AS MAIS
LIDAS!

A idade mental do nosso armário

09/05/2011  •  Por Thereza  •  Moda, Pense

Considero-me uma pessoa que viveu cada fase da sua “vida fashion” em seu momento certo. Já fui tímida, já fui piriguetinha, já até ignorei a moda. Meu humor e personalidade sempre interferiram saudavelmente no meu armário, conforme a idade chegava, o armário se adaptava, com isso, vivi – e vivo – cada fase.

Não estou dizendo que devemos obedecer um dresscode de cada idade, até porque ele não existe. Podemos ter um armário ora mais maduro, ora mais juvenil. Radicalismos nunca são bem-vindos, mas doses de bom senso não fazem mal a ninguém.

Mas uma coisa que ando observando, seja na vida real ou até em blogs, como algumas meninas de 18, 20 anos parecem ser muito mais velhas do que realmente são. O rosto pueril continua lá, mas mascarado por roupas tão pesadas (densas, maduras, pra não dizer artificiais) que em nada condizem com o RG impresso.

Confesso que acho um pouco triste como algumas meninas abdicam de todo o frescor da idade em detrimento à moda vigente. Geralmente, essa obediência aos looks do dia, não só deixam as pessoas padronizadas, como também envelhecidas.

Isso tudo também pode ser fruto da busca da tal da elegância, do “se vestir bem”, da impecabilidade, isso é errado? De forma alguma, mas pode-se pagar um preço caro (mas caro que uma it bag) pela leveza que tal idade sugere.

 

Com 20 anos eu usava sainha jeans (ai como eu podia), top de paetê, pernas e braços de fora (gente, valorizem seus braços finos). E isso acontecia com todas da minha geração, pois víamos de referência na vitrine da Espaço Fashion e da Farm e era bem simpático. Hoje, vemos na vitrine dos blogs a busca em ser como aquelas moças dos street styles mudo afora a além.

Ser madura, em hipótese alguma significa abandonar sua jovialidade em busca da saia rodada perfeita, a consciência é necessária, mas porque abdicar dos seus 20 e poucos anos? Eles não voltam.

Esse texto pode parecer louco, vocês podem discordar, mas o que eu vejo de gente com carinha de 20 e armário de 38 não tá no gibi. Será que jovens meninas se arrependerão de usar tal moda? Até onde vai essa obrigação de usar calça vermelha ou saia plissada? Não sei.

Como disse mês passado no twitter, prefiro uma piriguete honesta do que meninas travestidas de jovens senhoUras. Muitas meninas (ops, mulheres) concordaram e também notaram essa “tendência”. E coincidentemente, na semana passada, a editora do moda da Elle, Susana Barbosa (já entrevistei-a aqui), soltou esse tweet que resumiu o que pensamos.

 

Acho que na realidade, toda essa reflexão esbarra naquela questão até onde a moda nos diverte, até onde ela nos obriga a seguir tal padrão. Blogs facilitaram nossa vida-fashion, mas ao mesmo tempo nos deixaram acomodadas, pois é muito fácil saber a tendência tal, ir lá e pronto. Quem é mais madura, sabe discernir, mas as mais novas sofrem para caberem em padrões estipulados. Poder ser bom, mas geralmente não é.

Isso é apenas um pensamento aleatório,  mas quando vi que muitas outras pessoas pensam igual, virou post. Mas os comentários estão aí para estendermos à novas reflexões.


AMARO Beachwear

Deixe seu comentário!
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

250 Comentários
  1. Lise - 09/05/11 - 13h44

    Thereza, adorei o post ! Você poderia dar umas dicas de looks e peças “chaves” para determinadas idades ! :) Bjs

    Responder
  2. Monique Mohr - 09/05/11 - 13h54

    Concordo em td que vc falou..pq essa eh a realidade…meninas novas se vestindo como umas mulheres mais velha,perdendo o senso da sua própria idade..
    Bjuss!!

    Responder
  3. Roberta - 09/05/11 - 13h57

    Rá, meu problema é contrario. Tenho que tomar cuidado pra não me vestir como uma menina de 16 anos! :)

    Responder
  4. Mafe Furquim - 09/05/11 - 13h58

    Adorei, concordo muito e nas palavras da Gloria Kalil:
    ” Alô Chics! Você é a Kate Moss? Não. Você é a Giovanna Battaglia? Não. Você é a Anna Dello Russo? Não. Então não pode usar qualquer blusa de seda. Pessoas com cabelos normais, que tenham menos de 1,80m (ou seja, quase todo mundo), que não sejam extravagantemente fashionistas ou muito moças, precisam tomar muito cuidado antes de embarcar nessa onda, pois vão, ao fechar o último botão, ficar dez anos mais velhas. E pior, velhas conservadoras. ”

    O link ta aqui ó: http://chic.ig.com.br/como-usar/noticia/para-nao-errar-o-modelo-gloria-kalil-ensina-como-usar-camisa-de-seda-ou-melhor-blusa-de-seda

    Beijo The e parabens pelo fashionismo! leitura diária e obrigatória.. rs

    Responder
  5. Ricota Não Derrete - 09/05/11 - 13h59

    concordo cem por cento, The. :)

    Responder
  6. Bianca Veronez - 09/05/11 - 13h59

    Adorei o post, Thereza. Realmente, esse lance de look do dia além de ser um modo da blogueira se exibir, faz com que a maioria das meninas e mulheres tenhas os estilos igualmente copiados umas das outras.

    Responder
  7. Vivi - 09/05/11 - 14h00

    Tbm acharia legal um post com essas dicas para determinadas idades. Tenho 36 anos e ainda estou confusa em abandonar a mini jeans e aderir ao visuais mais sérios. Queria descobrir um equilibrio sobre isso, e tenho certeza q muitas mulheres como eu tbm querm.
    Vlw Thereza!

    Responder
  8. Tatiana Forneck - 09/05/11 - 14h01

    Oiii Theresa. Refleti muito sobre o seu post e cheguei a conclusão de que tu tá certa. Eu tenho 17 anos (quase 18 haha) e sempre noto como nós meninas sempre queremos estar dentro de TO-DAS as tendências, mas as coisas não deveriam ser assim. Acho que além de usarmos coisas que são apropriadas para a nossa idade, temos que usar o que faz nos faz sentir bem! Afinal, um dia, teremos idade para usar o que está na moda para aquela determinada idade. Por exemplo, está na moda comprimento midi, certo? Eu, particularmente, acho muito feio, e não acho apropriado para a minha idade. Enfim, concordo com tudo o que tu disse. Seria bom se as meninas de agora não tivessem que se preocupar tanto com “estar na moda” e querendo tanto estar na moda às vezes acabar usando coisas… feias. Pois convenhamos, nem sempre a moda é bonita. Beijos

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h18

      Tatiana, com certeza é por aí
      Se meninas de 20 que se vestem como 35 estão se sentindo bem, ótimo.
      Mas elas tb correm o risco de olhar pra trás e se arrependerem, sei lá, acho delicado
      bjss

  9. camila c - 09/05/11 - 14h01

    concordo e assino embaixo. Tenho percebido essa padronização no jeito de se vestir, os looks do dia são sempre iguais, não importa o blog q vc entra (salvo algumas exceções) e as meninas de vinte anos estão se vestindo como senhoras msm….perdendo uma fase onde podemos usar roupas mais curtas, braço de fora, ect……….moda é bom, mas cada um tem q adaptar para o seu estilo, realidade e idaded.

    Responder
  10. luzi - 09/05/11 - 14h03

    Concordo com o seu pensamento.Olho minhas roupas antigas e acho tão breguinha kkk,mas sei que foi uma fase.Já tive fase roqueira,fase mais romântica,hoje uso o que acho bonito o que me sinto bem.Comprei uma saia longa preta mas por achar elegante do que pela moda em si para usar em algumas ocasiões, e poderia ter comprado uma estampada e fazer um mix lindo de estampa+estampa super fashion mas não ia ficar bem em mim. Creio que estou mas consciente de usar tendências adaptando ao meu estilo.E passar por fases tem toda a diferença nesse auto conhecimento.

    bjo,

    ótimo post.

    Luzi
    http://www.desapatilha.com.br

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h16

      Lu, olho umas roupas antigas e vejo muita cafonice da minha parte hehehe
      quanta viscolycra meu deus, mas na época era bacana né, e a gente sempre amadurece com isso ;))
      bjsss

  11. Patrícia Bu. - 09/05/11 - 14h04

    Acho que o post foi muito bem escrito. Cada fase tem a sua beleza, Tenho 27 anos e não posso me vestir como as fãs do Restart, pois já temos uma vida profissional e não podemos mais ousar tanto, pois o que usamos reflete e muito no nosso trabalho. Me espanto também com as meninas de 15 que se vestem como se tivessem 30. Fica pesado. Fica muito sério pra idade, sim. Viva a leveza da adolescência. é a idade de usar um short curto ou uma saia e ficar fofo ao invés de vulgar. Aproveitem cada fase como se fosse a última, pq na verdade é.

    Bjus!

    http://www.patriciabu.com.br

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h17

      Patricia, super concordo!
      Tenho 28 e se pudesse dizer pra meninas de 18, diria, se joguem, se libertem, não se prendam a ninguém, a idade passa huuhhuhu

  12. Mariwonka - 09/05/11 - 14h07

    Nossa, que post sincero e fatal! Muito bom ;)

    Responder
  13. Marina - 09/05/11 - 14h08

    Ai, ai, eh apenas por isso que o MEU BLOG MAIS LINDO DO CORACAO DE TODOS OS TEMPOS eh um tal de Fashionismo.com.br. Thereza, voce talvez nem saiba (ainda) mas acabou de traduzir a angustia-fashion de uma geracao (somos a geracao Z ? Ou ja voltamos pro A ? Sei la). Patrulha, controle, gente se vestindo como gado, marcado nas ancas por esta MARCA ou aquele LOOK obrigatorio … arrepio de abrir mao da GRACA, da DIVERSAO que e ESCOLHER um look sem projetar como-eu-vou-ficar-se-sair-em-um-blog-de-street …
    Freedom, peace, love, fashionismo.com.br, …

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h15

      que fofa Marina ;)))
      Concordo com vc!
      Falta graça e diversão!
      bjss

  14. Julia - 09/05/11 - 14h08

    eu acredito que temos sempre q ser o meio termo, nao devemos ser nem 8, nem 80, compreende ? as meninas novinhas devem ser chique, utilizar coisas de marca, ser finas e rhycas, porem, n podem esquecer de ter um toque sensual, de usar saia curta, ou algo mais justo tbm. Um grnade exemplo de uma blogueira q se veste feito velha e tem 20 e poucos anos eh a Lala Rudge, por mais q ela seja linda, rhyca e fina, anda de um tempo para cá mega velha …..

    Responder
  15. Julia - 09/05/11 - 14h12

    To chocadaaa!! eu tava comentando esse assunto com uma amiga minha esses dias, q eu acompanhava uns blogs e as meninas e reparava q elas pareciam ser mto mais velhas, minha amiga disse que achava q era porque a classe social dessas meninas é alta e elas se vestem mais chiques, que isso é normal no mundo delas sabe?? mas mesmo assim, eu se tivesse o dinheiro dessas meninas ia me vestir bem mas de acordo com a minha idade. Esses dias eu conheci o blog da sophia alckmin, o bettys, e ela se veste suuper bem, eu achava q ela era igual essas meninas novinhas q se vestem mais maduras, mas descobri q ela tem 30 e poucos anos!! entao ela se veste super de acordo com a idade dela e parece novinha, agora as meninas de 20 e poucos se vestem tipo ela e parecem mais velhas…enfim..AMEI esse post, bom saber q mais pessoas compartilham da mesma opinião q a minha hahaha

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h14

      Concordo Julia!
      E que bom que tb pensou assim, não é nada demais, nada profundo, mas a título de curiosidade é chocante heheh
      E nao sabia que a Sophia tinha 30, ela é uma boneca e se veste super bem!

  16. Karol Pires - 09/05/11 - 14h13

    Nossa…concordo em gênero, número e grau! A falta de filtro, de senso crítico, está fazendo com que algumas meninas sejam totalmente levadas pelo que é ditado pela moda (aliás, não só em moda, em outros âmbitos da vida tb!). Parece que algumas perderam a capacidade de enxergar e interpretar o que é lançado, simplesmente aceitando as tendências e usando-as. Tem uma blogueira que é linda, talentosa e tal, mas dá pena a velhice de seu armário (e ele deve ser todo assim, pq ela tá sempre parecendo que tem 50 anos!).
    Enfim, é preciso compreender que o tal “encontrei-no-armário-da-vovó” nem sempre é legal ou cabível para todas. E principalmente, deve haver alguma razão para a saia plissada na altura da canela estar escondida no armário, e não em pleno uso.

    Responder
  17. Bianca - 09/05/11 - 14h14

    Concordo total!
    A gente chega numa altura da vida que a gente queria porque queria poder usar certas roupas que ainda são permitidas pras meninas de 18 aninhos, mal sabem elas que também chegarão na nossa idade e, provavelmente, com o nosso desejo…

    Responder
  18. Cinthia Pascueto - 09/05/11 - 14h15

    Oi The!
    Achei super pertinente seu post. Também tenho visto muita menina se vestindo como se fosse bem mais velha do que é. Concordo especialmente com a sua penúltima frase, quando você diz que elas não tem exatamente a maturidade e autoconhecimento necessários para discernirem, e acabam sofrendo para se encaixar nos tais padrões.

    Mas também acho que dá para relativizar um pouco mais. É aquela coisa que você até mencionou aí em cima: o acesso às tendências, a disseminação dos sites e blogs de moda estão atualmente muito mais próximos do dia-a-dia dessas meninas. Então, até certo ponto, é natural que elas se espelhem nisso e queiram adotar o que “está na moda”. Afinal, não é experimentando que a gente encontra nosso estilo e descobre o que fica bem na gente? ;)

    AMO seus posts-debates!

    Um beijo!

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h13

      Com certeza, Cinthia, é bem relativo!

      No post pensei em colocar a Taylor Momsen e suas roupas (na realidade, lingeries), mas aí acredito que tiraria o foco, já que ela é uma em dez milhões.
      Mas é fato que experimentando é que chegamos ao nosso estilo “oficial”, boas referências são fundamentais.

  19. @CamillaC_Santos - 09/05/11 - 14h16

    Entendo o ponto de vista e concordo em partes. Também vejo algumas “meninas” de 20 anos vestidas com roupas super sérias que as fazem parecer senhoras, e confesso que não gosto muito… mas na maioria dos casos, elas estão vestidas assim porque o “trabalho exige” este tipo de “postura/vestimenta”.
    Acho que a competência da pessoa não pode ser medida pela “seriedade” que ela transmite no modo que se veste, mas infelizmente é isso que conta na hora da entrevista, e vemos cada vez mais estas meninas vestidas de senhoras porque ser muito nova pode comprometer sua imagem no trabalho.
    Infelizmente (mesmo) os tempos são esses. As pessoas pregam revoluções mas vivem presas á tabus e idéias antiquadas.

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h11

      Camila, eu nem pensei no aspecto “do trabalho”, falei mais em referência às roupas de sair à noite, shopping e etc
      Mas acho que o dresscode do trabalho tem que ser rígido mesmo né
      Lembro que quando comecei a trabalhar, tinha 20 anos e era na prefeitura do RJ, ok que era de estagiária, mas eu nuca sabia a roupa certa, foi uma adaptação difícil, passível de erros!
      bjs
      the

  20. Fê Marconi - 09/05/11 - 14h17

    É bem a realidade msm! Amo os posts mais “filosóficos”, mais sérios, The! Seus textos são muito bem formulados. Parabéns!

    Bjo The!

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h10

      Brigada Fê!
      Fico feliz que tenha entendido o espírito do negócio!
      bjkas

  21. Patrícia Pierra - 09/05/11 - 14h20

    Posso dar uma sugestão? Acho bacana você colocar em um post esses estilos próprios da idade sabe…
    Dos 18 aos 25 anos, vc pode se vestir assim
    Dos 25 aos 30 anos, vc pode se vestir assado.

    Acredito que toooodas iriam gostar!

    Beijokas

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h10

      Patricia, longe de mim querer ditar regras, mas vou pensar num post assim de uma forma mais leve e divertida rsrsr
      bjss

  22. Giulianna - 09/05/11 - 14h21

    Muito verdade o que vc falou, tenho 20anos e vejo isso em muitas amigas e conhecidas minhas que por vezes se vestem como aquelas senhoras elegantes!
    Adoooro esses seus posts mais filosóficos, super apoio se vc fizer mais frequentemente!

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h09

      Brigada Giulianna, geralmente esses posts não tem pretensão nenhuma, acho que posto mesmo pra fugir do óbvio e dos posts de sempre. Mas pra mim a maior recompensa é saber do que vocês pensam, acho muito bom pro desenvolvimento e amadurecimento do blog
      bjs!

  23. Cecilia - 09/05/11 - 14h21

    Eu como leitora novinha falo por todas as novinhas, eu uso o que eu gosto da camiseta da Holister ate a mini saia da Farm e to nem ai, uma tendencia que a gente capricha aqui ou acola (por mais que ela seja senhoril) cai bem com uma boa base de acordo com a idade e fim
    ps – Thezinha preciso de uma ajuda, creminho ou spray que tira volume e deixa o cabelo bem soltinho, com cara de saudavel haha sabe algum??? :)

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h08

      Boa Ceci ;))
      Se você esta curtindo sem pressão é isso que importa!

      Agora spray que tira volume, preciso pensar hehehe
      eu geralmente preciso de volume, daí não tenho nada em mente, quando souber te falo
      bjs!!

  24. Carol - 09/05/11 - 14h23

    Concordo.. As pessoas tem que se colocar na idade que têm, e se vestir de maneira adequada. Assim como tem as de 20 que parecem senhoras, tem as senhoras que querem se passar por 20, que combinemos também não é legal! :)
    Dá umas diquinhas de roupas para as idades, Thê..
    bjss

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h07

      vou pensar num post assim então!

  25. Beta - 09/05/11 - 14h25

    Adorei, o armário deve também refletir a fase de vida de passamos. E evoluir conosco. Meio tipo comercial de sabão em pó ” se sujar faz bem”. Quando somos criança faz mesmo.
    Daí essa meninada de 20 anos se vestindo como se tivesse 40, Com 60 vão querer usar mini-saia. Não rola, né?!

    Responder
  26. Alice Marques - 09/05/11 - 14h28

    Bom tenho 22 anos e tem vezes que sinto obrigada a me vestir “mais madura” mais seria, porém eu vivi e vivo cada momento, ate aquelas adolescente “roqueirinhas” que são consideradas malucas eu ja fui, me visto de acordo com meu humor e sim vejo muitas meninas novinhas que qnd se vestem parecem ter mais idade do que eu, assim como já vi senhoras de 50 anos usando sainha jeans, o corpo pode ser bonito mas a idade já entrega assim mesmo

    Responder
  27. Mariana Seabra - 09/05/11 - 14h30

    Concordo também, minha mãe sempre implica e diz “por que vc não se veste mais como a sua idade?” (isso ela se refirindo a blusinhas da Myth – vc é carioca, deve conhecer – e mini saias jeans). Não que eu me vista como adulta ou – credo!- velha, mas simplesmente por amar e procurar conhecer a moda atual, não gosto das mesmas coisas que outras meninas da minha idade. Bandage dress fica lindo pra algumas, mas NÃO AGUENTO, chegar em toda maldita festa de quinze anos e encontrar TODAS – não é um exagero, são todas MESMO – vestidas assim. Prefiro o meu pretinho de taxas comprado em uma mega-liqui. Entende? É qustão, como em tudo na moda, adaptar. Ao invez de uma blusa de seda com botões e bolsos iguais a de Carine que tem mais de 50 (tem?), por que não uma regatinha de seda? Ao invés de um jeans flare, por que não um simples boot cut? As vezes quem quer ousar muitoi paga de palhaço, e tudo bem, se a pessoa estiver se sentindo bem. Estilo é sobre isso, afinal. Não sei se perdi a linha do raciocínio nesse comentário, é que uma coisa levou a outra. Meu ponto era adaptar essas peças clássicas para nosso guarda-roupa jovem (tenho 14, por favor! hehehe)
    Adorei The,
    beijos Mari

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h06

      Mariana, claro que conheço a Myth, é marca tipicamente carioca.
      Fico feliz que você tão novinha, tenha uma consciência tão boa, no final é só isso que fica, o bandage vai ;)
      bjss

  28. Alana - 09/05/11 - 14h35

    eu tenho 23 anos mas tenho cara de 16. sério. pq sou baixa e magra. mas nao me acho mais uma adolescente pra me vestir tão jovem. mas sei q não sou uma mulher madura, para viver de salto, saia longa, blusas de seda etc.
    as vezes podemos nos vestir nao de acordo com a nossa idade, mas de acordo com a nossa idade mental. ja fez uns 3 anos q moro sozinha (sem a ajuda dos meus pais), 1 ano morando junto com meu namorado, sempre tive amigos e amigas mais velhos, então nao me sinto tao jovem assim.
    entao eu acho isso, do msm jeito q há mulheres mais velhas q gostam de vestir como jovens. imagina uma demi moore da vida no estilo senhorinha? rs mas não podemos perder o bom senso, isso é verdade!

    Responder
  29. Caroline® - 09/05/11 - 14h36

    Adoro essas pensatas fashion! Eu confesso que, perto dos 30, ainda tenho algumas crises de identidade nesse ponto. Ao mesmo tempo que não admito mais barriga de fora (argh) também não quero largar as minissaias. Como lidar??? Sobre a vitimização da moda por blogs de estilo, recomendo o post “o mito da calça vermelha” da Oficina de Estilo…
    http://oficinadeestilo.com.br/blog/2011/04/28/o-mito-da-calca-vermelha/

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h05

      Caroline, eu tb tenho muita crise de identidade heheh até por essa fase dos quase 30
      E adorei o post da Oficina, mto bom mesmo, é meio que essa praga que infesta a cabeça da gente.
      Bjs!

  30. Juliana - 09/05/11 - 14h37

    Nossa, eu super concordo, Thereza. A quantidade de meninas “reféns” dessa “tendência de crescer logo” é enorme. Me incomoda também o fato da infância ter perdido um pouco da inocência, da brincadeira, de ralar o joelho, sabe? As bonecas trocadas por batons, e por aí vai. Ótimo post!

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h04

      Com certeza, Juliana!
      Tpo aquelas meninas de 7 ou 8 anos que já querem sair todas maquiadas e adiantando etapas da vida.
      Vaidade é uma coisa, alienação é outra
      bjss

  31. S. - 09/05/11 - 14h37

    Eu concordo e queria felicitar pelo post. É importante discutir esses assuntos e ser sensato e realista.
    Ainda bem que não tinha blogs de moda na minha adolescência.

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 14h58

      S., eu agradeço todos os dias que não existia blog na minha pós-adolescência hehehe

  32. Alana - 09/05/11 - 14h39

    esqueci de dizer tbm q com meus 15 anos vivi minha fase rockeira, agora ja me sinto adulta, sou formada, sou independente. acho q esse amadurecimento no guarda-roupa tem a ver com nosso estilo de vida. hj tudo é mais precoce. temos experiencias aos 15, enquanto uns anos atrás as pessoas faziam aos 20. acho q isso explica.
    gostei desse port, nos realmente a refletir!

    Responder
  33. Yasmin - 09/05/11 - 14h40

    Me indentifiquei!
    beijos
    http://myinspiration.com.br –> Super dica de aperitivo para amigos!

    Responder
  34. Dri - 09/05/11 - 14h45

    Olá Thereza, tudo bem?
    Vim te convidar pra participar do sorteio no meu blog. Como vc é carioca, acho que vai amar o item…um colar do cristo!
    http://www.chatadescarpin.com
    Dá uma passada lá e se cadastre!
    beijão

    Responder
  35. clara - 09/05/11 - 14h45

    Desculpa mas… se uma menina de 20 quiser usar roupa sóbria ou uma senhorinha de 60 quiser se vestir de piriguéty… let it be!! Cada um sabe o que é melhor para si.

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 14h57

      Clara, mas em nenhum momento proibi isso, aliás, quem sou eu para tal.
      Mas acho que o pensamento é válido, assim como o seu. E pra mim o blog é meu espaço de refletir, pior seria se usasse-o pra ficar em cima do muro ou não emitir minha opinião, aí pra mim ele não serviria pra nada rs

  36. Marina - 09/05/11 - 14h46

    Depois de tudo o que se escreveu ainda tem gente querendo PRESCRICAO ? (Se voce tem tal idade, pode usar isso, isso e mais isso… mas se ja tem tantos anos, entao use apenas aquilo, aquilo e mais aquilo …) Oras, quanta incongruencia … Vamos absorver, vamos fazer como Oswald de Andrade sugeriu no MANIFESTO ANTROPOFAGICO, vamos degluitr as tendencias e INTERPRETAR de acordo com o jeito de cada uma ser … Nunca, Thereza-minha-filha, vire dessas blogueiras prescritivas …

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h31

      Mas Marina, longe de mim prescrever tendências ou estilos, as páginas do blog estão aí pra te confirmar hehehe
      A reflexão é válida, a hipocrisia não. Nos meus posts, não obrigo ninguém a vestir nada, tampouco induzo, mas o pensamento é minha forma de trazer algum debate à tona, pelo simples fato da gente exercer a reflexão, que pra mim vale mais que qualquer look do dia ou etc, só isso, ok?
      bjs

  37. paulinha - 09/05/11 - 14h47

    adorei e concordo totalmente com o post. devo acrescentar que acontece – e muito, o contrario tambem! eheh beijinhos

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h03

      hahaha com certeza paulinha ;)
      Acho que o fator “contrário” existe até antes mesmo dos blogs!

  38. mary - 09/05/11 - 14h52

    Também adorei o post. Concordo com a sua opinião sobre o lado positivo dos “look do dia”, como também com o lado negativo. Uniformizou mesmo: calça vermelha, listras da Prada, anel da YSL, saia plissada etc. Quem lê vários blogs sabe disso. Motivo pelo qual hoje só dou uma olhada em 2 ou 3.

    Acho também que tem muita mulher na casa dos 30 se vestindo como adolescente. Saia curta plissada, na minha opinião, fica péssimo para mulheres nessa faixa etária, não importa o tipo de corpo que ela tenha. Na verdade virou uma cadeia: famosas vestem, bloggers copiam, leitoras copiam também. Falta bom senso.

    Fazer escolhas sem uma análise crítica não é só uma questão de idade, é auto-estima mesmo.

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h02

      Concordo Mary!
      Acho que só vale a pensa enquanto estamos nos divertindo, quando vira alienação, perde todo o sentido
      bjss

  39. Fabi - 09/05/11 - 14h54

    The, vc sempre tão sensata. Tenho pensado muito sobre isso ultimamente, e fico feliz de ver vc e outras blogueiras ressaltando que não é preciso estar sempre usando o q for tendência. As vezes não é soh questão de idade, mas de biotipo, estilo, personalidade, enfim. bjOka

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h01

      Poisé, Fabi
      Busquei na idade um ponto de referência, mas a realidade é isso mesmo que você falou, cada um tem sua personalidade e biotipo
      bjss

  40. Natalia - 09/05/11 - 14h55

    Thereza, eu concordo. Tenho 16 anos e apesar de adorar toda essa explosão da moda e inclusive pegar várias peças da minha mãe, eu não abro mão de usar as peças engraçadinhas, bem tipicas da idade que eu estou vivendo! Percebo o que você disse nesse post numa blogueira que está fazendo sucesso atualmente (é claro que não vou dizer o nome), está nessa mesma faixa de idade que você detalhou no post e que vira e mexe aparece com uns comprimentos que poderiam ser evitados na idade dela.. bom, cada um sabe de si, mas bem que a família ou as it amigas poderiam dar um toque!

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h01

      Natalia, fico muito feliz que a maioria das meninas da sua idade continuam pensando assim e usando os blogs só para “o bem”. Acho que é ótimo usarmos essa ferramenta pra aprender coisas bacanas e ter boas referências, mas na vida real temos que adaptar nosso dia-a-dia pro que de fato somo né
      bjss

  41. Tâmara - 09/05/11 - 15h01

    Gostei!!! =)

    Responder
  42. Marcella - 09/05/11 - 15h05

    Onde eu assino concordando com tudo??? Ahh meus 19, 20 anos…

    Responder
  43. Gir - 09/05/11 - 15h06

    Thé, com a onda crescente dos blogs de moda, quem sofre mais é a faixa etária da infância e da juventude, porque não possuem maturidade ainda para distinguir o que gosta da moda e o que é apropriado para ela usar e realçar a beleza. Não é porque o vermelho é o novo camelo, o branco é o novo preto, que todo mundo deva usar, devemos aprender a ADAPTAR a MODA de acordo com o nosso gosto e a nossa idade. Assim como é triste ver uma menina de 18 anos com cara de 30, é lamentável ver criança se vestindo como adulto e pessoas com mais de 40 anos querer se vestir como jovens de 18 anos. Acho que falta personalidade.

    Responder
  44. Larisse - 09/05/11 - 15h11

    Ai, eu tbm tive milhões de fases, já tive a fase rosa (tudo rosa, até a lancheira) hehe, a fase roqueirinha, a fase patricinha, milhões de fases indefinidas, mas totlmente diferentes e em cada fase eu mudava não só as roupas, mas o quarto e algumas vontades loucas como pintar o cabelo de roxo ou colocar piercing (não, minha mãe não deixou nenhum dos dois). Mas acho que faz parte, cada fase me ensinou algo valioso sobre mim e me levou até minha fase atual. Concordo que algumas meninas não se vestem de acordo com suas idades, mas acho que essa é a maneira delas brincarem com a fase delas, se tenho fases que me arrependo? A fase É o tcham, foi deprimente, mas tbm foi importante, então deixa…
    Sem falar que já me vesti várias vezes mais velha que a minha idade por questões profissionais e já me vesti mais nova tbm, só pq eu tava num clima mais jovial, ah, deixa o povo brincar de se vestir… Se elas se sentem bem, qual o problema?
    Só fico preocupada quando elas começam a se portar com idade inapropriada, tipo menininha de 13 saindo com carinhas de 17, bebendo, fumando, transando ireesponsavelmente e etc, isso sim, acho um BIG equivoco.

    Responder
    • Ana Sofia - 09/05/11 - 15h16

      Concordo com tudo, Larisse!

  45. Ana Sofia - 09/05/11 - 15h14

    The, eu não concordo. Quando tinha 15 anos, ia para as festinhas (que eram “inhas” mesmo) de saia de babados de malha, blusinha e sandália baixa. uma coisa meio spice girls meets britney spears em início de carreira. Vejo que as meninas de hoje vão para festas de 15 anos (que mais parecem casamentos de tão grandes) com vestidos feitos em costureiros (caros, por sinal!). Da mesma forma que, há 5 anos atrás, meninas de 20 anos vestiam saia jeans e blusinha, as meninas de 20 de hoje, como eu, gostam de usar tendências como camisa de seda e calça vermelha. A moda evolui, e todo mundo evolui com ela, porque os tempos mudam: comportamentos, roupas, entretenimento, TUDO muda muito rápido.
    Cabe à menina saber se vestir bem com a tendência, sem parecer mais velha. E se parecer, é porque provavelmente ainda não encontrou seu estilo e não sabe usar a tendência a seu favor, mas, afinal, é errando que a gente cria o próprio estilo. Pelo menos essa é a minha opinião. :)

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 15h21

      Claro, Ana.
      Mas naquela época (das spice meets britney), aquilo era a evolução da moda, assim como hoje são as camisas de seda.
      Mas infelizmente nem todas podem usar vestidos de renda feitos por grande costureiros, e se sentem mal por isso, daí acabam perdendo o tom por uma pressão que não deveria existir.
      Mas é justamento o que vc falou, se a pessoa transparece uma coisa que não é, é pq ainda não descobriu o meio termo. Lógico que faz bem errar até chegar ao certo, mas isso tem que ser natural e não por obrigação de ng
      bjss

  46. Manoela Mendes - 09/05/11 - 15h15

    Nossa, assino embaixo!! Eu já tinha reparado nisso, mas nunca parei pra pensar sobre o assunto! Enquanto lia o post, a cabeça ia concordando com tudo! hahahahaha! Mas eu acho que elas se vestem assim é pq nao se descobriram ainda sabe? A informação é tao grande, as opções são tantas, que elas querem usar tudo de uma vez, não importa se combina com elas ou não. E acabam se tornando as verdadeiras fashion victims!

    Responder
  47. Leticia - 09/05/11 - 15h26

    Graças a Deus , existe vida inteligente na blogsfera….

    Responder
  48. Raquel Bernabo - 09/05/11 - 15h33

    Thereza, dos blogs de moda, o seu é o melhor, ponto.

    Responder
  49. Nathália - 09/05/11 - 15h35

    Eu tb não gosto dessa padronização que os blogs trouxeram de um modo geral. Acho que estilo tem haver com liberdade e personalidade. Dessa forma, a padronização mostra muito no que falta na maioria das meninas. Eu msm não tenho saia plissada e detesto usar o que todo mundo está usando, por isso, busco as minhas tendências pelos desfiles de moda do mundo todo e q combinam ao meu estilo. Enquanto, todos usam cor camelo e saia plissada eu prefiro usar para o veludo e pluminhas e ser feliz sem nada de casaquinho aviador a lá Burberry (comprei um igual a modinha de agora há 4 anos atrás na Zara do Brasil). Meu estilo não é ser piriguetona, mas ainda assim adoro mini saias e shorts curtinhos e não suporto calça sou feliz usando muitas saias ^-^. Tenho q aproveitar enquanto ainda tenho 22 anos e 54 quilos distribuídos em 1,70m de altura :D.

    Responder
  50. Ana Carolina - 09/05/11 - 15h45

    É super verdade o que você coloca nesse post, Thereza! Hoje as meninas na faixa dos 18 aos 20 parecem mais velhas do que nós que temos mais de 25!!! As garotas de hoje não tem mais a fase de se vestir como adolescentes e pulam logo da fase criança pra fase de se vestir como adultas, em nome de uma padronização, que caso não seja seguida, faz com que elas se sintam totalmente deslocadas!!!
    Ah, adoro seu blog!

    Responder
  51. Andrea - 09/05/11 - 15h45

    As vezes eu me sinto privilegiada de ser velhusca e lembrar que na minha época criança se vestia de criança (e não de paquita erótica como hj), jovens como jovens e “adultos” como adultos. Cada um na sua…
    Hoje eu vejo duas coisas: meninas querendo se mostrar mais velhas (quem nunca exagerou na make para entrar naquela super boite da moda que atire a primeira pedra) e as mulheres mais velhas vestidas como periguetes em plena adolescência.
    Acho que falta bom senso e um pouco daquele produtinho milagroso: o “semancol”. Ainda bem que meu trabalho me obriga a usar jeans e camisa de manga comprida (junto com o maldito capacete e a bota) senão corria o risco de eu ser mais uma sem noção andando por aí…

    Responder
  52. Isabela Rissio - 09/05/11 - 15h49

    Thereza, concordo DEMAIS com você! Tenho 22 anos e às vezes fico em dúvida se sou eu que estou errada em querer usar calça jeans, blusinha e bota pra ir pra faculdade, sabe? Tantas meninas tão emperiquitadas de acordo com as páginas da Vogue e os blogs de “look do dia” (nada mais abominável que aqueles blogs baseados em “look do dia”, parece que a guria só mnotou o blog para poder mostrar todas as peças do guarda-roupa)! Moda é estilo, e é também liberdade, não é uma ditadura… Especialmente para as mais jovens! Que se vistam como se sentirem melhor, e não como a blogueira X ou Y disse que é superultramegafashion ou como a marca ABCD definiu que será o padrão do próximo inverno!!

    Responder
  53. Carolina - 09/05/11 - 15h52

    Minha mãe viu uma menina no shopping semana passada e falou ‘ou o produto que ela passa no rosto funciona muito ou ela vai se arrepender muito quando crescer’, justamente porque a menina tinha carinha de novinha e usava roupa de adulta
    Agora, posso confessar? eu já nem sei mais direito o que envelhece e o que não.
    A blusa de seda mesmo, comprei uma que todas amaram. É uma igual a da H&M que eu vi numa loja perto de casa [hehe], mas ela é largona e tem uma renda no topo da parte de tras. Acho que o toque mais jovem em algumas peças ajuda, mas tem roupa que eu já não sei mais definir se é de 20 ou 30 anos, e acho que os blogs ajudam muito nisso mesmo.
    Eu tenho 22, as blogueiras são 2 3 anos mais velhas que eu, e são super produzidas. Me dá até um pouco de desanimo :( hahahaha
    Eu tb sou super a favor de um post com dica de roupa pra idade certa ..
    bjsss

    Responder
  54. daniela - 09/05/11 - 15h53

    Vc verbalizou de uma forma clara (mais clara impossível!) o que venho notando ultimamente….sou super fã de blogs de street style mas tenho achado uma tristeza ver alguns ultimamente. meninas lindas, com corpos lindos vestidas como velhinhas tristes! Nada contra, acho q pode ser até divertido brincar com essa coisa “vintage” vovozinha de vez em qdo. Tem velhinhas muito estilosas! mas acho que há um certo exagero nessa tendência e como vc disse cada idade tem sua moda, nem que seja cada idade mental….rsss…to com 35 hj e ficaria muito triste de ver q nessa fase dos 18 aos 20 e poucos me vestia como uma velha! Assim q vi o post lembrei dessa irmãs Olsen q são o retrato desse exagero!

    Responder
  55. Grazi Wascheck - 09/05/11 - 15h57

    OI Thereza!!!
    Ótimo texto!! Perfeito!!
    Tudo que vc falou é sério e muito triste… E percebo essa massificação não só no vestuário, mas, na maquiagem também!! Estamos vendo adelescentes maquiadíssimas por aí. Isso me assusta!!! O que eu acho uma pena…
    Bjosss

    Responder
  56. Cris Bastos - 09/05/11 - 15h57

    ADOREEEEI! Eu já me acho o contrário: acho que nunca amadurecerei meu estilo. #prontofaley hahahaha!
    Bjo, The!
    http://www.lojacrisbastos.com

    Responder
  57. Alana - 09/05/11 - 16h01

    acho q as vezes eu me visto como adulta, não só pq me sinto adulta (ta uma jovem adulta), mas por causa do trabalho. ngm vai me respeitar como profissional se eu tiver aparência de adolescente. mesmo q eu não seja uma adolescente.

    Responder
  58. Gabriela - 09/05/11 - 16h03

    Comentei semana passada com uma amiga, enquanto estávamos futricando blogs na faculdade, e vimos cada menina que a gente dava uns 30 e poucos anos e quando vámos que tinha 20,21 ficávamos chocadas, tipo, como assim 20 uhauhahua
    Mas percebo que a necessidade de mostrar o quanto gastam com roupas e sapatos é maio, e normalmente é visível em roupas mais senhoris, um shot jeans ou uma saia, se as blogueiras não falam a marca, não é mais do que um short jeans. Agora uma roupa séria, fechada, toda chiquetosa, extremamente chique, não precisa nem falar em valores ou marca que já sabemos que eé algo de marca e caro. Acredito que a necesidade dessas “jovens senhoras” como lala e Thássia é simplesmente de aparecer como donas de contas bancárias cheias… não vejo melhor explicação. Explica aí pras bacanas que tem como se vestir bem sem envelhecer 10, 15 anos…

    Responder
  59. Bruna Camelo - 09/05/11 - 16h20

    Ah, seu post foi super válido. Me fez pensar no meu guarda-roupa. Agora, eu que tenho apenas 18 anos, não me sentiria bem usando uma saia ou shorts muito curto, é questão de gosto mesmo. Tem muita coisa na moda que eu não uso. Tenho um estilo básico, e procuro sempre peças que se adapte ao meu estilo e dia-a-dia. Como falaram ai em cima, não me sinto bem com um vestido bandage ou muito colado, isso para mim é muito desconfortável, prefiro peças mais soltinhas, mas isso é questão de gosto.

    Bru,
    http://www.nerddamoda.com

    Responder
  60. Helen Miranda - 09/05/11 - 16h21

    Penso um pouco sobre isso, mas acredito que se vestir jovem não é só usar minissaia ou shorts curto; Também vejo dois pontos interessantes no post e comentários: quando o fashion parece forçado e vale-se mais a simplicidade (em relação a seriados, que você sabe que eu amo, tenho gostado muito de roupas como a da Quinn de Glee, ou seja, um simples vestido e sapatilha, arrumadinha, elegante mas sem nenhum exagero, sabe, tudo e modo casual, gente como a gente, sabe? O outro ponto é esse negócio de padronização. Tenho considerado mais “estilosas” meninas de vestidos na rua (talvez influência da Quinn de Glee também) do que essas centenas de meninas de calça jeans + all star + camisa xadrez. Ah, e um terceiro ponto que eu tenho notado é quando o estilo de roupa não tem haver com o modo de vida da pessoa. Tá, cada um usa o que acha bonito, mas eu realmente não entendo como o estilo folk se propaga tanto em cidades como São Paulo. Se a pessoa não tem nenhuma ligação com esse lado mais campestre da vida, não entendo porque usar. Acho que o negócio é se sentir bem, ser simples e condizente.

    Responder
    • mary - 10/05/11 - 06h30

      Helen, tava pensando justamente nesse terceiro aspecto. A pessoa tem que considerar sua cultura e seu estilo de vida. Copiar o estilo das européias nem sempre garante elegância.

  61. Talita - 09/05/11 - 16h32

    Concordo em genêro, número e grau. Não me conformo quando vejo a idade da GRANDE maioria das it girls, sempre em torno de 20 anos, todas vestidas e com cara de 30!! Vão para a faculdade de calça alfaiataria, camisa de seda e uma Kelly na mão. Boriiiiiiiinnnnnnnnnng!!!!!!!

    Responder
  62. Priscilla - 09/05/11 - 16h36

    Nossa, nunca concordei tanto com uma opiniao! Regulo a sua idade e posso dizer q na nossa época nós realmente nos vestíamos de acordo com nossa idade. Na minha época de escola, as meninas usavam tenis, calça jeans e pouca maquiagem. Hj vejo as meninas saindo dos colégios de salto alto e MUITA maquiagem. Já fui à festa de 15 anos em q a aniversariante parecia ter uns 28-30. E como as adolescentes de hj já tem um maior corpao, né. rsrs Mal sabem elas q o tempo nao volta…

    Responder
  63. Luhana Andreoli - 09/05/11 - 16h43

    Oi The.
    Estou sempre aqui no Fashionismo, mas é a primeira vez que comento. Concordo com o post, tenho 26 anos e já sou meio criticada por usar mini saia e shortinhos curtos no verão (não mto pirigueti, pois moro em SP e aqui não tem praia..hehehe), minha resposta é que até os trinta esse tamanho é liberado, além de que tenho “pernas de modelo” como diz minha mãe e não aparento a idade, então não sei até quando o corpinho estará tudo em cima, não é mesmo?!?!
    Em contrapartida, minha vizinha completa 50 anos esse ano e já passou por uma série de ADP (ataques de pelanca) nessa vida. Quando a vejo saindo de casa sinto vergonha alheia pelos vistidinhos teennager pink com botas cano alto e sempre me vem a pergunta na cabeça: “Meu Deus, onde se escondeu o bom senso dessa pessoa???”. E acredito que seja bem por aí, se vertir de acordo com a idade, respeitando seu corpo e o mais importante, sentindo-se confortável com aquilo que está usando.

    Beijo grande e prometo comentar mais.

    Responder
  64. Beatriz Medeiros - 09/05/11 - 16h57

    Concordo em cada detalhe. No Park Fashion vi meninas de 13 anos com a lateral do cabelo raspada, micro saia com saltos estratosféricos, camisas de seda cheias de babados, batons com a boca estourando e, claro, uma LV speedy.
    Cadê os vestidinhos com sapatilha ou saia de babados com camiseta?

    Responder
  65. Juliana - 09/05/11 - 17h03

    Gosto muito do seu blog ,mas esse post em especial me deixou um pouco triste e confusa ( eu devo se um pouco burrinha :X ahaha ) ,eu tenho 20 anos adoro seda AMO preto , nude e adoro ser discreta não tenho atributos ( se é que vc me entende ) que me permite usa decotão , adoro roupa classica, nunca fui de ter varias fases como vc teve .. não entendi quem são essas meninas que tem 20 e aparenta ter 38 , sera que por eu gostar e usar roupas mais serias e classicas nas ruas sou apontada como criança com roupa de velha ? meu deus do ceu me preocupa de verdade agora , pq eu uso por GOSTAR mas quem vê vai axa que eu to seguindo tendências ? aaaai esse su post tirou um sorriso do meu rosto hahaha .. mais uma coisinha respeito tatalmente sua opinião e obviamente o blog é seu mas me pareceu que vc generalizou ” Quem é mais madura, sabe discernir, mas as mais novas sofrem para caberem em padrões estipulados” eu vejo muitas meninas usarem casaquinhos , seda por serem e terem personalidades mais serias diferente de muitas não se arrependeram de ser mais classicas por serem assim e ponto . Emfim to confusa hahaha beijooos

    Responder
    • Thereza - 09/05/11 - 17h11

      Que fofa Juliana ;))
      Mas olha, não se preocupe, lógico que existem meninas com um estilo mais definido, afinal cada uma tem sua personalidade.
      Mas talvez isso possa ser uma fase sua, que daqui 1 ou 2 anos mudar.
      Mas eu acho que a melhor resposta, antes de qualquer post, é se divertir com a moda, usando-a a seu fazer seu estereotipo nem nada.
      Se você é feliz com seu estilo, ótimo, o chato é a pessoa ser “obrigada”, “induzida” a usar peça tal, e infelizmente isso acaba acontecendo, vai da gente superar isso!
      bjs

  66. Mari V. - 09/05/11 - 17h04

    bem interessante esse post, reflete algo que está mesmo acontecendo, e até
    com meninas bem mais jovens..
    mas acho também que vai do estilo de cada uma.. se esse é realmente seu estilo e voce se sente bem assim, ok. Mas se está usando isso, ou aquilo porque viu num blog e quer ficar igual, não dá neh. A questão é saber medir as tendências de acordo com sua idade e estilo e não seguir tudo ao pé da letra..

    Responder
  67. Beatriz Medeiros - 09/05/11 - 17h05

    E sabe o que entra nesse bololô todo? Não saber interpretar e adaptar as tendências e, só pq no Stockholm Street Style tá cheio de saias longas, plissadas e transparentes, sair de casa e encontrar 369 meninas IGUAIS. Quer comprovar a tese? Espere essa temporada de moda. Em janeiro/fevereiro eram as saias longas e estampa de onça, tô curiosa pra conhecer a nova tendência-uniforme! hahaha

    Responder
  68. Rafaela - 09/05/11 - 17h05

    Nossa, Thereza, você resumiu tudo que eu tenho pensado ultimamente quando vejo alguns blogs!
    E sinceramente, obrigada. Eu mesma, tenho 19 anos e vejo meninas da mesma idade que eu, que se vestem mais formal que minha mãe! E isso no dia-a-dia, pra ir pra faculdade, almoço com as amigas..
    Quando eu via algumas fotos dessas meninas em alguns blogs eu me sentia até mal, o que passava na minha cabeça era que eu era uma garotinha perto daqueles mulherões de loubotin e camisa de seda pra ir no cabeleireiro.
    E isso acaba virando uma “imposição” disfarçada, porque por eu pensar assim, eu já me privei de usar sim algumas coisas por acha-las muito juvenis, tipo a calça jeans mesmo!
    Essa situação é bastante parecida com uma coisa que acontece na minha faculdade. Eu to no segundo periodo da faculdade de direito e o meu campus é no centro aqui no Rio. No segundo periodo, a maioria da galera ainda não estagia ou faz só estagio voluntario, mas eu vejo mts meninas da minha sala e do meu periodo usando calça e camisa social, equanto eu (e a maioria da turma, felizmente) ainda usamos nossos jeans e camiseta mesmo. Porque, acho que é mesma linha de pensamento seu, quer dizer, pode ser muito legal pra elas se vestirem de advogadas agora, é uma brincadeira. Mas o segundo periodo não vai ser pra sempre e quando elas estiverem mais avançadas que se vestir socialmente, até por causa dos estagios, vai se tornar uma obrigação, ai elas vão sentir falta de ter a opçao de usar tênis e saia jeans. Acho que é isso! Esse post abriu minha cabeça.. obrigada, voce é demais, amo as suas opinioes, reflexoes! beijão

    Responder
  69. Thaissa - 09/05/11 - 17h20

    Thereza, nunca comento aqui, apesar de bater ponto todos os dias, mas depois desse post precisei parar um pouquinho pra dizer que vc é um oásis nesse deserto de blogueiras fúteis e afetadas que não sabem falar nada a não ser looks do dia e não tem a mínima capacidade de expor suas opiniões como vc faz. Parabéns pela cabeça boa que tens! Agradeço todos os dias por não ter esses blogs durante a minha adolescência…rs

    Responder
  70. Raquel - 09/05/11 - 17h23

    Olha, achei super certo oq você falou, e me identifico muito, porque eu sou assim, me visto para parecer mais velha. Mas não por estar na moda nem nada, mas sim por querer passar uma imagem mais velha, pois tenho 21 anos, sou casada e quase formada em medicina, e algumas horas penso que ninguem quer ser atendido por uma menina, mas esse port realmente me fez refletir, por que a idade passa né…e ai quando eu estiver velha estarei usando mini saia jeans(como uma vez ja vi, uma mulher em pleno climatério usando sainha jeans e sandalia reef…..rsrsrsrsrs)

    Responder
  71. Tati Bueno - 09/05/11 - 17h36

    Oi The!

    Suuper concordo com sua reflexão! Hoje tenho 19 e quando era mais nova tinha mania de me vestir como adulta e isso me perseguiu até uns 14 anos, +/-, até que desencanei e decidi me vestir conforme minha idade. Hoje morro de vergonha de ter me vestido de tal maneira, embora adorasse parecer mais velha na época (o que muitas meninas buscam). Mas, com certeza isso me trouxe muito auto conhecimento (sim, embora ainda tenha 19 e me renovando o tempo todo).
    O que me ajudou muito foi a busca pela informação e entender o quesito adaptação e bom senso. Os blogs e looks do dia ajudam e muito, mas quando se é nova apenas isso não basta, precisa entender a “teoria” por trás do look e adequar à sua idade, biotipo, ambiente em que vive (trabalha, estuda…) e condições $$.
    Converso isso sempre com as meninas que acompanho na minha igreja, a maioria tem entre 12 e 18 anos e adoooram parecer serem mais velhas. Talvez o que falte seja conteúdo direcionado. Embora as revistas teens tentem, nem sempre tem êxito an tarefa de ajudar uma adolescente a parecer adolescente.
    Acho que o caminho é mesmo curtir a idade, a fase, pois não vai dar pra mudar quando for passado.

    Beeeijos, The! E parabéns por levantar a reflexão!

    Responder
  72. Mariana Lopes - 09/05/11 - 17h58

    Thereza,
    amei o post! Ele é daqueles que você para mesmo para fazer uma pequena reflexão.
    Concordo em muito com você. Porém acho que é um assunto muito polêmico, pois sempre dependerá do gosto de cada um.
    Eu tenho 17 anos e quando vejo essas saias longas maravilhosas e essas blusas de seda … me apaixono completamente, mas sei que não seria algo apropriado pra minha idade, e logo me imagino com 30 anos pra poder usar tudo aquilo. Assim como também vejo os micros shorts e mini tops que algumas meninas da minha idade usam, e já não gosto, pesar de muitos dizendo que é o apropriado pra minha idade porque sou jovem e blablablá …
    É questão de senso e de gosto. ;)

    Responder
  73. Marcella - 09/05/11 - 17h59

    Parabens pelo texto The! Amei, ai como eu queria usar moletom todos os dias frios e tênis. Mas como tenho que trabalhar e não tenho mais 18 anos não dá ne…

    Responder
  74. Isabella Postali - 09/05/11 - 18h03

    Oi The
    Quando você comentou no twitter mal pude segurar a ansiedade pra ver sua opinião, porque confesso que estou no meio desse rolo.
    Tenho 19 anos e já ouvi muitas vezes da minha irmã que me visto como velha, muito senhora, toda fechada, coberta! Embora goste de peças clássicas, acho que exagerei na inspiração dos looks do dia.
    Sua reflexão abriu ainda mais minha cabeça. Muito obrigada! Um beijo

    Responder
  75. Sónia - 09/05/11 - 18h09

    Na verdade, tenho uma opinião exactamente oposta! Acho que as pessoas das várias faixas etárias se vestem de uma forma cada vez mais jovial… Se bem que, também há muita gente que após os 18 se desleixa completamente e a roupinha que até ficava bem até então começa a pesar…

    Responder
  76. Micha Porciuncula - 09/05/11 - 18h18

    The, acompanho teu blog diariamente faz um tempo já, adoro tudinho (inclusive Chuck Bass) e apesar de comentar quase nunca (rsrsrs) esse foi daqueles posts de super reflexão. Adorei! Parabéns pelo blog! bjs

    Responder
  77. Carol - 09/05/11 - 18h30

    Thereza,

    como não estou por aí não tenho como opinar sobre como as pessoas se vestem no dia-a-dia no Brasil. Concordo com você que a massificação da informação tá transformando todo mundo em “robozinhos fashion”. Não só as adolescentes – claro que elas são mais atingidas, já que com a idade a gente vai aprendendo a não se deixar levar por qualquer coisa… Mas, sei lá, pode ser que não seja uma coisa meio “contra-cultura”? Talvez essa coisa de meninas mais novas se vestirem como mais velhas não seja somente fruto da massificação, e também uma forma de dizer não ao piriguetismo das tias e mães…

    Talvez porque eu tenha esse olhar de “gringa” que eu possa estar falando isso, mas nas vezes que volto ao Brasil o que me choca não são as meninas se fazendo de mulheres, e sim as mulheres querendo se fazer de meninas. O que tem de “tia” de 40 (ou mais) se vestindo, agindo e fingindo que tem 20 anos não tá no gibi… E aí tem aquela coisa de adolescente, que nota essas coisas, não curte e quer “entrar em choque”. Se as mulheres de 30-40-50 se vestem assim, eu faço o oposto.

    Falo isso porque fiquei particularmente chocada com uma festa de aniversário que fui, onde mulheres de mais de 50 anos estavam com vestidos justérrimos, curtos e com decotes pra lá de avantajados. E dançando funk rebolando até o chão. Isso numa festa em cobertura de frente para a praia. Aliás, se fosse no alto do morro, pra mim não faria diferença e eu acharia a atitude igualmente bizarra.

    Posso estar completamente enganada ao achar que isso esteja influenciando algo; mas da mesma forma que nós fomos a geração Y que não quer ser workaholic que nem os pais e conseguir conciliar família e trabalho, talvez eles sejam a nova geração que vê essa “liberdade” toda e quer um pouquinho mais de “regra”, sabe? Eu sempre achei que rolasse esse ciclo; uma geração liberal e outra mais “ordeira”. Mas, sei lá né… :)

    De todo jeito, curto muito quando você escreve coisas mais “pensadoras”. Sei que pra ter posts assim todo dia dá muito mais trabalho e você não vive unicamente disso, por isso não vou pedir por mais posts desse gênero! Mas que seria uma delícia, isso seria… Acho que falta mais gente discutindo coisas sérias (da mesma forma que poderia ter menos gente falando “it” coisa! hahahahahaha!).

    beijos!
    carol

    Responder
  78. Tay - 09/05/11 - 18h33

    Que post legal, Thereza. Adorei!

    beijos

    Responder
  79. Manoela Meirelles - 09/05/11 - 18h54

    Eu com meus 16 anos, já digo, que sou uma exceção muito grande de todas essas meninas. Acontece, que a minha cara, nada jovial e nada girlie, me permite me vestir á la Blair Waldorf. Acho que o problema em questão aqui na verdade é que a nossa sociedade e a era acelerou tanto, que quando eu tinhas meus 11 anos e brincava de Barbie, hoje as mesmas de 11 anos já vestem a primeira bandage, o primeiro sapato azul da Schutz e se metem na Mokai, Disco e baladas da vida. E o pior é que na maioria elas passam. Acho que nessa história da menina querer ser mulher antes de ser é muito pra essa idade,e isso eu sei por que lá por essa idade era eu que vestia as roupas da minha tia e amava ver como ela trabalhava, e se matava na academia e eu sempre tinha aquele gostinho de quero mais, e queria ser igualzinha a ela. Claro que acabamos sempre sendo comparadas com irmãs tal grande é nossa coincidência mas eu fui muito controlada, e espereui até chegar meu timing de colocar o salto, a calça alfaiataria e acho que todo esse passado me ajudou a ser quem sou, a gostar taaanto de moda quanto gosto hoje. Meus 16 anos, por mais que sejam poucos, já vem com muita experiência (infelizmente?) na bagagem. Mas concluindo, essas meninas que nossa dear fashionisma fala, pelo menos pra mim (não quero rotular ninguém) são as que vivem tudo tãaao adiantado, são as de 11 anos com saias bandages nas Taboos da vida, o que é triste por que daqui a pouco nem infância existe mais. Pra ver como a nossa era, e sociedade e conceitos mudaram tanto de 6 anos pra cá.

    Responder
  80. Bárbara - 09/05/11 - 18h55

    Vamos falar de coisa boa ? Vamos falar de iogurteira Top Therm ?
    Brincadeira, Thereza, eu A-M-E-I este post. Sim, há vida pensante na fashionblogosfera, e você é uma legítima representante !! Também achei a maioria dos coments SUPER ALTO NÍVEL, seu público é mesmo bárbaro. Você tá sempre provocando a gente com novidades, novos olhares, pensamentos do dia no lugar de looks do dia. Tipo, se você fosse uma revista seria a The New Yorker (HaHaHa, exagero !!). ATÓRON o blog fashionismo, não rola cult of personality, rola cult of life style, GIRL’S TALK, se é que me entende … Bjks …

    Responder
  81. Fashion Forward - 09/05/11 - 18h56

    Post interessantíssimo! ADOREI!

    http://fashionforward-ffw.blogspot.com/

    Responder
  82. Soraya Teixeira Silva - 09/05/11 - 18h59

    Que post lindo, The!!! Eu realmente acho uma pena que toda a diversão e irreverência que uma menina de 18-20 anos pode ter no ato de se vestir esteja se perdendo para um determinado padrão de “look”. E o pior, que esse padrão possa nos deixar todas “iguais” de uniforme. Vejo mulheres de todas as idades vestidas com a mesma coleção (não que não possa) sem nenhuma personalização: o mesmo tipo de sapato, o mesmo corte de cabelo, a mesma cor… Se isso nos deixasse todas com idades indefinidas ainda vá lá, né, seria até interessante. Mas não dá, uma fica com cara de criança fantasiada com a roupa da mãe (a de 20) e a outra com cara de avó que não aceita a idade que tem. Adequação é tudo.

    Responder
  83. Bárbara - 09/05/11 - 19h07

    Thereza, vou te mandar depois o link de uma entrevista da Clô Orozco falando sobre exatamente isso. E uma pessoa que escreve muito bem sobre isso é a Helô “Sanduíche de Algodão” Gomes, você conhece ela ? Bjks.

    Responder
  84. Pat Camargo - 09/05/11 - 19h13

    The, que post maravilhoso e sensato. Acho que o caso inverso tambem é complicado. Mulheres maduras querendo se vestir de teens. Tenho duas filhas adolescentes e me policio muito porque nāo da para sair vestida igual a elas, tenho bom senso. Tem coisas que ou elas ou eu! Outro dia vi uma menina linda, de 17 anos usando um vestido Chanel de tear que ela viu em um blog e nA Blake Lively. Acho triste, uma menina
    Inda que nāo precisaria de quase nada para ficar bem vestida e na verdade ela estava parecendo uma mulher de mais de 20 anos.
    Sempre fui criteriosa para vestir minhas filhas, detesto criança que se veste de adulto e fica parecendo anās. Hoje nāo palpito tanto mas elas tem a plena noção do que é ou nāo para a idade delas. Isso para mim é uma vitoria!
    Beijos

    Responder
  85. Bia - 09/05/11 - 19h53

    Vixe, acho que muita gente não entendeu o espírito do post, dei uma lida por cima nos comentários…as vezes o pessoal não convive muito com meninas mais novinhas que se vestem assim! Olha, eu no auge dos meus 23 anos não tenho um estilo super definido, sou uma mistura romântico/urbana e vivo ouvindo da minha mãe (e guru de estilo) “isso é muito sério pra vc!”. Lembro também de na infância de querer usar as mesmas roupas da minha irmã, 8 anos mais velha e ouvir “vai chegar a sua hora, calma!”. Santa Mami que me ajuda…
    não que essas meninas estejam erradas, só não acho bacana!
    Adorei a discussão, as vezes a gente precisa parar de babar ou discutir as tendências e falar dessas coisas!
    Beijos!

    Responder
  86. Luciana Carvalho - 09/05/11 - 19h54

    Adorei o post e concordo plenamente com você….
    Acho que temos de aproveitar nossa jovialidade com mini-saias, roupas coloridas e românticas e tudo mais. Mas tenho de confessar, eu nos meus poucos 27 anos, que passado me atormenta um pouco. Quando tinha meus 20 anos a moda era usar calça jeans e por pressão acabava repetindo as meninas da minha idade. Era louca para ir a boate de vestido ou mini. Então, questão é até quando as meninas serão pressionadas pela amigas? Ao mesmo tempo, eu me pergunto será que não é natural as mulheres se arrependerem do que usavam??

    Responder
  87. Nicole Demski - 09/05/11 - 19h55

    Thê, muito sensato este post, cada vez mais meninas perdem a essência da juventude se vestido como mulheres mais velhas, a começar pelos acessórios, por exemplo, a famigerada Birkin, é lida e clássica, entretanto não fica bem sendo usada por jovens, destoa do resto. Acho que nós não podemos deixar passar essa fase, onde é permitido usar saia ou shorts curto sem ficar vulgar. Bjoss

    Responder
  88. Bia - 09/05/11 - 19h55

    hahaha ri mto Thereza! Me identifiquei demais com o post….lembro que com 14/15 anos não usava calça jeans com a bunda “de fora” nem a pau….só blusas que cobrissem meu popô (que nunca foi zão)!! Depois com 16/17 e com o corpitcho em dia, me jogava na barriga de fora e no piercing de umbigo rsrsrs…e ERA TÃOOO FELIZZZ!

    Responder
  89. Ana Flávia - 09/05/11 - 20h00

    Amei o post The!
    Sou mais uma representante do clube das novinhas, tenho 22 anos e cada dia que passa tenho menos vontade de usar o que é tendência! Cada vez mais as pessoas estão perdendo a criatividade, vemos grupo de meninas tão novinhas, 15/16 anos, usando roupas muito sérias, parece que assaltaram o guarda-roupa da mãe!
    Quanto mais tenho contato com blogs de moda, mais acho a maior bobeira usar o que está t-o-d-o mundo usando! Gosto de estar diferente, e essa diferente não significa chocar, não messsmo.
    Fiz intercâmbio pros EUA agora nas férias do final do ano e quando voltei estava mostrando as mil e uma roupas que comprei pra uma amiga. Essa amiga tem 23 anos, é linda, mas é super vulgar e usa todas as tendências e essas tendências estão bemmmm longe de ficarem boas nela. Enfim, quando terminei de mostrar elas falou ‘aiii, se eu fosse pra ny ia comprar um tanto de coisa diferente, que ninguem usa, só eu!’. Lembrei de uma frase que define mto bem o capitalismo ‘seja diferente, seja igual a todo mundo’.

    Responder
  90. Clara - 09/05/11 - 20h07

    Concordo tanto com o post!
    Qdo eu me formei na faculdade eu comecei a advogar, o q pede um guarda-roupas mais sério. Só q a seriedade começou a tomar conta das minhas roupas off-work… Aí meu namorido disse q parecia q eu tava fazendo compras com a minha avó! kkkkkk!!! E ele super tinha razão! Acho q eu tava meio men repeller!!! kkk! Agora já encontrei um meio-termo e não me visto mais como a minha avó! (nem qdo estou trabalhando!)

    Responder
  91. nai gomes - 09/05/11 - 20h13

    Juro que amo o seu blog de paixão… e gosto tanto assim justamente por causa desses tipos de posts, que fazem a gente pensar e refletir sobre determinado assunto. Não tenho o costume de comentar nos blogs, mas no seu me sinto instigada a isso, por que sempre os assuntos me dão vontade de manifestar minha opinião. Nesse caso, super concordo com o que vc disse, tbm acho que algumas meninas (blogueiras ou não) às vezes esquecem a DIVERSÃO na hora de se vestir,ou pior, se vestem por simples modismo, e não por INTUIÇÃO. digo intuição, pq comigo – não sei se com todo mundo é assim- mas eu acordo e penso: “nossa, hoje tô com vontade de usar uma blusa azul” Isso, simplesmente pq eu GOSTO de azul, e não pq o azul está na moda ou não! falta ESPONTANEIDADE nas pessoas, falta a mistura de bom senso e toque pessoal, pq vamos combinar, não há nada de pessoal em calças de couro vermelhas andando por aí aos montes, né?? Não sei se consegui deixar claro meu pensamento, mas, resumindo, concordo com o q vc disse, e sou super a favor da “despadronização” da moda, e da super liberdade na hora de se vestir, lógico, sempre respeitando os locais né..não iremos trabalhar de biquini!!! kkkk tenho 20 anos, mas não sou tão inconsequente assim!!!! kkkkk Parabéns pelo BLog, Thê!!!! Parabéns por conseguir fazer um post PENSANTE!

    Responder
  92. Juliana Sas - 09/05/11 - 20h16

    É por posts desse tipo que eu considere o Fashionismo o melhor blog de moda. Há pensamento crítico, há busca pelo interessante, pelo diferente. Parabéns Thereza!

    Isso por acaso me lembra uma situação que vi. Estava na fila de um cinema de SP e comentei com o meu irmão como a menina a nossa frente estava super produzida, maquiagem, salto alto, relojão dourado, e aparentava 30 anos sendo que devia ter 20 ainda. Para meu espanto, a menina foi impedida de entrar no filme, pois tinha menos de 18 e o filme era apenas para maiores! É nesses momentos que lembro de uma frase da minha mãe: ‘viva cada fase, porque depois ela não volta’

    Responder
  93. Ana Carla - 09/05/11 - 20h27

    Só porque ontem eu perguntei para a minha irmã o que fazia uma menina de 18 anos se vestir como uma mulher de 40… Ser discreta, sóbria ou tímida é diferente de ser escrava da moda e de determinados padrões. E com meus 20 e pouquíssimos anos, concordo sim com toda essa história da maturidade. Beijos, Thê!

    Responder
  94. Leticia - 09/05/11 - 20h29

    Amei o Post ! Me identifiquei muito com a Rafaela,porque também faço faculdade no Rio, mas no campus da Praia Vermelha e as vezes me deparo com meninas com roupas super arrumadas e inadequadas a idade, e parece que elas so usam aquilo para mostrar que estão por dentro da tendencia mesmo elas parecendo não estar confortaveis,e o mesmo acontece com alguns blogs de modas de menina de 14 anos e leitoras da Capricho que usam roupas que eu nem consigo imagina-las em suas festinhas!

    Responder
  95. Bruna Soares - 09/05/11 - 20h35

    Aqui em Natal-Rn, você vê meninas de 13 anos de idade com salto 15! É um horror! A vontade de se vestir bem subiu a cabeça e fez com que essa geração esquecesse o sentir-se bem! Tenho 18, acho liiiindo roupas clássicas, mas deixo pra minha mãe usar! Não abro mão dos meus shorts, das minhas saias jeans e meus tênis, enquanto várias meninas da minha faculdade vão parecendo doutoras. Acho que se tem idade pra tudo, até pra se vestir. Beeeeijos Thê!

    Responder
  96. Érika - 09/05/11 - 20h50

    Adorei o post! Tenho 19 anos, e não vou ser hipócrita,sigo sim algumas tendências, amo minhas it bags ( inspired of course) e queria ter pernas finas que me permitissem usar calça de couro, mas não é por isso que eu vou deixar de amar laços,em tudo: roupas, bijus, arcos e principalmente sapatilhas, por ser tachada decafona por essas meninas que parecem saídas de um editorial. Enfim, acho que cada um tem que respeitar seu estilo mesmo querendo estar “na moda” e utilizando tendências porque se formos seguir todos os ícones fashion e revistas, realmente iremos viver travestidas como a profissional elegante ou mãe moderna que ainda não somos!

    Responder
  97. Carolina - 09/05/11 - 20h56

    É por isso que eu AMO esse blog. Thereza, seus posts “opinião” são sempre muito bem pautados e fundamentados. Que post lindoo!!! Olha aí vc “criticando” o seu meio. E olha que crítica saudável! Você está certíssima, traduzindo um “fenômeno” da atualidade! Eu saio na rua e vejo TODOS os cabelos iguais, sapatos iguais, bolsas iguais. Minha nossa!! Blog (e desfiles, revistas, vitrines etc) são pra te inspirar, pra trocar informaçoes, não pra dar Ctrl+C e Ctrl+V!
    É por isso que entre os milhares que existem, o Fashionismo tá sempre bem! Compromisso da autora com o que escreve, comprometimento, esmeiro e, principalmente, conteúdo…, e de vez em quando vem com esses presentes, que são seus posts “opinião/comportamento”.
    Conitnuo fazendo minhas visitas diárias!
    beijos!

    Responder
  98. Gabriela - 09/05/11 - 21h17

    Nossa, tava pensando sobre isso ontem mesmo. Acho que isso é uma tendência universal,tenho 17 anos e reparo que as adolescentes da minha idade querem muito parecer mais velhas, não só no guarda roupa, mas na postura, nas atitudes, nos relacionamentos. Sinceramente, não entendo essa pressa de ser mais velha. Adoro poder me vestir como uma “menina” ainda, usar moletom, all star, brincar com estampas sem medo de ser feliz. Tenho toda a vida pra usar salto todo dia e comprar peças de alfaiataria, porque começar antes do tempo ?

    Responder
  99. Ana Flávia - 09/05/11 - 21h24

    Sei lá.. eu não consigo concordar. Tenho 17 anos e acho que não existe certo e errado quando falamos do modo de se vestir.
    Não quero ser careta e acho bem patético quem segue tendências com fanatismo, mas só porque uma garota de 18 anos usa saia longa ou plissada, uma camisa de seda ou qualquer outra coisa que vocês chamam de “roupa de senhora”, penso que ninguém tem nada a ver com isso.
    É impossível reparar em algo quando não concordamos ou quando não vai de encontro dos nossos gostos? É.
    Mas do mesmo jeito que vocês falam das mais novas, eu já vi muita mulher mais velha seguindo tendências e usando roupas que pela cara da moça, dá pra ver que nem confortável com aquilo ela está.
    Enfim, posts como esse são sempre bons, nos fazem sair do comodismo de apenas ficar lendo pra pensar um pouco e debater.

    Responder
  100. Vick - 09/05/11 - 21h29

    Engraçado, eu nunca havia pensando sobre isso. Na verdade me preocupo com o contrário, eu tenho 28 anos, ainda na casa dos 20, mas já bem mais pros 30, me considero elegante, não gosto de nada muito curto/justo ao mesmo tempo, não uso umbigo de fora nem vestido que mais parece uma regata, mas meu gosto por tudo que é coisa girlie e delicada, como saia tutu e tiaras, por exemplo, às vezes me faz pensar se não pareço menininha demais pra minha idade, se não fica muito ridículo… Não havia parado para pensar que o oposto também pode acontecer, e as meninas de 20 se vestirem como “tias”… É um equilibrio delicado, sem dúvida!

    Responder
  101. Gabi - 09/05/11 - 21h37

    Eu tenho 15 anos e corpo de 20. Isso me impede de usar tops de paêtes, pernas e braços de fora pois eu acho que fica extremamente vulgar em mim :( Mas também não sigo a moda a risca, tento adequá-la a minha idade e ao meu tipo físico. Meu estilo é bem romântico, comportadinho e beeeem feminino, com muito tule e cores claras.

    Responder
  102. Gabi - 09/05/11 - 21h40

    The (a íntima, né haha), vi nos comentários muita gente pedindo posts de acordo com a idade e vou dar uma opinião contrária haha. Com minha enorme experiência em meus 18 anos de vida, acho que não existe essa coisa de roupas pra sua idade e essa conversa toda tende a cair em um “fascismo da moda”.

    Pra mim, o bacana da moda é a diferença, certo? Então, se tem uma senhora que acha o máximo usar uma mini-saia, ela que use! (sem entrar na questão dress code de trabalho) Tem gente que vai achar feio, tem gente (pouca) que vai achar bacana, mas será que uma senhora que veste uma mini-saia se preocupa com o que estão achando? Acho que não e pra mim esse é o ponto da questão. Quando nos vestimos *pra nós*, sem pensar em como vamos ficar num blog de street style, como foi bem dito acima, tendemos a errar menos, porque nos vestimos de acordo com nós mesmas e não com a nossa idade, com a grossura da nossa perna, com a tendência do momento, etc.
    Estou numa época bem existencialista de moda (inclusive deixei de acompanhar todos os blogs menos este haha)e acho que toda essa explosão de tendências, do tem que usar e do não pode usar estão gerando uma ditadura. Poxa, eu tenho uma celulite na perna e então não posso mais usar short? É proibido ser feliz com o corpo toda aquela que não é Gisele? Se você tem 18 anos, então, e não pesa menos de 50 kgs e não tem perna fina e etc., então, sua vida acabou! Pra não falar nos zilhões de produtos de beleza, de roupas, de coisas FOFURAS, que PRECISAAAAAAMOS POSSUIR: todo mundo é rico e eu não sei?
    Pois eu me revoltei! Acompanho o que rola na moda bem de vez em quando, não compro muitas roupas (faço uma virar mil, é uma arte haha), uso produtos de beleza na sua maioria baratos e estou feliz assim. Não tem uma semana que alguém da faculdade não fala que adorou um acessório meu ou que adora minhas roupas ou que eu me visto muito bem. Saio pra balada sexta feira e dizem que minha maquiagem está linda, também não é o fim do mundo ter manequim 40 (aliás, na boate quem é que lembra de crítica de moda mesmo?).
    Ainda tenho muitos “traumas” gerados por revistas capricho (não ter corpo perfeito às vezes ainda parece motivo pra chorar) e decidi não deixar que a moda fizessem eu me sentir mal.
    Qual a idade mental do meu guarda roupa? Não sei. Pra que o meu guarda roupa serve? Pra que eu possa me divertir!

    beijos e desculpa o texto! hauahua

    Responder
  103. Gabi - 09/05/11 - 21h45

    meu comentário chegou? ai não creio que escrevi uma bíblia e deu pau! =(

    Responder
  104. Alice - 09/05/11 - 21h48

    Concordo plenamente com vc Thereza. Não sei como isso começou, mas notei há algum tempo que as estrelas teens de Hollywood estão se vestindo como se fossem muito mais velhas, todas com roupas rebuscadas, sóbrias, até ”fashion demais”, saltos altíssimos, make super pesado, apesar da pele ser perfeita. Aí, é claro, todo mundo copia. Acho que isso faz parte de uma tendência ainda maior: já reparou que a infância está encurtando? crianças de menos de 10 anos estão se vestindo como se tivessem 20, se maquiando e tudo. Nínguem quer saber mais de brincadeiras e atividades infantis, querem é ir pra balada e ficar pesquisando sobre moda na internet. Muito estranho…

    Responder
  105. Gabi - 09/05/11 - 21h48

    The (a íntima, né haha), vi nos comentários muita gente pedindo posts de acordo com a idade e vou dar uma opinião contrária haha. Com minha enorme experiência em meus 18 anos de vida, acho que não existe essa coisa de roupas pra sua idade e essa conversa toda tende a cair em um “fascismo da moda”.

    Pra mim, o bacana da moda é a diferença, certo? Então, se tem uma senhora que acha o máximo usar uma mini-saia, ela que use! (sem entrar na questão dress code de trabalho) Tem gente que vai achar feio, tem gente (pouca) que vai achar bacana, mas será que uma senhora que veste uma mini-saia se preocupa com o que estão achando? Acho que não e pra mim esse é o ponto da questão. Quando nos vestimos *pra nós*, sem pensar em como vamos ficar num blog de street style, como foi bem dito acima, tendemos a errar menos, porque nos vestimos de acordo com nós mesmas e não com a nossa idade, com a grossura da nossa perna, com a tendência do momento, etc.
    Estou numa época bem existencialista de moda (inclusive deixei de acompanhar todos os blogs menos este haha)e acho que toda essa explosão de tendências, do tem que usar e do não pode usar estão gerando uma ditadura. Poxa, eu tenho uma celulite na perna e então não posso mais usar short? É proibido ser feliz com o corpo toda aquela que não é Gisele? Se você tem 18 anos, então, e não pesa menos de 50 kgs e não tem perna fina e etc., então, sua vida acabou! Pra não falar nos zilhões de produtos de beleza, de roupas, de coisas FOFURAS, que PRECISAAAAAAMOS POSSUIR: todo mundo é rico e eu não sei?
    Pois eu me revoltei! Acompanho o que rola na moda bem de vez em quando, não compro muitas roupas (faço uma virar mil, é uma arte haha), uso produtos de beleza na sua maioria baratos e estou feliz assim. Não tem uma semana que alguém da faculdade não fala que adorou um acessório meu ou que adora minhas roupas ou que eu me visto muito bem. Saio pra balada sexta feira e dizem que minha maquiagem está linda, me sinto bem mesmo tendo manequim 40, ao contrário das críticas de moda, os caras não execram meninas com manequim 40 (aliás, na boate quem é que lembra de crítica de moda mesmo?)
    Ainda tenho muitos traumas gerados por revistas tipo capricho (às vezes não ter o corpo perfeito ainda é motivo de um chorinho) e resolvi não deixar que a moda fizesse eu me sentir mal comigo mesma. Qual a idade mental do meu guarda roupa? Não sei. Qual a utilidade do meu guarda roupa? Me divertir.
    Pra mim é assim que tem que ser.

    (tinha salvo uma parte do comentário no ctrl c, o final eu perdi e escrevi meio sem paciência haha)

    beijos e desculpa pela bíblia!

    Responder
  106. Erika - 09/05/11 - 21h51

    Fiquei muito feliz com o post e os comentários. Especialmente após ver coisas bizarras alguns dias atrás, uma festa de uma criança de 2 anos que o tema foi marcas de luxo, passarelas, tinha até maquiagem para as crianças e as lembrancinhas eram docinhos em formato de bolsas de grifes famosas (axo q vcs sabem q festa é essa). Pensei: a que ponto chegamos, que falta de personalidade e imposição de consumismo e pressão dos padrões da moda que já impõem a crianças tão pequenas (lógico que as de 2 anos, inclusive aniversariante, não devem ter entendido bulhufas, mas as maiorzinhas e ainda crianças?). Acho que vem daí também esse fenômeno que a Thereza falou, essa super exposição ao ‘you must have’. (Ah, e ao mesmo tempo as mães/avós vestidas de forma mega sensuais hehe)

    Responder
  107. paola scott - 09/05/11 - 21h54

    The, confesso que não li tudo , mas acho que as meninas que se vestem como velhas é pra parecer poderosas, sabe como é? Só de Chanel, de Hermès… Enqto fora daqui a gente não vê isso na rua.As européias, por ex, se vestem muito mais de acordo com a idade! Só em Gossip Girl a gente vê extremos! Tenho pena, pq essas meninas vão ter o resto da vida pra se vestir assim. Será que qdo elas estiverem velhas vão querer repoir o tempo perdido, hehehe.
    Bjss

    Responder
  108. Marina - 09/05/11 - 22h19

    Thereza, adorei esse post. Adoro teu blog, a maneira como você aborda assuntos que, infelizmente, passam batidos na maioria dos blogs de moda, por aí. Meus parabéns por isso! Dar o carão assim, falar o que pensa é coisa que hoje em dia é cada vez mais difícil, por inúmeras razões – principalmente a “social”, de ter que se adequar aos padrões, ao certinho. Só vim deixar minha opinião e dizer que concordo com tudo o que tu disse – tudo muito certo (é essa a realidade mesmo!) e coerente. Eu moro em Londres, tenho 21 anos, estudo moda, sou ligada nas tendências como qualquer garota que goste do assunto e quer isso como profissão, mas acho que as pessoas (principalmente as meninas novinhas entre 16-24 anos) entram numa paranóia quanto ao “estar fashion/chique/elegante/” e é tão triste isso! Eu vejo essa realidade aqui em Londres e posso dizer que a maioria das meninas dessa faixa etária se vestem como senhoras da terceira idade! Escondem tudo, parece que quanto menos decote, melhor! Menos joelho aparecendo, menos tudo.. e isso choca! Um exemplo é entrar em uma das lojas da Urban Outfitters aqui de Londres, você vai ver que as meninas que trabalham na loja são bem novas, mas parecem mais velhas do que nossas avós.. o “estilo” é sempre o mesmo: coque bem em cima, preso com grampos e bem apertadão, junto com a franjinha no estilo “eu mesma cortei” (quanta rebeldia!), blusão tamanho XXL pra ficar enorme e dar um ar de “peguei emprestado” + saia comprimento midi plissada + oxford com meia branca aparecendo. Não tenho nada contra essas peças, mas separadas! Me dá uma angústia de ver o resultado naqueles corpitxos!!! E olha que tenho verdadeiro pavor do piriguetismo brasileiro, mas se for parar pra pensar, ao menos estão fazendo o que realmente querem.. hehe. Beijão, parabéns pelo post e pelo blog #adoro

    Responder
  109. Babi Jácome - 09/05/11 - 22h46

    The,
    sabe que quando eu gosto do post, eu comento, ná?! Então, achei muito bacana você falar sobre isso, por que me incomoda um pouco quando leio um post na terça e vou ao Shopping Leblon no domingo e todas as meninas de 15/16 anos estão usando aquela tendência do post. A moda é SUPER democrática e sua democracia não está apenas em poder comprar roupas por diferentes preços, mas por alcançar todas as idades e estilos. Respeitar a sua idade, ou melhor, seu momento de vida (por que isso também é ainda mais importante!) é respeitar a sua própria existência, ser quem você de fato é. Eu confesso que não tive muitas fases fashionísticas, apenas 2m me vestia de um jeito, dei uma exagerada na “Legalmente Loira” por um tempo, fui pra Europa e voltei a ser quem eu era, só com um pouco mais de humor. Eu me visto de maneira muito parecida com a minha mãe e as minhas avós, mas sempre respeitando a minha idade, de forma clássica, porém não careta. Afinal, o que vale é se divertir! Depois de muitos anos, vestindo, tirando, comprando, trocando, usando… aprendi que a nossa própria história reflete muito no nosso estilo e que senso de humor e auto-crítica são os ingredientes principais para qualquer look dar certo. Respeitar a idade é fundamental e garante sucesso na hora de ousar, agregando bossa ao visual.

    Responder
  110. Eldinar Lopes - 09/05/11 - 22h49

    Muito interessante teu blog. Estou até fazendo um trabalho sobre esse assunto, que a priori, pode parecer fútil, mas é sério. O problema não é a menina de 20 se vestir como 30. O problema é querer a todo momento ser algo que não condiz com os gostos e bol$os.

    Adorei o tema. Muito relevante para abrir os olhos de muitas garotas.

    Responder
  111. Juliana Marinho - 09/05/11 - 23h00

    Oiii,
    Ótimo post… concordo plenamente. Agora vc poderia fazer um novo post sobre as mulheres que insistem em usar as “roupitchas” da filha. Com o seu bom humor seria ótimo!Bjinhos

    Responder
  112. Luana - 09/05/11 - 23h07

    Concordo com voce,e ainda acrescento que como elas se inspiram no que as pessoas estao usando nos EUA ou Europa,a ansiedade e tanta que acabam usando roupas fora da estacao ou totalmente inadequadas ao clima, como vemos atualmente.Nao acredito ser possivel usar coletes de pele na maioria das cidades do nordeste ou Minas Gerais por exemplo.E elas nao pensam que Serena e Blair sao personagens de seriado e que nunca ninguem ira se vestir daquele jeito para ir a escola.E tbm nao percebem que aquelas personagens de blogues de street style sao exatamente isso…personagens, vestem-se na esperanca de serem fotografadas por um Sartorialist da vida,e outras sao uma fraude, fotografam looks do “dia” num mesmo dia para o mes inteiro.Talvez quando ficarem mais velhas,queiram recuperar a juventude perdida e ai vai ser outra estoria.

    Responder
  113. Juliana Vasconcelos - 09/05/11 - 23h19

    Sabe o q eu acho? Q as meninas de 20 e poucos q se vestem como de 30 e todos acabam vivendo sempre fora do seu tempo, e qnd se derem conta já passou e não terão curtido o q realmente importa!

    Responder
  114. Patricia - 09/05/11 - 23h37

    Muito apropriado as fotos das irmãs Olsen para o tema!! Mas o contrário também acontece, muitas mulheres maduras tentando parecer que tem 20 anos!!!

    Responder
  115. wes - 09/05/11 - 23h41

    Falou e disse! Estava pensando nisso ao me arrumar esses dias, se não tomar cuidado a gente acaba perdendo um pouco da personalidade pra acabar se vestindo como mtas “it-girls” do mundo! O blog man repeller é bem claro, e mostra como a nossa moda na maioria das vezes sequer chama um fio de atenção dos homens. Algo p/ todas pararem e pensar =]
    bjos

    Responder
  116. Érica - 09/05/11 - 23h50

    Gostei do post e queria dizer que você devia fazer mais textos como esse, simples mas reflexivos. O blog fica mais arejado.

    bjs

    Responder
  117. Anônimo - 10/05/11 - 00h04

    A culpa disso tudo é da Barbie, pronto, falei !!

    Responder
  118. Thais - 10/05/11 - 00h50

    Sabe o que eu acho, que o problema, como algumas falaram, nem é a roupa em si – A calça vermelha, A camisa de seda, A saia midi – e sim a zona de conforto.

    É muito fácil comprar uma calça vermelha e usar do jeito mais fácil possível e pronto, achar que ta sendo chic e sofisticada pq não arriscou em nada e saiu cheia de chapinha e bolsa de moletom. A mesma coisa com a camisa de seda e todas as peças hype: pra tudo existe um jeito de transgredir e deixar as coisas com mais graça.

    To lendo o livro da luella bartley que ela fala de como as inglesas fazem (ou faziam, depois da lavagem cerebral dos fast-fashions) uma mistureba louca que da certo: vide alexa e kate anexas.

    Mas enfim. Acho que o que falta é um pouco de culhões mesmo. Que medinho besta esse. É isso que faz parecer velho – não que mais velhas tenham que ter medo – mas se tem alguém que pode colocar oncinha com bolinha e calça vermelha é alguém fresquinha e jovemzinha. E se ficar feio? É só trocar de roupa.

    Adorei o post. :)

    Responder
  119. Clarissa Oliveira - 10/05/11 - 01h21

    Noh, o post ficou ótimo e a opinião das meninas tb! Gostaria de ler todas, mas são tantas que está difícil! Imagina pra vc, The! rsrs.

    Responder
  120. Clarissa Oliveira - 10/05/11 - 01h36

    Bom, na minha época de adolescente eu me vestia como podia/gostava. E mulheres mais “bem vestidas” e chiques eram sinônimo de “maturidade”, consequentemente já as considerava mais velhas! Escolher roupas era um aprendizado mesmo, que vinha com o tempo. Na época não tínhamos tanto acesso à informação, muito menos a informações tão mastigadas como estão hoje. Hoje, as pessoas se vestem através das milhares de “dicas”, milhares de passo-a-passo que encontramos nos blogs e sites de moda. Concordo com vc, The, porque esse processo é importante! É um auto-conhecimento!

    Responder
  121. Letícia M. - 10/05/11 - 02h18

    Seus melhores posts são esses mais sérios, que discutem alguma coisa real :)
    Eu tenho uma prima de 15 anos que é totalmente obcecada por roupa. Veja bem, não sei se ela é obcecada por moda, creio que ela entenda muito pouco sobre isso, aliás. Mas ela é obcecada com a ideia de ter mais e mais roupas, obcecada com a imagem. Acho normal pra idade, e acho que nenhum adolescente escapa de ser igual a todos os amigos – na minha época, era todo mundo de polo Ralph Lauren, jeans stretch e keds passando fim de semana no Fashion Mall. Todo mundo menos o grupinho que tentava desesperadamente ser diferente (grupinho do qual eu fazia parte) e acabava sendo igual também entre si.

    Eu vejo as amigas da minha prima e elas são todas iguais, idênticas. Mesma roupa, mesmo cabelo, mesma cara. Aquelas coisas de querer expressar individualidade por cima de uniforme da escola – que na minha época se fazia com all star colorido, cabelo pintado, um trilhão de pulseirinhas – não existe mais. As maiores fontes de inspiração da minha prima são as amigas. Ela gosta das roupas que as amigas têm e ela quer igual.

    Enfim, tô saindo do assunto. O ponto é: o que eu acho mais importante sobre esse debate é que a maioria dessas meninas (e mesmo a maiora das leitoras aqui, vamos falar a verdade) não tem a menor ideia ou interesse em moda. Provavelmente não são capazes de citar um estilista que não seja o Marc Jacobs. Não sabem identificar um vestido que viram em alguma celebridade, não sabem de onde veio a tal tendência que elas estão comprando nas Forever 21s da vida. A maioria não tem a menor ideia de como fazer a curadoria das coisas, sabe? Não sabe como escolher o que deveria usar, como combinar, não sabe o porquê. É uma generalização tão grande que não tem como colocar limite por idade, realmente. As Farms da vida têm de atender gente dos 12 aos 30 anos na mesma coleção, e quem é que vai apontar o que é adequado pra cada idade? Sem contar que as meninas de 11, 12 anos já têm rotinas de beleza digna de mulher adulta: depilação na virilha, buço, fazer as unhas toda semana, sobrancelha, escova progressiva, hidratação etc.

    Eu acho que não é uma coisa nova querer parecer mais velha quando se é adolescente, mas realmente, o que eu vejo não são meninas buscando maturidade no jeito de se vestir. O que eu vejo é que elas vestem qualquer coisa que esteja na moda sem se preocupar com a silhueta e outros detalhes. Vejo um monte de meninas brincando de usar salto mal sabendo andar, usando nude e preto, deixando o brilho maior pro aparelho nos dentes. Deve ser um tédio.

    Responder
    • Nathália - 10/05/11 - 15h04

      Concordo plenamente contigo.

  122. Thais - 10/05/11 - 02h21

    Nossa estou com isso engasgado há algum tempo, é bom ver tantas pessoas que concordam! Eu tenho 22 anos e é claro que adoro usar tendências, mas tento adapta-las a minha idade, estilo e vida. Estou usando a tal calça vermelha mas de um jeito cool, estou usando a camisa de seda mas misturada ao jeans rasgado. E na fase dos midis e longos não troco as minhas mini saias por nada no mundo! Hahaha! Afinal sei que quando os 20 passarem elas também passarão. Acho que a moda serve para a gente se divertir, se essas meninas se divertem se vestindo assim, ótimo! Eu me divirto brincando com as tendências e peças que combinem comigo!
    Amo esses posts, parabéns querida!

    Responder
  123. Any - 10/05/11 - 07h32

    Amei o seu post, concordo a 100%, e digo-te mais o que falta em algumas(muitas) pessoas é somente um pouco de bom senso…Vestir-se bem requer muito bom senso, temos que saber o que melhor nos fica bem, qual é a imagem que queremos transmitir, por que sim, uma roupa pode transmitir uma imagem distorcida de uma pessoa…e por ai fora…enfim…Parabéns :))

    Responder
  124. Marcela - 10/05/11 - 07h57

    Acho isso bem relativo.
    Particularmente eu nunca me prendi a moda alguma. Uso se acho bonito, se gosto, etc.
    Algumas meninas tem uma maturidade fashion enorme. Vejo por exemplo a Hailee Steinfeld, geente na idade dela eu usava calças largas e pulseira de tachinhas (Avril Lavigen feelings), mas acho lindo o modo como ela se veste e entendo perfeitamente que o mundo que ela vive de certo modo a ‘emancipou’ do estilo adolescente.
    Eu fiz a análise de uma menina de 15 anos, porque tenho 21. Você, por exemplo, que tem 28, fez uma reflexão acerca de meninas de 20.
    Concluindo, o mundo está cada vez mais globalizado, a internet é uma realidade, e gossip girl taí pra isso. Moda não é só tendência, moda é comércio, é venda. O que tem de jabá em look do dia prova isso.
    Aí vai de cada uma usar o que se sente bem, ter o seu estilo não porque deve usar e sim porque .

    Responder
  125. Marcela - 10/05/11 - 07h58

    cont.
    … quer usar.

    Responder
  126. Adriana Alfaro - 10/05/11 - 08h02

    Thê, adooorei esse post!
    Tenho 20 anos e parei para pensar nisso esses dias! Tenho um blog de moda também, falo das tendências, posto looks do dia (poucos, mas pedem e eu tenho qe postar!) que não são feitos so de tendências porque, na minha concepção, é quase impossível sair de um editorial da vogue todos os dias, sabe?
    Tem estágio, faculdade, balada no final de semana e não dá para usa tudo isso de tendência ou sair montada o tempo todo! O pior é quando as roupas se confundem mesmo, por exemplo, tem semanas que estou inspirada para usar roupas de trabalho (salto alto, camisa social, etc) e chega o final de semana dá vontade de sair assim também e meu namorado fala: “mas vc vai sair de camisa?”
    São nessas horas que vejo como podemos ser fashion-victims!

    Acho que as meninas de 18-25 têm que ousar mais sim, concordo com o seu post! Fiuei um tempo obcecada por tendências, mas nunca usei uma roupa que não favoreceu meu corpo ou que não combinasse com o meu estilo! Sou super a favor do vestido curto, do salto alto, dos looks “femme-fatales” que só podemos usar agora! Deixa a saia suuper comprida com o tricô largão para depois!

    Beijooos!

    Responder
  127. Thais Goetz - 10/05/11 - 08h09

    Blair Waldorf tá aí de exemplo pra essas jovens senhoras! haha! Sério, é linda e diva, mas se veste igual uma vovozinha!!

    Responder
  128. Polyanna Polycarpo - 10/05/11 - 08h31

    Adorei o post e o achei hiper pertinente.
    Sabe o que andei notando? Nem as meninas de 15 anos tem caras de meninas mais, sem falar no guarda roupa. Toda vez me choco com fotos de aniversários com debutantes cada vez mais envelhecidas. E o pior, elas adoram parecer mais velhas.
    Infelizemente, quando notarem estarão com 40 anos e ai irão querem se vestir como se tivessem 20.

    Beijos, Poly

    Responder
  129. Raquel - 10/05/11 - 09h15

    Urri! Foi um tapa na cara pra muita blogueira (pelo menos deveria ser). Acho tosco meninas jovens e lindas se vestindo como umas velhas. Ta certo que é a moda e tal, mas a idéia disso tudo é adaptar as tendências ao que combina com você. Se há quem REALMENTE goste de usar esse tipo de roupa nessa idade, tudo bem. Mas o que sinto não é isso, parece que se forçam a gostar de uma coisa para impressionar, para tentar passar uma imagem forçada de “olha, to na moda, olha como sou elegante”… e o pior é que isso realmente acaba ficando na cabeça de algumas meninas que saem por aí copiando e achando que isso é legal.
    Acho bonito e tal, mas não condiz comigo. O que procuro fazer é tentar captar as tendências e adaptar a mim. Como o tricô, por exemplo. Ta na moda? Ok, moro em Fortaleza (leia-se: 40º C o ano todo) e tenho 19 anos de idade. E aí, como é que usa tricô? Não quero parecer com minha vovó (que deus a tenha) nem morrer de calor nessa cidade. Entrei na Riachuelo e achei o vestidinho mais lindo do mundo! De tricô, pretinho, e incrívelmente curto. Prendo com um cinto vermelho na cintura e pronto, to me achando! hahaha… da pra usar pra um cineminha ou pra lugares com um pouquinho mais de vento, à noite. Vou estar apropriada para a idade, para o clima, na moda e linda.
    Essas meninas (leia-se: blogueiras da moda) de hoje deixam de lado a parte de sedução, do poder feminino de ousar um pouco mais. Claro que não devemos todas sair por aí como piriguetes, mas não acho mangas compridas, capas de tricô ou saias plissadas no meio das canelas algo sexy ou atrativo. Nem bonito.
    No desespero de quererem ser referência acabam exagerando e vestindo um papel que não lhes cabe. E, como você mesma disse, depois o tempo vai passar e vão sentir que disperdiçaram algo.
    Claro que sua “ética de blogueira” não permitiu citar nomes, mas como sou mera comentadora e não devo nada a ninguém, vou só escancarar o que já está óbvio: estou falando de ninguém mais que a Mariah, a Lalá Noleto (campeãs nesse quesito) e a Cami Coutinho de vez em quando. A Naty do Glam4you de vez em quando usa umas blusas mais assim, mas sabe balancear muito bem com um shortinho mais curto e um saltinho alto, então ela escapou dessa! hahaha… você e a Helô gomes são umas fofas e também não cairam nessa.

    Responder
    • Débora - 10/05/11 - 16h01

      The, Parabéns!Quando vc citou no twitter que iria falar sobre isso em um post fiquei na espera. Lendo o post tive um pouco de dificuldade de entender em princípio do que vc tava falando, mas pq visito blog’s de beleza todo dia e pra mim parece tudo normal. Parando pra pensar um pouco, visitei com olhar mais critico alguns blog’s e consegui VER o que vc ta falando. Claro q vc não daria nome aos bois, mas olhando, por exemplo, o blog de Mariah …gente…ela é casada, mas isso não é motivo para parecer 20 anos mais velha! O look do dia dela (pelo menos o último) é para mulheres de 40 anos!prontofalei! Continue assim The, com muito senso critico! bjs

  130. Nos dias de hoje tudo é muito rapido, as meninas não aproveitam as fases da vida!!!Hoje depois de ler este post me veio a memoria todas as fases que ja passei e não me acho voluvel ou sem opnião propria ..é que a vida é assim feita de fases e temos que aproveita-las pois não voltam mais!!!
    Hoje no blog : Lentes espelhadas,sim !
    Corre lá pra conferir:
    http://blogtipsandtrends.blogspot.com/
    beijos
    Ma Amorim – Blog Tips and Trends

    Responder
  131. Mircea - 10/05/11 - 09h50

    Ótimo post!
    A gente tem que ser o que é sem criar rótulos e aproveitar todas as fases que a vida nos oferece.
    http://www.diariodamoda.com

    Responder
  132. Carol - 10/05/11 - 09h59

    Falo isso sempre para as minhas irmãs mais novas das minhas amigas.
    não sei o que está acontecendo com essa geração, mas quando era mais novinha sempre me inspirava nas Olsen e na Hilary Duff, sempre normais nos filmes! haha

    nada contra Gossip, aliás amo, mas ngm se veste aquelas roupas com 16, 17 anos.. e não consigo entender o desespero de ser “grande”
    sempre amei e curti a minha idade :)

    amei o post, The!

    Responder
  133. tu - 10/05/11 - 10h23

    É verdade, The!! Não vou citar nomes, mas acho lamentável ver algumas blogueiras lindas e vestidas com vestidos largos, até o joelho e sem decote. Vou te fazer uma pergunta, tu não acha que a Olivia Palermo é a cara desse post? Pq eu acho que ela se veste de um modo tãao senhora. Claro que alguns looks se salvam, mas normalmente eu olho pra ela e sempre acho ela mais velha do que realmente é. Olha este 1o look por exemplo: http://elle.abril.com.br/blogs/pelas-ruas/tag/olivia-palermo/
    Não gosto muito da Blake e nem do estilo dela, mas prefiro o piriguetismo fashion dela do que o estilo senhora da Olivia!!! Bjoooo

    Responder
  134. Jackeline Almeida - 10/05/11 - 10h37

    Thereza, e pq nao falar, em post, do q seria adequado pra kda idade?

    Responder
  135. Giovanna Romanato - 10/05/11 - 11h04

    Eu, com os meus plenos 17 anos, venho aqui para concordar! Eu sei bem o que é esse ‘medo’ de parecer mais velha, acho que durante algum tempo eu tentei parecer mais elegante.. Já tive as minhas épocas restart, patricinha e até ‘senhora’, mas aos poucos a gente vai aprendendo a vestir o que gosta! Adorei mesmo esse post e também adoro o sem blog! Sucessoooo

    Responder
  136. Sophia - 10/05/11 - 11h32

    Ótimo post! Muito legal ver um blog de moda com espaço para falar das coisas que geralmente criticamos… mostrando o mundo da moda em suas belezas e esquisitices, abrindo o debate para a complexidade que realmente tem!

    Acho que mais importante que seguir moda ou idade é seguir a sua própria personalidade e maneira de viver. Seja em qual época for. Sempre respeitando o seu próprio jeito e não o que os outros disseram que é legal. A moda vem para dar as referências. Nós somos os seres pensantes que traduzem isso na nossa maneira de ser e vestir :)

    Responder
  137. Monique - 10/05/11 - 11h49

    é mtoooo verdade!!!! e poe verdade nisso!!!!
    Mto legal esse post, expressa o q esta acontecendo… e é um desperdício apagar o frescor dos 20,20 e poucos anos com roupas de vovo!
    adorei!
    bjus

    Responder
  138. Nath - 10/05/11 - 11h53

    Concordo totalmente com você!
    Tenho 23 anos e confesso que, em algum momento, fiquei meio perdida em relação ao que realmente gostava e o que queria ter só porque era tendência. E olha que sempre defendi justamente essa ideia que você colocou aqui!
    Posso estar errada, mas percebo que essa “mania” é um pouco regional também. No Brasil, basta comparar as blogueiras de diferentes estados para perceber isso.
    Ainda bem que hoje consigo discernir as minhas preferências, gostos e, principalmente, o que fica bem em mim e ressalta minhas qualidades – coisa que muita gente simplesmente abstrai, rsrsrs!

    Tá de parabéns pelo post!

    Responder
  139. Marcela - 10/05/11 - 11h57

    Concordo com sua opinião, as meninas estão se vestindo como senhoras, com roupas somente da moda (lembrando daquele post q vc fez sobre se vestir p/ mulheres e esquecer o gosto dos homens). Imagino que com mais idade, vão se arrepender sim e se vestir como meninas. Além disso, vou ainda mais e vejo o consumismo e erotismo infantil impulsionado e patrocinado pelo pais! Soutien com enchimento para crianças e a “mãe” que fez botox na própria filha de seis anos ou algo assim, pois quer que ela seja artista.
    Estou assustada com tudo isso, existe uma inversão de valores enorme.
    Vamos ter consciência e saber os limites! bjos

    Responder
  140. Camila - 10/05/11 - 12h22

    ” … mas parece que de repente o legal é ser igual a todo mundo, usar a mesma roupa, a mesma maquiagem, ir aos mesmos lugares e ainda dizer pra gente que devemos ser tambem. É como se o conceito de it girls tivesse destruido tudo o que nós aprendemos na adolescencia, depois de sofrer muito: que ser diferente e único é maravilhoso e que cada um é cada um (ou era, antes de todo mundo ser a olivia palermo fake).” DESCULPA AÊ MARIAH, MAS EU QUERO É ÓÓÓ … FASHIONISMO !!!

    Responder
  141. Camila - 10/05/11 - 12h27

    Hei, hei, hei … THEREZA é nosso rei !!!
    amei seus últimos posts, amada !! Best blog EVER …
    Beijos.

    Responder
  142. Rejane - 10/05/11 - 12h57

    Parabéns, The!! Um dos posts mais legais que já vi em todos os blogs. O que a moda pode nos fazer e até que ponto ela irá nos divertir ou nos tornar escravas – você pegou o ponto crucial da coisa. Vejo pessoas usando coisas ridículas ou cortando os cabelos de uma forma que não combinam com elas, só para estarem dentro de um contexto que os blogs ditam. Eu… do alto dos meus 36 anos, fui aprendendo com a moda a valorizar as coisas legais que tenho no corpo, disfarçar as que não gosto e ficar bonita… de uma forma que EU me sinta bonita. Nunca conseguiria usar um clog por exemplo ou uma saia midi em nome da moda, não estaria feliz.

    Responder
  143. Alessandra - 10/05/11 - 13h31

    Aiii Thereza, você manda MUITO bem, incrível como você sempre se supera nesses posts reflexivos! Acompanho o blog há muito tempo e acho essencial a blogueira ser como você que nao perde o “frescor” de sempre escrever coisas novas e interessantes, longe de cair na mesmice.
    Concordei com o post em número,gênero e grau, impressionante! Tenho essa consciência de me vestir de acordo com a minha idade (21) e até porque minha mãe adoora encher meu saco bem fofa falando: “nada de comprar roupa de velha, você é novinha, bota essas pernas pra jogo porque eu não posso mais!” E eu super concordo sabe? Esse post até casa um pouco aquele teu outro sobre o Cansei de não ser sexy, óbvio que não precisa usar roupinhas micro, tem que saber valorizar o corpo mesmo, não nada de piriguetismo nisso! Só saber controlar mesmo, condizer com a idade, não se prender em tendências, usar o que quer mesmo. No post você levou mais em conta adolescentes e meninas novas, mas tem MUITA criança vestida igual adulto por aí e a mãe achando chique. Criança é criança. Vestido rodado, o mais colorido possível, acho lindo criança vestida de criança mesmo, a vontade pra brincar. Esses dias vi em blog todo mundo achando lindo uma menina de 2 anos usando uma LV, ah por favor né, e os docinhos da festa da criança eram bolsinhas da Chanel, LV, Gucci, e a mãe vem dizer que a criança gosta? Eu me irrito muito com isso!
    E me mata por nunca conseguir escrever comentários pequenos! hahah beijos e parabéns pelo post top! :**

    Responder
  144. Sarah - 10/05/11 - 14h30

    Post mais que perfeito!!!
    The, vc colocou em palavras algo que já passava na minha cabeça a algum tempo.
    Acho que a busca por se enquadrar no padrão “It girl” está fazendo algumas meninas perderem uma fase tão gostosa da visa: a dos 20 anos.
    Será que não está na hora de pensar com mais calma até que ponto o mercado da moda e consumismo exagerado deve nos influenciar?

    Bjinhos.

    http://www.zummag.com.br

    Responder
  145. zebra rosa - 10/05/11 - 15h19

    Tipo a Camila do Garotas Estupidas, alocka!

    Responder
    • thais - 13/05/11 - 09h06

      tipo.

  146. Vívian - 10/05/11 - 15h35

    Thereza, sou uma dessas meninas de vinte e poucos anos, que, se não prestar atenção, acaba se vestindo como uma jovem senhora. Acho que hoje o streetstyle é super exposto, e é muito fácil levarmos no piloto automático e apenas reproduzirmos o que vemos! Porém, quando eu paro para pensar (ou leio ótimos posts como esse) vejo como é libertador se sentir linda com um look ou acessório totalmente inesperado (e, olhando para trás, até levemente inadequado rs). E que todas as meninas de vinte anos tirem um dia para passar de regatinha branca de algodão e havaianas e refletir sobre liberdade!
    bjos!

    http://guiadecomprasonline.wordpress.com/

    Responder
  147. Adriana Campos von Balzer - 10/05/11 - 16h33

    Parabéns pelo post! Me lembrei de que eu adorava o famoso completinho/conjunto blazer e calça ,me sentia chic com cara de empresária de sucesso,rs era uma roupa adulta, agora abuso dos looks casual que me deixa mais jovial… mas em geral curti minhas fases conforme meu momento e idade,hoje não sigo moda ,uso só o que me fica bem e jovial na medida certa…as “jovens senhoras” estão exagerando!!!bjs

    Responder
    • Adriana Campos von Balzer - 11/05/11 - 08h51

      Parabéns ao post de Grazi Angeloni! Por que vc não deu os créditos do post ? seu blog é tão bom ,mas assim vc perde a credibilidade, faça um post pedindo desculpas as suas leitoras que como eu estão se sentindo enganadas… Thereza eu as vezes prefiro ler um post em um blog do que em outro,por simpatia a blogueira,pelo design do blog-o do teu é lindo- ,por isso quando encontrares um post bom tras pra gente ler aqui ,vou adorar- mas dê os devidos creditos ok? bjs (Ah nem precisa aceitar esse comentário,odeio confusões,rsrs )

    • Helen Miranda - 11/05/11 - 19h49

      Mas foi ao contrário, quem fez a cópia foi essa Grazi sei lá o que. Tanto que se jogar o texto no google, aparece a postagem da Thereza e uns 4 abaixo tá o dessa outra, mas foi postado um dia depois da The. Fashionismo sempre é confiável (:

  148. pamela - 10/05/11 - 16h35

    Thereza..to contigo e não abro!!!
    O que vejo de menina vestida de senhora pelos blogs afora!!!
    bjosss mil!!!

    Responder
  149. Tayse - 10/05/11 - 16h49

    Boa Thereza!!!!! Isto já estava me dando nos nervos. É horrivel ver as garotas se inpirando e reproduzindo as tendências dos tais street styles de qualquer lugar do mundo que, em muitos casos, nada tem a ver com elas.
    Um exemplo claro pra mim ( e muito bem representado no post) são as irmãs Olsen. Sou um pouco mais nova que elas (22 anos) e quando eu era criança, adorava as roupas delas, mas agora elas, em via de regra, se vestem de uma forma absolutamente Anh?Como?O que???
    Vejo esta moda do Street (esquisito!?!) como algo absolutamente descartável, que só dura uma estação, ou nem isso, e transforma as garotas em refens de peças que, muitas vezes, não condizem com suas personalidades.

    Responder
  150. Dona Edite - 10/05/11 - 16h52

    A gente aqui acha que “parecer velha” tem muito a ver com a atitude da pessoa! Diversão com o guarda-roupa é essencial para ter ar de juvestude! Uhuuu!!

    Responder
  151. Dri - 10/05/11 - 16h57

    Adorei o post, vou correndo ver a idade do meu armário rsrs
    Bjos
    Dri
    http://dospescabeca.blogspot.com/

    Responder
  152. Renata - 10/05/11 - 17h12

    Ótimo artigo, esse seu “pensamento aleatório”… Normalmente, as pessoas gongam as “velhas” com “roupa de teen”, mas poucos percebem que as “teens” com “cara de balzaca” estão sobrando por aí, e, como você disse, é muito triste pensar que quando elas forem balzacas, vão lembrar que, antes, elas “podiam”, sem constranger ninguém, usar a mini mini ultra mini saia… Muita informação, sem senso crítico, é ruim.

    Responder
  153. sininhu - 10/05/11 - 17h19

    Thereza, você falou tudo! Post perfeito!

    Desde quando eu comecei a postar fotos dos meus looks no meu blog, muitas meninas comentam sobre elegância e que na moda só é bonito roupas compridas e etc. Tenho 22, quando criei o blog mal tinha completado 21, e gosto de me vestir com roupas que o povo chama de “piriguete”. Ok, acho que o importante é a atitude da pessoa e não o tamanho em si. Posso exagerar um pouquinho, vez ou outra, mas a proposta que eu criei na minha mente ao começar a expor os meus looks, era mostrar para as leitoras quem eu realmente sou.. sem intenção de lançar tendências ou segui-las.
    Percebi dessa forma, que as pessoas não aceitam pessoas com personalidade diferente ou que não seguem a risca aquela pequena parcela de conhecimento sobre moda que elas têm. Geralmente elas seguem aquelas regras arcaicas e chatas que alguém inventou em 1900 e lá vem pedrada.. mas esquecem que para a moda existir, ela não pode estar sempre estagnada nos mesmos princípios e nem em uma única personalidade, ela muda conforme os tempo passam. Fora que tb, mesmo que não mude, se você usa algo fora do que aquele “manual imaginário de como usar”, as pessoas já julgam como errado.
    Garanto que se Coco Chanel, Yves Saint Laurent e todos esses outros grandes estilistas nunca tivessem causado discórdia e “desconforto” na maioria das pessoas, estaríamos usando vestidões com corset e nunca teríamos a chance de usar uma calça.
    Por isso, acho que apenas seguir a moda pode ser prejudicial, de certa forma.. Pq assim ninguém evolui nunca. Seremos apenas uma cópia barata das meninas européias. Um rebanho que segue uma verdade como absoluta. Pares de vazo no meio da multidão.

    Quem tem idade para usar roupa fofa, curta, girlie ou etc… Tem que aproveitar! Depois com 30 e poucos anos talvez não dê mais, e a pessoa se arrependa de não ter aproveitado.
    Vai ter muito tempo para usar roupa “senhorinha” no futuro, até mais do que o possível para usarmos essas coisas mais ‘teen’. Elegância não é sinônimo de “roupa clássica”… tem mais a ver com a atitude e o jeito de se portar usando qualquer tipo de roupa.
    É legal usar uma it bag ou um it shoe? É! Mas temos que aprender a ver adiante dos ‘its’ da vida.
    Algo só é “it” pq é raro, quando vira uma massificação desenfreada já vira “vulgar”. (Vulgar não quer dizer promíscuo, quer dizer do povo mesmo.)

    Responder
  154. vivi - 10/05/11 - 17h32

    Thereza…adorei o post!
    Aliás, sempre adoro seus textos!
    Bjs

    Responder
  155. Renata - 10/05/11 - 17h37

    Em tempo: as meninas tem que lembrar que a Blair Waldorf é um personagem de um filme, quase uma caricatura!

    Responder
  156. Thai - 10/05/11 - 17h43

    Adoro esses seus post-filosóficos, The! e acho q esse é um dos diferenciais do seu blog. =)
    Confesso que qd eu descobrir a idade de uma blogueira eu fiquei chocada!! Ela é um ano mais nova do q eu (tenho 24) e achava q ela tinha 28, 29 por aí por causa da maneira q ela se veste. Tudo bem q ela tem rios de dinheiro, mas acredito q ela poderia pegar mais leve, sabe? Mas, talvez ela queira passar uma imagem de pessoa mais madura, responsável.. não sei.. vai saber o q passa na cabeça das modas!

    bjs ;)

    Responder
  157. Bruna Bertozzo - 10/05/11 - 17h50

    Fashionismo mais uma vez se mostrando o melhor blog da web! Parabens, Thereza :)

    Responder
  158. Thaís - 10/05/11 - 18h45

    Adorei o post filosofico!! Concordo mto, tenho 23 anos e consciencia de que, daqui a pouco, o que uso hj vai se tornar inadequado, então a hora é agora!
    Voto por mais e mais posts assim!

    Responder
  159. Nency - 10/05/11 - 19h21

    Concordo plenamente!!!!
    Vejo muitas meninas novas que deixam de valorizar o frescor da idade, em nome da “elegancia de uma senhora”.
    Tenho 25 anos, e uso sim vestido curto de vez em quando! Um dos motivos é eu pensar “po, daqui a pouco tenho 30 anos e não vai mais ficar legal, tenho que aproveitar enquanto posso, tenho muito tempo depois para e vestir como uma mulher de 30 ou 40 anos”. Acho lindo uma mulher elegante, senhoril… porém tudo tem seu tempo… que graça vai ter usar esse tipo de roupa quando tivermos 40 anos? O perigo é a mulherada de hoje inverter e usar comprimento mini aos 40, 50! ahuuhahua
    Acho que um dos motivos de as meninas novas agirem assim é que muitos blogs colocam o vestido curto ou o decote como periguetismo. Pode sim ser periguetismo mas com cuidado um vestido curto pode ser elegantérrimo sim! Ainda mais no corpinho de uma menina de 18 anos curtindo a vida! (eu acho que a vulgaridade é mais uma questão de comportamento do que de vestimenta na maioria dos casos…)
    :*

    Responder
  160. Anelise - 10/05/11 - 19h30

    Concordo com tudo, viu!Tipo, eu tenho 15 aninhos e tals, bem, dá vontade sim de usar roupas q te façam parecer mais velha,madura ou algo do tipo,mas eu tenho que aproveitar enquanto posso usar certas roupas que não sejam inadequadas com a minha personalidade e idade.
    Fala sério, acho a coisa mais ridícula: crianças usando salto(e não é baixo não), mulheres mais velhas com roupas de garotas da minha idade e gente sem senso do que é adequado pra si.
    É isso que eu penso…;**

    Responder
  161. RobertaP - 10/05/11 - 19h45

    Thereza vc falou tudo neste post, eu penso no msmo q você, ningum que se vestir estilo farm, estilo espaço fashion… querem parecer bem mais velhas, com cores neutras e mais fechadas!!! concordo que deixa o lado de menina né… o que muitas mais velhas estão querendo hoje… bjusss

    http://www.espaconude.com

    Responder
  162. Lari - 10/05/11 - 21h36

    Oi Tê, nunca comento aqui, mas tive que edxpor minha opiniao. Certa vez estava experimentando um vestido em uma loja, e como o comprimento era bem em cima no joelho, eu disse que queria fazer bainha (beijo fabulous! por isso sou clienta da Paula), ai a vendedora me disse que a “tendencia” era ser ali mesmo, pq era inspirado nos tubinhos da Dolce, e blablabla. OI? quem é vc pra me dar lição “fashion”? Modestia parte leio blogs, sei tudo que está “in”, mas como vc mesma disse, tenho 21 anos e tenho que aproveitar minhas pernocas de fora hahaha sorry. Inlusive esse é o conselho que a minha mae sempre dá, aproveite a idade para usar roupas da SUA idade! Parabéns pelo post, por isso que vc é diferencial na blogosfera.
    Beijos,
    http://blogdalariduarte.blogspot.com

    Responder
  163. Raquel - 10/05/11 - 21h46

    Coincidência esse post bem no dia que eu fiz 20 anos hahaha!
    Enfim…concordo com tudo o que vc fslou, é importante aproveitar as fases da vida e se vestir “de acordo” digamos assim…beijinhoos!

    Responder
  164. Renata - 10/05/11 - 22h38

    http://graziiangeloni.blogspot.com/2011/05/idade-mental-do-nosso-armario.html

    Sou uma leitora assidua do blog e hoje achei um blog com o seu post.

    Responder
  165. Marília - 10/05/11 - 22h48

    Thereza, adorei o post!!! Concordo totalmente… Cada vez mais parece que está todo mundo usando as mesmas coisas sem levar em consideração idade, estilo, personalidade, etc!!! Bjs

    Responder
  166. Renata - 10/05/11 - 22h55

    E aqui ela bota sem o nome Fashionismo e sem o seu nome :/

    http://www.noespacovip.com.br/?action=coluna&colunista=000053

    Responder
    • Thereza - 10/05/11 - 23h10

      que horror, Renata!
      Obrigada por me avisar!
      Já deixei recado no blog e no twitter.
      Ela acha que uma menção (sem o link de verdade) no final do post vai amenizar o roubo.

      Pegar um parágrafo, colocar aspas e contextualizá-lo num novo texto, ok, mas copiar tudo é um absurdo.

  167. carol - 10/05/11 - 23h00

    Thereza, vc disse tudo! “valorizem seus braços finos” aiii meu deus, que sds dos meus bracinhos finos, não adianta musculação nem nada, braços são membros que não emagrecem, ai que triste isso. hehehehe
    Adorei o seu blog!!

    Beijos =*

    Responder
  168. tatilla - 10/05/11 - 23h03

    Adorei seu post realmente refleti muito depois que li.
    Eu acho que todo menina,mulher de qualquer idade tem que se vestir conforme se sinta bem, independente de tendências.
    Acho sim que devem saber o que rola mundo afora e pegar a tendência que lhe cai bem, que é seu estilo.
    Acho que se uma menina de 20 anos gosta e se sente bem com uma roupa de uma mulher mais madura, acho que deve sim usar e tenho certeza que ela não vai se arrepender num futuro, o difícil é se ela está seguindo só a tendência e não se sente bem vestindo aquilo que está em eu guarda-roupa.

    beijinhos

    Responder
  169. Tereza - 10/05/11 - 23h38

    Eu tenho 20 anos e acho que a maior dificuldade que encontro atualmente é me vestir de acordo com a minha idade nessa fase de transição, em que vc ta entrando no mercado de trabalho, sabe… Renderia um post bem legal, The! Do nada exigem que vc se vista de uma maneira bem mais formal do que esta acostumada, é uma revolução no nosso guarda-roupa, e muitas vezes ficamos perdidas – eu mesma tenho muito medo de ficar com roupa de velha nessas horas, achar o meio-termo é bem difícil e muitas vezes eu acabo optando por um look mais descontraído do que deveria, rs.

    Responder
  170. Grazi Angeloni - 10/05/11 - 23h42

    Oi Thereza, sem alguma intenção de copia, sem intenção alguma!!! Compartilhando algo que amei… Por gentileza retire o comentário com link do meu blog que a Renata citou acima. Respeitosamente retirei do ar, desculpe-me!

    Responder
  171. Lua - 10/05/11 - 23h55

    quase não comento… mas sempre aqui…
    gostaria de dizer que é por essas e outras que o seu blog é o melhor…
    vc não exibe suas roupas, não tenta ditar tendências, e tem o pé no chão… a maioria dessas blogueiras de moda são afetadas e ao tira foto fazem a cara que eu detesto “sou feliz, pq tenho uma bolsa alexa”…
    parabéns!

    Responder
  172. Thieli - 11/05/11 - 00h06

    The, eu gostei demais do que vc escreveu, outro dia estava pensando falar exatamente sobre este assunto no meu blog, mas vc me arrancou as palavras, rsrsrs… dá uma certa preguiça ver as meninas usando aquelas saias de vó anos 20 e meia com sandália… e pior, achar liiiindo, rssrsr bjs

    Responder
  173. Ana Paula - 11/05/11 - 00h50

    aaaa você entrou nessa de F Hits também, the?!
    espero que não fique igual a todas as outras, falando das mesmas coisas, indo aos mesmos lugares, eu tava pensando esses dias que alguns blogs ficaram tão “iguais” que nem vale a pena olhar todos, um só é suficiente :T
    Mas acho que você não vai cair nessa linha né?!
    Enfim, se for para o seu bem e do blog, espero que tenha sucesso nessa parceria também :}

    Responder
  174. Ana Paula - 11/05/11 - 08h43

    Thereza,amei o seu post!Minha leitura matinal!Gosto da sua visao neste mundo da moda.As garotas de 15 a 20anos realmente andam se vestindo como suas maes!O melhor deste post eh que elas aceitam numa boa,afinal vc fala com sutileza e dedicacao do assunto.!Amei!vc eh muito especial neste mundo da moda,eu concordo e assino em baixo!!bjsssss

    Responder
  175. Jeh - 11/05/11 - 09h13

    ainda refletindo …
    mas adorei o post, muito interessante mesmo
    você poderia fazer mais posts assim, ficou bem legal

    Responder
  176. Maytê - 11/05/11 - 09h19

    Acho incríveis esses posts de comportamento, que fogem do “how to”, parabéns! Arrase sempre.
    Me dá PREGUIÇA essa mulherada “wannabe quatrocentona” que verão passado se jogava no bandage, cheias de bravatas republicanas sobre moda e estilo.

    Responder
  177. Rafa - 11/05/11 - 09h34

    Oi The! Acompanho seu blog há tempos, mas nunca comentei.
    O principal problema é que eu acho que falta entre os blogs de moda a discussão, a troca de ideias. Hoje acho que muitas blogueras tentam vender um estilo de vida que não corresponde a maioria das brasileiras, e não digo só dos preços, mas também um estereótipo físico. Ser “it” qualquer coisa, sinceramente, não me interessa. Acho muito mais válido ser eu mesma!
    E o pior é que as leitoras desses blogs acham que quando uma pessoa discorda é por inveja….
    Moda pra mim é saber o que combina com o meu tipo de corpo, com o ambiente em que eu vivo. O problema é quando as pessoas que são formadoras de opinião (infelizmente não é tudo mundo que tem visão crítica)fazem posts de como “get the look” de alguem e as leitoras se contentam e acham ótimo. Ai muitas acabam vestindo roupas que não são apropriadas pra idade e por ai vai..
    Acho que o seu blog faz tanto sucesso por você propor esse tipo de discussão.. e pelos comentários dá pra ver que as suas leitoras tem ótima capacidade argumentativa!
    Parabéns pelo blog!! São poucos os que se destacam hoje em dia..

    Responder
  178. Renata - 11/05/11 - 11h26

    Acho importante ser didático e citar os nomes sim, para que as pessoas entendam melhor o que está se falando aqui (infelizmente, a idade – cof, cof – não me permite lembrar de todas ao mesmo tempo: GEOVANA BATAGLIA!!!!! Esta parece uma senhora de quarenta e tantos. Não sei a idade dela, mas já percebi que é nova, mas parece suas colegas de Vogue que tem realmente mais anos! Não se veste mal, mas ganha idade com seus looks.

    Responder
    • Thereza - 11/05/11 - 16h19

      alexa chung
      taylor momsen

  179. Renata - 11/05/11 - 11h33

    The, eu estou bem chata, voltando aqui toda hora, mas leio os posts aos poucos e sempre quero comentar algo mais. Concordo com o que a Ana Paula falou e quero fazer coro: não se torne mais uma igual à galera do Fhits!!!! A mesmice está insuportável!!Escolhi uma que acho com conteúdo mais científico (hahaha) e excluí as demais. Não fazem falta…

    Responder
    • Thereza - 11/05/11 - 16h18

      Claro Re ;))

      Mas pode deixar que continuarei a mesma de sempre hehehe
      dont worry!

      Entrei no FHits pq é um projeto bem bacana, que não mistura conteúdo, mas sim banner. O conteúdo continua meu, mas to pensando em fazer um post pra explicar, acho que seria uma boa ne!

      bjs
      the

  180. Elida Moreira - 11/05/11 - 11h40

    Tá bombando, pudera né,acho que isso é um clamor: Vamos ser jovens meninas!
    Assino embaixo,
    Parabéns pelo post!
    Arrasou!
    bjokas,
    Elida

    Responder
  181. @biancarivabem - 11/05/11 - 13h06

    Quase nunca comento também!
    Mas vale dizer que adorei o post e acho isso mesmo. Vi a Lala Noleto com uma saia e um colete que além de feios deixaram ela com cara de uma vó de 65 anos.
    Mas também acho que é uma questão de estilo. Minha mãe sempre gostou de camisas de seda, broches e calças de tecido (não uso muito), mas herdei isso da minha mãe! Então acho que se é seu estilo ok, mas usar uma saia até o pé porque está na moda e não combina com você é visível que fica péssimo!

    Responder
  182. Camilla - 11/05/11 - 13h39

    O meu é confuso, uso meião meio colegial, casaquinho da vovó, blusa da Minnie, Melissa, saia plissada, e tenho 27 ! Mas eu uso só o que eu gosto então acho que é a melhor tendência.

    Responder
  183. Vanessa - 11/05/11 - 13h49

    Pois eu tenho visto muito o contrário. Muitas mulheres feitas, jovens senhoras, forçando a barra se vestindo de teens! Com direito a barriga de fora e outros babados mais! É dose!!

    Responder
  184. Celina - 11/05/11 - 13h57

    Simplesmente totalmente demais. A-MO seu blog. Hoje em dia só leio Vogue (BR e France), Fashionismo, Petiscos e Just Jared. O resto não dá mais, só visito às vezes. Beijinhos …

    Responder
  185. kknahass - 11/05/11 - 14h39

    otimo post!
    com meus 18/20 anos…ai q delicia!!! nem maquiagem no dia a dia eu passava! e muitos estilos eu segui. desde surfistinha a pati hehehehe
    uma vez li q mulheres q seguem a moda a risca (aquelas q respiram 32h por dia), nao conseguem um parceiro…MENINAS!!!!!!!! VCS ESTAO EM SEU AUGE!!!!!!! LARGUEM UM POUCO A MODA E VAMOS BEIJAR NA BOCA!!!!! hehehehehehe
    ;*

    Responder
    • Lua - 12/05/11 - 17h15

      disse tudo!

  186. Marcela - 11/05/11 - 19h30

    Sabe que eu tava reparando isso justamente essa semana?!
    O resultado fica artificial e cafona. Pois é, o tiro termina saindo pela culatra. rsrsr
    Thereza, faz um post sobre a “idade fashion” dos late 20’s. Tem algumas coisas que já não acho adequado pra minha idade e me pego divagando cobre isso. Rss.

    Responder
  187. Marcela - 11/05/11 - 19h31

    *Sobre

    Responder
  188. Catherine - 11/05/11 - 20h23

    Como em qualquer idade, virar um manequim vivo é algo que não acho interessante. Pra mim é como se perdessem parte do aprendizado sobre si mesmo, você vai em um blog/revista/etc, vê a ‘tendência’ da vez, corre para uma loja e encontra tal peça, se pode pagar, paga, e se torna um reles corpo inerte onde a roupa habita.
    As pessoas são livres pra usar o que quiserem, mas parece que cada vez mais cedo elas mesmas estão se aprisionando dentro de conceitos tortos, não que isso seja novo, mas agora aparenta ser mais extenso do que antes.
    Experimentar por ter vontade é uma coisa, agora comprar/usar porque é ‘tendência’, não importanto a idade, acho que é perder um tempo valioso de auto-conhecimento.
    Muito bom o post, Thereza!

    Responder
  189. Patricia - 11/05/11 - 21h24

    The, comigo é justamente o contrário, eu tenho 25 anos, quase 26, sou casada e ando de tenis, calça jeans, camisa e mochila. Sinceramente, eu me acho ridícula. Estou tentando mudar esse quadro mas confesso que é muito difícil, andei a vida toda assim maltratada e leva um tempo para gente conseguir achar nosso estilo. Para mim é mais difícil ainda pois ainda não tenho uma carreira professional, eu e meu marido somos estudantes de doutorado em Matemática e na nossa área as pessoas em geral se vestem como mendigas, independente da idade, chegam ao ponto de usar roupa rasgada, suja, professor que vai dar aula de bermuda que mais parece uma samba canção… Enfim, quem se arruma lá é destaque. De uns meses para cá comecei a me maquiar e minha alto estima melhorou horrores mas ainda tem a parte de se arrumar que me deixa triste. Se vc puder fazer um post como outras meninas já pediram, sobre estilo de roupas com faixa etária acho que já ia me ajudar bastante! Beijos!

    Responder
  190. Tali - 11/05/11 - 22h38

    Nossa, simplesmente amei o seu post! Ele realmente nos faz refletir… Pena que muitas pessoas ainda nao sabem a diferença entre moda e estilo proprio! aí acabam se tornando escravos de tendencias que nada tem haver com suas personalidades (nao que isso seja uma regra). Os blogs tb devem abrir essa questão… Parabéns pela iniciativa!

    Responder
  191. Giselle - 11/05/11 - 23h53

    E por que não achar que essas meninas não estão se divertindo assim? Há de se pensar nos dois lados da moeda.

    Responder
  192. Andreza - 12/05/11 - 11h42

    Oi Thereza, eu leio o Fashionismo todo dia, mas raramente comento, mas hj me vi “obrigada” rsrs… Pq concordo totalmente com vc! Eu me sentia um alien pq achava essa tal moda de vovó feia e brochante, qdo a maioria dos blogs falava o contrário. Fico mto feliz e aliviada d saber q mtas pensam como eu! Ufa!! rsrs… Gente é mto feio saia plissada no meio da canela, camisão mto solto, sapato com meia… enfim… essa moda é mto estranha e não pretendo aderir msm… Qro usar moda de jovem enquanto sou jovem… qro usar calça justa, blusa colorida, minissaia, tomara q caia, estampas… isso não brega, nem vulgar, isso é apenas NORMAL! Parece q se vestir d forma normal tah fora d moda! Eu me visto de forma normal e adoro, me sinto mto bem, não vejo necessidade d andar montada nas ultimas tendencias p estar d acordo c a moda. P mim moda é uma questão de personalidae e cada um tem a sua. Então continuamos assim eu com a minha e a vovó c a dela… rsrsrs…(Nossa q desabafo hein?!)

    Responder
  193. Priscilla Quaresma - 12/05/11 - 11h45

    Post muiiito pertinente, estava demorando já. Acho que o maior exemplo dessa triste constatação é a Olivia Palermo. Sempre linda, muito classy porém com um guarda roupa de uma jovem senhora. A situação piorou quando ela cortou e escureceu o cabelo! Parabéns pelo post e pelo blog, pra mim é passagem rotineira uma vez por semana! Grande beijo.

    Responder
  194. Luanna Santa Rosa - 12/05/11 - 15h06

    Eu achei demais você ter colocado essa reflexão. Os blogs de moda estão precisando mais disso! Achei super pertinente a discussão e ressalto que concordo com o que foi colocado, que vemos meninas de 20 anos com cara de 30 e poucos. Mas temos que lembrar também, que quando meninas de 20 anos usavam sainha jeans e camiseta, era porque era moda e não porque era condizente com as idades delas. Mas hoje em dia, não existe essa separação de moda por idade, pelo menos é o que eu penso. As informações chegam para todos, e as marcas disponibilizam suas coleções e isso tem atingido cada vez mais um número de jovens. Qual seria então uma moda para a idade dos 20 e poucos anos? Não consigo enxergar essa divisão de idades…

    Parabéns pelo levantamento da discussão! DEMAIS!

    Responder
  195. Maria Isabel - 12/05/11 - 17h48

    Muito legal Thereza, pq eu tenho 18 anos e AMO coisas que na verdade não tem nada a ver com a minha idade, depois desse post e de a minha mãe dizer direto, pra eu parar de querer usar roupas que não condizem com a minha idade, comecei a separar o que ta na moda e cabe na minha idade e o que não cabe! Porque é como a Luanna disse acima, não tem mais havido uma separação de “idade” nas roupas, os blogs e tudo o mais tem despertado todas as idades com vontade de usar tuudo uhieh Reflexão maravilhosa, AMEI! beijos

    Responder
  196. Daphne - 12/05/11 - 23h14

    Concordo totalmente. Bom senso é a chave de tudo, mas meninas muito novinhas as vezes não tem tanto assim e por ainda estarem formando sua personalidade, inclusive a fashionista, acabam se deixando levar e seguindo todas as tendências de uma vez. Estou morando em SP há 3 meses e se eu achava que via muito disso em Brasília, aqui eu chego a ficar meio chocada… MUITAS meninas novinhas com roupas de senhoras, ou com roupas ultra sexys, quase vulgares… As vezes usando peças que simplesmente não combinam com seus corpos e nem cabem direito. Acho certíssimo qndo vc fala para elas não desperdiçarem a idade que tem, vai ter tempo pra se vestir super sexy ou super senhora, não tem pq apressar as coisas. Post muito bom. =*

    Responder
  197. Carol Moreira - 13/05/11 - 11h08

    Poxa Theresa falou o que eu tava pensando fazia tempo viu! Qualquer barzinho mais badalado aqui na minha cidade está infestado de garotas super novas carregadas de tendencias! Todas muito iguais, com seus badages quando estavam em alta, e com cara de muito mais velhas mesmo! Eu adoro ler seu blog como os de outras meninas também, mas deixo isso influenciar na minha vida de uma forma boa, não tento repetir e comprar tudo que anunciam nos blogs, mas isso serve como uma higienização mental. Pena que as meninas não estão vendo dessa forma e além de parecerem muito padronizadas – ninguém tem seu proprio estilo, parece que tirarm de alguma revista, copiaram e sairam de casa! – e o pior, não combinam com a idade que tem!
    Amei esse post! Sempre venho aqui, mas nunca comentei. Seus posts são sempre óotimos!

    Responder
  198. Carol Lancelloti - 13/05/11 - 12h08

    Acredito que o problema esteja neste mundo de informação atual, como você citou, de blogs de moda super famosos e lookbook.nu… As meninas só copiam mesmo… Cadê aquele desejo adolescente de ser revoltada, minha gente? rs Eu, com meus 16 anos, era uma mistura de hippie com rockeira porque queria chocar, sabe. Ser eu mesma, gritar pro mundo. Hoje, meu gosto está realmente mais maduro e um pouco sério, mas é porque eu gosto desse clima, de verdade. As vezes, quero parecer “menina doce” de novo e faço um look assim, mas como tenho 1m50 e já tenho cara de criança, pareço literalmente uma. E aí, ninguém me leva a sério. rs Esse negócio de ser levada a sério pode estar influenciando também. Muitas meninas já querem começar a aparecer, ir no Fashion Rio, se intitular jornalista de moda só porque tem blog, e isso com 17, 18, 19 anos! Não dá, as meninas estão prodígio demais. Tem que viver antes…
    Beijos!

    Responder
  199. Gabriela - 13/05/11 - 15h07

    Super concordo com este post, pois devemos aproveitar a idade e intuição vivida pela personalidade de cada um.
    Acredito que nós garotas devemos ser livres e sensatas. Nada que um bom senso nos deixe mais fashion.

    Responder
  200. Manuella Cruz - 14/05/11 - 11h18

    Pôxa!Pensei que só eu tava pensando assim…tirei essa conclusão após ler as revistas Elle e Estilo desse mês!Meu Deus como essa moda de agora nos deixa velhas!Estou iniciando no mundo dos blogs de moda agora e percebo que se eu seguir todas essas tendências, com certeza minha vó parecerá mais nova!!!às vezes visto uma roupa e fico pensando: será que meu marido tá me achando velha??Ou às vezes penso: não gosto de sapato de bico fino, prefiro bico boneca, mas será que vou parecer que ali vai uma mulher que não entende nada de moda????Não quero ser assim considerada…mas quero ser eu mesma!!!Com os meus gostos e com a idade que tenho…
    adoro seu blog!!bjooooo

    Responder
  201. […] A idade mental do nosso armário […]

    Responder
  202. Camila - 14/05/11 - 23h19

    Concordo, The, tenho 16 anos(quase 17) e não aguento mais ver sainha de cintura alta, renda, estampa floral…pior que são coisas que eu gosto kkkkkk n me sinto pressionada a seguir moda, sigo quando eu gosto do que está em alta mas ultimamente nem isso pq, por mais que a roupa seja linda, outras 50 estarão iguais a vc.Quanto a parecer velha, notei isso tb, mas n sei se posso falar muita coisa, eu sou meio velha em tudo kkkkkkkk adoro uma música do século passado e ficar em casa vendo filme ao invés de ir numa balada e isso é refletido nas minhas roupas as vezes.Penso muito se eu vou me arrepender mais tarde, é um conflito, pq tb n me sinto bem de mini saia, me sinto não-eu. Bom, acho que deu pra entender(espero) kkkkkkk The, amo o seu blog!!!!Beiijoss!!(muiito bom o post!)

    Responder
    • Larissa Castro - 11/09/16 - 12h34

      Poxa vi uma menina ali em baixo falando sobre as saias de cintura alta deixar velha , mas que ela gosta dessas coisas.
      eu to querendo uma saia midi godê daquela bem vintage, não porque ta usando nem sei parece que era coisa do ano passado , mas eu quero ela porque da um ar de princesa e uma coisa romântica que eu gosto , *-* infelizmente do jeito que eu to querendo só tem fora e pra mandar fazer ta meio caro :/
      tenho 26 e meu armário ainda tem muita coisa com perna de fora ou coisas de nerd , o importante e lembrar …. o povo não paga suas contas .kkkk

  203. Bianca - 14/05/11 - 23h24

    Amei o post. Tenho 17 anos. prestes a completar 18 e amei ler um pouquinho da sua opinião sobre como nós dessa faixa etária estamos lidando com a moda. Sou blogueira assumida e amo ler sobre as tendências e tudo mais que você posta… muito dá para se seguir mesmo com 18 anos, mas sim, temos meio que adaptar aquela tendência a nossa idade, principalmente na night. Já cansei de ver em boates, meninas dos 16 aos 19 todas mostrando as pernas, valorizando o corpo(piriguetismo de leve, ahahaha) e ás vezes uma ou otra super fashionista, mas que ali, em vez de fashion está brega, com roupas fechadas. É claro que tem que haver um equilíbrio, não mostrar tudo, mas agora em uma balada, alguém de 18 se vestir como alguém de 30, sem nenhum decote, nunhuma ousadia, é caído demais, qualquer um percebe!
    Adoraria ver por aqui exemplos de quem nós de 18 podemos nos espelhar… Seria incrível!

    Responder
  204. Lu torres - 15/05/11 - 12h04

    Eu super concordo com tudo que disse!
    A procupação em ser impecável acaba até desorientando muitas meninas mais novas.

    Como lá no blog tem look do dia, eu (22) coloco só o que eu realmente uso! Sem forçar nada, sabe? Acho que o legal é esse!
    beiijo, amo o fashionismo!;]

    Responder
  205. Paula - 16/05/11 - 10h56

    oi, Thereza! Nestes dias tenho pensado muito sobre esse assunto, na verdade fiz um curso de moda e umas das perguntas foi, Pq a onda vintage está tão em alta e ultimamente, e pq meninas tão novas usam roupas tão antigas, de brechos, a explicação das nossas professoras (Chris e Paula Francine do Look do dia) foi tão lógica, que caiu como uma luva pra mim, Jovens da nova geração querem reviver momentos e épocas marcantes que não reviveram….na verdade não só os jovens, mas a moda tbm está neste rumo há algum tempo!!!Por isso, minha opinião é não seja vítima da moda, use o que combine com vc com sua personalidade e estilo!Eu por exemplo, amo uma coisa antiguinha (até na decoração de casa), posso até parecer mais velha (tenho 28 anos)no momento, mas não me importo com isso!!!Estes dias coloquei uma foto minha no meu blog com uma saia indiana e deu que falar, recebi alguns comentários bem ofensivos!Mas eu passei na loja vi a estampa indiana e de longe (sab qdo vc olha de cara uma peça e fala é ela, sem pensar!) e comprei achando o máximo,como a saia era curta pra ser longa, fiz de midi e realmente a maioria não gostou do meu look, tudo por causa da bendita saia que amei, rsrsr!!!Acho assim, meninas novas usando roupas de velha, não consigo julgar, acho bem relativo, aquela blogueira de 12 anos que pintou o cabelo de grisalho, por ex, talvez ela tenha uma mensagem pra passar, tbm não sei tal menina está usando a saia da avó pq aquilo é algo que faz parte dela (estilo, personalidade, ousadia, criatividade)ou pq ela viu alguém que admira usando!!!Temos que usar o que nos faz bem, ser fashion não é usar todas as tendências que aparecem por aí, ser fashionista para mim é usar a tendência que combina com vc para reafirmar o seu estilo, a tendência vem a sua favor e não vc vai atrás dela!

    Responder
  206. Lecticia - 16/05/11 - 15h41

    Acho que o pior problema não é nem elas parecerem adultas ou senhoras… é não ter essa mentalidade. O que adianta você ter um outfit clássico e elegante, se só fala abobrinha quando abre a boca?

    Responder
  207. bruna - 23/05/11 - 16h17

    achei legal mais eu quero coisas da minha idade sabe , queria um visual mais legal tenho varias pessas e queria usar mais , mais eu nao sei o que usasr sabe , me ajuda por favor beijos

    Responder
  208. Marianna - 24/05/11 - 11h13

    Oi, Thereza!
    Tava lendo o blog Oficina de Estilo e elas fizeram um post sobre o mesmo assunto com algumas possíveis explicações. Achei mto interessante e acho que vale conferir!
    http://oficinadeestilo.com.br/blog/2011/05/20/juventude-pra-vestir/
    Bjos e parabéns atrasado! Faço aniversário junto com vc no dia 19/5!

    Responder
  209. […] de ler esse post do fashionismo, fiquei pensando nessa história toda de “a idade do seu guarda-roupa” e todas as suas […]

    Responder
  210. isadora - 01/01/12 - 10h18

    ai eu amei o post ajuda bastant
    bj

    Responder
  211. Marcília - 02/01/12 - 10h47

    Oi Thereza.

    Parabéns pelo post. Está bem escrito e o assunto é muito interessante. Sou professora de português, gosto de moda, de culinária, de línguas, etc. Não gosto da ditadura da moda, visto o que fica bem em mim, principalmente o que fica bem com a minha idade!!! Cada um pode vestir o que quer? Claro! Algumas pessoas gostam de chamar atenção pelo ridículo. Fazer o quê, não é?
    Em um outro post, você fala sobre o conteúdo dos Blogs. Como professora de português, sinto arrepios quando leio alguns deles. Em muitos Blogs não consigo passar do primeiro parágrafo! E gostaria de dizer às blogueiras que lerem este comentário que vírgula, ponto, dois pontos, etc; fazem o texto mais claro!!! Nos Blogs têm um ícone para checar a escrita, usem-no, por favor!! Ou usem o aplicativo “word” para fazer isto!
    Um 2012 cheio de felicidades para você!

    Responder
  212. sara - 17/10/15 - 15h42

    muito legal esse saite :stuck_out_tongue_closed_eyes: :joy: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap:

    Responder
  213. Nayara da Silva - 15/11/15 - 09h16

    Tenho 15 anos , meninas ao meu redor se veste de forma meio vulgar , e eu acabo não abendo me vestir , não quero ficar vulgar bem parecer uma velha , fico perdida no meio disso tudo …

    Responder
  214. Vanessa - 21/04/16 - 00h03

    Olá, encontrei seu site através do google pois estou precisando de ajuda no quesito me vestir de acordo com a idade, ao contrário do seu post até eu fazer 20 anos nunca liguei para o que vestia, era sempre o confortável, até masculino e criança modo de me vestir, até que um dia acordei e resolvi querer me vestir bem, e SURPRESA, descobri que so tinha camisetas de banda G e calças jeans com tenis esportivo no meu armário, tive que ir pegar emprestado roupas da minha mãe para encontrar roupas mais femininas, e neste dia que me senti confortável mas feminina MUITA gente passou a me respeitar, e notei que minha imagem estava defasada. Não tenho noção nenhuma de moda e nem sei por onde começar, tenho 20 anos, com guarda roupa de criança, sem estilo mas com muita vontade de aprender a me arrumar e ser Mulher! por favor, me ajuda?

    Responder