A Copa, as capas e a moda

26/05/2014  •  Por Thereza  •  Celebridades, Moda

Falar de Copa virou tabu. Lógico que a restrição é mais que válida (é necessária), mas também precisa ser legítima e pensada. Além de não podermos expressar nosso mínimo desejo de assistir um jogo ali outro acolá (torcer não impede de votar), antigamente às vésperas dos jogos o clima era outro, as ruas já estavam coloridas, pintadas e decoradas. Semana passada já falei sobre e espero que o mínimo de alegria que o esporte em si pode dar, que aconteça logo para então seguirmos adiante! Enquanto isso, quer queira quer não, a Copa tá na moda.

capa_1-2

Saiu hoje a capa da Vogue Brasil de junho com Gisele e Neymar e eu curti. Curti porque achei não-óbvia, não-caricata. Achei clean, charmosa e até emblemática, pois vai que em uma mensagem subliminar do branco = paz :P A cara da Gisa dispensa comentários e Neymar saiu muito bem de modelete, mesmo tendo sua perna direita ligeiramente decepada (pô Vogue, logo a perna?!).

10277787_10152420357798442_8630579879113637576_n

Ainda no tema Copa, nossa possível maior rival também chegou causando numa capa bem semelhante (ou uma coisa mais Kimye!). A Vogue espanhola chamou Cristiano Ronaldo e sua namorada, a Top Irina Shayk, pra ilustrar o Mundial de maneira ousada. Minha opinião (não é de patriota): Prefiro a brasileira! Lógico que tem Cris peladones e tal, mas se o assunto é moda, porque colocaram ela com uma toalha amarrada e drapeada? Tanto look e escolhem esse? Afe! Mas o recheio tá melhor.

portads

E se a Copa é aqui #VaiTerCopaSimBemCapazComCerteza, Brasil foi homenageado pela Vogue Mexicana com a Isabeli Fontana com um look bizarro – ou seria exótico? – na capa!=. Achei o esforço simpático, mas fiquei confusa com o look e a sobrancelha.

vogue-brazilian-models

Olha Vogue América e Miss Anna Wintour nos prestigiando! Ok que não rolou capa – que ficou com a Charlize Theron – mas dentro tem um editorial bem legal e poderoso, que mostra muito fashionismo, pele suada e cabelo molhado, maneira Vogue de mostrar o esporte.

Ainda tem esse video fofo da Raquel, Adriana, Alessandra e Isabeli gastando o inglêxxx, o samba e as embaixadinhas! Qual se saiu melhor? Eu amo o sotaque da Adriana!

ww

Por fim, a cult da Vogue Paris tá nem aí com o futebol e foi esportista dentro d’água e essa foi minha capa favorita dos últimos tempos! Amei o conceito, o ângulo, achei incrível, coisas de Manu Alt (e mérito de Natasha Poly na capa).

E vocês, curtiram a capa do Neymar, do Rony ou ficam com a Vogue América?! Ou não querem saber de Copa e vão pra Vogue Paris?!