AS MAIS
LIDAS!

Como harmonizar fondue e vinho [queijo, carne e chocolate]

10/08/2018  •  Por Rodrigo  •  Gastronomia, Vinho

Na sequência dos posts sobre harmonização de vinhos com pratos típicos de inverno, o que não pode faltar de forma alguma? Fondue, naturalmente. Não há nada no mundo gastronômico que combine melhor com a estação do que essa maravilhosa invenção dos suíços! É gostoso, reconfortante e a melhor opção para as noites frias de inverno. Aqui em casa, tem quase todo fim de semana! Se você também é fã dessa iguaria e quer saber qual o melhor vinho para as receitas mais tradicionais de Fondue, a hora é agora!

FONDUE DE QUEIJO

Fondue de queijo

Provavelmente o mais clássico, seja ele comprado pronto ou feito a sua maneira, é sempre uma delícia. A maioria das pessoas associa o fondue de queijo com vinhos tintos, mas se eu disser que um branco fresco e aromático pode fazer um casamento ainda mais gostoso? Os vinhos brancos, por possuirem uma maior acidez em relação aos tintos, farão uma harmonização por contraste com a untuosidade dos queijos do Fondue.

E como se dá esse contraste? A acidez do vinho vai estimular a salivação e “limpar” o paladar da gordura do queijo, que por sua vez vai suavizar qualquer adstringência que o vinho possa ter. Brancos frutados como Chardonnay, Torrontés e Sauvignon Blanc farão bonito!

Maycas Sumaq Chardonnay 2017: Esse delicioso branco chileno – do frio Vale do Limarí, vai elevar o Fondue a um outro patamar! Cheio de aromas de frutas tropicais, o que é perfeito para harmonizar com o sabor ligeiramente adocicado dos queijos do Fondue, geralmente emmental e Gruyere, e com ótimo frescor, ideal para suavizar a gordura. Macio e com mineralidade típica de vinhedos com influência oceânica, levemente amendoado, floral e ainda deixa um gostinho de abacaxi no final de cada gole. Não tem como não gostar, boa opção para fugir do óbvio também. Tem dele aqui na Wine por R$42, um ótimo preço!

Fondue de carne

Quem não gosta do som relaxante daqueles pedacinhos de filé mignon fritando? Nesse caso podemos escolher um tinto sem medo, porém devemos levar em conta que o filé mignon é uma carne magra, portanto um tinto de corpo médio e taninos suaves, é a melhor combinação. Uvas como a Merlot, Sangiovese e Tempranillo cumprem bem esse papel.

Terra d`Uro Finca la Rana Toro 2013: Elegante tinto espanhol com vocação gastronômica, principalmente quando se trata de carne. No nariz você sente aromas de carvalho tostado, ameixa madura, muitas especiarias e um toque de couro. Na boca, tem corpo médio, sabor de frutas negras maduras, boa acidez, taninos já amaciados pelos seus 5 anos de idade e um final amadeirado.  Tudo que uma boa carne de Fondue precisa.  Tem dele aqui por R$57.

Fondue de chocolate

Não poderia ficar de fora, né? Seja de chocolate ao leite, branco ou amargo, finalizar a noite com esse Fondue é uma dádiva! Tradicionalmente os vinhos de sobremesa ou do Porto, fazem uma bela harmonização, mas se você quiser se surpreender com um tinto, opte por vinhos mais doces, porém com boa acidez.

Essa combinação é incrível, pois a doçura dos dois é amenizada e o frescor do vinho não deixará o chocolate ficar enjoativo. E para isso, os vinhos do sul da Itália, feitos com a doce uva Primitivo são especiais, mas que tal um corte californiano bem parecido com os clássicos rótulos do sul da bota?

Apothic Winemakers Blend 2016: Da ensolarada California, esse blend de Cabernet, Syrah, Merlot e Zinfandel (versão americana da Primitivo) é ótimo para harmonizar com doces, mas também vai agradar quem ainda não está muito acostumado com tintos secos. Perfumado, com aromas de baunilha, geleia de cereja, caramelo e pimenta preta. Maduro, redondo e suculento, com taninos, doces e textura aveludada, ainda tem acidez ideal para deixar qualquer chocolate mais agradável, se é que isso é possível. Quando você notar, a garrafa já estará vazia. Ótimo preço para um californiano blockbuster com tanta maciez. Tem dele aqui por R$65.

 VINHO PARA FONDUE

E aí, gostou? E qual a sua combinação preferida pra Fondue? Qualquer dúvida, é só deixar um comentário.

 

 

 

 

 

 

 

 

Desafio Fashionismo #1: Jaqueta jeans

09/08/2018  •  Por Thereza  •  Desafio Fashionismo

Depois daquele post questionário para um Fashionismo do seu jeito®, tive algumas ideias que pretendo colocar em prática nos próximos meses, mas uma delas começa hoje, o #DesafioFashionismo!

Do que se trata? Trazer looks reais e que podem funcionar de fato para inspirar o look do seu dia a dia. Inspiração na prática, tendências vigentes, enfim, looks da vida real e com a participação de quem?? De vocês, leitoras! E minha também rsrs!

A ideia é a seguinte, eu proponho o tema (aceitarei sugestões futuras) e vocês montam o look à sua maneira! Daí ou vocês me mandam a foto por email ou postam nas redes sociais com a #DesafioFashionismo, simples assim. Só peço que a foto seja de corpo inteiro, nítida, com luz boa e tal (pode ser de celular, claro)! Daí depois selecionarei 7 looks – de estilos e propostas variadas – pro post e mais o meu. A ideia é sempre mostrar versões diferentes sobre o mesmo tema, inspirar e +++

E o tema do Desafio #1 é: JAQUETA JEANS & OUSADIA! Qual é a sua interpretação favorita de look com jaqueta jeans? Comecei o desafio lá no grupo do Fashionismo (se quiser entrar, clique aqui) e foram dezenas de looks na hashtag #desafiofashionismo. Agora eu trago a seleção pra cá (gente, é muito difícil escolher!!) e ainda a minha interpretação sobre o tema. No final do post tem o Desafio 2!

jaqueta jeans

Escolhi jaqueta jeans de caso pensado, pois é um item que eu AMO e uso do look basiquinho com tênis até pra sair à noite mais arrumadinha. Aqui em casa tenho uma dezena com vários estilos e lavagens. E meu tipo favorito é com look mais noite, pra sair pra jantar e no meu combo favorito: com saia de couro. Eu amo uma saia assim e adoro esse duo couro + jeans = 2 materiais que deveriam andar mais de mãos dadas.

Minha jaqueta é da Zara e eu tenho ela há uns bons 10 anos (só recoube em mim recentemente rsrs), gosto da gola dela e por ter zíper também, a blusa também é Zara e a saia Renner. Por fim, meu amor por scarpin e esse rosa da Carrano.

Agora vamos às participantes do Desafio 001!

jaqueta jeans

Começando com look noite e a digital influencer, Julia Lourenço, cumpriu o desafio com louvor: saia metalizada super sexy e jaqueta jeans? Sim, senhora! Nunca pensei no combo, mas já amei.

Ainda no look mais noite, a Giuli Castro apostou num pretinho nada básico, adorei a textura da saia e a sandália poderosa. E a jaqueta jeans sobre os ombros deixa o visual casual e contemporâneo, amei!

jaqueta jeans

Eu estou simplesmente apaixonada pela calça da Mayara Rímolo, ainda mais depois que descobri que é da Marisa, mas tem cara-de-cara, bela escolha! O look todo tem jeito de conforto, essa calça é mega alongadora e a jaqueta jeans ainda chega no papel de 3a peça que faz diferença no look.

Você quer estilo e conforto? A Camila Rigon caprichou no básico com estilo com a calça vermelha da Renner e a jaqueta da Riachuelo. Tipo de look atemporal e que funciona do look faculdade ao passeio no shopping.

Ainda nessa pegada, a Ju Pimentel interpretou a jaqueta jeans com essa calça amarela larguinha e muito estilosa. O look todo dá pra ver o cuidado no styling e combinação de peças, parece simples, mas dá pra ver que foi muito bem pensado, amei!

E você quer ousadia & alegria? A Mari Rodrigues pegou uma saia midi colorida (amo essa combinação de vermelho e rosa), combinou com uma t-shirt fofa e a jaqueta arrematou o look, o resultado é: não tem como dar errado esse combo!

Por fim, a Joha Mattos também apostou nessa proposta da saia midi fluida e estampada, amei a versão oncinha, um grande clássico sem erro!

♠♣♥♦

Espero que tenham gostado da ideia da tag! Agora quer participar do próximo #DESAFIOFASHIONISMO? O tema é: ONCINHA COM TWIST! O que você faz além do óbvio com uma bela estampa de oncinha? Trouxe o tema porque a estampa pode ser um clássico para muitas, mas nas próximas temporadas veremos mais e mais da trend por aí, logo, vamos ver como funciona à nossa maneira?

Use no Instagram a #desafiofashionismo e capricha no look! Como disse acima, vale usar foto de corpo inteiro pra valorizar a roupa e etc, pode ser de celular, o que vale é o clique! Se quiser participar e não tem Insta, mande pra desafiofashionismo@gmail.com que também estaremos de olho.

Esse desafio vai até o dia 25/08 e em seguida entra aqui. Quero ver todo mundo participando e arrasando no look e na ONCINHA COM TWIST!

 

Urgente: a volta do piercing no umbigo!!

08/08/2018  •  Por Thereza  •  Acessórios

Pois muito que bem, de todas as tendências que foram recuperadas direto da famigerada década de 90, está é provavelmente a mais surpreendente, surreal e inesperada: o piercing no umbigo está de volta! E quem tá dizendo isso não sou eu, a blogueira que vos tecla, mas o maior ícone de estilo da última década. Veja com seus próprios olhos…

Sim, está é Olivia Palermo e sim este é um piercing encravado sobre seu simpático umbigo. Fatos indicam que isso é mais que uma foto casual, é uma tentativa da indústria de moda – sorrateiramente capitaneada por Olivia – de fazer o piercing acontecer, afinal, quantas vezes a discreta Olivia posa de biquini? Raras vezes. Daí posta de biquini e piercing de borboletinha à la Mariah Carey na era Fantasy? No mínimo curioso.

“Ah mas Thereza, eu uso piercing desde 1999 e amo o meu”, por mim tudo bem, pois eu não sou fiscal de concavidade alheia, mas se tem uma coisa tão historicamente rejeitada quanto pochete e calça de moletom, é o tal do piercing. As pessoas rejeitam o pobre coitado, sabe-se lá o motivo.

Se lembrarmos a década retrasada, ícones como Britney Spears, Paris Hilton e cia, popularizam o uso dessa curiosa ferramenta de tortura (furar o corpo? oi? deve doer pra kct) e, vai dizer, a gente quis um piercingzinho sim depois que a Britney dançou ao som de Slave for you. Só que com o tempo, para muitos a peça caiu no imaginário da famigerada cafonice.

O piercing veio numa era de calça cintura baixa, portanto, se ano passado tentaram fazer o barro da saint tropez acontecer (a conferir nesse post) e não rolou, seria essa tentativa de Olivia Palermo e a indústria mundial de penduricalhos em vão?

Um recado às que humildemente mantêm seu piercing no umbigo, as humilhadas serão exaltadas e Olivia está aqui para apoiar suas escolhas. E ainda vale lembrar que não sabemos o que de fato rola por debaixo dos panos (talvez literalmente falando) das fashionistas e it girls mundo afora e se essa é uma tendência silenciosa e exclusiva que há anos permeia umbigos alheios. Agora na nossa função jornalística, só nos resta relatar os fatos e deixar uma singela pergunta: poderia ser “usaria?”, mas  na realidade é “qual é o problema do piercing?”.

Página 4 de 2.246« Primeira23456Última »