômetro!)? A escova então, nem penetra direto?! Pois bem, isso não é um cabelo desidratadinho, é um cabelo com um nível acima de sofrência.

Daí que entra o tal Therapiste, como ele funciona?

Ele renova a qualidade da fibra de cabelos superprocessados e quimicamente danificados, reparando profundamente os cabelos desde seu interior e ajudando a recuperar força e elasticidade, revitalizando e tonificando a fibra. Resumindo, ele, reconstrói o cabelo, sela as pontas, reativa o brilho e confere um toque sedoso.

O que eu achei?

Encorpou meu cabelo. De fato senti que a estrutura foi recomposta. Se antes meu fio estava quebradiço, agora parece que ficou robusto e isso resultou numa escova mais bonita e arrumada (aka não espigada).

Agora  ao mesmo tempo que é um tratamento a médio prazo, chega uma hora que você precisa parar de fazer no salão, mas seguir usando em casa (eventualmente, pois não gosto de repetir tratamento).

No salão fiz o pré-shampoo, shampoo e a máscara, já em casa vale usar o shampoo, mas acima de tudo investir na máscara. Eu ainda não comprei, mas sem dúvida entrou pra listinha para seguir com os cuidados caseiros.

Se alguém está com os fios sofridos e desidratados, é uma boa sugestão de tratamento de salão, mas caseiro também. Se já testou esse ou recomenda outro, me conta!

 

 

Página 1 de 3123