Bolsa desejo: Cassandre de Yves Saint Laurent!

15/04/2014  •  Por Thereza  •  Acessórios, Compras, Moda

Bolsas, quem não ama? É meu item de moda favorito, daqueles que vale o investimento e meu mural do Pinterest é prova viva dessa minha paixão e eu faço aniversário dia 19/05, risos. Por lá, sempre dou belas pinadas em bolsas que estão na minha wishlist ou apenas em sonhos mais distantes. E em LA comprei uma bolsa que muito figurava por lá e agora uso por aqui: a bolsa Cassandra da (Yves) Saint Lauren (Paris)!

BOLSA SAINT LAURENT CASSANDRE

A minha é a vermelha e virou meu xodó vigente (que se oficializou depois desse post do Futi), não largo ela pra quase nada! E vocês sabem que em 2012 a marca Yves Saint Laurent mudou de nome para Saint Laurent Paris e tudo arte e projeto do designer – que não é/era muito unanimidade – Hedi Slimane.

Depois da troca, houve muita polêmica e críticas de que uma marca como YSL poderia perder sua identidade com uma transformação tão impactante feito essa. A resposta de Hedi? Essa espécie de homenagem (uns dizem indireta mesmo) com o lançamento desse modelo de bolsa que leva o famoso logo da marca e que depois da mudança de nome só era visto na linha de beleza.

O logo YSL foi criado pelo designer francês Adolph Mouron Cassandre em 1961, daí o nome homenageando o artista e provando que o legado de Yves está mais vivo que nunca. A bolsa vem em diversos tamanhos e modelos, seja com o tassel, sem tassel e ainda versão clutch, mas sempre com a placa YSL como destaque!

Saint laurent bolsa modelo

Não são lindas? Eu tô apaixonada por elas e depois de saber da história, mais ainda! Eu queria comprar a minha com tassel, mas eu queria principalmente na cor vermelha e com detalhes dourado – acho tudo a ver com a marca – só que na loja de LA não tinha, então foi sem tassel mesmo, o que acho que fica melhor pra quem quer usar a bolsa também durante o dia – um dia mais caprichado, eu sei! – porque parece que o tal tassel deixa ela mais pra noite.

Além das cores clássicas como vermelha e preta, pra essa temporada vi laranja e pink, tudo neon, postei até no insta na época, mas não sei porque, mas acho que a marca combina com cores mais sóbrias, pode ser frescura, mas é critério de compra :)

saint laurent who wear

E à primeira vista, quem acha que é uma bolsa exclusiva pra noite, super se engana. Achei ela coringa pra quem gosta de uma mini bolsa, mas que cabe um celular e otras cositas más! Diferentes daquelas WOC – wallet on chain – da Chanel e Prada, a da YSL é mais bojudinha e cabe bem mais coisa.

Agora olha quantos looks legais com a bolsa, do jeans-com-jeans, passando pelo casual, clássico, charmoso, sexy e, logicamente, look festa. Com o sem tassel, pra quem gosta de uma bolsa mais “aparecida” e logomania feelings, vale conhecer essa de perto :)

Agora vamos falar de preços? Infelizmente não rola de fazer o famoso “quer pagar como” porque não tem YSL no Brasil, mas se alguém quer investir-na-bolsa, essa não é as das mais caras caríssimas.

BOLSA SAINT LAURENT PRECO

Os preços acimas são sem acréscimo de taxa nos EUA ou detaxe na Europa, o que pode variar – pouca coisa – é entre uma cor especial ou material, mas o site da YSL é ótimo e tem preço de tudo. A minha é essa pequena (do tamanho da laranja que eu fotografei por lá e agora tô começando a me arrepender #taurina) e achei o tamanho ótimo, a alça é compridona e grossa e o espaço é na medida das suas necessidades.

Daquela nossa série de posts com as woc da Chanel e Prada, esse é um modelo com tamanho upgrade, preço na mesma faixa e história que já vale a compra (bom, pelo menos eu sou convencida assim. E que minha filha vai herdar, é claro :D).

E vocês, o que acharam das Cassandres? Acham que são um bom investimento e aquisição cheia de história?!

Uma Prada para todas!

11/02/2014  •  Por Thereza  •  Acessórios, Compras, Moda

Lembram que ano passado fiz um post falando de um modelo de bolsa da Chanel super usado e com preço relativamente razoável (lá fora)? O tal modelo é o WOC (Wallet on Chain) e é uma mini bolsa com alça de correntes super clássica, que funciona bem pra sair à noite, viagens (onde precisamos de conforto e mãos livres) ou pra qualquer uma com poder de síntese pra carregar somente o básico no dia-a-dia. Daí que a WOC vai além e existe em outras marcas, semana passada conheci essa da Prada.

preço bolsa prada village mall wallet

Passeando pela Prada do Village Mall, meu amigo – e super vendedor, procure-o! – Fabio Schimidt, me apresentou essa WOC que tinham acabado de chegar. Conforme eu falei, é uma bolsa pequena, dentro cabe celular, batom, blush (rímel, corretivo…) e ainda tem espaço pra cartões e é basicamente isso. É função clutch mesmo, mas tem a corrente grandinha (e removível) que dá pra usar transpassada e afins.

Eu sou super adepta de bolsa pequena pra sair à noite e especialmente durante viagens e adorei essa versão da Prada. Além das cores clássicas, também tem as estampas da temporada e ainda uma opção sem correntes na alça (postei aqui no meu Pinterest). Todas elas são no couro Saffiano, o grande clássico da marca.

prada bag wallet price

Agora o que eu achei mais interessante: o preço. Antes de mais nada estamos falando de uma Prada, mais do que uma bolsa de qualidade incontestável, tem o tal nome e história. O papo de que irá durar pro resto da vida é fato e principalmente  nos dias de hoje, onde só de olhar torto pra certas bolsas elas já se desmontam.  Sem contar o objeto de desejo que ela é e vez ou outra merecemos tal agrado, bom, sem mais delongas: R$1.860, achei bem razoável, comparada principalmente com a WOC da Chanel que custa R$6.000.

Outro fator que ajuda na compra – e já foi tema de post aqui – é o preço por usada. Longe de mim incentivar a sair comprando qualquer coisa cara que vemos pela frente só pelo fato de ter, mas à partir do momento que falamos de uma peça atemporal, que certamente será usada muitas vezes,  acredito que vale o investimento com consciência sim.

Eu tô numa fase que prefiro ir uma meia dúzia de vezes a menos na Zara, pra poder investir vez ou outra em algo mais duradouro e, no final das contas, vale muito mais a pena e a satisfação da boa escolha é o que há de melhor.

compare preco bolsa brasil

Agora o que eu fiquei mais positivamente impressionada foi a comparação dos valores dela aqui no Brasil e nos EUA: R$160 de diferença! Isso só prova a tese (e que também já teve post aqui!) que é imprescindível pesquisar na hora de comprar um item desses lá fora ou por aqui. Existem marcas (além da Prada, tem Miu Miu e Gucci) onde a diferença está cada vez menos discrepante.

Sem contar que por aqui temos atenuantes como parcelamento (essa pode fazer em 4x) e comodidade (liga na loja que eles entregam no Brasil todo), enquanto comprar lá fora ainda tem iof e câmbio oscilante, sem contar as questões alfandegárias mais rígidas e menos criteriosas.

Gostaram da bolsa e de posts nessa temática? Enfim, seja por questões matemáticas ou pela simples vontade de comprar, vale sim pesquisar todos os cenários possíveis. Eu achei a bolsa uma graça e super clássica, certeza que entrou na minha listinha!