AS MAIS
LIDAS!

Fashionismo entrevista: Helena Bordon

22/06/2010  •  Por Thereza  •  Celebridades, Estilo, Moda, Tendência

O blog já entrevistou a Thaila Ayala, e também minha blogueira favorita, a Red Carpet Fashion Awards. Agora chegou a vez de entrevistar a Helena Bordon, que comanda a marca 284, que tem como foco todo aquele clima de fast fashion que tanto curtimos!  A marca é jovem, descolada, tem preços bacanas e está com planos de crescer por todo o Brasil.

fashionismo-helena-bordon

TC: Por ser uma “fast fashion” e não ter coleções fixas (por estação) qual é o tempo que vocês levam de desenvolver uma idéia até estar pronta nas lojas? Se você vir alguma peça bacana hoje? Quanto tempo ela chega na loja?

HB: As coleções são desenvolvidas uns 5 meses antes do lançamento. Se a gente acha uma peça muito bacana em 1 mês podemos colocar na loja. O modelo de negócio fast fashion é muito dinâmico, faz com que toda semana cheguem peças novas na loja!

TC: Vocês tem planos de parceria com algum estilista famoso ou alguma celebridade? A parceria com a Naomi Campbell  continua?

HB: Sempre temos planos de associar a 284 com marcas e estilistas bacanas, a proposta é apresentar produtos inusitados e tendências do mundo. A parceria com a Naomi teve duração de 1 ano, foi muito bom! Nós estamos sempre de olho para identificar novidades e trazer para as lojas.

TC: Quais são os planos de crescimento e expansão da loja? Abrir em outras cidades? Ou até mesmo alguma idéia de loja virtual?

HB: Já temos um plano de expansão que visa abrir 20 lojas em 5 anos e estamos olhando para todo o Brasil. Estamos analisando a possibilidade de ter uma loja virtual, mas por enquanto ainda não temos nada definido.

helena-bordon-estilo

TC:  Qual é a sua função na equipe? Quantas pessoas trabalham com você? Como é essa parte de desenvolvimento do estilo?

HB: Eu acabo fazendo um pouco de tudo, mas foco mais na parte de estilo da 284. Fico fazendo pesquisa na internet e olhando revistas de moda, no final do dia separo tudo que achei e mostro para as estilistas. A proposta da 284 é apresentar as principais tendências de moda e comportamento do mundo com velocidade e acessibilidade. A cada 15 dias temos novidades nas lojas. O processo de desenvolvimento é fruto de pesquisas e viagens que fazemos algumas vezes por ano pelo mundo.

TC:  A bolsa Birkin inspired de moleton é sucesso e desejo pelo mundo dos blogs. Como a marca encara essa linha tênue entre o que seria uma inspiração e uma cópia? Qual é a preocupação de vocês nesse relacionamento com as marcas? Qual você acredita que seja o limite?

HB: Ficamos muito contentes com o sucesso da bolsa de moleton!! A nossa equipe de estilo interpreta as tendências do mundo e faz algumas homenagens a grandes marcas e criadores.

284-lookbook


TC:  Tem alguma equipe que escreve no blog da 284? Ou é você mesma que escreve e posta tudo sozinha?

HB: Sim, existe uma equipe responsável pelo blog e pelas redes sociais da 284. A proposta é gerar conteúdo para jovens interessados dinâmicos e com sede de informação e abordamos os assuntos mais variados, como tecnologia, design, arte, cinema, arquitetura, viagens e moda, claro!!

TC: Os blogs de moda te inspiram de alguma forma? Especialmente os blogs de streetstyle? Tem algum em especial que é fonte de inspiração? E quais são suas leituras favoritas na internet?

HB: Lógico!  Adoro fazer pesquisa na internet, passo o dia olhando vários blogs em busca de inspirações para as próximas coleções. Os blogs de streetstyle são muito bons para poder identificar o que realmente o publico está usando, mas gosto também de olhar o style.com e ver todos os desfiles.

Entro diariamente (listinha meio grande hehe): Mij-a-Porter; The Sartorialist; Net-a-Porter; Jak and Jil; Julia Petit; Fashion Toast; My Daily Style; Chic; Fashionista; The Cherry Blossom Girl; Vogue UK; Garotas Estúpidas; Hanneli; Stockholm Streetstyle.
284-loja

TC: Agora pessoalmente falando, você compra em fast fashions tipo Forever 21 ou Renner? O que mais te atrai nelas? E qual é a dica que você daria pras leitoras de comprar de maneira certa, sem se arrepender ou que a peça dure apenas uma estação?

HB: Adoro!! Quando vou viajar tento ir a todas. Passo horas na Topshop, H&M, Urban Outfitter, Zara, etc. Acho que cada loja tem seu diferencial, gosto de ir na Urban Outifitters e olhar as camisetinhas com frases e desenhos divertidos. Na Topshop vejo os vestidinhos, coletes, batas. Na Zara acho que eles tentam fazer uma releitura das peças das grandes marcas, você pode encontrar jaquetas estilo Balmain, jeans, camiseta, e tudo com um preço bem acessível!

Acho que uma pessoa não precisa estar usando roupa cara de marca para estar bacana. O legal é saber misturar e ver o que fica bom para você. Hoje é cada vez mais o legal garimpar e comprar em lojas mais acessíveis.

Quando você entra nessas lojas gigantes dá vontade de comprar tudo por impulso, acho que todo mundo quando for comprar alguma coisa tem que ter consciência do que está levando e pensar se realmente ela vai usar. Varias vezes já comprei coisas por impulso por que achei bonitas, usei uma vez e depois deixei no armário. Não tenha preguiça de provar tudo e pense com calma antes de comprar!

<284-blog
Obrigada Helena! E um special thanks pra minha amiga Thais Roque que é minha RP pessoal! ;p




65 Comentários
  1. Avatar
    Tatiana Horovitz - 22/06/10 - 02h00

    Que legal Thereza!!!
    Amei a entrevista! A Helena me pareceu ser super gente boa e sensata. E graças à Deus a entrevista girou em torno da marca dela (e não de cremes e viagens) que eu tinha a maior curiosidade.

    Achei legal ela contar um pouco pra gente, principalmente pras meninas que estão fazendo facul de moda!

    E muito legal a pergunta da Hermés! Helenina é mais que it girl (cansei dessa terminologia) é gente que faz. Que chegue logo 284 no Rio!!

  2. Avatar
    Amanda Britto - 22/06/10 - 02h03

    Ficou otima a entrevista The!! Arrasou!! A proposta da 284 é realmente bem legal! E essa birkin de moleton é tudooo! :)
    Beijosss

  3. Avatar
    Thereza - 22/06/10 - 02h04

    Tem uma loja numa galeria em Ipanema que vende 284, mas ainda não fui ver ;((

  4. Avatar
    Andreza - 22/06/10 - 02h13

    Adorei a entrevista… muito legal saber um pouquinho das fontes de informação e prodesso criativo da marca, muito bom! Além de linda, talentosa também, bom exemplo… adoro teu blog é o melhor!!! Os posts são muito bem pensados, parabéns!

  5. Avatar
    drica - 22/06/10 - 02h18

    adorei saber mais sobre a marca, que eu já tinha muito ouvido falar, mas nunca assim em detalhes
    já tinha lido outras entrevistas com a helena bordon, mas eram mais pessoais e tal
    curti muito! e vamos torcer pra esses 5 anos passarem rapidinho e a 284 se espalhar pelo brasil :D

  6. Avatar
    Aline Sideris - 22/06/10 - 02h19

    Heleninha, se vc tiver lendo isso…o Rio clama por uma 284!

    Thethe como sempre arrasando!

  7. Avatar
    Laura Corradi - 22/06/10 - 02h24

    Parabéns para a Heleninha que conseguiu trazer para o Brasil o conceito fast-fashion que eu mais amo lá fora. Adoro a 284…

  8. Avatar
    Lari Jasbick - 22/06/10 - 02h45

    ameeeeeeeeeeeei, thereza! a heleninha é uma fofa! e com certeza clamamos por uma 284 no rio!

    beijos e parabéns! cada dia amo mais o blog!

  9. Avatar
    Thais - 22/06/10 - 03h44

    Theee, AMEI!!! Ela eh a pessoa mais linda do Brasil! Minha inspiracao mesmo!!!
    Beijooo

  10. Avatar
    Bella - 22/06/10 - 04h03

    Achei algumas respostas bem vagas. Principalmente a da pergunta da Birkin. Vc ficou satisfeita com essa resposta, Thereza?

  11. Avatar
    raq - 22/06/10 - 05h43

    na mince (itanhangá) tb tinha 284, mas não tenho certeza se ainda tem.

  12. Avatar
    Renata Brazil - 22/06/10 - 09h07

    Adoro! Heleninha é a cara da phynésse! Hahahahahaha! Eu amo a 284, mas só de olhar. Não consigo comprar nada da marca justamente pq não tem no Rio. Thê, tenta divulgar melhor essa loja q vende 284 aí. To chorando sangue por essa birkin inspired q eu achei mto fofa e ecologicamente correta. ;-)
    Parabéns pela entrevista, Thê! Beijos

  13. Avatar
    sarah elisa - 22/06/10 - 09h42

    Nuussaaa,vi uma menina nessa sexta feira no boliche com uma blusa IGUALISSIMA essa ultima cinza com ombreiras matrixciosas,fiquei um século olhando AKSOKOAKOS achei tão interessante.Agora me resta saber onde ela comprou já que não existeee 284 nem por perto por aqui :~~ já tá passando da hora de vir uma fast fashion decente pra cá!a renner tá no caminho,mas é a unica também né?e nem se compara a 284 também,ai mamãe….

  14. Avatar
    Dona Matilda - 22/06/10 - 10h00

    Adooooorei a entrevista! Espero que os planos de filiais deem certoo!!! Quero muiiiito uma 284 aqui!!!
    Bjaoo

  15. Avatar
    Alice Marques - 22/06/10 - 10h19

    Adoreeei a entrevista, nao conhecia a loja… ja entrei no site

  16. Avatar
    Thais Roque - 22/06/10 - 11h14

    ADOREI a entrevista!
    Parabéns para as duas, ficou realmente MUITO bom!
    Beijos,
    Thais

  17. Avatar
    Carol Linden - 22/06/10 - 11h35

    Adorei a entrevista! Vamos torcer para que nessa expansão tenhamos lojas no Rio e em Brasília!!! :-)

  18. Avatar
    Bianca Veronez - 22/06/10 - 11h40

    Nossa, eu acho essa menina linda!!!! Adorei a entrevista. Quero essa loja aqui no Rio.

  19. Avatar
    Ana Rezende - 22/06/10 - 12h07

    A proposta da 285, é ótima e a entrevista ficou muito boa, parabéns!! Dentre essas 20 lojas pode avisar aí que ctba está com carência de lojas assim haha beeijos.

  20. Avatar
    weber - 22/06/10 - 13h01

    Adorei a entrevista
    e noss, ela é linda, alem de estilosa né :)

  21. Avatar
    Ana - 22/06/10 - 13h29

    Gostei da entrevista, mas posssofalá? A “Birkin” de moletã é úó….

  22. Avatar
    Larissa - 22/06/10 - 13h49

    A entrevista é bem interessante, claro, pq focou na loja.
    Não conheço nada da marca.
    Agora, cópia ser uma homenagem é demais…
    E tbm é mto fácil ela ser uma It girl, a mamãe dela desviou rios de dinheiro e todo mundo já esqueceu! Prontofalei!

  23. Avatar
    Marcella - 22/06/10 - 14h08

    adorei a entrevista! Ser it girl (tmb não aguento a expressão), vai mto além do ter dinheiro, e Heleninha é uma autêntica representante da classe.

  24. Avatar
    Carolina K - 22/06/10 - 14h22

    Pela 284 no Rio, djá!

  25. Avatar
    Adriana Alfaro - 22/06/10 - 14h24

    Eu adooro a 284!
    Tenho um vestido lindo, comprei faz um tempo e o modelo ainda não saiu de moda! Isso é suuper raro nas fast fashion’s!
    http://www.fashionfrisson.blogspot.com

  26. Avatar
    Mariana - 22/06/10 - 14h35

    Concordo com a Bella, as perguntas foram boas, mas as respostas foram evasivas, principalmente sobre a Birkin e a Renner. Ela só saiu falando de fast fashion “importada”, queria ver a resposta se fosse Marisa, Leader, Riachuelo, etc.

    Sei não. Não vou muito com a cara desse pessoal envolvido com a Daslu não. Cheira a roubalheira e picaretagem.

  27. Avatar
    marcella - 22/06/10 - 14h57

    Heleninha, por favor abra uma loja online imediatamente! Ou nos consumidoras de Goiânia ficaremos loucas!!

  28. Avatar
    Ju - 22/06/10 - 15h08

    essa Helena nao me cheira muito bem , ela glorifica as fast-fashions do exterior mas nunca menciona as lojas daqui. Eu hein…ate parece que tem vergonha..aff.
    As suas perguntas estao muito boas Thereza , a menina que nao sabe responder direito.

  29. Avatar
    Carol F. - 22/06/10 - 15h19

    Thereza! Adorei a entrevista e a proposta de sabermos mais de uma fast fashion nacional. A 284 é novinha e tem um super potencial e das fast fashion populares é a que mais se aproxima dos nossos desejos e tendências anunciadas.

    Acredito que julgar a Helena não é o propósito do blog, avaliar o aspecto pessoal da menina. O que parece dela e dos seus sócios, todos novos e com vontade de trabalhar. E é isso que a gente torce que aconteça da melhor maneira
    Eles trabalham de um lado e nós compramos de outro
    hehehe
    bjsss

  30. Avatar
    Priscila - 22/06/10 - 15h20

    Não vou muito com a cara desse pessoal envolvido com a Daslu não. Cheira a roubalheira e picaretagem. +1

  31. Avatar
    glaucia - 22/06/10 - 15h54

    Hum, ok…mas o que será que a Hermés achou da “homenagem”????
    beijocas

    • Avatar
      Thereza - 22/06/10 - 16h00

      aí eu tenho que marcar uma entrevista com o ceo da Hermés hehehe
      quem dera!!!
      ;P

  32. Avatar
    Ana - 22/06/10 - 16h23

    Olha, pra mim, fast fashion, é loja grande, que tem em shopping, com preços amigos, e acessível se não a todo mundo pelo menos a boa parte da populacão. Assim sendo, 284 pra mim está far far faaaaar away de ser fast fashion.

    • Avatar
      Thereza - 22/06/10 - 16h29

      Ana, fast fashion são lojas (acredito que grandes ou pequenas, geralmente em sua maioria, grande) que tem coleções que fogem às estações, aos padrões básicos de outono-inverno e assim vai. E logicamente por fugir desse padrão tem um preço mais barato que uma marca prét-a-porter.

  33. Avatar
    Anna - 22/06/10 - 16h27

    Adorei a entrevista. Legal ver a opinião de gente que faz lojas como essas, que eu particularmente adoro. Continue com as entrevistas, Thereza! Eu adoro e tenho certeza que as outras leitoras também!

  34. Avatar
    Dani Maalouli - 22/06/10 - 16h44

    Eu acho a Heleninha, uma Boneca !! Antes ela dizia que cuidava do mkt, agora é estilo rsrs quando a pessoa nasce com estrela não importa o que ela faça da CERTO !!! PQ vamos combinar que as roupitchas e a Birkin de moleton são bem Mais ou menos e o preço não condiz em ser fast fashion. Só vende pq a Heleninha esta por tras ! Sorte a DELA NASCER linda, milionaria e feliz rsrsr. eu vi numa entrevista que ela não fez facul, com tanto dinheiro eu faria uma se fosse ela, estudar sempre é legal e quando ela for mais velha vai se arrepender, mais aí ela faz né rsrsr THEREZA seu blog é muito bom , mega profissa ! Amo

  35. Avatar
    Lu - 22/06/10 - 17h36

    Eu moro no Rio e por incrível que pareça nunca fui a SP. Mas sempre que leio dessa loja fico doida pra conhecer! Pq são sempre umas peças incríveis e o fato de ser fasta fashion me faz pensar automaticamente em preços acessiveis.. será que estou certa? os preços sao em conta mesmo? quem conhece? beijao

  36. Avatar
    Alice - 22/06/10 - 17h36

    Não vou muito com a cara desse pessoal envolvido com a Daslu não. Cheira a roubalheira e picaretagem +2

    E acho essa Birkin de moleton o fim. Todo mundo bate no peito e enche a boca para dizer que não compra nada falsificado, não compra em camelo, mas essa bolsa é uma imitação na cara dura e todo mundo acha o maximo.

    Vi o primeiro desfile deles na The Week no Rio e foi bem fraco. Tomara que melhorem.

  37. Avatar
    Carol - 22/06/10 - 18h01

    a Helena é linda e classuda, mas não gosto da 284! Porque alem dessa onda de “imitaçoes legalizadas” que eu acho o fim, não concordo totalmente com esse conceito de Fast Fashion que supostamente a marca tem.
    Mas a cima de tudo a entrevista esta ótima e ela parece ser bem simpatica, além de que tirando as ressalvas que fiz, a marca tem peças bem gracinhas sim!
    Obrigada pela sua dedicação em fazer esse tipo de post Thê, eu amo!

  38. Avatar
    Fernanda Bittencourt - 22/06/10 - 18h10

    Adorei a entrevista. Já adorava a marca, agora então!! Mas, Thereza, e a pergunta que não quer calar: porque 284? O.o Vc sabe?

  39. Avatar
    Tati Gallo - 22/06/10 - 18h22

    Esses looks que vc separou da marca são lindos, amei todos!
    A loja virtual seria uma boa!!

  40. Avatar
    alexsandra - 22/06/10 - 18h27

    Concordo plenamente com o que muita gente disse lá em cima……nao mostrou a que veio…resposta vagas e sem personalidade….e acho essas “homenagens’ o fim da picada..

  41. Avatar
    Dani Maalouli - 22/06/10 - 18h31

    É o numero da casa da antiga da Daslu na Vila Nova Conceição . Para quem perguntou se é barato, a qualidade é de fast fashion mais o preço esta bem longe de ser o preço da da H&M por exemplo . Thereza desculpa responder

    • Avatar
      Thereza - 22/06/10 - 18h53

      Brigada Dani pela resposta!!

  42. Avatar
    Fernanda - 22/06/10 - 20h22

    Não vou muito com a cara desse pessoal envolvido com a Daslu não. Cheira a roubalheira e picaretagem +3

  43. Avatar
    Monique Zilli - 22/06/10 - 21h21

    Adoreiii Thereza!! Espero uma 284 aqui em Floripa! hehe Tomara!
    Bjãoo

  44. Avatar
    Erika - 22/06/10 - 22h54

    Boa entrvista Thereza! Seu blog continua “mara”, mas me decepcionei com as respostas evasivas da entrevistada. Acho que vc deveria ter insistido um pouco mais para encontrar respostas precisas dela.
    É só uma observação.
    Beijo grande!!!

    • Avatar
      Thereza - 22/06/10 - 22h59

      Mas Erika, foi uma entrevista via email!! As perguntas já foram prontas, não deu pra replicar, entende?!
      Mas tks pelo elogio eheheh
      tô carente hj

  45. Avatar
    Henrique - 23/06/10 - 05h10

    Sei não. Não vou muito com a cara desse pessoal envolvido com a Daslu não. Cheira a roubalheira e picaretagem. [2] Uma das minhas primas tem uma dessas birkin de moleton e acreditem: não é “estranha” só virtualmente falando

  46. Avatar
    Mari Silva-Baars - 23/06/10 - 09h26

    Amor o blog, mas não curti essa entrevista não. Bom, fiz um elogio, né?

  47. Avatar
    marcia silva viçosa mg - 23/06/10 - 11h22

    Gosto muito de seu site,mas me enjoa um pouco essa palavra”Daslu”.

    • Avatar
      Thereza - 23/06/10 - 18h23

      Marcia, eu nenhumo momento nem eu, tampouco ela usou a palavra Daslu, foram vocês que usaram meninas.
      Bjs!!

  48. Avatar
    Danielle M - 23/06/10 - 12h54

    Reconheço o valor da moça. Poderia ser apenas uma patricinha herdeira, mas batalha pelo seu espaço. Meu “problema” não é com isso, mas, uma vez mais, outro blog entrevistando Helena. É pra tanto? Precisa? Não estou MESMO desmerecendo a menina, até pq acho absurdo ler alguns comentários aqui sobre Daslu, sonegação e a filha de uma das sócias. Calma gente. Isso é má fé e tão cretino e criminoso quanto. O que questiono é o “ineditismo” da entrevista, alías, nem as perguntas foram diferentes ou atraiu maior atenção. Isso que eu acho que vc poderia rever daqui pra frente, Thereza!

    • Avatar
      Thereza - 23/06/10 - 18h22

      Danielle, eu nunca tinha lido uma entrevista dela pra blogs falando sobre a marca, que é meu maior interesse, e acredito que pras meninas, especialmente as estudantes de moda, tem interesse na concepção ou desenvolvimento de uma marca jovem, feito por jovens.
      É isso.
      Mas pode deixar que vou começar a rever o ineditismo das perguntas das entrevistas que eu raramente faço. Obrigada.

  49. Avatar
    Danielle M - 23/06/10 - 12h57

    ** aliás

  50. Avatar
    Lila - 23/06/10 - 13h37

    Também não vou muito com a cara do pessoal da Daslu, e talvez por isso, confesso, tenha lido a entrevista com maus olhos já, haha
    mas eu achei as respostas bem vagas, ela não respondeu direito e super fugiu quando foi citada a Renner! Acho que esse povo tem um baita preconceito com as nossas fast fashion daqui, aliás, as reais ‘fast fashion’ daqui, né? porque nunca fui na loja dela, mas uma amiga me disse que não gostou nada nada da qualidade dos produtos da 284, que parecia coisa até de principiante, as costuras e tal… em contrapartida, os precinhos não eram nada nada “amigos” se tratando dessa ‘qualidade questionável’
    mas pra não falar mal de tudo: gostei do Blog da Loja! HAHA tem umas coisas bem interessantes!
    e, como sempre, arrasando nas entrevistas, Thereza! o povo pode até não ir muito com a cara dela e das respostas que ela deu, mas que causou polêmica, causou, e isso que interessa! HAHAHA

  51. Avatar
    Lyanna - 23/06/10 - 14h06

    Thereza as suas perguntas estão muito boas, especialmente a que trata sobre a Birkin Inspired foi bem jornalística, tipo encostar na parede. Na verdade vc fez 3 perguntas, numa só; e, a entrevistada fugiu como o diabo foge da cruz. A entrevistada é muito simpática, bonitinha, loirinha, educadinha e tem futuro, sabe escapar das perguntas mais delicadas.
    Não gosto da 284 por todos os motivos citados, mas principalmente pela qualidade e preço, não justifica de modo algum, não é peça de estilo, é fast fashion, assim prefiro a Renner 1 milhão de vezes.

  52. Avatar
    Mari - 23/06/10 - 19h30

    ótima a entrevista! Porém quem sonha com 284 onde for, não se anime… A qualidade das roupas é bem ruinzinha, principalmente para o preço que não é tão pechincha assim. As roupas são lindas só no cabide.

  53. Avatar
    Cristina - 25/06/10 - 00h33

    Thereza parabéns pelas perguntas, vc ta quase uma Marilia Gabriela. Só vou fazer um cope / paste de um dos comentarios:
    Achei algumas respostas bem vagas. Principalmente a da pergunta da Birkin. Vc ficou satisfeita com essa resposta, Thereza? (2)

  54. Avatar
    thais - 25/06/10 - 10h30

    Não vou muito com a cara desse pessoal envolvido com a Daslu não. Cheira a roubalheira e picaretagem. +4

    apesar disso, eu gosto da 284. acho bonito e pronto. e acho a qualidade à lá zara e afins – no limite do aceitável. e não sei se ela (ELA) tem alguma coisa a ver com essa sujeira toda da mãe. enfim.
    e ela foi MEGA sabonete nessas respostas – acho o fim ficar falando de fast fashion sem nem ter entrado na renner – que eu adoro loucamente.

    ela tem uma cara de almofadinha que me irrita também.
    hahaha

    (mas a entrevista tá ótima the! :) )
    bjos

  55. Avatar
    Thy - 26/06/10 - 12h34

    MUITO BOM! hahahaha
    “A nossa equipe de estilo interpreta as tendências do mundo e faz algumas homenagens a grandes marcas e criadores”

  56. Avatar
    Natasha - 02/07/10 - 01h14

    Queria a Birkin de moleton!! : ( Gostei de outras coisas também, claro.

  57. Avatar
    Josie - 06/07/10 - 02h17

    Simpatizo muito com a Helena. Acho ela linda, elegante e muito simpática. A 284 tem um conceito inovador (para o Brasil), tem um marketing fortíssimo, até porque as sócias já são uma grife! Porém, as respostas foram fracas. Dá a impressão de que ela decorou algumas passagens para escrever… Pena! As perguntas estavam bem interessantes.

    Bjs,

    Josie.

  58. Avatar
    Marcella - 01/08/10 - 23h15

    Comentando novaemente, váaaarios dias depois. A 284 foi a maior decepção da minha vida. A loja tem pouquíssimas opções de modelos (tipo, a mesma blusa tem em um milhão de cores diferentes), é muito viscolycra sabe? Praticamente não tem nenhum tecido diferente, mais legal. De tudo que tinha na loja, a única coisa que eu compraria era uma jaqueta de couro (couro messsmo), que não era nada mais barata vale salientar. Minha irmã comprou uma calça de couro, que gente, custou 1400 reais! nunca vi fast fashion cobrar 1400 em uma peça. Certeza q vc não ia gostar Thereza. Não tem nada a ver com a nossa querida Forever 21, com suas milhões de roupas lindas e baratinhas. Ah, e nada a ver coma H&M tmb viu? Eu fui conhecer a loja com a intenção de abrir uma franquia na minha cidade (João Pessoa- PB) e mudei completamente de ideia.