AS MAIS
LIDAS!

LEMBRETE: VOCÊ JÁ ELOGIOU ALGUÉM HOJE?

24/03/2015  •  Por Thereza  •  Cultura, Moda, Pense

tumblr_mpncpkOBtD1qaoe1oo1_1280

Em 2011 fiz um post chamado Praticando o Elogio e, 4 anos depois: preciso fazer de novo e reforçar essa ideia no nosso metier blogosférico :)

Não sei se vocês já perceberam, americano pode ter lá todos os defeitos, você pode nem curtir a cultura yankee, mas eles fazem algo como ninguém: elogiar. E não digo um primo ou amigo, mas sim uma pessoa qualquer na rua, se ela gostou do seu sapato, ela vai te falar “gostei do seu sapato!”. Se uma pessoa curtir seu batom, ela vai falar “curti seu batom!”.

Nesse aspecto, os americanos se expressam, verbalizam, a gente não.

97ead8a162fa95361e619724c7129c2e

Eu tenho certeza absoluta que em alguma viagem que você fez na vida (e não tô nem limitando aos EUA, mas até mesmo a alguns outros países) já pararam pra te elogiar. Não tô falando de cantada não, mas logicamente de alguma mulher parando pra elogiar algo específico, de sapato a rímel, se eles sentirem o desejo de falar: falarão.

Eu quis relembrar esse post porque na última viagem comprei um colar lindo da Forever 21 (vou postar foto dele no snapchat) e em apenas uma noite, umas 4 pessoas pararam pra elogiar (Rodrigo chegou a falar, “nossa, vou te enterrar com esse colar” #humor #mórbido). De fato era um colar bonito, mas uma coisa que eu constatei mais uma vez: as pessoas tem necessidade de expressar e compartilhar esse tipo de sentimento, é natural e faz parte da cultura deles.

Eles nem fazem isso pra necessariamente saber de onde é (eu já falava “é da Forevinha, sista! 20 dólares, vai lá!), mas mais como um gesto de delicadeza, educação e pra enaltecer a sua bela escolha.

Eu acho muito bonito isso!

aa4e2171fd81204e752f00cf95a665ff

Mas aqui no Brasil a realidade é outra. Me diga, você viu na rua uma mulher com uma bolsa bonita e se chegar mais perto pra elogiar, é capaz dela pensar que é assalto, cantada ou quem é essa loka falando comigo?!

Triste, mas é verdade. Outro dia conversando com amigas e o fato foi uníssono, ninguém era capaz de parar pra elogiar alguém. Estranho, né? Eu mesma, até depois de postar e endossar o movimento do elogio, segui sem encontrar brecha pra elogiar publicamente, e olha que muitas vezes me peguei curiosa por batom ou vestido bonito. A questão é, se a gente esperar pro brecha, não vamos elogiar ninguém. Esse gesto tem que ser espontâneo e sem planejamento.

f0c0aef66b64fb292aa6b47bf426850c

Seria essa nossa limitação apenas um hábito, timidez ou receio da elogiada se assustar? Não sei, só sei que é uma delícia andar pelo shopping ou num restaurante e receber um simples elogio por um item tão banal mas, que aos olhos alheio pode se tornar algo especial. Faz bem pro ego, pra autoestima da pessoa e de repente, naquele dia é tudo que ela gostaria de ouvir.

Captura de Tela 2015-03-24 às 02.01.04

North doida pra saber o id da bolsa da Bey

É aquele lance da gentileza que gera gentileza e assim seguimos num ambiente menos hostil e mais amigável. Elogiar é tão fácil, reconhecer um bom gosto e verbalizar deveria ser trivial. Sei que estamos falando de algo relativamente banal, mas é assim que começa!

E vocês, já elogiaram – uma pessoa na rua – hoje, ontem ou em qualquer dia? Conseguem imaginar por que o brasileiro não tem esse hábito como outras culturas? Tem algum caso pra contar que a prática deu certo ou errado?

Que tal começarmos a elogiar um pouco mais?

 




Deixe seu comentário!
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

57 Comentários
  1. Alanis - 24/03/15 - 13h23

    Oi, Thê!! Acho que você pegou leve em tentar explicar as razões das brasileiras não elogiarem. Creio que faltou a velha e boa palavrinha que todas nós conhecemos “Inveja” e “despeito”. Já tenho reparado isso há um certo tempo. Até nos círculos de amigos é muito difícil o elogio, as vezes tem um e outro, mas a maioria age da seguinte maneira: olha o acessório/roupa, dá aquela pensadinha rápida, olha de volta pra você e puxa um assunto aleatório. Parece que aqui elogiar é correr o risco de dizer que o outro está em situação melhor que a sua. Amigas minhas, que eu considero como amigas, agem dessa maneira rsrsrs isso quando não torcem a boca

    Responder
    • Thereza - 24/03/15 - 13h27

      será, Alanis? Juro que não pensei nesse ponto, até pq qdo eu pensei nesse elogio, pensei entre desconhecidas na rua, sabe? Mas se uma amiga te vê com um batom bonito, fica curiosa, mas não pergunta, aí de fato nao é normal haha
      bjs!

    • Lívia Nunes - 24/03/15 - 13h47

      Nossa eu também acho isso!!! Tenho duas primas, inclusive, que são assim. Eu (ou qualquer outra pessoa) chego em algum lugar bem arrumada e elas reparam muuuuuito, mas não elogiam. É estranho.
      Eu elogio! Desconhecidas acho difícil, infelizmente aqui no Brasil temos essa competitividade entre mulheres muito forte… mas pessoas conhecidas eu elogio!

    • liv - 27/03/15 - 20h56

      super concord! há muita competitividade e inveja. vou fazer o teste de novo mas acho que quando eu elogiar é capaz de ser esnobada só pelo olhar da criatura… ja aconteceu comigo!

  2. Sofia Nóbrega - 24/03/15 - 13h24

    Eita, agora que você comentou, percebi que é verdade mesmo… Nos EUA eu estava no Caixa da H&M e o rapaz que me atendeu disse “Eu gosto do seu estilo.”, e não, não teve um pingo de cantada nisso, foi super natural e legal. Às vezes eu tenho vontade de elogiar alguém, mas fico tímida… Vou tentar colocar mais em prática, e na próxima vez que você tocar no assunto, venho contar experiências novas. Rsrsrs. Amei esse post! Beijinhos, The! ;*

    Responder
  3. Débora Wolf - 24/03/15 - 13h27

    Eu já recebi elogios no Brasil de desconhecidas, até dentro do metro! Aqui em Nova York também já recebi! Em geral, acho o provo brasileiro mais simpático!

    Responder
  4. Bruna O - 24/03/15 - 13h45

    Ainda me pergunto o motivo de darem tanta importância pros blogs que só sabem fazer mais e mais propagando e vestir algo no qual os deixam visivelmente desconfortáveis. É por isso que amo seu blog! Um post melhor que o outro. e que nos fazem pensar e repensar também. Um elogio, qualquer coisa, faz falta mesmo. Mas talvez ninguém sente essa falta porque não é um hábito, não é algo que vivenciamos no dia a dia. A própria pessoa que vai elogiar se repreende antes mesmo de falar algo pois já deduz o que a(o) elogiada(o) vai pensar e falo isso especificamente no caso do Brasil, apesar de que já recebi elogios, mas parando para pensar, nunca elogiei ninguém e me sinto um tanto quanto mal de pensar que você teve que trazer este assunto à tona para que eu ( e várias outras pessoas) se desse conta de que um elogio é só mais uma daquelas pequenas coisas que fazemos no dia a dia, mas que no fim, juntando as outras, transforma-se em algo maior e mais evolutivo. #ElogiaBrasil

    Responder
  5. Olivia - 24/03/15 - 13h55

    Adorei o post, me fez até lembrar que eu entro aqui todos os dias e nunca comento… Então vou aproveitar sua deixa pra te elogiar hahaha acho vc a melhor blogueira do Brasil, disparado. O Fashionismo é mais do que um blog de moda, seu jeito de escrever fala diretamente à meninas que, como eu, gostam de moda, mas não vivem em função disso, que gostam de informação “fútil” pra dar uma relaxada. mas sabem que o mundo não é só isso. Acho suas observações sempre muito precisas, engraçadas e inteligentes, coisa rara nesse meio.. Não sei, me identifico! Continue assim que elogios com certeza não vão faltar!! beijão

    Responder
  6. Amandha - 24/03/15 - 14h14

    To me lembrando de quando eu queria muito elogiar uma moça no ônibus, só que não tinha coragem. Eu chegava a abrir a boca pra falar e tudo, mas desistia :(
    Não lembro de nenhum desconhecido ter me elogiado aqui em Floripa, nem de eu ter elogiado ngm (mesmo querendo).
    Vou praticar, Thê!

    Responder
    • Vanessa Rocha - 25/03/15 - 16h04

      Eu amei esse post!!!!
      Sempre elogio minhas amigas/amigos quando gosto de algo que eles estão usando ou até mesmo quando vejo que a pessoa está tristinha, pq vejo que um simples elogio pode realmente mudar o dia de alguém!!Moro em floripa, e depois de ler esse post me fez ter vontade de elogiar desconhecidos tb! Entro aqui no fashionismo quase todos os dias faz bastante tempo já haha acho o seu blog o melhor do Brasil!!! :heartpulse: :heartpulse: :heartpulse:

  7. Vania - 24/03/15 - 14h18

    Oi, Theresa!! Tinha adorado o primeiro post sobre os elogios, e tenho tentado me expressar mais desde então! Mas tenho que concordar em parte com a Alanis aqui embaixo! Às vezes fico com vergonha de elogiar porque não quero que a pessoa pense que estou “cobiçando” ou com inveja do que quer que eu esteja elogiando! Infelizmente aqui temos essa percepção distorcida de que se outra pessoa olhar, nossa comida vai cair no chão, nossa roupa vai rasgar, vão roubar nosso relógio… Então acabo guardando os elogios para pessoas que eu conheço e que já sabem que só quero o bem delas! Hahahah

    Responder
    • Vania - 24/03/15 - 14h19

      *Thereza

  8. Bruna - 24/03/15 - 14h25

    Nossa, sou a louca dos elogios aleatórios no Rio de Janeiro então! Se vejo alguém na rua com algo lindo falo logo. Acho que você pode sempre melhorar o dia de alguém, pq se a pessoa escolheu aquilo é pq gostou. Ah, e sou mestre tbm em perguntar a procedência… Outro dia assustei uma menina no centro por que encostei no braço dela (#assaltosnocentro) pra perguntar pra ela qual era o shampoo que ela usava (irresistível, o cabelo da menina era uma coiiiiisa maravilhosa cheio de brilho). Ela abriu um sorriso enorme e me disse que era o 3 min miracle da Aussie!

    Me lembro sempre de uma história que ouvi há tempos – daquelas que eu já nem sei mais se são verídicas, se aconteceu com a mãe de alguma minha, mas a moral é o que importa. Uma pessoa passou o dia pensando em se matar, uma outra pessoa elogiou a gravata que ele estava usando. Ele repensou. No final do dia ligou para a pessoa que fez o elogio para agradecer, por que acendeu nele uma esperança de que alguma coisa ainda era boa nele, e que ele poderia mudar. #moral #mórbido

    Responder
  9. Daniella - 24/03/15 - 15h19

    Thereza,

    Frequentei uma escola americana aqui no Brasil e vivi isso na prática. Desde pequenos os professores nos sentavam uma vez por semana e tinhamos que “resolver” nossos problemas com colegas de sala. Tipo um momento de “terapia” coletiva. rsrsrsr Era sempre um pedido de desculpas por algo ou uma reclamação seguido de um elogio. E isso me foi ensinado até me formar. Fui diversas vezes aos USA e vi isso na prática, elogio por uma blusa que estava usando, cabelo ou o que fosse. Aprendi isso com eles desde cedo mas sempre que faço isso aqui as pessoas me olham como se estivesse dando em cima ou fosse “falso”. Uma pena! Pobreza de espírito!

    A propósito, além de um excelente blog acho seu cabelo lindo!

    bjs

    Responder
  10. Andreia Ramos - 24/03/15 - 15h28

    Sou portuguesa e isso não acontece por cá! Deve ser nos Estados Unidos só…

    Responder
  11. Laura - 24/03/15 - 16h26

    A propósito, o Fashionismo é o único blog que estou conseguindo ver ultimamente, sempre, sempre dou uma passadinha, mesmo sem comentar diariamente. Cansei da maioria, não sei se isso é bom ou ruim, mas é fato!
    Respondendo à pergunta, não, infelizmente não tenho esse hábito, mas em raríssimas vezes já elogiei, pouco, mas aconteceu, vou tentar mudar. :smirk:

    Responder
  12. Debora - 24/03/15 - 17h05

    Não faço todo dia, mas no geral sempre elogio esmaltes e quero saber qual é a cor! Acho q “assusta” menos. E esses dias uma mulher elogiou meus dentes, quando saía de um provador de loja. Agradeci e perguntei se ela era dentista! Hahahahah dessa vez eu que estranhei!
    (e lembrei que o clareamento valeu a pena! ;) )

    Responder
  13. Livia - 24/03/15 - 17h06

    Oi The, vc falou algo que faz todo sentido, nós brasileiras não somos de elogiar alguma mulher desconhecida, ou achamos que somos superiores ou por vergonha de se expor sabe?! Mas enfim, na maioria dos casos pra mim eu fico com receio da pessoa me ignorar kkk imagina só?! No entanto, os americanos são bem diferentes mesmo, lembro uma vez de estar no Cruzeiro e uma mulher vir elogiar minha saida de praia que eu levei daqui, fiquei me sentindo boba e feliz naquele momento rsrs. Bom, acho que precisamos valorizar mais as pessoas com elogios, afinal o mundo está cada vez mais caótico e por quê não alegrar o dia de alguém?! bjs bjs

    Responder
  14. Layse - 24/03/15 - 17h14

    Oi Thereza, sempre leio seu blog, mas é a primeira vez que comento, não sei porque nunca comentei, mas sempre leio e participo das votações! rs
    Essa semana eu estava no shopping, super distraída e nem era um dia que eu tinha me arrumado tanto, então a vendedora da loja me parou pra perguntar de onde era meu casaco e disse “nossa, vc está muito elegante com ele” e soltou um sorrisão! Ganhei meu dia!! Foi tão simples e pra mim fez toda a diferença.
    Realmente precisamos praticar mais o elogio, inclusive eu!

    Responder
  15. Aline Paulino - 24/03/15 - 17h34

    por isso que adoro o fashionismo :heartpulse:
    The, tu é uma das poucas blogueiras que consegue trazer reflexão no log sem ser chato, sabe falar, se posicionar e um entendimento maravilhoso :)
    Parabénssssss

    http://www.aceitaumcafe.com

    Responder
  16. Caroline® - 24/03/15 - 17h56

    Que coisa curiosa…. Estava nos EUA semana passada, e uma moça americana elogiou minha sobrancelha na fila do café do hotel. Achei tão fofo, tão delicado. Claro que elogiei de volta, o cabelo dela era um afro maravilhoso!

    Responder
  17. Laura - 24/03/15 - 18h38

    Uma vez, em NY, uma senhora passou pelo meu pai e fez “oh my god, such BEAUTIFUL HAIR! Amazing hair!” e continuou andando :joy: :joy: meu pai ficou se achando o gato do cabelo maravilhoso depois disso kkkk

    Responder
    • mari - 28/03/15 - 00h51

      sensacional!!! eu ri muto agora com seu comentario…

  18. Carol - 24/03/15 - 18h50

    Sabe aquela história de tratar os outros como vc gosta de ser tratada? Pois é… Busco seguir.. Sempre que possível tento fazer alguma coisa pra agradar o próximo (oferecer “carona” de sombrinha qnd tá chovendo, sorrir, dar direção pra quem tá perdido na cidade..rs.. Qlq coisa vale)
    E é mto gratificante ver que vc é capaz de fazer uma pessoa ganhar o dia! Até com um simples (e sincero) elogio… Elogio na sala de espera do médico, no ônibus, entre colegas de trabalho…

    Não custa nada mas faz todo mundo mais feliz: o emissor e o destinatário!
    Amei a Campanha, Thereza! Mantenha! :heart:
    Bjs

    Responder
  19. Liza - 24/03/15 - 21h01

    Não acho que inveja não, elogio e muito roupas, sapatos, bolsas, cabelo, anel rs de quem conheço,amigo, família, até cliente, mas na rua acho acho estranho… agora a noite mesmo estava no metro e um homem parou bem do meu lado e olhou pra mim, claro que gelei, ele tocou de leve no meu braço, pensei: morri!, mas na verdade ele só queria pedir licença pq iria passar por trás de mim kkkkk particularmente eu dispenso elogio de estranhos rs.

    Responder
  20. Milis - 24/03/15 - 21h44

    Que engraçado, Thereza, estou lembrando da última vez que uma estranha me elogiou do nada… Foi na plataforma do metrô semana passada, ela gostou do meu shorts e me disse assim, na lata! Lembro de ter ficado surpresa, mas ela era tão simpática que puxamos conversa, e olha só, ela morava nos EUA e estava no Brasil só de passagem…
    Beijinhos!

    Responder
  21. Vanessa - 24/03/15 - 22h56

    Achei bem legal o post, e muito bem observado…aqui a gente não recebe e também não tem costume de elogiar as pessoas.
    Acho que é um pouco cultural mesmo (realmente, quando visitei os EUA as pessoas super elogiavam…eu não sou mto fã da cultura americana, mas nesse ponto eles são bem legais). Eu gosto de elogiar pessoas, seja por um item de roupa, seja pelo cabelo, mas realmente tem quem fique surpresa, ou achando estranho hahahaha eu não ligo, acho que quem escuta sempre fica feliz, por mais que na hora sinta que foi meio nada a ver esse momento.
    E sei lá, não acredito que isso não aconteça aqui porque a mulherada é invejosa e se odeia, acho que querem colocar isso na nossa cabeça, mas não acredito, a sororidade é uma coisa linda :)

    Responder
  22. Sandra Luz - 25/03/15 - 09h51

    The, ainda me lembro como se fosse ontem desse seu post sobre elogios a estranhos e dps dele sempre penso em fazer elogios, mas nunca consegui colocar em prática, pq acabo ficando com vergonha ou com medo da reação da elogiada…. Tenho certeza que qq uma que receber um elogio sincero vai terminar o dia mais feliz, mas acho que é questão cultural msm… Mas podemos ir tentando aos poucos…. Adorei a campanha!!!

    Responder
  23. dai - 25/03/15 - 10h13

    Elogios na rua nunca fiz acho estranho mas converso com as pessoas no ponto de ônibus :thumbsup:

    Responder
  24. Chris Anelise - 25/03/15 - 10h50

    The, depois daquele seu post, que eu pensei ter sido um dia desses( mas foi em 2011?! :scream: ) eu passei a deixar essa vergonha de lado e perguntar, elogiar. É simples e rápido. Quase sempre elogio quando estou em uma fila porque é mais fácil :sweat_smile: Até hoje ninguém me olhou esquisito, pode até ser que tenham pensando “quem é essa maluca?” mas no fim acho que a pessoa também pensa algo como “ah, eu também amooo”. Bobagem não perguntar, sejam sem-vergonha hahah

    Responder
  25. Naama - 25/03/15 - 11h57

    Nossa, eu elogio sempre se eu gosto. Pergunto o batom, falo que ficou lindo e já quero saber de onde é. Com roupas e acessórios tbm. As vezes pareço uma louca indo atrás da pessoa só pra falar isso, mas acho importante valorizarmos as mulheres e ainda assim já descubro da onde é o achado.

    Responder
  26. Liliany - 25/03/15 - 12h52

    Bom… eu sou dessas que ama elogiar e ser elogiada. Não há nada melhor do que naquele bad day receber um elogio, qualquer que seja. E acredito que elogiar também é um ato de altruísmo.

    Mas… nem sempre é recebido da forma que deveria!
    Certa vez eu estava numa formatura e tinha uma mulher de meia idade com um cabelo afro MARAVILHOSO. Saí de onde eu estava sentada para elogiá-la entusiasticamente ( Risos). Fui recebida com um obrigada meio torto e um olhar do tipo… “olha essa menina dando em cima de mim… Socorrrrrrr!”

    Mesmo assim não deixo de elogiar. hahahahahhha

    Responder
  27. Pá. - 25/03/15 - 14h48

    Thê, sou a louca dos elogios!
    é engraçado pq sou super na minha mas ando sempre sorrindo pros outros e qdo sorriem de volta, e tenho algo a elogiar, aproveito o momento. Meu marido acha mega engraçado pq sempre tem alguém sorrindo para mim e qdo percebeu que era pq eu sorria pras pessoas ficou meio chocado, afinal, sou tímida! :relaxed:
    A parte dos elogios aprendi com uma americana que me parou pra elogiar um casaco e pensei “que fofa!” e resolvi retribuir ao mundo tal gentileza!
    Elogio do dia: seus posts são os melhores!
    Beijos, Pá.
    @papalombo

    Responder
  28. Jussara - 25/03/15 - 15h33

    Oi Thereza, eu tenho um mega costume de elogiar os outros, sejam homens ou mulheres… Sofri muito “bullying” na infância e não gosto de ver ninguém nessa situação, então gosto mesmo de elogiar e colocar o foco nas coisas boas, seja uma característica pessoal ou item de uso… Porém, sabe o que já aconteceu diversas vezes? A pessoa que foi elogiada achar que de alguma forma eu estava interessada nela… Até mulheres já acharam que eu estava interessada. Não sei se é a falta de costume da pessoa ser elogiada ou a minha forma de falar… Só sei que penso várias vezes antes de elogiar alguém por esse motivo. É uma pena… Quem sabe aos poucos essa nossa cultura maluca acaba mudando… Por enquanto, fica aqui meu mega elogio ao seu blog e a essa post muito bem colocado! Beijooss

    Responder
  29. Luiza - 25/03/15 - 15h47

    Oi The! aproveitando a deixa, adoro seu blog! vc é puro carisma, foi feita pra isso! =)
    Quanto aos brasileiros não elogiarem, acho que é relativo, no meio em que vivo (pessoas do trabalho e faculdade) isso não rola muito mesmo, já vi o absurdo de uma menina ser elogiada e achar que quem elogiou era lesbica, vê se pode… porém, quando tô passeando com minha avó e tia avó na cidade delas, no interior, as senhoras adooooram se elogiar umas as outras, desconhecidas passam por você e te elogiam, ainda param pra uma conversa rápida. Eu acho que tem bem a ver com a nossa geração.
    bjbj :kiss:

    Responder
  30. Rafaela Barretto - 25/03/15 - 16h32

    Thereza, amei esse post e isso é muito verdade, eu sempre utilizo isso no meu dia-a-dia, aqui no Brasil parece mesmo tudo isso que você falou, passei por isso na semana passada, geralmente as meninas que trabalham na zara especialmente no caixa estão sempre muito sérias e fechadas, quando chegou na minha vez eu AMEI o batom que ela estava usando e elogiei, nossa, ela foi outra, abriu o sorriso, agradeceu ganhou o dia, e acho que quando a gente tem esse costume fazemos mais pessoas felizes, o mundo ta cheio de gente infeliz né? É um passo pequeno mas gera mudanças enormes se criar um hábito! Bjs :heartpulse: :kissing_heart:

    Responder
  31. Joyce - 25/03/15 - 18h20

    Minha mãe diz que quem não sabe elogiar é porque não recebe elogios.
    Eu não sei se é coisa do interior, mas de vez em quando alguém pára para elogiar minha roupa, sapato, etc., gosto de elogiar também, mas confesso que é difícil quando não se conhece a pessoa.
    Engraçado que uma mulher parou o carro outro dia, disse que sempre me vê passando e que gosta muito das minhas roupas, elogiou a saia que eu estava usando apesar de achar que estava muito comprida pra mim, hahahahha, já que elogiou, achou-se no direito de criticar também. #aíntima

    Responder
    • liv - 27/03/15 - 21h06

      kkkkkkkkkkk

  32. Isabela Gadelha - 25/03/15 - 22h29

    Eu me lembro do seu post de 2011 e assim que percebo a quanto tempo sou sua leitora, Thereza! Aprendi muita coisa lendo o seu blog. Adorei você relembrar esse assunto e, quando o li em 2011, no mesmo dia coloquei em prática o que você falou.

    Responder
  33. yvie - 26/03/15 - 06h03

    Olha, eu concordo com a Alanis.
    Quando eu estava morando em Genève, durante o verão eu sempre usava algo bem simples pra nós: Melissa! E várias mulheres e mesmo alguns homens sempre elogiavam minhas sandálias… e não só isso, quando vc muda o cabelo…faz qq coisa que pra vc nem é lá tanta coisa. Eles elogiam mesmo e sinceramente.
    Ao contrario, as brasileiras… :ok_hand:

    Responder
  34. Viih - 26/03/15 - 14h03

    Helena que texto lindo! Parabéns, gostei tanto que gostaria de republicar na integra,com seus creditos logico. Posso? Bjos

    Responder
    • Viih - 26/03/15 - 14h04

      Sorry ….Thereza

  35. Bruna - 26/03/15 - 18h30

    Você tem toda razão. Realmente temos dificuldade em elogiar, mas mesmo assim eu faço, sabia? A não ser que sinta a pessoa muito distante, fechada,… , mas caso contrário, elogio mesmo. No último domingo, por exemplo, eu estava na Feira de Ipanema e vi uma moça com um vestidinho básico e um cintinho fino de trecê super fofo, que dava todo um charme ao look, e comentei na hora “adorei seu cinto!”. Ela me olhou meio surpresa e agradeceu, até meio seca, mas OK, pensei e falei! Rs… Logo depois minha mãe viu o tal cintinho numa barraca e ambas compramos. Do lado oposto, também já vivi situações parecidas, mas principalmente fora do país. Uma das que mais me surpreendeu foi numa visita à Chanel de Londres (onde ainda não tive coragem de comprar), e uma vendedora elogiou meu look, dizendo que eu era muito elegante (detalhe: eu estava usando uma calça da Renner, uma camiseta e um cardigã da H&M, uma sapatilha e uma bolsa da Arezzo, e um colar de “pérola” comprado numa barraca de rua na José Paulino). É óbvio que elegância e estilo não tem absolutamente nada a ver com o preço das coisas, mas ser elogiada numa Chanel da vida e usando peças como essas é bem legal, né? E realmente, receber elogios sempre faz bem ao ego, então por que não elogiar?! Adorei o post e o incentivo! Beijo grande.

    Responder
  36. Links legais da semana - 27/03/15 - 18h01

    […] Esse link é tipo uma continuação da reflexão que postei por aqui semana passada. Confesso que AMO os comentários dessa seção aqui, fico muito feliz que vocês gostem e fico até ansiosa quando o post tá para entrar no ar, mas realmente eu já esperava que algumas pessoas não entendessem bem o que eu quis dizer quando disse que as pessoas são, sim, extremamente mal educadas e deselegantes quando emitem opiniões negativas que não foram solicitadas. Já esperava umas respostas tipo “ai blogueira só quer elogio” ou “tenho boca então posso falar o que eu quiser”. […]

    Responder
  37. Carol Costa - 27/03/15 - 20h36

    Oi Thereza, concordo plenamente. Elogio faz bem pra alma então porque não compartilhar mais elogios e menos veneno por aí não é mesmo. Ótimo post!

    Responder
  38. Adriana - 27/03/15 - 22h07

    Eu sempre tive vergonha de elogiar por ser tímida. Um dia deixei a vergonha de lado e elogiei uma operadora de caixa em um supermercado. Resultado? Recebi um elogio como retorno. Disse que ela se parecia com a Elsa do Frozen e ela me disse que eu quem parecia uma princesa! Acho que animou tanto a minha auto estima como a dela.

    Responder
  39. Juliana - 27/03/15 - 22h07

    Eu elogio meeeesmo! Elogio batom da vendedora, sapato de gente que para do meu lado na hora de atravessar a rua, sempre faço isso! Às vezes fico me sentindo meio estranha, porque tipo, as pessoas me olham espantadas, fico pensando que elas achavam que eu tava tipo reparando nelas, mas eu penso bem nisso de como é bom receber elogio e desencano. Já fiz até amiga no ônibus por isso, sabia? Tipo “nossa, que bonito seu vestido”, e a menina sorrir e responder “menina, paguei super barato na loja tal” e a gente conversar toda vez que se encontra no caminho de casa, hehe. (:

    Responder
  40. liana - 27/03/15 - 22h17

    Eu elogio haha e as pessoas acham estranho mesmo, quase como se fosse uma cantada. A única coisa que tenho que melhorar eh pq as vezes espero um elogio em troca kkkk coisa de brasileiro que espera que todos sejam simpáticos. Mas bom que vc relembrou, gosto de elogiar as pessoas, mesmo sem querer nada em troca. E nesse barco, seu blog rh o melhor, não eh a toa que depois de uma cinco anos do inicio da era blog bombar, fashionismo é o único que eu leio!

    Responder
  41. Nathy - 28/03/15 - 13h26

    Estava no parquinho com meu filho e marido, e uma menina MARAVILHOSA apareceu! Com uma rasteirinha de tirar o folego (meio exagerada eu? kkk) Eu elogiei, nem pensei, falei QUE LINDA sua rasteirinha! E ela agradeceu, mas ficou me olhando como se eu fosse louca, e meu marido ainda me acusou de matá-lo de vergonha ¬.¬ Não elogiei ninguém estranho depois disso, só as amigas mesmo =(

    Responder
  42. Thiara - 28/03/15 - 13h42

    Amei o post, e já passei pela experiência de ser elogiada nos EUA na única vez que fui, e também aqui no Brasil! Tenho duas espadrilles da mietzko que uso sempre e já recebi elogios por ela dentro de lojas tanto aqui em SC quanto aí no Rio (fui ano passado no shopping, aí no centro do Rio e duas lojistas me elogiaram pela mesma espadrille hehe). Achei muito legal e da mesmo um up na auto estima mas confesso que não fiz a mesma coisa com ninguém desconhecido que eu me lembre hehe!
    Vou procurar praticar #elogiabrasil :facepunch:

    Responder
  43. Ellen - 28/03/15 - 14h29

    Oi, Thereza! Eu tenho hábito de elogiar e às vezes as pessoas estranham mesmo! Volta e meia recebo elogios pelo modelo de óculos que uso, um Prada (que nem foi caro), que realmente é bem bonito (gosto muito de armações de óculos de grau diferentes, mas ainda assim clássicas, sabe?). Mas dia desses aconteceu um fato engraçado, que não bem elogio: uma senhora se aproximou de mim e disse “é lindo seu óculos”. Eu: obrigada! e ela “eu tenho um também, mas o meu não é falsificado!” :joy: kkkkk tive que rir e completei “mas o meu também não é”. Mesmo que fosse, né? Sem noção, a tia! Bjos, amo seu blog!!!

    Responder
  44. Gi - 29/03/15 - 02h06

    Percebo muito isso quando vou p os EUA! Os americanos seempre elogiam e eu sempre fico muito surpresa pq a gente não tem mesmo esse costume aqui no Brasil! E fico toda boba também, claro. Podíamos muito importar esse hábito, mas confesso que até hj ainda não consegui. Não sei nem quantas vezes quis elogiar e saber a procedência de algo mas fiquei com vergonha e fiquem sem saber.. Como sempre arrasando nos posts, Thereza!

    Responder
  45. Cinthya - 30/03/15 - 11h19

    Vou falar que faço isso direto. Consigo me lembrar de uma vez, recente, no Carnaval, quando elogiei as unhas de uma senhora sentada do meu lado no metrô. Ela ficou toda feliz e eu mais ainda porque tinha em casa a combinação de 2 esmaltes que ela usou e ficou simplesmente LINDO! Faço isso com colegas de trabalho (homens, inclusive!) e eles ficam todos bobos… Não custa nada e vai alegrar o dia de alguém que talvez esteja precisando desse carinho no ego! :-)

    bjs!

    Beijos!

    Responder
  46. Camila - 02/04/15 - 11h38

    Muito verdade tudo que você disse nesse post The! Diversas vezes já fui parada na rua em outros países para receber elogios por algo que estava usando, e realmente alegra nosso dia! Muito fofo esse hábito deles!!!
    Concordo com td que disse!
    Bjooo

    Responder
    • Suca - 09/04/15 - 22h57

      Olha Thê, eu sou essa pessoa que elogia espontaneamente, conhecidos e desconhecidos… Mas te confesso que depois de eu ter me tornado mãe, começou a me incomodar muito a cara espanto dos desconhecidos e de “ela é tão boazinha” dos conhecidos. As pessoas, na sua triste maioria, acham que tem sempre algum interesse por trás do elogio… Haja pobreza de espírito nesse povo brasileiro…

  47. Ana Paula - 10/04/15 - 15h25

    Já te conhecia pelo F.hits, mas comecei a ler seu site a alguns dias e estou aqui explorando-o, já que o tema desse post é elogio, vou deixar o meu pela qualidade, bom senso, bom gosto, bom humor e profissionalismo que vc escreve!! Mais um para minha lista…rsrs
    E vc me fez pensar em algo que eu nunca tinha parado pra pensar, morei nos EUA e recebi ZILHÕES de elogios durante todo o tempo que vivi lá e nunca tinha parado para analisar o quando é bonito e educado esse hábito deles, quem tem uma má impressão dos americanos provavelmente foi pq foi mal atendido em alguma viagem por alguém de mal com a vida que às vezes nem americano é, mas qualquer pessoas que tenha convivido o mínimo com eles não pode negar a extrema educação e hospitalidade deles. Bjos e parabéns pelo trabalho! :tulip:

    Responder