UM DIA NA FÁBRICA DA CARMEN STEFFENS EM FRANCA

12/08/2015  •  Por Thereza  •  Acessórios, Publicidade

Vocês sabem que uma das minhas tags favorita aqui no blog é mostrar sobre a parte mais, digamos, técnica de grandes empresas de moda. Já fui a fundo na história de marcas como Zara, Forever 21, Urban Outfitters e Victoria’s Secret (vale ler cada post, são meus xodós), mas dessa vez a empresa é nacional e muito especial.

A Carmen Steffens está presente aqui no Fashionismo há mais de 4 anos (aliás, fomos o 1º parceiro do mundo do blogs da marca, show né?!) e finalmente pude conhecer in loco sua fantástica fábrica de bolsas, sapatos e muito mais, e digo fantástico, porque é mais do que um lugar que produz itens usados mundo afora, mas também pela proposta, empreendedorismo e todo o histórico empresarial que a marca tem e nos dias de hoje isso é admirável.

A fábrica fica em Franca, interior de São Paulo e a cidade tem nos calçados masculinos seu forte, mas 22 anos atrás chegou a Carmen Steffens pra trazer um pouco mais de moda feminina à região.

FABRICA-CARMEN-STEFFENS-1

Vocês acreditam que na fábrica, em um dia só, são produzidos 10.000 sapatos e 2.200 bolsas? Muita coisa! Também pudera, a marca tem 540 lojas no Brasil e 35 no exterior (já conheci a de LA, Vegas e Cannes) e o plano de expansão é ambicioso, apesar da crise, qual mulher não resiste a um parzinho de sapatos, hein?!

Em conversa com Mario Spaniol, criador da CS, ele contou mais sobre os projetos e modelo de negócio da marca. Já Monalisa, diretora criativa, contou sobre a parte do design e como eles tem  se reinventado a cada dia e para cada público – acho que os blogs ajudaram um pouco nessa! – sem perder sua essência, mas ficando cada vez mais democrática e agradando diversos estilos.

fabrica-carmen-steffens-3

Só na fábrica em Franca, são 3.400 funcionários e por lá vemos que a produção de cada peça é totalmente artesanal, apesar das máquinas poderosas (tem umas super high-tech que valem milhões de dólares), é um trabalho minucioso, feito por uma equipe extremamente dedicada e que conhece os mínimos detalhes, do salto alto a alça da bolsa!

Quem me acompanhou no Snapchat, viu que nosso passeio incluiu uma visita à área da produção, onde vimos uma bolsa ser produzida na hora, até o curtume (local que transforma o couro “cru” em pronto pra ser usado). E foi lá o local que mais me impressionou, bem legal ver o processo de transição de um material tão especial e que por lá recebe qualquer tipo de cor e até textura (através de uma giga carimbada que transforma o couro de vaca em avestruz, cobra ou jacaré, a gosto do freguês). A Couroquímica, desenvolve couro pra diversas marcas, não só de moda, mas também pra indústria automobilística e mais.

fabrica-carmen-steffens-curtume

As fotos mostram um pouquinho da imensidão de uma empresa completa, que gera muitos empregos, exporta coisa nossa para todo o mundo, tem uma moda para todos os estilos, é antenada com as novidades e, o principal, é interessada com o que o cliente acha, pensa e gosta, e nos dias de hoje, esse já é um segredo de sucesso, ser fiel e se preocupar com seu público.

Adorei conhecer Franca (e um pouquinho de Ribeirão Preto, Campinas) e espero voltar outras vezes à região!