AS MAIS
LIDAS!

A volta da Malha Metal!

21/06/2017  •  Por Thereza  •  Moda, Tendência

É inegável que há algum tempo estamos mais vivendo modas do passado do que criando as atuais. E se tem uma década que segue forte e poderosa, é a dos anos 90. Da moda basiquinha aos itens que resgatam toda uma nostalgia, muita gente acha que não temos mais moda pra tirar dessa década e podemos partir pra outra. Anos 00? Anos 80? Guenta aí que tem mais fashionismo proveniente da década retrasada!

malha-metal

Malha metal! Eu sei, tô conseguindo te imaginar torcendo o nariz nesse exato momento, mas miga, vem comigo nesse tour da volta da malha geladinha, uma coisa muito brilhosa, strass a metro. Acima, uma foto épica da Versace e as modelos ícones do início do anos 90 para ilustrarem o movimento.

malha-metal

Naomi Campbel, Kate Moss e até Gisele bundchen já carregaram nas passarelas looks metalizados. Eu lembro muito bem que na época (era mais pra início da década) achava bonito e sexy de se ver, mas ainda era pré-adolescente o suficiente pra minha mãe não permitir. Mas não tem jeito, a tal da malha metalizada foi a renda de uma geração, mas e depois disso?

malha-metal

No início da década passada, foi Paris Hilton a responsável pela volta do material num vestido que já pode entrar pros anais da sociedade fashionística. O vestido era tão emblemático, que Kendall Jenner prestou homenagem na sua última festa de aniversário (esse pedacinho de pano custou U$9.000, é bom salientar). Logo depois, Bella Hadid, também no seu aniversário, mostrou que o material é mais que simbólico, é comemorativo.

Nossa, Thereza, isso é muito cafona, muito periguete.

Te provo que não, bom, ao menos não necessariamente.

malha-metal

Amal Clooney, a definição da plenitude, sexy, ousada e extremamente elegante num look pra badalar com seu boy. Logo depois, Michelle Obama escolheu esse igualmente icônico vestido Versace pro jantar de despedida da Casa Branca. Escultural, não é mesmo?

malha-metal

E a malha metal vez ou outra é usada pra fazer competição com estatuetas no tapete vermelho. Da deusa meio grega Penelope Cruz à Diane Kruger reinterpretando o Oscar. Do clássico ao sexy, é um look a se observar.

malha-metal

E falou em sexy, falou em Kimberly Kardashian. A sister adora o modelito, usou com Kourtney recentemente um modelo da Balmain (aliás, o último desfile da marca foi repleto de metal mesh), também apostou no tubinho vermelho Paco Rabanne e ainda fez sua versão mais coberta em parceria com a North.

Por aqui ainda não vi muito desse modelo, a única loja que vi à venda foi esse adaptado e gracinha da Amaro, mas é uma tendência a se observar, livre de estigmas ou preconceito, é fashionismo na melhor espécie. Tem coragem?!

2 Bases de farmácia (gringa) que eu tô amando!

21/06/2017  •  Por Thereza  •  Compras, Maquiagem

A minha última viagem renderá uma série de resenhas de beauté e anote essas que foram provavelmente minhas favoritas: bases! Como eu amo experimentar bases, porque eis o segredo de uma boa maquiagem!

E enquanto muitos dizem que base é o produto de maquiagem que mais merece o “investimento”, sigo firme e forte apoiando versões baratex de farmácia e essas duas são sensação! Eu geralmente costumo comprar uma base “investimento” em cada viagem, mas dessa vez nem precisei quebrar o cofrinho de beauté.

BASE-DE-FARMACIA

Infallible Total Cover da L’oréal

O que você faz quando a Blake Lively usa uma maquiagem x? Você vai lá e se influencia digitalmente, foi assim que fiquei impactada com a maquiagem que ela usou no Golden Globe no início do ano e teve post aqui. Até então a Infallible era lançamento e eu já estava 100% tentada. Depois disso, outras famosas também usaram e ela foi direto pra minha lista!

A base promete uma alta cobertura e ela entrega bem isso. Ela tem uma textura super mousse (me lembra o BB Blur da La Roche) e um acabamento impressionante, dizem que cobre até tatuagem e cicatriz. Só achei que precisa de muita quantidade pra cobrir todo o rosto, já que ela é mais “seca”, mas aplico no pincel uma sprayzada de Rose Water e ajuda bastante na hora de passar.

Eu dei sorte que na farmácia que comprei era possível experimentar as cores, que são muitas, então consegui achar meu tom. Ela custou U$12 e não vejo a hora de ter aqui no Brasil.

BASE-DE-FARMACIA

Maybelline Fit Me Matte + Poreless

No capítulo de hoje, fui impactada pela nossa própria Kim Kardashian! A sister revelou nesse post aqui que adora a base Fit Me Poreless da Maybelline e quem sou eu pra não copiar, fui lá, comprei e amei!

De fato a base tem uma excelente cobertura e ainda acabamento matte, do jeito que gosto. A linha Fit Me é o novo clássico da Maybelline e a versão Matte + Porelless é excelente pra quem busca esse acabamento extra. Aqui no Brasil acabou de chegar a versão “Efeito Matte e Poros Invisíveis” que foi desenvolvida exclusivamente para pele das brasileiras, parece promissor!

Ainda tenho um post com dicas de vários produtos pra comprar em farmácia gringa, mas esses dois mereciam post exclusivo, vale muito a dica!

Miroslava Duma: Moda, Tecnologia e Ciência

20/06/2017  •  Por Thereza  •  Cultura

O ano era 2008, muita gente estava começando a ler blogs e havia uma it girl, uma principal e soberana it girl, o nome dela era Miroslava Duma. A russa veio antes mesmo de Olivia Palermo e conquistava geral com seus looks cheios de personalidade, estilo e doses de fashionismo.

Bom, se você ainda é ligada nas redes sociais da vida pode cruzar com uma ou outra foto de Miroslava, mas a moça anda mais discreta, só que muito atuante. Casou, teve filho, mas ela foi além, ela se transformou: Miroslava agora investe seu rico dinheirinho (dinheiríssimo, muita grana, bilionária russa mores) em tecnologia de moda.

Miroslava se desgarrou dos looks do dia e agora usa sua experiência com ciência e tecnologia para moda pra tentar mudar o mundo a médio prazo. Em entrevista à Bazaar US do último mês ela revela o que tem feito e achei fantástico, logo, compartilho com vocês.

COMO A VISÃO DA MODA MUDOU

Na entrevista, Miroslava revela como rolou essa mudança de percepção sobre o mundo da moda, “Nasci na Sibéria, onde tem as maiores reservas de óleo da Rússia, com isso cresci sabendo que não havia nada pior para o planeta que isso. Com a minha relação com a moda, descobri que a poluição ia além do óbvio e que a indústria têxtil também era responsável por grande parte da degradação do ambiente e eu fiquei chocada”.

Miroslava ainda acrescentou que se sentiu envergonhada por “compactuar” com isso e diz que é constrangedor as pessoas se envolverem em algo tão poderoso e que rende muito dinheiro, sem ao menos se preocupar com o ambiente. Foi aí que ela começou a se envolver com mais pessoas interessadas no lado tecnológico da moda do que fashionistas que “só querem dar pinta”.

UM NOVO COMEÇO

Miro é fundadora do site de moda Buro247, mas recentemente ela foi além e abriu a Fashion Tech Labs Ventures Inc, um fundo de investimento e acelerador de tecnologia que visa conectar e apoiar boas ideias e alternativas de moda que não prejudiquem o meio ambiente. A empresa foi lançada no último mês e já tem como meta inicial o capital de U$50mi para investimento nessas ideias.

Miroslava revelou que hoje em dia ela frequenta mais São Francisco (sede da empresa e conhecida como celeiro tecnológico) do que semanas de moda, pois lá ela consegue se conectar com cientistas, engenheiros e empreendedores em geral que buscam essa transformação no universo da moda.

OS PROJETOS DA VEZ

A empresária revela alguns projetos que a fascinaram e ela já vem apoiando como, por exemplo, um laboratório que desenvolve couro e pele para roupa através de célula-tronco. Uma empresa que recicla a casca da laranja, transformando-a em cetim (Salvatore Ferragamo já lançou uma coleção usando esse material). E também uma empresa que está desenvolvendo diamantes sintéticos usando energia solar (Leonardo DiCaprio também apóia essa empreitada).

ELA VÊ UM NOVO COMEÇO DE ERA

Como Miroslava vê a roupa do futuro? “Elas serão fabricadas com os tipos de materiais que colhem energia do sol e do vento, e também podem coletar dados do seu corpo – os passos e movimentos que você faz. E ainda ajustar a temperatura do seu corpo quando começar a sentir frio ou quente”. E quando Miroslava é questionada quais estilistas já estão a frente nesse quesito? Ela é categórica “Nenhum!”.

Ela conta que essas novas tecnologias ainda seguem em laboratório para estudos e testes, mas que busca levar essas inovações para faculdades de moda, para que os novos estilistas se adequem e já cheguem ao mercado de trabalho com essa nova visão.

Fiquei bastante impressionada com essa nova Miroslava e feliz em ver essa revolução além do look do dia! 

 

Página 4 de 2.019« Primeira23456Última »