CALITRIP #04 – VLOG DE SÃO FRANCISCO E NAPA VALLEY

07/06/2015  •  Por Thereza  •  Viagem

Vocês sabem que não sou dessas, que gosto de postar tudo rápido e rasteiro, mas começo esse post com um mea culpa ;]] Estou mega atrasada com os posts sobre California/Vegas, mas prometo recuperar esse tempo perdido à partir de agora!

CALITRIP4

Confesso que não sou muito íntima do imovie (ele lembra meus terríveis tempos de relacionamento com o autocad), daí a demora na produção do vlog implicou na continuação dos posts da viagem, mas agora vai! E vai porque eu venci o imovie e tô tipo safa na produção de vídeos #sqn.

Então eu espero que vocês gostem, que curtam, que deem joinha, porque aí já me empolgo com os próximos capítulos dos vlogs que serão Big Sur + La e o 3º será LA + Vegas! E no meio disso soltarei os posts com dicas de locais que fomos na viagem, é tudo bem casual e sem pretensões hollywoodianas como vocês bem verão, ok?! Foi nossa 1ª viagem que nos comprometemos a filmar algo pro blog  e pra quem viajarár pela região acho que tem boas dicas!

(Obs.: Não sei se subi o vídeo numa versão de qualidade baixa, mas dá pra ajustar pra melhorar)

Nesse vlog passamos por San Francisco e Napa Valley, onde passamos um dia inteiro na base das degustações, aliás, acho que esse roteiro tá muito bom (não repare que nesse dia tava bem gripada e o detalhe é que eu nunca fico gripada, mas fiquei)! Se você perdeu algum post da viagem, segue pra você relembrar :)

Calitrip #01: Meu Roteiro e inspiração de viagem

Calitrip #02: Um dia em São Francisco

Calitrip #03: Roteiro de um dia em 3 vinícolas no Napa Valley

Espero que vocês tenham gostado e na próxima semana volto com post sobre Big Sur e LA e depois mais um capítulo da nossa Calitrip!

CALITRIP: ROTEIRO DE UM DIA EM 3 VINÍCOLAS NO NAPA VALLEY

31/03/2015  •  Por Thereza  •  Viagem

Depois de São Francisco, chegamos ao momento ápice da nossa viagem, um lugar para o qual nunca havíamos ido, mas do qual sempre ouvimos falar – e beber: Napa Valley, a terra dos vinhos americanos!

CALIFORNIA-MAPA-POST-3

Pra quem não sabe, o EUA é o 4º maior produtor de vinhos do mundo, tendo em vista que a California é responsável por mais de 90% dessa produção, vocês podem imaginar a quantidade de vinho feita por lá! Existem dezenas de regiões vinícolas no estado, porém, Napa é a mais emblemática, pois foi quem colocou os EUA no roteiro de vinhos do mundo, com isso, a região se tornou extremamente turística e, diferente de países como Itália e França, os americanos sabem fazer de uma simples degustação, um verdadeiro show. Sendo assim, esperem uma visita com experiência completa e inesquecível!

Nós dedicamos um dia inteiro a visitar vinícolas pelo Napa e foi suficiente pra conhecer a região, degustar bons vinhos e comer em bons restaurantes, aliás, por lá dá pra encontrar os melhores – e mais premiados – restaurantes do país!

NAPA-APRESENTACAO

Quem organizou nosso dia foi a World Wine, importadora dos vinhos das 3 vinícolas que visitamos (além de e-commerce, eles tem uma super loja no Fashion Mall, que sempre vamos), porém, todas as 3 contam com reserva via site ou email. Certeza que em um dia inteiro você vai degustar uma boa variedade de vinhos, sem contar o visual do passeio. Passamos por pontos históricos, construções incríveis e uma paisagem com um quê europeu em plena Califórina!

ETUDE

O legal da seleção de vinícolas que fizemos é que cada uma tem um estilo diferente! Começamos de manhã pela Etude, uma vinícola pequena e aconchegante, perfeita pra iniciar o dia. Uma casa graciosa no meio de vinhedos e dentro um ambiente charmoso e que completa o pacote. Por lá, são exibidos de detalhes dos solos, mapas da região e o local também tem espaço reservado pra você degustar com seu grupo.

A Etude produz vinhos de forma artesanal e é reconhecida pela qualidade de sua Pinot Noir. Seu clima mediterrâneo, aliado às características únicas de solo, resultam em vinhos no estilo da Borgonha, muito elegantes, complexos e delicados. Além de conhecer os vinhedos, degustamos boas variedades, que foram desde o seco e mineral riesling, passando pelo amanteigado chardonnay até a rainha Pinot Noir, foi uma experiência completa e bem especial.

No site da Etude, eles mostram as opções de visitas e preços que ficam na faixa de U$25, o diferencial é que os sommeliers ficam por lá e são super solícitos, falando de forma apaixonada (tem lugares que parece que estão lendo um release) e pessoal sobre cada vinho e a região como um todo.

ETUDE-WINES-VINICOLA

STAGS’ LEAP

Nossa 2ª parada foi na famosissíma Stags’ Leap. Se você é minimamente antenado em rótulos californianos, sabe que seus vinhos figuram entre os mais famosos e premiados da região, com uma propriedade num dos locais mais bonitos – e reservados – do Napa.

A mansão é histórica, pertenceu a uma das famílias mais ricas do EUA (do Chase Bank). Recentemente, ela sofreu com um forte terremoto que destruiu parte da região, mas a casa segue firme e cheia de referências históricas, seja do período indígena americano até seus jardins memoráveis e preservados.

Nessa parte da visita, atravessamos de carro os vinhedos até chegar à sede, por lá, nos deparamos com uma casa impressionante, como nunca antes vimos! O local da degustação era inspirador, com decoração única, atmosfera propícia e que certamente transformou o simples gesto de experimentar vinhos, numa degustação perfeita e à altura dos excelentes vinhos da Stags’ Leap. Seu tipo de solo é muito similar ao de Bordeaux, e como a estrela da casa é a uva Cabernet Sauvignon, espere vinhos com ótima complexidade, elegância, porém com aquele toque “bombástico” americano.

Na Stags’ Leap são produzidos vinhos de qualidade impressionante, por ter um preço um pouco mais elevado, esse é um tipo de visita que vale a pena para experimentar diversos rótulos especiais antes de eleger o seu favorito (quem sabe todos!)No site da vinícola tem as opções de visitas com degustação que giram na faixa de U$55.

Lembrando que essas visitas vão além da simples degustação, pois também aprendemos o contexto histórico e sempre conduzido por profissionais legitimamente apaixonados e isso faz uma grande diferença comparado a outras onde eles fazem tudo na correria esperando o próximo da fila.

STAGS-LEAP-WINERY-VINICOLA

BERINGER

Nossa última parada foi na Beringer, uma das maiores vinícolas da região e que tem uma infinidade de rótulos, ou seja, daquele tipo de visita que é o pacote completo e que sem dúvida agradará a todos os estilos. Ela fica em Santa Helena, norte do Napa, e tem uma estrutura bem maior que as outras.

Por lá encontramos uma casa igualmente histórica e junto a isso uma exposição que funciona como museu do vinho, sem contar uma SUPER loja que vende os vinhos da casa, claro, até itens de decoração e outros produtos! Há diversos ambientes, desde cômodos datados do início do século XX até salas com fotos de celebridades que já passaram por lá.

Os vinhos da Beringer representam bem o estilo californiano: potentes, encorpados e suculentos. Nossa degustação ocorreu na cave dentro de uma montanha, num clima todo especial, onde pudemos experimentar – a título e curiosidade – desde um vinho direto do barril, até uma degustação completa de 10 rótulos que foi brilhantemente conduzida pelo nosso agora amigo, Jerry Comfort!

Por ser uma vinícola enorme, existem vários tipos de visitas e degustações, não deixem de fazer essa opção dentro da cave, pois sem dúvida fechou nosso dia com chave de ouro. Aqui no site tem maiores infos dos vinhos e visitas, não se esqueçam de reservar, especialmente se for no verão, pois a cidade fica lotada.

BERINGER-WINERY-VISITA

Pra quem quer fazer um dia inteiro no Napa, pra mim esse é o roteiro perfeito e que alia 3 tipo de vinícola: intimista, histórica e clássica americana. Acredito que essas 3 puderam sintetizar muito bem o espírito da região e passamos um dia muito agradável, repleto de vinhos  e histórias! Não vejo a hora de compartilhar o vlog desse dia (e da viagem toda!), que vai mostrar em movimento tudo que vimos!

BÔNUS!

Pra quem busca dica de hotel, nos hospedamos no Napa River Inn, hotel bem charmoso o localizado no coração do Centro Histórico do Napa, aliás, o centro da cidade é uma graça, parece cidade de filme! Jantamos no Bistro Jeanty, que fica em Yountville e foi um dos melhores jantares da viagem, restaurante clássico francês, com 1 estrela Michelin e ambiente incrível.

Gostaram do meu dia etílico? Lembrando que quem estiver até por São Francisco pode reservar um dia pra fazer todo esse roteiro! A distância entre as duas cidade é de 1h15 e em um dia dá pra fazer um bate voltar, mas, sem dúvidas que Napa merece muito mais dias!

No próximo capítulo volto com minha aventura pelas curvas da estrada Big Sur :)