AS MAIS
LIDAS!

A DITADURA – OU CULTURA? – DA BELEZA

10/02/2015  •  Por Thereza  •  Beleza

Pense aí, o que de mais exótico e ousado você faz pela vaidade? Cílios permanentes com inclinação nunca antes vista, depilação definitiva dupla carpada, geringonça puxa boca tipo Kylie?? Existem milhares de procedimentos estéticos e produtos de beleza que fazem parte da nossa rotina de beleza e que muitas vezes pra gente pode não ser nada demais, mas lá pelo oriente… um choque! ブラジルのすべてのクレイジー

Semana passada vi esse vídeo da super maquiadora @vegas_nay, logo compartilhei no meu Insta e Face:

OMG! Por que essa louca está colando a pálpebra dela?? Essa sociedade está falida! As mulheres estão perdendo a linha para ganharem nova figura! Cadê bom senso e o limite da vaidade?

Vendo esse vídeo de 15 segundos, muitos pensamentos passaram pela minha cabeça, mas em meia dúzia de comentários entendi: tal procedimento estético é super normal entre as orientais.

Como as moças do lado de lá tem pouca pálpebra, elas usam uma cola (que logicamente não é bonder, hein!) ou também adesivos específicos pra levantar a pálpebra e realçar o olhar e make. Quem somos nós pra julgar, né?

Apesar de achar que a mulher do vídeo não precisa muito, a técnica é difundida por aí e faz parte da cultura oriental, inclusive, a cirurgia plástica da pálpebra em si muitas vezes é dada como presente de formatura às meninas. Se aqui muitas ganham uma rinoplastia ou silicone, lá eles ganham uma guaribada nas pálpebras. Fui pesquisar sobre e achei esse vídeo interessante e eventualmente aflitivo:

Primeiro que me lembrou o Ichiban, batom do do Joey Tribbiani kkkk, mas o produto em questão se chama “Eye Talk”e, bom… o vídeo explicou bem, joga a pálpebra lá pra cima por apenas uma noite. Ele é uma cola tipo de cílios, mas específica pras pálpebras, pois tem ingredientes naturais que não irritam a pele *dizem* e garantem o puxadinho temporário.

NATURAL-EYE-TALK-1

A super vlogueira Michelle Phan também compartilha frequentemente a técnica, seja com cola ou também fita dupla face (específica) em seu canal.Esse vídeo dela mostra as duas opções e o mais legal é que, influente como ela é, deixa bem claro que essa é uma opção e que é preciso ter cuidado para de fato não virar vítima da indústria, ou pior, de si mesma.

Engraçado como essa questão de ditadura da beleza, esbarra no simples fato cultural de cada país e quem somos nós para julgar ou gongar. Bizarro continua sendo, mas se elas se sentem melhores com tal procedimento… ótimo pra elas.

Só não sei se essa técnica ~cola~ muito aqui no Brasil (dizem que vende na Liberdade em SP), com o calor escaldante, é capaz de você descolar uma pálpebra no meio da balada e ficar Cerveró style (essa observação veio lá do insta mesmo haha). Mas sigo admirada como algo comum no oriente pode espantar nós ocidentais, fico só imaginando o que fazemos aqui que os deixariam chocadas lá!

Vocês já tinham ouvido falar e o que acham desse improviso procedimento estético? Pra vocês ainda tá no limite da estética e bom senso?!




Deixe seu comentário!
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

17 Comentários
  1. Renata Arruda - 10/02/15 - 06h32

    Thereza, eu estudei com algumas orientais por um tempo em NY e é incrível o quanto elas são rígidas com sigo próprias quando o assunto é beleza, aliás, o padrão de beleza que existe por lá! Elas se cobram , são fortemente cobradas pela sociedade e não medem esforços e nem cirurgias para conseguir o que querem. Enfim, cada cultura tem suas loucuras se vista pela ótica de um outro povo, mas a verdade é que em qualquer canto do mundo a imagem que projetamos na maioria das vezes conta mais que a nossa capacidade intelectual. Acredito que o equilíbrio está em definirmos até que ponto é saudável nos deixarmos mudar por conta da opinião da massa.

    Renata Arruda
    http://www.feminilidades.com.br

    Responder
  2. Renata - 10/02/15 - 09h32

    The, eu vi quando vc postou o vídeo e eu não me surpreendi.
    Eu tenho várias amigas orientais e esse procedimento (principalmente o cirúrgico) pra mim já é muito comum porque quase todas elas já fizeram! Pessoas que tem a pálpebra caída e nem são orientais tb fazem… rs
    Uma outra coisa que oriental faz e eu jamais imaginaria sozinha: aumentar o osso do nariz. Pode parecer bizarro, mas o que acontece é que “falta” nariz pra segurar os óculos e eles acabam sempre apoiados nas bochechas.
    A “beleza” sempre foi uma coisa subjetiva, cultural e mutável. Tb já vimos coisas bem extremas como as chinesas que quebravam os pés e aquelas padaungs com argolas no pescoço.
    Eu acho que essa “ditadura” sempre acaba por nos surpreender em algum momento. :stuck_out_tongue:

    Responder
  3. Pá. - 10/02/15 - 12h10

    Thê, quando assisti ao vídeo pela primeira vez fiz com master aflição… tipo, oi?!? que essa loka tá fazendo, hein?!? Com essa explicação cultural continuo achando muito louco mas, né?!?, cada um com suas loucuras…
    Beijos, Pá.
    @papalombo

    Responder
  4. Heloisa Carvalho - 10/02/15 - 12h48

    Nunca tinha visto nada parecido mas acho que essa foi bem leve… Eu acho muito mais loucura fazer uma cirurgia estética, considerando os riscos envolvidos. Passar uma colinha na pálpebra tá de boa, rsrs. Dá aflição de ver :scream: mas meu marido até hoje não consegue me olhar quando tô usando curvex, então acho que é questão de costume :sunglasses: . Vai do que cada um está disposto a fazer! Sou a favor desde que a pessoa esteja fazendo pra se sentir bem :joy: , e não pra simplesmente alcançar algum ideal de beleza imposto :thumbsdown: pela sua cultura.

    Responder
  5. Camila - 10/02/15 - 15h41

    Nossa The, eu fiquei meio surpresa que tanta gente não conhecia essa “colinha”, de verdade! haha sou oriental e “cresci” sabendo dessas técnicas de criar a dobrinha da pálpebra, até porque eu não tenho e passei uma boa parte da adolescência querendo fazer essa cirurgia, que minha tia até fez quando era mais nova. Nunca parei pra pensar que era algo tão estranho pra ocidentais! haha a verdade é que, quando você faz uma maquiagem com um olho mais elaborado, é mais fácil quando a pálpebra é maior, agora imagina pra quem nem tem essa dobrinha? Ao mesmo tempo que eu acho que a gente acaba aprendendo a viver com essa carga genética, eu mesma já me peguei pensando várias vezes nesse procedimento cirúrgico, como também mudar o nariz pra conseguir usar um óculos sem cair do rosto ou bater nas bochechas! haha acho que depende de cada um, e do quanto a decisão vem da auto-estima da pessoa ou da pressão do mundo da beleza.

    Responder
    • Thereza - 10/02/15 - 16h22

      Camila, da primeira vez que vi fiquei chocada!! mas no primeiro comentário que uma leitora disse q isso era normal entre as orientais, logo entendi! a gente aqui tb deve fazer muita coisa não-comum a eles!
      Eu sou fascinada pela cultura oriental e acho incrível que eles inventam coisas pra tudo, isso falando de beleza, é claro! Agora sua última frase define tudo: a decisão tem que vir da nossa auto-estima e sem pressão alheia!
      bjs!!
      ps> se tiver alguma outra inovação oriental me fala hahah

      bjs!

  6. cynthia assis - 10/02/15 - 16h14

    Thereza, vc é mto engrçada! adoro seu blog. gosto muito do estilo que vc adotou: informativo. nunca vi mega exposição sua e nem excessivos looks do dia. chega uma hora que isso cansa e vc quer informação. se o blog não proporciona,eu pelo menos, deixo de acompanhar. o seu eu sempre dou uma passada. e outro dia indiquei,pra uma amiga amante de vinhos, o “vinho de quinta”! sucesso e continue sempre assim!! bjs :ribbon: :ribbon: :dancers: :tulip:

    Responder
    • Thereza - 10/02/15 - 16h24

      Obrigada, Cynthia! E fico super feliz que ainda curta o blog, pois o próposito que tento tseguir é justamente esse que vc falou ;) fico aliviada em saber que gostam desse perfil!
      E me divulga pra tds suas amigas kkk
      bjs!

  7. Betina - 10/02/15 - 16h59

    Confesso que fiquei chocada quando vi a primeira vez que voce postou. Mas voce tem toda razao, com certeza temos muitos procedimentos que chocam os orientais tambem. Mas que da agonia o video da sim… (sou tipo a Rachel quando se trata de olhos – ja que lembramos friends- ninguem pode enconstar) hahhaha :stuck_out_tongue_winking_eye:
    Mas o debate sobre ate onde se vai em nome da beleza e mais atual impossivel (vide Urach e Ken humano) e acho muito valido pensar sobre isso. :princess:
    ps: acho o “sugador” de boca da Kylie uma ideia muito mais estapafurdia do que a cola de palpebral (que e algo temporario) :lips:
    ps 2: Ameeeeeeei os emojis!! E muito mais divertido comentar assim!! :heartpulse: :heart: :clap: :clap: :balloon:

    Responder
  8. carol - 10/02/15 - 17h50

    The,
    eu sou japa de São Paulo, eu acho bem comum isso.
    Eu tenho “dobrinhas” – assim que a gente japa fala hahah – mas minhas irmã não tinha. Com uns 13 anos ela começou a usar, depois de um ou dois anos, não precisou mais. Acho que o olho se moldou de taaaaanta cola hahahah! :joy: Hoje o olho dela é mais “redondo” que o meu.
    No meu círculo de amizades, conheço umas 10 pessoas que fizeram essa cirurgia. :wink:

    Responder
  9. Juliana Marques - 10/02/15 - 19h05

    Nossa fiquei chocada até onde está indo a busca pela perfeição!! Daqui uns tempos nao vamos saber quem é quem de tanto que está sendo padronizado!!

    Responder
  10. A - 10/02/15 - 23h18

    Thereza, sou bastante fã do seu blog e cada vez mais, acho q vc tá cada vez com uma linguagem mais própria e interessante. E tipo, eu sou bem anti-Kardashian (do tipo q assiste) mas mesmo assim acho seus posts sobre elas super interessantes e adoro ver uma visão diferente.

    Esse post me chamou muita atenção pq eu to trabalhando na criação de um blog de moda japonesa então sei bastante sobre isso. Também acho meio louco mas, ao mesmo tempo, não julgo pq cara, cada cultura tem sua própria loucura. Tipo morei no Reino Unido e a obsessão que as britânicas tem com bronzeamento é uma coisa insana. No Brasil, a gente faz as técnicas mais loucas no nosso cabelo. Somos todos vitimas da industria, cada lugar com sua peculiaridade. E cara, posso te falar uma coisa? Acho q essa cirurgia de aumentar a palpebra é mais comum entre os Ocidentais do q a gente pensa, eu juro q eu acho q a Taylor Swift fez. Em relação ao calor, acho q aguenta qq coisa sim pq o verão no Japão é tão quente e humido quanto nosso.

    Enfim, as técnicas de beleza japonesas são crazy e super avançadas. É uma loucura a quantidade de produto e o quanto elas mudam completamente de aparência.

    bjss

    Responder
  11. dai - 11/02/15 - 09h47

    Só não pode colar com super bonder :joy:

    Responder
  12. Ana - 11/02/15 - 13h00

    The, fui pra China no ano passado, e lá vi muitas chinesas com essa “obsessão” com olhos grandes. Víamos muitas meninas e mulheres que tinham feito a cirurgia da pálpebra (algumas pode ser até que era a colinha), mas além disso, elas tbm usam umas lentes de contato que aumentam a Iris e pupila! Fica bizarro!! Sempre falávamos quando víamos alguma menina assim, que ela parecia que tinha sido abduzida hahahahaha. Enfim, cada cultura com suas peculiaridades!! Como já falaram anteriormente, a nossa fixação aqui no Brasil é com cabelos lisos…Cada louco com sua mania. Bjs!

    Responder
  13. Bruna Carolina - 12/02/15 - 16h22

    Acho que a depilação virilha cavada choca pessoas de qualquer nacionalidade. hahaha

    Responder
  14. Links da Semana #4 - 13/02/15 - 18h27

    […] 7::::: E terminar, uma reflexão: até onde chegaremos em nome de um padrão de beleza? A Thereza, do Fashionismo, mostrou alguns procedimentos que as orientais utilizam para criar pálpebras maiores, olhos mais abertos e etc, coisas que nos deixam surpresas, mas que acontecem (e muito!) por ai. Em tempos de Andressa Urach e Ken humano, acho que vale a pena a gente pensar sobre isso. Clique aqui […]

    Responder
  15. Fernanda - 15/02/15 - 17h32

    Com certeza elas se espantariam com as nossas “musas” gigantes, pernudas e afins. haha

    Responder