Sobre o direito de mostrar seu corpo por aí

09/03/2016  •  Por Thereza  •  Celebridades, Pense

Nessa semana, Kim Kardashian publicou uma típica selfie nua – devidamente tarjada. Até aí nada de diferente na nossa sociedade kardashianática de culto, aceitação e até convencimento que um corpo é um corpo, simples assim.

Kim Kardashian já equilibrou champagne na buzanfa, já ralou ela no mato, no deserto, na areia, Kim Kardashian ajudou a desconstruir a regra que mulher tem que ser assim (magra) ou assado (com pudor).

Kim Kardashian sempre mostrou que não estava nem aí para as críticas, mas muito aí de ser corajosa, nem que o propósito inicial seja a pura apreciação própria, mas o final é muito importante, pois pessoas discutem sobre isso. Precisamos falar sobre isso.

12816988_1689596324661540_1470813201_n

Depois dessa foto polêmica, Bette Midler e Chloe Moretz, surgiram no Twitter analisando o que não deveria ser analisado. A comediante disse, “Se Kim quer que nós vejamos uma parte de seu corpo que ainda não vimos, ela vai ter que engolir a câmera”. Já a jovem atriz alertou, “Espero que você tenha noção de como definir objetivos é importante para jovens mulheres, ensiná-las que nós temos muito mais a oferecer além de nossos corpos”.

Em seguida, Kim Kardashian se defendeu no Twitter, mas de forma mais certeira mesmo em seu site. Num post emocionante e sincero, Kim disse estar farta de tanto constrangimento, temor e ter que se manter sempre na defensiva. Seja pela sextape de 13 anos ou simplesmente por se amar, amar seu corpo, sua pele e sensualidade.

“Eu não uso drogas, eu mal bebo, eu nunca cometi um crime e, mesmo assim, sou considerada um mau exemplo por me sentir orgulhosa e empoderada pelo meu corpo”

Vrá.

E pra completar e celebrar o verdadeiro ‘girl power’,  outras celebridades apoiaram Kim e endossaram o que há de mais importante nisso tudo: meu corpo, minhas regras. Num momento como esse, sororidade é o que vai fortalecer e multiplicar a voz e mensagem em questão.

“Nós nascemos numa sociedade que sexualiza nosso peito e corpo. Se uma mulher adulta e com 2 filhos estiver confortável com seu corpo e quiser mostrá-lo, isso não é dá conta de ninguém! Deixe a viver do jeito que ela quiser e deseja!” Amber Rose

“Por que todas nós, mulheres afortunadas, não nos juntamos para tentarmos levar empregos para mulheres que estão precisando, para que elas possam apoiar não apenas elas mesmas, mas também as suas famílias?! Coloquemos a besteira de lado por um dia e vamos amar e celebrar umas às outras?” Miley Cyrus

“Ninguém fez ‘body shaming’ com o Justin Bieber quando ele postou uma foto nu com uma guitarra, então por que a Kim não pode? #SeuCorpoSuasRegras” Ariel Winter.

“Adoro quando homens julgam mulheres que postam nudes. Seu corpo, sua carreira, sexismo do $#@*&!” Emily Ratajkowski

“Acho que toda mulher tem o direito de fazer suas escolhas sobre seu corpo. Chloe Moretz e Bette Midler, não cabe a vocês dizer o que podemos ou não fazer com nossos corpos” Bella Thorne

“Garotas ficando nuas publicamente não é novidade, mas não é legal quando elas podem ser a autora e responsável pela publicação também?” Rowan Blanchard

Abaixo, mensagem da Demi Lovato reforçando o apoio.

12826065_1685220725089636_777570823_n

O que fica disso tudo? Mulheres precisam se unir mais e a sociedade precisa aceitar cada uma com seu corpo. E sim, Kim Kardashian, mais uma vez trouxe um importante debate à tona. Feminismo, ‘girl power’, empoderamento, enfim, entender tudo através da ótica da família pode ser muito interessante.

Significa que você vai sair soltando nudes por aí? Se vocé tiver afim, beleza, mas te incentiva a sair na rua do jeito que você quiser, da maneira que você se sentir melhor. Pode parecer óbvio ou banal para umas, mas vez ou outra é preciso reforçar nosso direito de ir e vir, seja de shortinho ou o que for.

Se outro dia conversávamos sobre sua confiança e quadril (vale ler esse post aqui), hoje vale refletir que uma nudez tem um significado muito maior e que certos julgamentos não acrescentam nada. O corpo é dela e isso parece tão simples, mas é preciso explicar que ela mostra o que ela quiser e vai de você respeitar. Não somos melhores que nenhuma Kardashian.

Deixe seu comentário!
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

86 Comentários
  1. Gabriella Correia - 09/03/16 - 06h55

    Estou aqui na manhãzinha dessa quarta-feira p te dizer uma coisa, The: você é a melhor blogueira que existe no mundo! Seu blog é o único que eu acompanho, poucas vezes comento, mas todo dia seu blog tem direito a um (dois, três.. ) acesso meu rss e sabe pq? Por textos como esse!!! Você sempre consegue enxergar o outro lado da coisa e debater o assunto de forma tão natural e respeitosa, vc é incrível! Obrigada!!!

    Responder
    • Thereza - 09/03/16 - 12h29

      Muito obrigada!! Fico feliz demais <3 <3 E acho que a personagem pode ser a Kim, mas fico feliz de poder debater algo mais profundo e importante com vcs! Bjs!

  2. Paula - 09/03/16 - 07h23

    Legal e tal essa coisa de não ter que se adaptar ao padrão vigente de beleza e etc… mas, sinceramente, qual a necessidade dela postar uma foto pelada além de ser pelo propósito de aparecer? Não me convence muito esse discurso, The. (Só uma opinião).

    Responder
    • Andreza - 09/03/16 - 07h49

      Empoderar mulheres não tem nada a ver com essa auto-propaganda, Kim e família estão longe de serem defensores e representantes dos direitos das mulheres, vide reação da família diante das ofensas gratuitas do Kanye West contra a Amber Rose, a Khloe inclusive cumprimentou o cunhado pelo twitter. Eu estou cansada de ver gente famosa usando a causa social pra se promover. Eu não caio nesse engodo, uma família de mulheres moldadas pelas mãos dos maiores cirurgiões plásticos dos Estados Unidos definitivamente não se aceita e nem está preocupada em passar a mensagem da auto-aceitação. Gosto da família, mas assumo que eles são uma gente extremamente trash que sofre de auto-importância, não acredito que eles estejam preocupados em empoderar ninguém.

    • Thereza - 09/03/16 - 12h26

      Não existe regra pra empoderar mulheres, cada uma se sente empoderada e é atingida de uma forma. E sem dúvida Kim empodera muito, portanto merece a atenção. Sei que a família tem altos e baixos, mas seguem se transformando a olhos vistos. Bjs!

    • Bruna - 09/03/16 - 08h15

      Se for só pra aparecer, qual o problema Paula?

    • Thereza - 09/03/16 - 12h28

      Então, acho que tem um significado muito mais que simplesmente se exibir. Em tempos de body-shamming, ela se aceita, se ama e tem orgulho de seu corpo. As vezes acho importante banalizar, simplificar as coisas e acabar com o pudor do corpo. Enquanto essas redes sociais bloqueiam fotos de mamilo de mulher e deixam o do homem, é bom mostrar que merecemos direitos iguais.

  3. Bruna - 09/03/16 - 08h14

    MARAVILHOSA sua fala, The! E a Kim, claro :)

    Responder
  4. Michelly Santos - 09/03/16 - 08h48

    Em minha opinião (e opinião é algo a que todos têm direito) a Kim não é um exemplo de pessoa porque não entendo que ela tenha feito algo de relevante pra sociedade, como também não a considero um mal exemplo pois, como a própria disse no Twitter, ela não é nenhuma criminosa. Ou seja, Kim pra mim é indiferente. Só acho que fazer juízo de valor de uma pessoa por causa de uma foto é uma atitude equivocada… Não vejo nada de errado no fato dela postar uma foto nua. O corpo é dela, as regras são dela. Simples assim!

    Responder
    • Thereza - 09/03/16 - 12h23

      Michelly, acho que hoje Kim faz parte dessa nova geração de novas profissÕes de uma sociedade moderna. Quem diria, 10 anos atrás que ser blogueira seria uma profissão? Guardada suas devidas proporções, Kim transformou uma adversidade num negócio e isso é puro empreendedorimo, afinal, quantas passaram por isso e não conseguiram transformar num negócio que vai além da exposição da imagem?! Bjs

  5. Dani - 09/03/16 - 08h50

    Oi, Thê!
    Gostei mt do seu texto, mas acho q a fala da Chloé talvez tenha sido mal interpretada. Eu concordo, sim, que o corpo é um aspecto mt importante de uma mulher e cabe somente a ela decidir o que fazer ou não fazer com ele, e ninguém tem direito de, direta ou indiretamente, desrespeitá-lo.
    No entanto, acho que a Chloé quis dizer que esse tipo de foto pode ser interpretado como forma de só se exultar sensualidade e a imagem de “mulher objeto”.
    Essa pode não ter sido a intenção da Kim, mas leva a um debate importante e necessário, como você mesma disse.
    Impressionante como uma imagem pode ser interpretada de tantas formas diferentes =)
    Beijo

    Responder
    • Tatiana - 09/03/16 - 09h26

      Dani, ao meu ver, a grande questão aqui é a autoria da imagem. a mídia, os meios de comunicação em massa, a publicidade em geral constroem e reforçam conceitos ligados à “mulher-objeto” o tempo todo, e Kim é um exemplo clássico disso. nesse caso, porém, foi ela quem tomou a iniciativa de tirar a foto e torná-la pública. a escolha coube única e exclusivamente a ela – diferentemente da situação da sextape, por exemplo, na qual não houve consentimento. é ela quem decide assumir uma imagem sensual/sexual e, se é isso o que ela quer, ter essa prerrogativa é uma coisa maravilhosa. p’ra mim, o problema começa quando são terceiros – normalmente homens brancos, cis e heterossexuais – que criam esse tipo de imagem por nós.

    • Thereza - 09/03/16 - 12h20

      Exatamente, como a atriz Rowan (14 anos e tão lúcida!) falou, ela publicou espontaneamente e ainda bem não foi vítima de nenhum vazamente, como ocorre tanto. Ela tem controle da vida dela e sabemos o quanto é dificil.

    • Tatiana - 09/03/16 - 09h28

      escrevi tudo cagado pois: sono matinal, mas acho que deu p’ra entender a ideia, hahahaha.

    • Layne Cris - 09/03/16 - 11h08

      pois é Dani, eu tb entendi do mesmo jeito que vc. É direito da pessoa querer se expôr ou não, mas isso reforça a visão “mulher objeto”.

    • Rafa Gabardo - 09/03/16 - 12h05

      Olha, eu gosto muito da Chloe, e mesmo que ela tenha sido mal interpretada não foi uma boa colocação. E, não, isso não reforça a mulher como objeto não. Reforça a ideia de que somos livres, o direito sobre nossos corpos é nosso e fazemos com ele o que quisermos.
      Eu faço exercícios no parque, onde tem vários homens se exercitando sem camisa. E quando eu fico só de top sinto olhares de homens e mulheres me julgando muito mais, por que? Isso tem que acabar. E é só se reafirmando e botando o corpo pra jogo mesmo e desafiando padrões e conceitos que vamos conseguir mudar isso.

    • Natália Barboni - 09/03/16 - 12h14

      Eu estou lendo várias coisas sobre essa polêmica da Kim e tal. Concordo com o que a Dani apontou logo acima, que a fala da Chloe talvez tenha sido mal interpretada. Sei que tudo isso leva a debate e tal, mas acho que o que a Chloe disse não foi slut-shaming de forma alguma. Acho que ela quis dizer que nós mulheres somos o nosso corpo e muito mais, e que algumas pessoas podem ver esta foto da Kim, e esquecer do muito mais…
      Enfim… é apenas uma opinião rsrs

    • Thereza - 09/03/16 - 12h21

      Sim, concordo! Acho que no final, fica o debate e reflexão, eu sempre gosto de ler os dois lados da coisa pra assim construir uma opinião melhor e mais embasada. Fico muito feliz que esse espaço se tornou um lugar de múltiplas opiniões e todas elas inteligentes e sensatas! Bjs

  6. Ana Luísa - 09/03/16 - 09h09

    Só tenho uma coisa a dizer depois do texto da Kim: essa mulher me representa!! #orgulhodeserkardashianatica

    Responder
  7. dai - 09/03/16 - 09h31

    Bom vamos lá, a Kim Kardashian pode mostrar o que ela quiser na rede, seu exame de papa nicolau, seu nª 2 no vaso, mas essa moça não sabe fazer outra coisa a não ser se MOSTRAR nunca vejo ela usando sua voz e sua fama para fazer causas nobres, Kim querida deixe de ser tão vazia e mostre que você não é só uma pessoa egocêntrica e frívola, você pode mais querida, o mundo tá precisando de ajuda e você pode fazer isso :kissing_heart:
    POR FAVOR RESPEITEM A MINHA OPINIÃO

    Responder
    • Rafa Gabardo - 09/03/16 - 12h12

      Respeito sua opinião, mas ela com certeza é baseada em outras opiniões de quem não conhece e acompanha a família. Elas trabalham sim, e muito. É uma família que construiu um império, comanda a indústria do entretenimento e adivinha? É formada por mulheres. Dá uma pesquisada sobre tudo o que elas fazem. Queria eu fazer esse “nada” e ser tão bem sucedida.

    • Thereza - 09/03/16 - 12h18

      Dai, te adoro e super respeito! Só acrescento aí o fato de no fundo achar que Kim é sistematicamente tolhida e julgada, com isso, vive na defensiva e não tem noção da sua influência e voz, mas acredito que aos poucos as coisas tomem um novo rumo!
      Bjs

    • dai - 09/03/16 - 15h34

      Também respeito a sua opinião Thereza e que mulher nesse mundo não é julgada mas a Kim ajuda bastante as pessoas pensarem assim sobre ela, por que é essa imagem que ela passa, até por que onde ela vive tudo é imagem e a dela é bem negativa, espero que ela descubra que ela pode fazer muito mais pelas mulheres no mundo mas de uma outra forma.

  8. Andressa - 09/03/16 - 10h25

    :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap:

    Responder
  9. Hayda - 09/03/16 - 10h26

    E o negocio é o seguinte, o choro é livre! As pessoas podem continuar julgando, não nos impedira de fazer exatamente o quisermos! #TeamKim

    Responder
  10. Flavia - 09/03/16 - 10h28

    Thê, adoro sua forma ponderada de ver as coisas, mas, dessa vez, sou obrigada a não concordar com você. Pelo contrário, me convence muito mais a fala da Chloe Moretz. Uma pessoa pública como Kim tem um poder imenso de influência, sobretudo na formação de conceitos de jovens garotas. Perdoe-me caso eu esteja falando uma mentira, pois confesso não acompanhar muito as Kardashians, porém, tudo que vi até hoje da Kim relaciona-se de alguma maneira com o culto ao corpo. Eu concordo que as mulheres devem se amar e fazer com o próprio corpo o que bem entenderem, mas jamais se limitar a isso. Um belo exemplo de pessoa pública é Gisele. Ela transmite paz, serenidade, fala sobre saúde do corpo e principalmente saúde da alma. Ela usa seu poder de influência para defender os animais, o meio-ambiente etc., e tudo isso sem deixar de ser sensual e empoderada com o próprio corpo.

    Responder
    • Rafa Gabardo - 09/03/16 - 12h10

      É que a gente precisa entender que empoderar e lutar pelas mulheres não é só fazendo textão e saindo com cartazes nas ruas. Uma simples foto nua pode dizer muito: liberdade, aceitação, confiança, auto estima. Não é só a foto de um corpo, é o que ela representa.

    • Thereza - 09/03/16 - 12h16

      Eu entendo o ponto de vista da Chloé, mas à partir do momento que ela fala isso, abre precedente pro julgamento do corpo e atitudes alheias e, nos dias de hoje, isso não é nada legal e não colabora pra causa nenhuma!
      Eu acho que a referencia de hoje em dia da família vai bem além do culto ao corpo, mas vejo-as como mulheres de negócios, bem sucedidas e que da adversidade criaram um império, empresa, marcas, produtos, apesar do mar de críticas e acho que isso tb inspira de certa forma!
      Bjs!

  11. laisse F. - 09/03/16 - 10h29

    Tem uma diferença nada sutil entre “meu corpo minhas regras” e não se preocupar com padrões estabelecidos a sair soltando nudes por aí!!! E no mais acredito que existam outras formas de apoiar e demostrar o poder da Mulher… Só acho!!

    Responder
    • Thereza - 09/03/16 - 12h14

      eu acho que ‘meu corpos, minhas regras’ é bem claro. O corpo é meu, eu faço com ele o que quiser e ninguém deve julgar! Acho sim, que existe, outras formas de apoiar a causa, mas se as pessoas não respeitam algo tão simples, o buraco é bem mais embaixo bjs!

  12. Bruna - 09/03/16 - 11h57

    The, achei o texto ( o seu brilhante) e confesso que não vi essa confusão no twitter. Porém, honestamente, apesar da sua maravilhosa interpretação, pelas atitudes da própria Kim, não consigo visualizar a ideia de que nudes, livro de selfies e etc etc etc etc tenham sido feitos com o fim de empoderar as mulheres. Além do fato de ela ser casada com quem é, né? Não vejo empoderamento numa pessoa que permite que o companheiro jogue todas as suas roupas fora porque ELE acha que você não tem roupas “decentes”. Enfim, acho a discussão essencial e oportuna. Só acho que a Kim no fim não está nem aí pra isso e não me representa.

    Responder
    • Thereza - 09/03/16 - 12h11

      É o que digo, Kim é de altos e baixos, se mostra empoderada de um lado, mas por outro tem que provar diariamente para as pessoas que à julgam e são recheadas de preconceito.
      Sobre a questão do Kanye, apesar da misoginia, acho que a questão do closet foi algo positivo e transformador pra ela. Não era ele jogando as roupas dela fora, tinha uma stylist no meio e essa fase (apesar de não amar muitos looks) foi importante pra ela.

    • Andreza - 09/03/16 - 12h53

      Bruna, você chegou ao “x” da questão. Eu também me pergunto o quanto disso é “empoderamento” e o quanto disso é simplesmente auto-promoção. A própria Kim para se defender das críticas diminuiu a Bette Midler chamando-a de velha, um preconceito que afeta tantas mulheres, o fato de a Bette Midler estar na terceira idade a impede de opinar? O caso da Amber Rose pra mim foi o mais chocante, Kanye West chegou a dizer que o filho da Amber era na verdade dele, a própria Khloe chamou a Amber de stripper, então onde está a sororidade? Quer dizer que “meus corpo, minhas regras” só vale quando o corpo é da Kim?
      A mesma coisa vale com relação ao movimento negro, Kim sempre namorou homens negros, mas ela só decidiu se manifestar contra o racismo no dia em que a filha dela foi vítima deste mal e ela mesma disse isso no blog dela. A Kim é obrigada a abraçar causas nobres? É claro que não, mas não queira se esconder sob o manto dos movimentos sociais apenas quando lhe convêm.
      De qualquer forma, parabéns, Thereza, por trazer esses temas importantes à tona, o seu blog é o único com essa preocupação.

    • Thereza - 09/03/16 - 12h58

      Chamá-la de velha é bem errado, foi uma ação impensada, logo depois ela veio com o post falando pq sempre vive na defensiva.
      Sobre a Amber, elas fizeram as pazes! Ontem (depois que eu publiquei, por isso não deu tempo de ir) a Pink foi mais uma criticando a Kim, daí a própria Amber saiu em defesa dela e pra mim foi a melhor de todas! Vale ler!

      http://websta.me/p/1202222136095321837_278071194
      E acho muito importante esse espaço pro debate, fico feliz de ter tantas leitoras inteligentes e que me fazem enxergar os dois lados!
      Bjs

    • Bruna - 09/03/16 - 13h32

      É , sabe o que é melhor? Fazermos do limão uma limonada e aproveitarmos a situação pra discutir tudo isso! Que tal criarmos a # #somostodasmulheres e usarmos essa ferramenta para contar as coisas pelas quais precisamos passar só porque somos mulheres e as pessoas vão “olhar torto”?

    • Danielle - 10/03/16 - 14h23

      Concordo com tudo que a Andreza falou. E a Kim não deveria se defender menosprezando os outros, vai contra o que ela mesmo quer pregar e que não façam com ela. Eu AMO Kardashians, mas Thê não concordo com você não ver as contradições e dizer que são só altos e baixos dela. Beijos e o um aperto no Gucci :heart_eyes:

  13. Mônica - 09/03/16 - 12h00

    O problema é que é muito mais coerente com o comportamento da Kim a resposta imediata do que o texto no site. E não é nada Girl Power argumentar chamando uma de velha e a outra de Who? e ainda falar, caso alguém tivesse alguma dúvida, que ela ganha muito dinheiro. Me parece (e posso estar completamente errada) que o texto é muito mais a equipe de RP repercurtindo de forma favorável a imagem fabricada dela. Acho perigoso atribuir um movimento de aceitação do corpo e mudança da estética anoréxica a ela, quando na verdade, o corpo dela oprime tanto quanto o da modelo de 48kg. Umapessoa q só fotografa em determinadas posições ou em certa luz e controla a imagem de todas as maneiras pra gente achar que é o maior pecado do mundo ter celulite ou flacidez. Ela tem falas positivas sobre a liberdade do corpo ou a opressão que uma mulher grávida sofre quando não tem o corpo perfeito. Mas é a primeira a fazer body shaming, chamar de velha, pobre, gorda, feia ou irrelevante nas redes sociais. Ou seja, pra mim, o discurso correto tá bem longe de ser coerente com as ações.

    Responder
    • Thereza - 09/03/16 - 12h08

      Eu acho que o texto que ela postou no site dela mostra muito desses altos e baixos e o motivo dela ter vivido na defensiva por muito tempo. Deve ser muito ruim ser julgadas sistematicamente por algo que não deveria ser julgado na época, quem diria 13 anos depois.
      Sobre o corpo dela, eu acho representativo sim e o quanto a indústria da moda teve que se curvar err às suas curvas hehe. Pode não ser nada pra umas, mas encontrar um ponto de referência numa mulher muito famosa e com qualdrizão/bundão em bem empoderador.
      Bjs!

  14. Kim Kardashian - 09/03/16 - 12h06

    ME DEIXA MOSTRAR MEU CORPINHO EM PAZ. :nail_care:

    Responder
  15. Mônica - 09/03/16 - 12h07

    O problema é que é muito mais coerente com o comportamento da Kim a resposta imediata do que o texto no site. E não é nada Girl Power argumentar chamando uma de velha e a outra de Who? e ainda falar, caso alguém tivesse alguma dúvida, que ela ganha muito dinheiro. Me parece (e posso estar completamente errada) que o texto é muito mais a equipe de RP repercurtindo de forma favorável a imagem fabricada dela. Acho perigoso atribuir um movimento de aceitação do corpo e mudança da estética anoréxica a ela, quando na verdade, o corpo dela oprime tanto quanto o da modelo de 48kg. Uma pessoa q só fotografa em determinadas posições ou em certa luz e controla a imagem de todas as maneiras pra gente achar que é o maior pecado do mundo ter celulite ou flacidez. Ela tem falas positivas sobre a liberdade do corpo ou a opressão que uma mulher grávida sofre quando não tem o corpo perfeito. Mas é a primeira a fazer body shaming, chamar de velha, pobre, gorda, feia ou irrelevante nas redes sociais. Ou seja, pra mim, o discurso correto tá bem longe de ser coerente com as ações.

    Responder
  16. Carol Dias - 09/03/16 - 12h08

    É um caso clássico onde não cabe a minha opinião (com essa era de redes sociais nós achamos que temos que ter uma opinião sobre tudo!). O melhor comentário é o da Bella Thorne: “Acho que toda mulher tem o direito de fazer suas escolhas sobre seu corpo. Chloe Moretz e Bette Midler, não cabe a vocês dizer o que podemos ou não fazer com nossos corpos”. Cada mulher decide sobre seu corpo, não cabe a mim julgar se é certo ou errado, bonito ou não, mas é meu dever garantir que essa mulher tenha os direitos sobre seu corpo e faça o que ela quiser com ele!! (já passou da hora) :yellow_heart:

    Responder
  17. julha - 09/03/16 - 12h14

    EU AMO A KIM KARDASHIAN E VOU PROTEGÊ-LA

    Responder
  18. Bea - 09/03/16 - 12h20

    Acho que Kim só é empoderadora até a página 2, sabe? Mesmo não tendo corpo de modelo, ela representa OUTRO padrão quase inalcançável, de peitão+bundão+barriga chapada. Quem realmente tem um corpo assim?? Só um corpo cheio alterações, agulhadas, esticadas, lasers… Isso é empoderador para quem? Acho que passamos de um modelo de corpo ideal para outro, mas nenhum dos dois padrões são verossímeis. Acho Kim divertida, adoro acompanhar a família, mas pra mim elas não são empoderadoras de corpos diferentes não. Admiro, sim, a maneira como Kim superou a história do sex tape e se tornou o fenômeno que é hoje, como ela passou de vítima de uma exposição para essa a mulher forte, que escolhe como e quando vai se mostrar, que é dona da própria sensualidade. Essa sim é uma causa que ela representa com louvor, a meu ver. Mas aceitação? Ela só aceitou seus peitos e bunda, que a sociedade já aceita há muito tempo. O resto do pacote? As gordurinhas, as imperfeições? Ela se livrou de tudo há muito tempo. Aceitação, pra mim, é Ashley Graham, por exemplo. Peitão+bundão+um corpo real. Acho que todo mundo tem direito de fazer as alterações que quiser em seus corpos e expor eles da maneira como preferir. Mas pagar de “exemplo de aceitação e empoderamento”, pra mim, nesses casos, é hipocrisia.

    Responder
  19. North West - 09/03/16 - 12h21

    deixa mama em paz

    Responder
  20. Karolynne - 09/03/16 - 12h51

    Tava pensando nisso ontem do porquê nós incomodam tanto ela postar nudes, se ela se sente bem que mal há nisso. Vejo por ai muitas criticas principalmente de mulheres quando deveriamos nos unir. E que texto maravilhoso The foi muito bem pontuado a questão, e serve para se refletir sobre o assunto.

    Responder
  21. Bianka - 09/03/16 - 13h02

    Eu acho que a Kim tem uma MEGA necesidade de ficar mostrando o corpo, seja pq ela sente orgulho di corpo que construii a base de cirurgias, seja pela vaidade.
    Ela precisa chamar a atenção de alguma forma e essa a maneira q ela se chama a atenção. Se eh certo ou errado… Sei la.. Kd um faz o q quer…
    Mas eu ja cansei de ver ela pedala… Rsrsrs

    Responder
  22. Laila Leite - 09/03/16 - 13h12

    “Não somos melhores que nenhuma Kardashian.”
    Por isso que amo o Fashionismo!!!
    Uma das coisas que mais me irritam é a mania de desmerecer as conquistas de outros por não seguir padrão e ter cunho “cultural”. Preguiça de gente! hahahahah

    Responder
  23. Juliana - 09/03/16 - 13h31

    Acho que cada um tem o direito de fazer o que quiser com a sua própria imagem e com o seu corpo. Também acho que cada um tem o direito de pensar o que quiser sobre o que a pessoa fez com o seu próprio corpo ou com a sua imagem, porém não acho que as pessoas têm o direito de julgar isso.

    Responder
  24. Vitória - 09/03/16 - 14h11

    Ai Thê! Eu adoro você! Mas você força a barra! Uma coisa é ser fã de alguém, outra é ficar cega e tentar achar significado para atitudes que nem a própria sujeita em questão tenta achar!
    Eu gosto da Kim, assisto o seriado, acompanho ela nas redes sociais, mas o propósito o qual o faço é entretenimento puro! E não vejo mal nisso, alias nem elas veem mal nisso!
    Agora por que não faz um post falando da Meryl Streep que já doou seu cachê para um museu sobre a história das mulheres em Washington, isso sim é empoderamento das mulheres, não confunda as coisas querida!

    Responder
    • Thereza - 09/03/16 - 14h22

      Antigamente eu via só como entretenimento, hoje me permiti enxergar além do superficial e consigo encontrar coisa sim. Se você procurar uma outra ótica no texto, verá que não é sobre a Kim, mas sobre mulheres que julgam e tantas outras que apóiam.
      Meryl Streep e outras mulheres são incríveis no empoderamento feminino, mas creio que todas possam coexistir numa luta que é bem longe de forçar a barra. Bjs!

  25. Betânia - 09/03/16 - 14h12

    :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap:
    você foda The!!!!

    Responder
  26. Gabi - 09/03/16 - 15h17

    The, você é o melhor blog de toda a blogosfera!!! Sério kkkkk acompanho há anos, já acompanhei muitos outros, mas esse prevalece sobre TODOS. Obrigada por ser uma blogueira, ótima pessoa e por usar seu espaço de fala para temas polêmicos e que precisam ser debatidos.

    Pra mim, a melhor frase foi: “Garotas ficando nuas publicamente não é novidade, mas não é legal quando elas podem ser a autora e responsável pela publicação também?” . Descreve perfeitamente a situação.

    Responder
  27. Juliana Campos - 09/03/16 - 15h46

    Maravilhoso!

    Responder
  28. Luh - 09/03/16 - 15h50

    Não acho q a Kim esteja certa e nem a Chloé! A Kim pode tirar uma nude a hora q ela quiser pq ela é a kardashian e elas fazem isso, e se eu tirar uma nude? E publicar no meu insta? Tenho certeza q seria zuada em td a minha faculdade e no meu trabalho… Pq a sociedade n tá preparada pra esse tipo de coisa, e eu q luto tanto por minha carreira tenho certeza q ela acabaria em um segundo e eu me tornaria a garota q postou foto nua, eu vejo as atitudes passadas e presentes da Kim e acho q falta sim um pouquinho de equilíbrio nela, mas a respeito pq é o business dela, n é o meu! Portanto nesse mundo as pessoas falam demais e esquecem de lutar e falar de causas q vão nos levar a algum lugar, como Jolie faz, como a Bundchen faz mulheres q são mulheres e n tem q postar uma nude pra provar isso! Mas sigo respeitando as kardashian pq nesse mundo onde td mundo paga de inteligente elas estão fazendo rios de dinheiro sendo ” burras” ;)

    Responder
  29. Carla - 09/03/16 - 16h16

    Hummmm não vejo nada disso na foto da Kim.
    Não me sinto empoderada ou mais confiante de ser mulher. Kim não me representa.
    Mas Sigo te amando Thereza. :kiss:

    Responder
  30. Natália - 09/03/16 - 17h03

    Thé, raramente comento e também não consegui ler todos os comentários sobre o seu texto. Acho a Kim um máximo e sou julgada constantemente por isso. Não a acho o máximo por ela ser um desocupada como a maioria no geral acha mas sim por que ela consegue passar muito bem a imagem de uma mulher forte, bem sucedida, resolvida e que se aceita bem como ela é. E cá, acho que a Kloe também sabe fazer bem este papel, principalmente nos últimos meses. Elas são elas, são K (o que podia ser uma nova numeração de roupa e que cairia muito bem para muitas, inclusive para mim) e que conseguem passar uma imagem bem expressiva para quem quer ver, pena que muita gente não consiga enxergar dessa forma. A foto não me trouxe nenhum choque ou polêmica, e como você disse no texto, ela pode fazer o que ela quer com o corpo dela, é dela!
    Beijos :kiss:

    Responder
  31. Barbara - 09/03/16 - 17h09

    Acho que a nova geração das Kardashians, as meninas Jenner vieram quebrando certos paradigmas, e, é claro que elas pegaram uma linda carona na Kim – que ali é a “pioneira” no quesito empoderamento feminino. Não sei se ela já se deu conta, mas seu estilo de roupas “bombshell” quebrou muitos tabus, do tipo “não pode usar saia lápis e ter quadrilzão” e etc… Como assim não pode? Quem disse? Acho que Kim tem sim um grande poder na quebra dos paradigmas – mesmo que esse não tenha sido a intenção inicial no KUWTK – e as meninas Jenner (juntamente com a Caitlyn) estão aí para corroborarem e empoderarem todos os biotipos e mulheres!
    The, você viu que a Kylie colocou uma foto no insta “se despedindo” dos lábios? Será que se aceitou e vai reverter o procedimento ou é publi? Vejamos.
    Excelente matéria! :collision:

    Responder
  32. lina - 09/03/16 - 17h23

    Thereza vc é maravilhosa <3

    Responder
  33. ro - 09/03/16 - 17h59

    Me admira a blogueira listar mulheres importante e que fizeram ou fazem coisas interessantes e depois dar valor a essa coisa,que só quer aparecer de qualquer jeito. O que foi que ela fez???? Que a mulher é poderosa, onde? na cama, na bunda, nos exageros. Nem tô conseguindo me explicar de tanto asco que tenho dessa familia, que já contaminou até as meninas da minha familia. Li uma vez que o pai delas tinhas horror a aparecer só por aparecer, ele teria morrido novamente, se visse no que se transformou sua família.

    Responder
  34. Isabelle - 09/03/16 - 19h37

    Essas Kardashians são um desserviço pra humanidade sem precedentes! Muito triste terem tanto espaço e ganharem tanta atenção das pessoas… muito triste.

    Responder
    • RAYANE - 10/03/16 - 08h19

      Achei que era a única a pensar assim

  35. Mica - 09/03/16 - 19h47

    Ninguém aqui é melhor que nenhuma Kardashian? Que bobagem, tds aqui são.

    Responder
  36. Isabella - 09/03/16 - 20h41

    A foto nua foi, como tudo que ela faz, mais uma forma de chamar atenção. Kardashians vivem disso. Claro que agora depois das repercussões, virou uma questão de girl power. Mas não é. Essa mesma foto tá super photoshopada nas pernas. Esse thigh gap não te pertence, Kim. Acho que ela não se aceita tanto assim. Isso é marketing puro.

    Responder
  37. Raquel - 09/03/16 - 23h10

    Desculpe a superficialidade mas não consigo parar de pensar o quão fina é a cintura dela! :stuck_out_tongue_closed_eyes:

    Responder
  38. Liza - 09/03/16 - 23h15

    Olha, ñ sou da moça, não a acompanho e não acho que ela seja notável em nada que me interessa, mas já no primeiro paragrafo pensei, se fosse o Adam Levine, o Justin o mundo acharia lindo pq é homem, se é mulher ñ pode, e as primeiras a criticarem são mulheres. Se fosse homem poderia tirar foto nu, ser drogado, bebado, criminoso e ainda assim seria ídolo, talvez pq ñ tem uma fila de homem sempre pronta pra jogar pedra.

    Responder
    • Paula - 10/03/16 - 11h32

      Sempre teria alguém dizendo que o cara é gay, Lisa. Não seria tão otimista assim…

    • Claudia - 14/03/16 - 00h30

      mas nao é otimismo, é real. Quem dera se os julgamentos referidos as mulheres fosse a bobeira de chama-las de lésbica. Quando são mulheres, o xingamento é sempre tentando desmoralizar o caráter-pessoa dela. Não me insulta me chamar de lésbica mesmo não sendo, mas me insulta me chamar de puta pelo o que eu estou vestindo pq eu quero, me insulta me chamar de doida pq eu luto pelos meus direitos e assim vai. quando nós mulheres não entendemos os nossos próprios problemas e achamos lindo julgar a outra, nunca vai mudar.

  39. Érica - 10/03/16 - 01h35

    a senhora é destruidora! ainda bem que há blogueiras que pensam e dizem coisas assim. o feminismo e a sororidade agradecem. por essas e outras que este é o único blog de moda que eu sigo. e sigo te admirando. grande beijo

    Responder
  40. Lyanna - 10/03/16 - 10h54

    Thereza eu achei seu texto fantástico. Parabéns! Adorei a abordagem, acredito que você está certa nessa interpretação sobre esse fato específico do nudes da Kim e sobre a mensagem que ela quis passar.
    Kim empodera as mulheres??? Sim, eu acredito nisso, como acredito no que você escreveu. Mas sabe o que eu acho mesmo sobre a Kim? Que ela merecei um prêmio nobel de economia. Todo os prêmios de marketing que possam existir nesse capitalismo globalizado e de celebridades. A Forbes já fez alguma matéria sobre ela??? Kim transforma e capitaliza tudo o que de alguma forma pode favorecê-la em dinheiro. É muito conveniente ela transformar esse ataque que ela sofreu, num discurso pró aceitação e empoderamento feminino. Ela tira de si uma carga negativa e preconceituosa e joga para quem a atacou. Ela vira o jogo e merecia ganhar todos os BBBs da vida.
    Mas no fundo eu não acredito nesse discurso de empoderamento feminino, que ela só usou pois, como já disse, foi conveniente e oportuno para ela. Quando o marido atacou a Taylor ela silenciou, pois o que ela iria ganhar com aquilo? Manchetes negativas sobre uma discordância entre o casal?! Como transformar essa antipatia do Kanie West em algo bom pra ela?! Muito mais difícil e uma polêmica desnecessária. Uma fadiga que não valia a pena. Por isso não acredito na essência do discurso dela. É meramente oportunista e conveniente. No conjunto da “obra” da Kim é possível acreditar na mensagem da aceitação e a da auto confiança, mas ela é uma mulher de oportunidades. Um camaleão pop midiático. E eu a admiro por isso. Sobre empoderamento feminino ainda não estou convencida. Foi uma jogada pra plateia para ganhar a simpatia de alguns e mais dividendos. Ponto pra ela e pra vc pelo texto.

    Responder
    • Paula - 10/03/16 - 11h34

      Exatamente!

    • Bruna - 10/03/16 - 11h46

      Concordo com tudo o que vc disse, e olha, pessoalmente, acho ela um ser desprezível, mas não deixo de reconhecer seus méritos e sua inteligência de marketing. Sério, acho que ela deveria escrever livros sobre isso! E acho que seu poder no mundo do entretenimento deve ser percebido, tendo em vista que é inegável. Kim é esperta, uma raposa pros negócios e joga pra torcida. PONTO. Quanto ao seu direito de se exibir, acho válido, as revistas e toda a indústria não ganham muito dinheiro com isso? Sem contar que se fosse homem, acho que a crítica seria beeeem menor. Nesse sentido, acho que ela empodera não só as mulheres, como a toda e qualquer pessoa que resolva mudar a sua história partindo de um revés, sim ela quanto a isso é um exemplo! Mas quanto ao resto, acho ela insignificante, sem, contudo, dever ser desrespeitada por isso.

  41. Jessica Diane - 10/03/16 - 11h02

    O problema e alguem se incomodar TANTO com o corpo do outro. Eu nem gosto dela, nemassisto, nao sou fã. Mas quer mostrar mostra, num quer num mostra…cada um faz o que quer, que eu saiba não é crime e nem fere ninguém.

    MIM DEXA rs

    Responder
  42. Camila - 10/03/16 - 12h07

    Obrigada The! Seu blog é sempre a luz no fim do túnel…kkkk. Estava achando estranho só eu não ter visto problema na foto dela. Me irrita tanto ver o povo comentando, mas ela é mãe, coitado dos filhos dela, ela não pensa que eles vão sentir vergonha quando crescer? Sentir vergonha do que, como ela mesma disse não esta cometendo nenhum crime :/

    Responder
  43. Roberta - 10/03/16 - 12h21

    Eu acho super válido o empoderamento feminino e todo o discurso da Kim, mas não tenho certeza de que a atitude dela é de empodeiramento. Uma coisa é vc ter orgulho do seu corpo e ligar o F***-se para opiniões alheias. Outra é só compartilhar seu corpo. Acredito que a mulher deve fazer o que quiser, mas acho que o comportamento da Kim em geral mostra muito mais submissão aos padrões do que empoderamento. Nem por isso acho que ela seja menos vítima da sociedade que cobra sensualidade extrema das mulheras, e as critica quando elas a exibem.

    Responder
  44. Mônica Nascimento - 10/03/16 - 15h11

    kim kardashian é exemplo pra tudo isso e acabei de crer por essa foto e por uma enquete que a Mica Rocha fez no snap dela. A maioria das pessoas acharam bom a Kim levar uma experiência boa por esse sufoco que passou e de ver que é uma pessoa comum,sim com milhões na conta,mas é. Quantas e quantas mulheres se inspiram nela? Eu sou uma dessas. O mais engraçado,sem querer ser a chata,mas se fosse uma mulher magra seria arte,concorda? Ela não, é a Kim Kardashian. Polêmica? Sim. Mulher? Muito. Se ama e não tem vergonha de dizer isso pra ninguém. Que possamos viver em um mundo de aceitação,mas não aceitação do próximo,e sim de nós mesmas. Beijos

    Responder
  45. Eduarda - 11/03/16 - 00h29

    Ooi The, acompanho seu blog desde quando você começou com ele, amo muito, e amo muito as kardashians também, acompanho desde sempre tudo e confesso que hoje em dia elas já não me cativam mais, preferia todas antigamente, acho que elas mudaram muito, tanto aparência quanto comportamento, claro que as pessoas evoluem, é evidente, mas se você olhar episódios que a kim namorava o Kris H. e outros, ela era diferente, acho até mais autêntica e mais humilde, todas eram e a maioria delas tinha já bastante atenção da mídia. Quem acampanha a kim sabe que ela sempre se expôs, e agora é natural que isso aumente porque ela já está numa idade mais avançada e não é mais a ” bam bam bam” do momento, perdendo pras irmãs mais novas… acho que ela como pioneira de muita coisa na família, pioneira de moda, mídia, hoje em dia pode fazer o que quiser sim, mas confesso que valorizaria pessoalmente mais ela se ela não precisasse disso, ela já é bem bafo, não necessita de nudez, todos sabemos o quanto gostosa ela é… o que mais me incomoda são as proporções que o corpo da maioria delas da família tomou,obviamente houveram intervenções e algumas delas elas insistem em admitir.. é decepcionante como fã.. quanto ao padrão, sabemos que tem pessoas fazendo loucuras e enxertos e cirurgias de bum bum, aumento de boca e etc, tudo para atingir o padrão kardashiano, não entendo o livro da khloe, de auto aceitação, se ela foi a que mais interviu o corpo,gostaria que elas fossem mais sinceras e mudassem o discurso de que vale tudo para ser feliz, ao invés de “se aceitar”, se nem elas se aceitaram… gosto muito do seu blog e de você, sua opinião é muito valorizada! Beijos!!

    Responder
  46. natalia - 11/03/16 - 19h36

    :no_good: :information_desk_person: :high_heel: :heart: :ribbon: ameiii

    Responder
  47. […] notícia mais uma vez! Vale o click na postagem da Thereza Chammas do Fashionismo sobre o “Direito de mostrar seu corpo” ● Campanha: Andres Velencoso Segura p/ Cerruti 1881 Sport pelas lentes de Richard […]

    Responder
  48. Pris Marques - 14/03/16 - 13h02

    Acho que seria mto mais empoderador se ela tivesse postado uma foto dela atual nua. Agora que o corpo não está “perfeito”, o corpo real de uma mulher recém parida e mãe de dois. Ela é absolutamente livre pra fazer o que quiser e faz. Mas sinto mto a falta do real. Adoro as Kardashians, mas não me sinto representada.

    Responder
  49. carol - 15/03/16 - 23h33

    Falou em Kim, tem defesa por aqui. Qualquer coisa q ela faça, é analisado de forma positiva pelo blog. Nao acho q a Kim esteja reforçando a questao do empoderamento feminino, nem q sua “mensagem”seja meu corpo, minhas regras, quando divulga essa foto. Ela simplesmente tem necessidade de exposição, provavelmente uma insegurança e é obcecada pela própria imagem. Ela só quer mesmo é causar reboliço e ver seu nome divulgado, para se manter na mídia, quando as coisas estão mto calmas e as pessoas começam a esquecer q ela existe, ela joga uma foto nua, só isso mesmo… Vou usar meu corpo para me promover, porque como ela nao tem mais nada a oferecer, se nao agir assim, cai no ostracismo. Depois vem com um texto vitimista, para ver quais celebridades sairão em sua defesa, simples assim! Pessoalmente, acho q esse tipo de atitude diminui o papel da mulher, porque meninas seguem o exemplo dessa familia, e estao cada vez mais cultuando seus corpos, vejo uma preocupaçao insana com a imagem, em sair bem na foto, mulheres usando somente sua sexualidade, se objetificando, fazendo com que a luta que travamos diariamente com o machismo se torne mais dificil.

    Responder
    • Thereza - 16/03/16 - 00h20

      Mas você não acha que mesmo ela fazendo isso só pela necessidade de exposição, é um direito dela? Portanto, meu corpo, minhas regras e ninguém deve se meter. seja qual for a intenção, acho que a mensagem é essa.
      Bjs!

  50. Carol - 16/03/16 - 20h57

    É bem engraçado um monte de feministas defendendo o direito ao corpo e a não-sexualização da mulher apoiando uma celebridade que SÓ sabe viver disso. Bette, mulher inteligente e questionadora, já pela segunda vez é criticada por (com um twitter) ser mais significante que 30 Kims juntas. Mas isso não importa, né? O que importa é ver diva pop e celebridade balançando até o chão… isso é liberdade e empoderamento (enquanto elas forem bonitas e gostosas e continuarem sendo objetos sexuais e vendendo isso)…

    Responder