Tendência inverno 2019: Tie-Dye

26/04/2019  •  Por Thereza  •  Tendência

A temporada de moda Verão/19, desfilada em setembro passado, trouxe a volta de um fenômeno: o tie-dye! Postamos sobre a onda pintada na passarela aqui, agora se você acha que a febre iria se manter apenas no lado conceitual da moda, aí é que você se engana.

Como a aproximação do verão gringo 2019, onde mais que a moda poderia decolar de vez? Sim, no Coachella! Tie-dye e o festival, tudo a ver!

O pintado manchado foi visto em celebridades e top models, como Gigi Hadid em dose dupla, Kylie Jenner e Romee Stridj. Seja numa blusinha básica ou um look todo, seja no improviso ou no jeans, tie-dye em tempos de Pinterest é ouro!

tie-dyeg

E nas passarelas vimos de Prada a Prabal Gurung, Calvin Klein a Michael Kors. Do vestido de festa ao moletom básico, a onda já tomou as ruas.

tie-dye

Amo ver uma blusinha básica ser reinventada com um tie-dye ou até mesmo um moletom esperto, mas gosto mesmo quando o ideal atinge um look mais sofisticado, como uma saia midi ou longa ou até mesmo uma gola rolé. O estilo é esportivo, mas sem dúvidas que veremos mais do movimento em peças sofisticadas ou que complementem um look assim.

O tie-dye é a cara do verão, mas acima tem uma boa seleção pra gente colocar em prática ainda nessa estação!

Deixe seu comentário!
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

8 Comentários
  1. Liv - 26/04/19 - 22h40

    passo

    Responder
  2. Yarete - 29/04/19 - 01h49

    Nossa. Nao…
    Pensava que tinha que ter licença poetica de humanas pra poder usar. rsrssrs

    Responder
  3. Tayse Souza - 29/04/19 - 09h13

    Posso bancar a chata?
    Estou com saudade (sei lá se este é o termo correto) ou vontade mesmo de uma moda simples. Vontade de ver nas tendências vestidos lisos, cores neutras, cortes simples, ajustes básicos, looks com poucas peças (tem uma guria aí com 7 peças, meu Deus) e menos pretensão.
    Sei que tenho alma de velha e, para mim, Audrey Hepburn e Jackie Kennedy serão sempre as musas supremas do estilo, então reconheço minha ranzinzice.
    De verdade, tenho uma preguiça inacreditável desses looks ultra montados e chamativos, perincipalmente os que querem parecer despreocupados, mas que se percebe a intenção em cada detalhe. É muita pretensão para o meu gosto.
    Desculpa o desabafo e o comentário meio off topic, mas para mim, a moda está precisando ficar ‘menas’. Beeeeem ‘menas’

    Responder
    • SILVIA ELAINE DA SILVA - 29/04/19 - 11h02

      Vai pro normcore e seja feliz.
      Mais pra quem é de mais, menos pra quem é de menos, glitter pra quem é de glitter, básico pra quem é de básico e é isso aí. Só incorporar um estilo e usar, ponto.

    • Tayse Souza - 29/04/19 - 12h09

      Eita! Parece até que estou em outro site.
      Se bem me lembro, aqui é um espaço de discussão opinião.
      Aqui a Thereza já “cansou” de um tanto de coisa: já cansou de guru de moda, de moda bonita, de certos modelos, de certos comportamentos, de certos its aleatórios, disso, daquilo… mas nunca dizendo que estava errado quem achava o contrário.
      Cada um pode usar o que bem entender. Eu já estou no normcore, como você disse, há bastante tempo e estou bem com ele.
      Meu comentário foi simplesmente no sentido de mostrar meu ponto de vista em relação a tendências recentes.
      O fashionismo é assim mesmo. A Thê mostra uma coisa. A gente diz: “siiim!”, “nãããão”, “talveeeez”, “de jeito nenhuuum”.
      Por aqui, a dona Thereza, sabe-se lá onde ela estava com a cabeça, já cansou por aqui até de batom rosa. Veja você!
      Fica brava não. O espaço é para isso mesmo.
      Para mim, a tendência é boba, chata, feia e tem cara de mamão. Se para você é maravilinda, tudo bem. É só elogiar. Não precisa cornetar a coleguinha. E, como você diz, ponto.

  4. SILVIA ELAINE DA SILVA - 29/04/19 - 11h00

    Às vezes gosto, mas depende muito da peça

    Responder
  5. Suzane Bahde - 30/04/19 - 11h45

    Thank you, next

    Responder
  6. Vitória Gonçalves - 02/05/19 - 20h41

    não consigo amar e acho que é um trauma de infância porq fiquei doida pelo tie dye e fiz e usei DEMAIS hahahahha

    Responder