Cuide bem do seu pescoço e colo

06/09/2017  •  Por Thereza  •  Beleza

Linhas de expressão e rugas são sinais do tempo, ou seja, uma hora eles chegam e isso é completamente normal, mas tem fatores da nossa rotina que podem acelerar esse surgimento e isso a gente mais do que pode evitar, né?

E eu não estou falando, por exemplo, do sol, mas de algo (ainda) mais comum e que a gente deixa muito pra lá: as rugas na região do colo e pescoço! Elas entregam nosso descaso com a região e geralmente são as primeiras a surgirem.

PESCOÇO

Uma vez li uma matéria com a escritora Nora Ephron que disse uma verdade “Nosso rosto é uma mentira e nosso pescoço é a verdade” e isso é fato. Quantos creminhos temos para o rosto em si e quantos desses estendemos – ou até mesmo são exclusivos – para o pescoço e colo?

Pois é, daí li uma outra entrevista sobre o tema (sim, eu não me importo com uma testa franzida, mas essas linhas no colo me irritam) e a Cindy Crawford revelou que esse é um dos seus ~dramas de beauté, “quando você tem 20, as rugas de travesseiro somem em 15 minutos, mas quando a idade vem, essas tais rugas duram um dia inteiro e assim sucessivamente”.

E um dos maiores problemas das tais rugas (lá eles chamam de pillow lines)  é o nosso sono, ou seja, a forma como dormimos! Quem aqui dorme com a barriga pra baixo e a cara estatelada no travesseiro? Bom, eu sou 100% assim e no dia seguinte acordo toda marcada da roupa de cama. Ok, em uns minutos passa (ou horas), mas com o tempo as tais linhas se formam e isso pode ser incômodo pra quem gosta de um belo decote.

Recentemente postei aqui um dado que fala justamente sobre isso, “Sabia que a maior causa de rugas depois do sol é a forma como dormimos? Esfregar sua cara no travesseiro por 2500 horas por ano é como passar um ferro realçando suas rugas. Durma “estrategicamente” e sempre busque fronhas de qualidade (cetim!), pois elas ajudam a fazer essa jornada do sono ser menos marcante.”

Dormir reta, com a barriga pra cima é o maior e mais eficiente segredo pra quem quer evitar as tais rugas. Ok, muito difícil, mas pela internet existem vários “tutoriais” e técnicas que ajudam a transformar esse hábito. Por exemplo, colocar um travesseiro de cada lado (tipo criança), te ajuda a não mexer muito durante a madrugada, ou até mesmo colocar um rolinho embaixo do joelho te ajuda na postura.

E além – ou juntamente – da forma que dormimos, os dermatologistas são categóricos: nosso rosto começa (ou termina) no colo. Essa região é muito sensível (mais que o rosto em si), bastante exposta ao sol e não custa nada estender o cuidado pra essa área. Já existem cremes exclusivos pra esse região e outros produtos que te ajudam a evitar a tal ruga do sono. No final das contas, uma boa hidratação, seja qual produto for, é meio caminho andado pro sucesso, já que uma pele ressecada é porta de entrada pras rugas.

Sio | Guerlain | Clarins | Chanel | Vichy | Cololiso

Lá fora a região – eles chama de décolletage – tem uma vasta opção de produtos exclusivos, dentre eles, antes do creme, os pads funcionam pontualmente e ajudam a evitar as rugas do sono. A Sio Beauty tem pads não só pro colo, mas pro pescoço e rosto. Eles são de silicone e dizem não incomodar nada, fiquei curiosa!

E no quesito creme, do lançamento da Vichy para Pescoço, Colo e mãos que tem um preço camarada até os 4 dígitos da Guerlain. O creme da Clarins é o único no quesito que já usei e curti e a Chanel ainda tem sua linha Le Lift para a área.

E numa invenção made in Brasil, o Cololiso é um sutiã pra você dormir, digamos, menos esmagada. Não sei se conseguiria (ainda) usar um produto feito isso no momento mais relax do dia, mas é uma ideia boa.

E vocês, me digam, usam creme pra região do colo e pescoço ou vocês não passam do queixo?!

 

4 tendências para sobrancelhas muito loucas!

04/09/2017  •  Por Thereza  •  Beleza, Maquiagem

Pensa 10 ano atrás? Dava pra contar nos dedos quantos fiapinhos de sobrancelha a gente tinha, né? Bom, exageros à parte, sobrancelha era luxo nível Malu Mader, mas com o tempo, sobrancelhas cheias e fartas se tornaram mais comum e moda por aí. Com isso vieram os produtinhos, preenchimentos e afins, daí o que acontece quando há uma overdose x? A gente subverte tudo!

Desde o início do ano temos vistos sobrancelhas decoradas, elas não são mais apenas a “moldura do rosto”, mas se tornaram protagonistas nessa história, olha a mais recente moda sobrancelhesca.

sobrancelha-ondulada

Sobrancelhas onduladas! Semana passada o universo de beauté só falou das “wavy brows”, que tal? A ideia era desconstruir um formato tão tradicional e dar uma onduladinha marota. Pode ser um ondulado completo, ou só na pontinha. Confesso que fiquei aflita.

Antes dela, a onda começou com a sobrancelha de pena! Pena de pavão ou algum outro bicho, segundo a maquiadora que criou a tendência, ela fez brincando, compartilhou em seu instagram, logo, viralizou. Ela contou que fez com cola em bastão, maaas, obviamente, é preciso ter cuidado com o produto usado, pois estamos falando de uma região muito próxima aos olhos.

Depois da pena, veia sobrancelha arame farpado! Mais uma brincadeira de expert que viralizou por aí! Essa vai pras emogóticas trevosas que gostam de uma ousadia. Daí você vê sua sobrancelha quietinha e por que não mudar?

Pra finalizar, mais uma sobrancelha criativa, esculpida e talhada. Dessa vez ela não muda muito a estrutura dos pêlos, mas tem todo um jogo de sombreado que deixa o visual fora do comum.

Acho super criativa essas invenções de beleza, mas é preciso ficar atenta no que a gente passa nas sobrancelhas, é uma área sensível e qualquer pêlinho a menos faz diferença. Eu uso pra preencher a minha o Goof Proof da Benefit e tenho usado o Browvo como primer, ótimo pra fortalecer os pêlinhos locais.

Em 2017 descobrimos o batom da Rachel Green!

03/09/2017  •  Por Thereza  •  Beleza

Outro dia vazou uma cena nunca vista de Sex & the city, semana passada postei sobre uma cena deletada de O Diabo Veste Prada e ainda uma entrevista celebrando os 10 anos de Gossip Girl, daí a gente só conclui: é muita nostalgia!

E vocês sabem que o tema #nostalgismo aqui é até tag, sou super saudosa com esse tempo bom que não volta mais e acho que isso é muito reflexo de como as coisas de hoje não são tão legais e marcantes como antigamente. Em tempos de internet, tudo rápido, efêmero e amplificado, é bom lembrar dos tempos analógicos e… o motivo dessa tal nostalgia?

Se de 1994 a 2004 foi uma década do surgimento da internet, se os tempos fossem outros, teríamos vários ids de looks e beleza de Rachel Karen Green! A personagem de Jennifer Aniston de Friends era um ícone fashion, representante máxima dos bons tempos dos anos 90 e rainha desde que servia cafezinho na Bloomingdale’s até os áureos tempos de Ralph Lauren.

E o que a atriz nos promoveu nessa última semana? O id do seu ~signature look de beauté, o batom! Rachel era adepta de um batom marrom claro, aliás, febre nos anos 90 e Jennifer, décadas depois, compartilhou o nome e sobrenome!

batom-rachel-green

Paramount da MAC, prazer! Segundo ela, em entrevista à Glamour US, a cor tem um quê de marrom tijolo acetinado e é um tom bastante neutro e democrático, todo mundo fica bem!

Obviamente a MAC mantêm a cor presente até os dias de hoje (no ecommerce da MAC está soldout, mas aqui no site da Sephora tem!). Pra quem gostea de batom e nostalgia, melhor coisa um batom à la Rachel Green! Eu, que nem sou muito chegada a essa cor, comprei pra mim, pois parece um marrom mais suave e muito charmoso!

Página 4 de 254« Primeira23456Última »