AS MAIS
LIDAS!

Pela não banalização dos blogs

19/03/2010  •  Por Thereza  •  Moda, Pense

Andei refletindo sobre blogs, o ato de postar e compartilhar informações. Mas desde já preciso informar que não estou pensando em cometer o blogcídio, adoro isso aqui e é minha terapia ocupacional favorita, mas não quero me tornar refém dela, porque quando a gente vira profissão-blogueira, rola uma obrigação, a gente pode perde a naturalidade, aí ferrou! O blog precisa de frescor, não somente posts aleatórios.
O que eu andei pensando é o seguinte, muitos blogs surgem a cada dia, uma proliferação desenfreada, MUITOS são ótimos, mas provavelmente a maioria é mais do mesmo.  Normal. Não estamos pedindo pra ninguém (re)inventar a roda, mas sim que tenha um certo cuidado ao postar, sim, um pouco de zêlo não faz mal a ninguém. Um post mal escrito, palavras mal ditas, uma “reputação-virtual” pode ir por água abaixo.

Mas mais dos que neo-blogs, muitos blogs antigos, mais ou menos famosos, parece que perderam a espontaneidade na hora de postar. Sei lá, o “tal do frescor” de falar sobre moda, tendências e amenidades se esvaiu nesse mundinho virtualmente glamurizado que é (parece) ser blogueira.
Pois bem, esse texto, talvez sem pé nem cabeça começou de um tuíte meu falando do meu desamor pela saudável leitura do MEU Google reader, e que foi altamente apoiado-e-endossado. Antes, ia sedenta por novidades, curiosidades ou deliciosas frivolidades, hoje em dia alguns blogs que leio (não a maioria) parece que ou se perdeu, ou desanimou, ou se afetou, ou talvez vive da natural – e super permitidaentresafra criativa e coletiva.

No meu caso, preciso assumir, na minha humilde (in)significância, que no início do blog postava qualquer coisa sem medo de ser feliz, hoje em dia penso bem antes de apertar o botão “publicar”. Perdi a naturalidade? Acho que não, parece que a responsabilidade de escrever algo interessante e não me esconder em firulas, montagens extraordinárias e porque não, eventuais Chuck Basses, falou mais alto. É uma postura que tomei e acho a mais acertada PRO MEU CASO.

Outro assunto delicado é o relacionamento blogueira+leitora. Preciso fazer a mea culpa e admitir que muitos comentários e perguntas por aqui ou twitter podem passar despercebido por mim. Sou humana, né! Mas comparado ao que vejo na vizinhança, posso afirmar que meu relacionamente com vocês é algo muito fraterno, pois sempre me esforço em estar presente. Agora, nós blogueiras, precisamos admitir que dependemos de vocês sim pra ter ânimo de postar e tentar agradar. E quanto a vocês, e essa é uma sugestão pessoal (e blog é isso), não corram pra fazer um blog por fazer, pois muitos comentários que leio são mais importantes e pertinentes que um post aleatório num outro blog qualquer. E acho que é isso que importa, ser ouvida (ou lida), não importa o meio (post ou comentário), mas sim o fim e o efeito.

blogs
Mesmo a Luciana tendo popularizando esse mundinho, as pesquisas comprovam que o ibope dos blogs caiu e que Anna Wintour já  não curte muito. O que nos resta, blogueiras, é não banalizar o sublime ato de postar, ter algum criatividade e muito cuidado. Pelo bem da nação blogueira, aí inclui-se leitoras e agregados.




Deixe seu comentário!
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

143 Comentários
  1. Giovana Figueiredo Peluso Lopes - 19/03/10 - 16h42

    Eu sinceramento assino em baixo. A maioria dos blogs que visito estão sempre falando os mesmos assuntos, com a mesma linguagem e as vezes até as mesmas fotos. E quanto ao sentimento blogueira-leitora, eu confesso que é super recíproco, acho que a maioria de nós ficaríamos um pouco perdidas sem o fashionismo!

    Responder
  2. joana - 19/03/10 - 16h43

    É um post muito inteligente!
    É dificil começar hoje em dia, tem tanta gente boa que é complicado não ser mais uma no meio da multidão! O que a gente pode fazer é tentar não banalizar nem descuidar do nosso blog, cliche, mas é que nem um jardim, se não cuidar morre!
    Você tocou num ponto que eu acho muito forte, muitas blogueiras “por ja serem grandes e populares” deixam de responder ou ler suas leitoras, sei que não da pra responder todo mundo, mas tem gente que não tenta!
    O diferencial é mantermos uma boa relação com as leitoras e com as demais blofgueiras!!!
    J.

    Responder
    • Thereza - 19/03/10 - 16h44

      Falou tudo Jô! O blog é nosso jardim e não adianta falar que a gente posta o que a gente quer, assim como no jardim, plantamos o que achamos belo e principal, o que vai dar frutos!

  3. Mari - 19/03/10 - 16h44

    Excelente!!
    Acho chatérrimo alguns blogs que crescem demais, se enchem de anunciantes e perdem toda a essencia – e liberdade – que lhes é característica. Isso sem contar as mudanças de layout bizarras e que só atrapalham a leitura fluída!

    Responder
  4. Carolina Benevides - 19/03/10 - 16h44

    Achei interessante o post. Também li um post mais ou menos sobre isso também no Oficina de Estilo. Criei um blog faz pouco tempo, não tenho grandes pretensões, além de ser um hobbie do qual eu gosto bastante.Mas mesmo assim, entre o monte de coisas que tenho pra fazer todos os dias, tento fazer o melhor que posso e me inspiro nos blogs das meninas mais experientes. Para mim tem sido também um aprendizado. Adoro visitar os blogs e também comento… Realmente é meio desmotivador quando a gente se esforça e não recebe nenhum comentário… ou quando comentamos e parece que nosso comentário não teve nenhum valor. Mas a gente vai levando…

    Responder
  5. Melissa - 19/03/10 - 16h44

    Oi Thereza! achei o seu blog atraves do oficina de estilo e me apaixonei
    pelo jeitinho que ele é sabe..como vc mesmo diz “nada afetado” acho o maximo sabe..
    sinceramente sinto um carinho tão grande de vc fazendo esse blog, trazendo informação e opinião..eu acho o máximo!! Parabéns !!

    Responder
  6. Paula Chiodo - 19/03/10 - 16h44

    Apoiadíssimo seu post sobre banalização dos blogs.
    Hoje em dia o que mais temos é blogs novos com materias e post com “novidades” dos blogs conhecidos.
    E nós, blogueiras, realmente temos o poder de influenciar, determinar e ditar moda, por isso nosso comprometimento com um post deve ser total. Devemos analisar e rever o que escrevemos, e não só digitar meia duzias de palavras, colar uma foto e achar que está bom.

    Vida longa ao Fashionismo.

    Bjos

    Responder
  7. Manuela - 19/03/10 - 16h49

    Concordo plenamente com você, tenho meu blog a pouco menos de um ano e a cada dia surge um novo blog, é impressionante. O meu, por exemplo, pode ser bom para uns e ruim para outros, mas eu sempre procuro postar coisas que tenham fundamento sabe, e dá muuuuuito trabalho, com certeza você sabe como é, e tem gente que não dá valor. Espero que com essa popularização toda, os bons blogs não sejam desvalorizados. Beijos Têe ;*

    Responder
  8. Renata Brazil - 19/03/10 - 16h49

    Nossa, The, que post incrível! Exatamente por pensar assim é que até hoje eu não escrevo um blog. Pra isso é necessário muito mais que saber usar as palavras, mas ter sensibilidade, criatividade e fidelidade aos leitores. Concordo totalmente com a postura de que hoje em dia está completamente banalizada a “profissão blogueira”, ou seja, is the new black, e acho que as coisas não têm que ser assim.

    Sinta-se totalmente entendida não só pelas blogueiras do Twitter, que eu tb sigo e vi que concordam com vc, mas por mim, q sou sua leitora – q só comenta às vezes, mas lê sempre. E é claro que é justo te agradecer pelo trabalho, carinho e cuidado, pq dá pra sentir que é real e sem dúvida, é muito bem feito.

    Beijos

    Responder
  9. paola scott - 19/03/10 - 16h51

    Super bem colocado, Thereza. O que eu percebo tb é que alguns blogs querem se fazer notar de forma negativa, sabe? Chocando mesmo. Pode ( e deve) ser um sintoma dessa mesmice toda.
    Agora, ser atenciosa com a audiência é super importante. Já falei isso muitas vezes por aí. Até a sea of shoes voltou a ter comentários abertos. Ninguém é uma ilha, né?
    Mas eu acho que o hype passa, e only the strong survive. Ninguém engana todo mundo pra sempre!
    Bjs paola

    Responder
  10. Camila Amorim - 19/03/10 - 16h52

    Assino embaixo The!

    Responder
  11. Bruna - 19/03/10 - 16h52

    Concordo plenamente! E pra falar a verdade, hoje em dia entro em pouquíssimos blogs diariamente, acho que só o seu e o red carpet fashion awards. A blogsfera tá fraca e saturada demais. Além de que tem diversas blogueiras “famosinhas” achando que são as rainhas da cocada cintilante e superafetadas, postando conteúdos fraquíssimos, inacessíveis, desinteressantes e ainda assim pensando que são ditadoras da moda! Isso porque, com certeza, há quem leia e enalteça essas pseudo-it-girls. Enfim, seu blog é ótimo, The, adoro seus posts bem escritos, espontâneos, inteligentes e de grande utilidade pública feminina! Beijão!

    Responder
  12. Camilalalala - 19/03/10 - 16h54

    Thereza, eu super concordo! E ao analisar e, inevitavelmente, comparar a evolução do seu blog com outros, eu devo confessar, o seu blog amadureceu naturalmente e continua sendo delicioso de ler,o que não acontece com muitos outros..
    Inclusive pq alguns se tornaram um “guia de compras virtuais” e pior que isso, um guia de compras patrocinado pelas marcas que a blogueira ganha “mimos”. Parece que ficou tudo forçado, tudo over.
    Eu adoro falar de maquiagem, adoro falar de roupa de celeb, adoro falar de uma infinidade de coisas. Porém cada vez mais os assuntos parecem repetidos, 300 meninas falando da mesma coisa usando a mesma afetação. Daqui a pouco seremos mil barbies iguais. E ó, se tem uma coisas que eu aprendi é que ter personalidade vale muito!!!
    Eu sou a favor da não “industrialização” dos blogues, e que eles continuem sendo um portal por onde as pessoas possam conversar sem a obrigação de serem perfeitas. Afinal as conversas de blog deveriam se assemelhar aos papos na mesa do bar: fluidos, informais e divertidos. Até pq artigo de opinião sério eu leio nas revistas academicas!! hehehe
    beijo

    Responder
  13. Flavia Galdino - 19/03/10 - 16h59

    Thereza!
    óteeemo post! falou dos pequenos, médios e grandes. E não pela diferença de tempo que precisam se tornar diferentes! o “sucesso” é com ctz por conta do talento ao escrever…como também pelo retorno que se tem.
    Mas é como dizem…vc conhece uma pessoa quando dá poder a ela.
    Enfim..isso foi só um dos pontos citados.
    Adorei o post e você tem super razão!
    O meu blog é novinho, mas quero fugir do usual. Se for pra postar algo que já tem por ai…não vou acrescentar nada nem pra mim, muito menos pra quem está lendo!
    E o seu é tão querido por conta disso….além da atenção com as leitoras…seus posts são um arraso!!
    beijinhos
    Flávia

    Responder
  14. Douglas Lima - 19/03/10 - 16h59

    Concordo plenamente, tem pessoas que acha que é simplesmente criar um blog, um template bacana e pronto é só postar, eu no caso em enquadro na turma dops INICIANTES, faz pouco tempo que tenho um blog de MODA, e tomo muito cuidado com o que é postado diariamente, não quero ser apenas mais um e tambpem não quero banilizar a familia dos blogueiros da moda.
    Espero sim poder continuar a postar com cuidado como sempre fazemos e conquistar leitores pelo conteúdo verdadeiro e interessante. E não apenas postar algo a mais a toa.

    Meu protesto em nome do FASHION BACKSTAGE

    (POR UM OLHAR DE UM BLOGUEIRO INICIANTE)
    http://www.fashion-backstage.blogspot.com/

    Responder
  15. talita de nardo - 19/03/10 - 17h00

    já super falei que concordo no twitter né? haha
    tá faltando novidade e elas pararem de achar que sao a anna wintour prq tem um blog acessado haha
    mas, fazer o que, os blogs popularizaram, banalizaram (assim como a moda) e tudo que passa por esse processo acaba “perdendo a graça”
    me dói demaissss isso, mas nao há o que fazer, só esperar…

    Responder
  16. Liliana - 19/03/10 - 17h03

    Costumo comentar nos posts que me agradam, e confesso que não volto num blog quando vejo que não há interação entre a blogueira/o e os leitores/as. Assim como já foi dito, fica impossível(e desnecessário) responder 40 recados diários, nem todo mundo tem tempo para isso, principalmente num blog que tem milhões de acessos por dia. Mas pelo menos os pertinentes, né? Esses dias mesmo uma blogueira destas estava procurando onde comprar um determinado produto, postei logo no início dando a dica do lugar com direito a link e tudo mais, a pessoa aceitou meu comentário e não sequer agradeceu. Num post com 10 comentários. Não volto lá, acho falta de educação este tipo de atitude. E enfim, cansa ser repetitiva, não só para quem lê, mas para quem escreve também. Muitas vezes me vejo falando(na maioria das vezes antes, pela diferença de horário entre onde moro e o Brasil) de coisas e 3 horas depois está tudo nos outros blogs brasileiros,pois todo mundo quer falar da mesma coisa. É chato isso. Mas também é chato querer falar de assunto e não poder pois vc sabe que todo mundo vai comentar cedo ou tarde. E isso porque meu blog é mais um da blogesfera, nada importante, imagino vcs mais conhecidas a responsabilidade de manter a essência sem ficar com mais um papagaio. E mais triste de tudo é você falar de algo super legal, super a sua cara, e ver que quase ninguém leu, enquanto aquele post sobre o esmalte tal que vc fez meio sem querer continua tendo vários acessos dois meses depois do post.Tem gente que opta pelo ibope e tem gente que quer mais é se divertir e fazer do blog o que ele realmente é, uma grande brincadeira. Ai, falei demais, desculpe! Adorei o post, me empolguei!
    bjs

    Responder
  17. Laura - 19/03/10 - 17h06

    Ai, faz algum tempinho que venho achando minhas blogueiras favoritas tão esnobes… sei lá, acho que ao mesmo tempo que os blogs foram ficando mais profissionais as meninas foram se sentindo celebridades….
    Gostei do post!!
    Bjos

    Responder
  18. B_Betinha - 19/03/10 - 17h07

    Muito do que torna difícil o “ser diferente” ou “ser original” vem dessa cultura do ctrl+c e ctrl+v, as notícias correm tão rápido e estão tão a mão que tem vezes que fica até difícil diversificar… imagina como deve ser complicado no jornalismo por exemplo, um “furo”, ser o primeiro e de que adianta se em 2 seg. o mundo inteiro já está sabendo e noticiando. É complicado, mas é um exercício de autenticidade, o detalhe está no que eu posso acrescentar, o que eu acho sobre o que foi dito, como me sinto e como isso pode tocar outras pessoas, assim como me tocou, é o que falta pra muitos blogueiros e o que torna alguns tão especiais interessantes.

    Responder
  19. Marília - 19/03/10 - 17h08

    Uma coisa que acho que rola bastante também é a vantagem dos pioneiros…Tem vários blogs que fazem muito sucesso por aí e são super acessados mesmo tendo um conteúdo fraco. Acho que isso acontece porque faz tempo que a pessoa tem o blog e acabou ficando conhecida. Sobre a Anna Wintour endossar os blogs, acho que ela nunca faria isso, porque com esse monte de informações que rola na internet a pessoa tem muito menos incentivo para ir até uma banca comprar uma revista de moda. As informações correm num ritmo muito rápido e quando a revista chega nas bancas tem muita coisa que não é mais novidade.

    Responder
  20. livia - 19/03/10 - 17h14

    total concordo com você! antes eu ficava louca lendo tantos blogs, mas já me peguei pensando que minha lista dos favoritos tava bem fraquinha, ando com preguiça de muitos…
    é bem isso mesmo: mais do mesmo. todo mundo falando sobre as mesmas coisas e da mesma forma.

    queria muito voltar a ter um blog (tive em 2003, quando blogs ainda eram “diários virtuais”) mas fico achando que vou ser mais uma no meio da multidão…blé

    Responder
  21. Joana - 19/03/10 - 17h14

    Sabe, ontem mesmo estava conversando com um amigo meu do mundo dos blogs e concordamos com uma coisa: Sentimos saudades do tempo em que blogueiros eram ingênuos, não existiam propagandas, ninguém postava para ganhar algo em troca ou enchia o blog de ads e o mais importante: Postávamos como se não tivéssemos nada mais para fazer e nada a perder. Ambos somos blogueiros há quase 9 anos e quando começamos realmente não tínhamos mais o que fazer.
    Acho que tudo o que é natural soa melhor. O problema é que o mundo da moda e beleza se envolveu de tal forma com um mundo blogueiro que parece que a naturalidade sumiu. Nunca tive pretenções de fazer um blog sobre moda e beleza (apesar de ser assessora de imprensa e trabalhar exatamente nessa área). Quando comecei a blogar isso nem existia por aqui e depois do “boom” eu nunca quis porque não queria fazer do meu blog justamente uma obrigação. A verdade é que quando criamos algo que faz sucesso acabamos criando uma obrigação com o leitor. E aí, moda que é um assunto que amo tanto, se tornaria algo exaustivo para mim. O problema é que ultimamente tenho gostado menos de ler blogs de moda e beleza simplesmente porque todos parecem o mais do mesmo e os posts – outrora tão interessantes e a cima de tudo pessoais – perderam o encanto. Por encanto quero dizer: A diversão e a diversão do blog está no caráter pessoal de quem o escreve e eu não sei o que aconteceu, mas de repente, parece que todos os blogs comentam as mesmas coisas, tem as mesmas “colunas”, as mesmas reclamações e elogios. Blogs fazem tanto sucesso por não serem profissionais, por serem feitos por pessoas “alcançáveis” e não celebridades jornalísticas e modistas, afinal, não podemos esquecer que na verdade os blogs foram criados para serem grandes diários virtuais.

    Responder
  22. Cibele - 19/03/10 - 17h15

    Adorei o post! No começo eu adorava visitar todos os blogs da minha pasta de favoritos.. mas com o passar do tempo, sabe quando dá uma preguiça? Não estão mais interessantes.. os mesmos assuntos.. Ultimamente eu nem entro em todos os blogs que eu entrava antes.. Preguiiiça, perdeu a graça…
    Seu blog é um dos melhores, na minha opinião.
    Beijo, The!!

    Responder
  23. livia - 19/03/10 - 17h18

    ah, esqueci! outra coisa que me incomoda é isso de ficar se vangloriando: “ó, sou uma blogueira super importante”. sim, é legal se valorizar, mas é muito mais legal encontrar blogs com conteúdos legais e completamente despretensiosos…

    Responder
  24. Alexandra Belo - 19/03/10 - 17h22

    Tenho que concordar com tudo que as meninas disseram aí encima!!!
    Frequento blogs de moda a pouco tempo mas já consegui perceber essa banalização, bastam poucos acessos para descobrir que não vale a pena perder tempo lendo determinados blogs.
    Tem gente que acha que o blog precisa ter 30 posts por dia, eu prefiro ler apenas 1 mas que tenha conteúdo.
    A verdade é que só os fortes sobrevivem mesmo, e mais dias menos dias todo mundo chega a esta mesma conclusão.

    Responder
  25. Carmen ACHADOS DE MODA - 19/03/10 - 17h26

    Ah querida Thereza, blogar é doar carinho, é fazer esforço, é proporcionar alegria e conhecimento, é dividir nossas melhores coisas com pessoas que nem conhecemos, mas às quais nos dedicamos mesmo assim, mas também é CHATEAÇÃO, sim, pois fico muito chateada quando vejo pessoas copiando integralmente meus posts sem me dar os devidos créditos, quando vejo que pessoas usam meus textos (que levei horas para produzir) como se fossem delas e, mais triste ainda, quando vejo novos blogs criados com muitas semelhanças com o meu que já faço há 3 anos. Inspiração é uma coisa, cópia é outra bem diferente. E a ética, gente? Onde fica nisso? Faço questão de citar fontes de fotos e textos para tudo o que eu posto, pois isso é, no mínimo, justo com os autores, né? Ahh existem tantas coisas chatas nesse mundo, né? PRONTO – DESABAFEI! bjs

    Responder
  26. Annina Barbosa - 19/03/10 - 17h29

    Esse assunto é muito complicado, Thereza.
    Até porque, quando se diz “não corram pra fazer um blog por fazer”, acabamos esbarrando no direito de qualquer pessoa poder se expressar da maneira que quiser, entende?
    Blogspot e Wodpress estão à sua disposição para isso.
    Ela só faz montagens? Deixe, é dela.
    O blog de cicrana não vai fazer sucesso? Deixe, é dela.
    Ninguém tem o direito de dizer: não faça.

    Essa proliferação de blogs – que acaba sim por banalizá-los – pode atrapalhar a profissão-blogueira? Sim, pode, admito.
    Ossos do ofício.
    E aprendizado, digo logo.
    Sabe por que?
    Muito falamos sobre a necessidade das marcas de enxergar os blogs como nova plataforma de informação, mas será que estamos preparadas(os)?
    “Sei lá, o frescor de falar sobre moda, tendências e amenidades se esvaiu nesse mundinho virtualmente glamurizado que é (parece) ser blogueira.”
    A sua frase é clara. E verdadeira, The.
    Entende?
    Gente, desculpa, mas acho (sinceramente e pensando como consumidora de informação) que muitos blog se dão mais importância do que realmente possuem.

    Por isso, baixei totalmente as minhas expectativas em relação ao meu próprio blog.
    O blog da Annina não vai fazer sucesso?
    Deixe, é meu. Rs!
    Estou feliz escrevendo sobre o que gosto, mesmo que para poucos.

    Beijos, The!

    Responder
    • Thereza - 19/03/10 - 17h51

      Anninha, a minha idéia não é essa – e esbarraria numa pretensão que certamente não tenho – de incentivar as pessoas a NÃO terem um blog. Foi apenas uma opinião extremamente pessoal do “blog da Thereza”. Me dei a esse direito, me permiti (hehe).

      Não sei se fui clara no texto, mas me referi às leitoras que são cativas, sempre debatem e em meia dúzia de linhas são mais pertinentes que dúzias de posts de outros blogs.

      Quanto a um blog existir ou não, ele tem todo seu direito nesse nosso mundo virtual democrático e livre, agora a pessoa divulgá-lo, muitas vezes ad nauseum, e a gente entrar e não ter nada de novo que e apenas um protótipo do que vemos por aí, isso me incomoda.

      Mas o pior ainda são alguns blogs estabelecidos decepcionarem as leitoras, transformar post em moeda de troca com grifes e pior, não dar valor ao comentário. Quem sou eu pra dizer que as blogueiras, me incluo nessa, não mereça um mimo ou outro, mas se tornar isso um hábito e por consequência queimar o filme e a legitimidade do blog, acho isso bem chato. Já deixei de ler alguns blogs que parecem ter sido vendidos para marca x ou y por perder o tal frescor que procuro.

      No mais, esse post foi pra externar meu desapego com muitos blogs que leio por aí e que antes eram leitura habitual e que hoje se tornaram leitura eventual. E o que me acolhe é que não fui a única!

  27. Sissi - 19/03/10 - 17h42

    Thereza, eu ando sentindo essa falta de ânimo para ler a maioria dos blogs (fashionismo not included) e até pensava “será que não sou eu que to ranzina?”.
    Eu sei que pode parecer um pouco forte falar isso, mas eu acho que ser blogueira famosa subiu e, mais do que isso, desordenou a cabeça de muita gente. O twitter facilita ver isso porque mostra comentários mais espontâneos.
    Acho normal, sabia? Isso acontece com blog e com qualquer atividade profissional. Sim, uso profissional porque alguns poucos blogs, como o seu, são profissionais mesmo. Sei que vocês têm a cobrança de fazer posts ricos e freqüentemente. AInda talvez sem tanta remuneração pra isso, mas logo logo vai mudar!
    Acho que às vezes falta um MUITO OBRIGADA a vocês, blogueiras. Eu fico tão, tão feliz quando tem um post novo dos blogs que eu amo, como o Fashionismo. Juro, parece exagero, mas é tipo um recreio na minha vida de todo dia, sabe? Sem contar que me sinto super best friend forever mesmo sabendo que você nem imagina quem eu sou! Rsss…
    Parabéns e obrigada!!! Bjocas.

    Responder
  28. natyburity@gmail.com - 19/03/10 - 17h43

    Adorei o post!E essa insastifação é geral,tanto de Blogueiras de verdade quanto das leitoras.O que vejo por aqui é bem raro,viu!Essa relação não acontece em muitos Blogs e isso é uma pena.Já vi Blogueira expor/debochar de leitoras no twitter,pode acreditar.
    AMO o Fashionismo de verdade!!!!!Parabéns pela sua dedicação,carinho e respeito.Sou sua fã!=))

    Responder
  29. raq - 19/03/10 - 17h53

    eu visitava montes de blogs de moda. hoje visito só o seu e o chanel e tenho saudade do gongar. voltei a visitar mais os blogs blogs mesmo. aqueles q são divertidos e q não falam de um assunto em particular, mas do que as autoras acham interessante. geralmente são meninas extremamente inteligentes e com observações interessantes sobre (quase) tudo. eles, na média, são melhores pq não são trampolins pra nada. acho q muita menina cria blog de moda e afins pq querem entrar no mercado (ou pior, ganhar brinde!). concordo q pode ser uma alternativa, mas talento pra escrever (afinal é pra isto um blog, né? escrever) poucas têm. aí não adianta ficar pedindo dicas de como fazer um blog ficar famoso. como leitora especializada de blogs (rá) já posso adiantar q não é fazendo sorteios ;)

    Responder
  30. Lyanna - 19/03/10 - 17h53

    Thê (tipo íntima e bem metida) já comentei lá no twitter e vc, como sempre atenciosa, me respondeu. O que disse pra vc lá e repito aqui é que vc tem toda razão, alguns blogs estão repetitivos e sem autenticidade, e, algumas blogueiras precisam mesmo seguir aquelas dicas do “dechanelnalaje”. Vc é uma querida que já aguentou essa comentarista chata e virginiana que fez comparação esdrúxula do seu cabelo com o do Slash numa vibe age of aquarius #alocka. bjo

    Responder
  31. Fernanda - 19/03/10 - 17h55

    Engraçado isso, ver tanta gente revoltada no twitter. Pq pra mim, blog, definido pela novela da Globo ainda como “diário virtual” é isso mesmo: um diário. Você cria um, ninguém te obriga, e ninguém pode te dizer que você não pode fazer. A partir do momento que são criados pré-requisitos para se criar um blog (“ah, mas tem que saber de moda”, “aaah, mas tem que ter frescor”, “aaah, mas tem que falar uma coisa que ninguém notou ainda”) você acaba com a democratização da rede.
    Cada um tem o direito de fazer o seu blog. Tem nada pra falar? Beleza. Tem mil novidades e tendências pra falar? Show. Só quer falar de Alexa Chung e Olivia Palermo? Tranquilo. Pq acho que sempre vai ter alguém pra ler.
    Beijão.

    Responder
    • Thereza - 19/03/10 - 18h20

      Fernanda,
      Primeiro, não vi ninguém revoltada no twitter, palavra muito forte quando se trata de um assunto tão simplório. Acho que foi um encontro de meia dúzia de pessoas que acham SIM que o blog comecou a perder graça e força. Eu acho e expus essa opinião no meu blog, a única coisa que quis deixar claro é que é meu desejo que o blog não perca sua força.

      Agora quanto a somente falar de Olivias e Alexas, não vejo nenhum problema, o que eu acho chato é essa anarquia fashion contra “it girls”, “Chaneis” e “Vuittons”. Desnecessário.

      Independente de gostar de Olivia, Joana ou Maria, a pessoa tem que aprender a refletir sobre qualquer tema, seja moda ou política, sem preconceito, o que vale é não se alienar dos assuntos que passam diante do nosso nariz.
      Com inteligência suficiente a gente tem o “direito” de gostar dessas adoráveis futilidades, não vejo problema.

  32. Sissi - 19/03/10 - 17h59

    Ai, como eu falo… Será que vc lê? Rs…

    Mas sabe o que eu acho também? Que tem muita blogueira corporativista! Rsss… Um círculo fechado que ninguém entra e ninguém sai. Ok que hoje em dia tem blogueira que praticamente replica post de outra ou só posta uma foto com algum comentário superficial, mas tem gente nova e boa tb, né? Eu espero! Rsss

    Bjossss!

    Responder
  33. Sonia Braz - 19/03/10 - 18h02

    Oi, Thereza! Sou sua leitora só há alguns meses e gosto MUIIIIIITO do que vejo quando passo aqui. =] Nunca deixo comentário, mas hojequando percebi o seu leve desencanto com a blogosfera, deu uma MEGA vontade de falar.. olha, acho que isso é sintoma da sua evolução como pessoa, sabe?! Não, não estou desmerecendo os blogs, longe disso. É só que, ao longo da vida, a gente se empolga com as coisas, se encanta, curte e depois troca de mania, não é?! Normal. Por exemplo: começamos lendo gibi da turma da Mônica, passamos pra Capricho, e daí pras Vogues da vida e daí.. você sabe, transformações de gostos e interesses, etc. Portanto, querida, veja isso como uma coisa extremamente positiva! Sabe lá o que essa ligeira inquietação pode te trazer daqui a pouco?! ;]
    Beijos MILS! ;*******

    Responder
    • Thereza - 19/03/10 - 18h09

      Sonia! É verdade!!! E acho essa reflexão válida e outras blogueiras vieram falar que é super necessário pro crescimento do blog e para que com isso possamos manter a novidade. Porque na internet só o que é novidade continua.

  34. Flávia - 19/03/10 - 18h03

    Sabe o que eu penso quando eu leio um post com esse tipo de conteúdo? “Tá se preocupando com oq mesmo?”
    Sem querer ser grossa (mas eu não consigo parar pra pensar em outra maneira de falar) Pra mim parece arrogância!
    Faz o seu bem feito e deixa o resto das blogueiras serem felizes!!! hehe
    Olha, eu leio o seu blog todos os dias… e tem muita coisa que eu gosto… e tem muita coisa que eu não gosto. Assim é com todo mundo!
    Se vc entra em um blog e pensa: “Eu não gosto muito disso”. Pode ter certeza que tem gente que gosta (pelo menos quem escreve, hehe)
    Acho meio palha ficar criticando os blogs alheios…
    Os blogs estão aí para a gente se jogar e ser feliz!!! Lê quem quer ;D
    Pra mim, não prejudicando ninguém nem sendo antiético já está valendo!!!

    Responder
    • Thereza - 19/03/10 - 18h08

      Flavia, sinto muito, mas eu não estou criticando nenhum blog específico mas sim o ato de blogar e a maneira como ele foi banalizado.
      É uma reflexão que comecei pelo meu e pude ver que não era a única. Creio que a tal da entrsafra criativa seja o maior causador dessa saturação.
      Agora tenho todo direito de externar esse meu sentimento e ver que a maioria concordou.

  35. Annina Barbosa - 19/03/10 - 18h04

    The, não tava falando contra vocêeeee! Rs!

    Achei bem corajoso da tua parte esse post.

    Só que, assim como você, externei algumas opiniões minhas a respeito dos blogs em geral. Em geral.
    Mas foquei nesse estrelismo que alguns blogs parecem adotar como postura.

    Beijos!

    Responder
    • Thereza - 19/03/10 - 18h21

      Anninha, e meu “foco” maior no post nem era sobre blogs novos, mas sim dos antigos que perderam sua essência, isso sim que me entristeceu.
      Mas vai da nossa expectativa de esperar muito ou nada de alguma coisa.
      Faz parte.

  36. mariana g - 19/03/10 - 18h15

    ai, super concordo. adoro moda, adoro make, lalala. mas os blogs tão beeem repetitivos. às vezes acabo só vendo a imagem. ler pra quê? já li num outro a mesma coisa.

    e super apoio a ideia de que muitas blogueiras estão se sentindo muito celebrities. sad :(

    Responder
  37. Isabel - 19/03/10 - 18h18

    Concordo a 1000%, à muito tempo venho sentindo isso, quantos mais blogs eu vejo mais repetitivos se tornam, inclusive os mais famosos, acho que perderam o charme (alguns blogueiros se acham e isso nota-se no blog, nomeadamente os blogueiros estrangeiros).
    O seu blog, é um dos blogs mais carismáticos que existe neste mundo virtual, e isso se deve à sua personalidade vibrante.
    Palmas para você.
    Bjs

    Responder
  38. Daniela Brisola - 19/03/10 - 18h24

    Não entendi a intenção desse seu post. Você deveria ser a primeira a levantar a bandeira em favor dos blogs e apoiar quem quiser ter um.
    Entendo o fato de haver muitos blogs por aí tratando do mesmo assunto, mas acho que cada um possui um jeito de passar essa mensagem.
    Cada bolg possui o toque especial que cada blogueira dá a ele.
    Se você pode ter um blog qualquer pessoa poder ter. Direitos iguais, não?!
    O que eu também sou totalmente contra é a comercialização que algumas blogueiras estão fazendo com o seu espaço. Veja o exemplo da Camila Coutinho e do seu “Garotas Estúpidas”. Antes era um dos meus blogs favoritos, agora entro lá e só vejo posts sobre o Shopping Day.
    Realmente não entendi o porquê desse post, mas se pra você é tão importante mostrar a sua opinião sobre os outros blog, no seu blog, é um direito seu. Como é direito de todos terem um blog.

    Responder
    • Thereza - 19/03/10 - 18h28

      Daniela, mas eu comentei isso justamente por ser blogueira e querer que essa “classe” perdure. Um exercício de reflexão para que nós, blogueiras, tenhamos gás para sempre inovar e postar assuntos diferentes e interessantes, cada um a sua maneira.

      Não tô pedindo pra ninguém deixar de ter blog, só isso.

      E como leitora, me decepciono de não ver alguns de meus blogs favoritos da mesma maneira que eram antes, o comentário foi basicamente sobre isso, sem mais.

      Quanto a pessoa ter “direito” de ter blog, sei lá! Não basta ter blog, tem que participar. Como alguém sabiamente disse em algum lugar, não é pq a pessoa entende de batom que ela pode necessariamente ter um blog.
      Acho que cabe responsabilidade e respeito com as leitoras, só isso.

  39. Tamara - 19/03/10 - 18h34

    Assino embaixo!
    Entendi o que tu quis expressar com esse post, também venho notando que os blogs antigos estão perdendo um pouco da essência, antes era tudo mais simples, mais natural. Hoje em dia parece que cada blog quer se sobressair mais que os outros, e muitas adotaram a profissão blogueira e mudaram completamente. Parece que postar não é mais algo legal, que as blogueiras fazem porque gostam do assunto. Um blog que EU acho que infelizmente ficou assim foi o JustLia, adorava, entrava lá desde que eu era bem novinha, a Lia postava sempre de um jeito muito legal, hoje em dia ela tem uma “equipe”, não sei, perdeu aquela essencia de antes.
    Sem falar nos blogs que são paparicados pela “blogosfera” sem motivos aparentes, entrei em um blog essa semana que tinha um vídeo ensinando a fazer uma trança! Poxa, cadê os posts inteligentes?!
    Falei de mais já! hahaha
    Fashionismo keep walking.

    Responder
  40. Thereza - 19/03/10 - 18h35

    ———————
    Eu só quero, antes de qualquer coisa, que tanto os comentários via twitter quanto o post em si, foi mais um desabafo como LEITORA. Pois antes de ter blog eu lia.
    E quem não reparou ou não notou essa mudança e postura em alguns blogs, parabéns, tem um google reader abençoado!

    Responder
  41. Patricia camargo - 19/03/10 - 18h43

    Oi Thereza, td bem?
    Entrei na blogosfera há pouco tempo. Tenho um blog que não é sobre moda, é de tudo um pouco, mas acompanho blogs de moda porque adoro.
    No início seguia vários mas começou a me dar preguiça e resolví dar uma selecionada. Continuo seguindo o seu porque acho diferenciado, interessante.
    Tem alguns que até estão na sua lista de favoritos que acho eu particularmente acho uma bobagem.
    Quanto a proliferação dos blogs eu acho isso democrático, independente da qualidade ou não. Como alguem falou num comentário anterior, o blogspot e o wordpress estão aí pra isso.
    Acho que tem público pra todo mundo pelo menos no começo. Depois, o tempo dirá quem fica e quem some.
    Eu nem me assusto mais quando entro em blogs gringos e logo depois vejo post e fotos identicas em blogs nacionais. Acontece que nem todo mundo conhece os gringos e até chegar lá vai seguindo os que conhece.
    No meu caso, deletei vários e com isso ganhei tempo útil na minha vida rssss
    Continuo seguindo o seu e alguns pouquissimos que acho bons.
    O legal da internet é justamente porque dar um “unfollow” não nos custa nada e nem tempo!!
    beijos e sucesso!!

    Responder
    • Thereza - 19/03/10 - 18h54

      Gente, eu fui até reler o post pra saber se eu estava viajando. Mas preciso repetir que o que eu quis dizer é para que a pessoa se PREOCUPE MAIS na hora de postar, independente de ser cópia, original, que ela pense antes de postar. Que ela tenha cuidado, dedicação e criatividade. Foi basicamente isso.
      Acho que uma ou outra idéia se desvirtuou, mas luto e defendo a democracia e agora, mais do que nunca, sou sedenta por ler blogs novos e que tragam essa emoção de volta.
      O DCNL é um belo exemplo que me fez ter vontade de voltar a fazer comentários, concordar, discurtir.
      Acho isso legal.

  42. Lena Kaligaris - 19/03/10 - 18h46

    Mas sabe, eu comecei a ler esse blog não faz muito tempo, acho que esse mês ainda (?). E sabe o que me chamou mais a atenção? A dedicação. Vi o post que vcs fez sobre o estilo da Isabel de Viver a Vida, tirando print do YouTube, e aquele da C&A (ou Renner?) que vc montou vários looks para nós vermos.
    O que eu percebi é que um dos meus blogs favoritos (Just Lia) está se tornando mais frio, não mais como antigamente, porque agora não é mais a Lia que posta tudo, ela praticamente só escreve nos fins de semana :/
    E vendo esses novos blogs adolescentes principalmente, canso de ver informações repitidas.
    Tanto que no meu blog, eu tenho tentado (As vezes, consigo e as vezes não) ser diferente dos outros blogs.
    Mas The, seu blog é genial e maravilhoso porque você é dedicada.

    Responder
  43. Alessandra - 19/03/10 - 18h50

    Bom eu tbm acho que hoje em dia os blogs estão muito ctrl C+ ctrl V , as pessoas postam somente por postar!
    eu tenho um blog :http://sosogirly.wordpress.com/
    eu posto coisas nele mais pra me distrair msm .Mas espero ser um blogueira de sucesso como vc :D

    Adoro seu blog acho ele autêntico, diferente e super fashion.

    xoxo

    Responder
  44. Fernanda - 19/03/10 - 18h52

    Thereza, o que eu acho é que soa muito feio dizer que a blogosfera perdeu o seu “frescor”. “Banalizar” quer dizer que agora todo mundo tem blog? Ué, não pode?
    Não é nada contra você, nem contra quem concorda com o seu ponto de vista. Só acho que soa soberbo dizer que todo mundo está falando sobre as mesmas coisas, se a internet é justamente um espaço democrático, né.

    Responder
    • Thereza - 19/03/10 - 18h59

      Fernanda, assim como blog, cada um tem o seu, opinião, cada uma tem a sua.
      Essa é minha visão, a maneira como ando enxergando as coisas, talvez tenho refletido demais? Sim, pode ser.
      Talvez tenho exigido demais? Ok, não vejo problema.

      Agora soberba é uma coisa que não tenho e isso sim pode soar bem feio, falar de alguém que mal conhece, palavra forte. O que não posso fechar meus olhos pro que estou vendo.
      Admiro sua intenção pelo debate, agora acredito que você tenha desvirtuado um pouco do assunto, pois a premissa desse texto foi pra falar da “banalização” do ato de postar, da falta de preocupação, cuidado e pesquisa na hora de passar um assunto.

      O que “sugiro” é DEDICAÇÃO, indiferente de ser em blog novo ou blog velho, e pra mim essa é a principal característica que uma blogueira deve ter.

      É essa reflexão que fiz primeiro com meu blog e depois como leitora, só isso.

  45. Lena Kaligaris - 19/03/10 - 19h05

    Mas essa de aparecerem 20947309784094378 blogs (apesar do meu ser novo, tem 6 meses) pode ser explicada em uma frase, que tá aí em cima: blog is the new black.
    Tem gente que faz porque gosta, tem gente que faz porque quer ser famoso, tem gente que faz porque quer saber como é ter um blog. Mas muita gente cria blogs todo o momento.

    Responder
  46. Marcela Approbato - 19/03/10 - 19h05

    querida Thereza, Acho que este post chega no momento certo. Tenho um blog há pouco tempo e ele começou por uma revolta minha, sempre comentei e li tudo quanto é blog, sou design de semi jóias e como empresária vi neste meio uma boa forma de divulgar meu trabalho, enviei de presente algumas peças primeiramente para duas blogueiras e me decepcionei com o descaso delas para comigo, hoje tenho uma marca sólida na minha região e claro que sei que ainda não sou conhecida por grandes nomes da moda, além de saber que tenho muito o que melhorar,por outro lado sei do meu potencial e fui tratada com um descaso terrivel. Muitas blogueiras, de blogs grandes principalmente, estão com a sindrome do aumento de EGO, elas não conseguem ser simples em nada e ainda por cima ficam “zuando” as perguntas das leitoras no twitter.
    por isso e por outros e por querer fazer diferente no Meu, é que eu estou deixando este recado e te parabenizando pelo post, muito blog, pouco conteúdo e um monte de blogueira metida.
    ACHO LEGAL POSTS ASSIM, para que muitas blogueiras como eu , reflitam sobre seus posts e sobre aquilo que escrevem.
    bjãooooooooooooooooooooooooo
    Marcela

    Responder
  47. Priscilla - 19/03/10 - 19h08

    Bom, sou leitora a pouco tempo mas já percebi que a maioria dos blogs que divulgam marcam x ou y, ficam bitolados a fazer aquilo e tratam o Blog como uma obrigação chata e deixam ele lá parado por dias e quando postam é por postar algo que nem é tão interessante.. Mas tbm não acho legal alguns blogs novos que decretam seu “desamor ” por alguns blogs antigos.. O Fashionismo é o meu favorito pela sua essência Thereza, você não trata as suas leitoras com deprezo e nem joga seu blog as teias de aranha.. Não desgosto das outras blogueiras mas eu sinto sim, seu pouco caso com a sua profisão-blogueira.. Continue assim, com o seu bom humor, simplicidade.. E essa relação fraternal que mantém com a gente !! Beeeijos.

    Responder
  48. Priscilla - 19/03/10 - 19h10

    Ahhhh, nãoo o SEU pouco caso.. O pouco caso das outras blogueiras com a profissão que fizeram delas “famosidades” !! Você é fofa,vamos tomar um chopp ?! Hahahah.. beeeijos

    Responder
  49. Géssica Hage - 19/03/10 - 19h16

    Adorei The, quando fui descobrindo blogs legais coloquei tudo nos meus favoritos, e todo dia olhava, hoje em dia só continuo lendo o seu e mais uns 2. Acho que muitos viraram vitrines de marcas que pagam para aparecer ou simplesmente perderam a essência.

    Responder
  50. Jessyca - 19/03/10 - 19h24

    Oi, Thereza!
    De início, vim aqui parabenizar pelo seu blog. Acredite se quiser, eu leio há um ano e pouco o fashionismo, e só comentei um post até hoje!
    Enfim, eu sou blogueira, mas o meu blog é diferente do seu. Acho que cada um tem que ter fazer as coisas de acordo com a personalidade, pra poder fazer um blog legal e não “automático”. Tantos blogs de moda que vejo por aí, que só falam de coisas bobas, e o pior: copiadas de outros sites. De blog sem conteúdo, a internet tá cheia. É realmente péssimo.
    No mais, pretendo por em prática o projeto-blog de moda/celebridades/makeup/tudo/minha vida (sim, tudo isso num só, haha!). Só me falta tempo mesmo pra lançar isso na net. E quando o fizer, vou dar uma passada no Fashionismo pra te dar um oi! Huhasduhauh.
    Parabéns de novo, continue com seus posts, eu ADORO todos eles! (e uma foto do Chuck no blog mãe, é sempre bom).
    Beijos Thereza, sucesso!
    Jessyca.

    Responder
  51. keire Hiane - 19/03/10 - 19h36

    Entendi o que a Thereza disse e concordo..tenho blog ha uns 6 anos…comecei no Bol e escrevia sobre coisas aleatórias e que eu sentia..era bem misturado mesmo..SEMPRE vivi no mundo da moda mas nunca tinha tido vontade de escrever sobre depois mais tarde…Achei pork não falar de uma coisa legal e que vc é boa e pode ate ajudar alguem…Concordo com as montagens..o Photoshop me mata e me dedico o possivel,nen por isso tenho sucesso mas é uma coisa que AMO fazer e o exercicio de escrever é muito bom.
    Mas como blogueira e leitora voraz de tudo acho que esta em crise tanto blogueiras quanto leitoras Blogueiras se achando e tem leitoras que Acham uma obrigação da outra pessoa postar…Eu mesma as vezes passo 4 dias sem uma inspiração e já deixei de fazer um post super bacana que tive uma idéia vendo alguma coisa na rua pork quando cheguei em casa e abri a net vi alguma coisa parecida.
    Tem muita gente que pensa que existe uma Elite de blogueiros e não é bem assim…Sempre tem espaço pra NOVAS idéiasss

    Responder
  52. Hortência Lopes - 19/03/10 - 19h43

    Profundo…

    Responder
  53. ruth - 19/03/10 - 20h20

    Thereza gostei tanto desse post q atè queria leer todos os comentarios hahaha, è bom para as novas blogueiras, meu blog tem quase um ano, mas eu sinto q to bemm começando, è dificil jà q não moro no Brasil nem estudei la, então escrevo horroresss :S mais com o tempo agente aprende nè, eu tambèm assino aqui :)

    Responder
  54. Ana - 19/03/10 - 20h27

    The (posso te chamar assim?), confesso que sou nova no mundo das blogueiras, fiz o meu a pouco menos de 1 mês, mas a questão é extamente essa que você comentou. O fato de ter um blog, é sim, cuidar das postagens, pensar, reler, cultivar as coisas que você faz, afinal é o seu jeito de pensar, a sua maneira de ver as coisas, se você gosta da idéia de repassá-las, você irá se preocupar. Apesar de MUITO raramente ter algum comentário no meu blog ou vê-lo em outros blogs, se eu me comprometer, um dia (espero! rs) tenham pessoas que valorizem, também, o que faço, escrevo. Assim como você e seu blog, que basicamente foram minha inspiração na hora de criar o meu próprio espaço. Parabéns, de todos os blogs que conhecia e que comecei a conhecer, você é um bom exemplo de mulher-pé-no-chão. (deu pra entender né?)

    Enfim, seu blog é ótimo, The, adoro seus posts bem escritos, espontâneos, inteligentes e de grande utilidade pública feminina! [2]

    Responder
  55. joyce - 19/03/10 - 20h32

    Bom a origem de blog é um diario virtual, e depois mudou para como se fosse um site com cara de blog, e “trabalho ” para algumas, mas acho que sempre var ter leitora para cada blog. Os blog não é uma revista que ter que ter um conteudo super interresante todo tempo, eles não são uma fonte com muita redibilidade, pois você da sua opinião propria o que dificilmente aconteceria em uma revista, eu tenho um blog e adoro escrever sobre o que penso e leio muitos outros como o seu, só acho que não podem perder o foco . bom e minha opinião
    joyce

    Responder
  56. Bianca - 19/03/10 - 20h47

    Sabe o que eu acho? O blog é SEU e nele você escreve o que quiser Theresa! Acho válido quem elogia criticar também. Nem li todos os comentários, mas leio todo dia o blog e adoro. Não te critico por escrever sua opinião e sei que às vezes queremos falar as coisas doam a quem doer mesmo. Adoro o blog da Camila Coutinho e as críticas sobre cópias que ela escreve, e acho real mesmo, mas ninguém aceita. Queria saber porque? Também tenho um blog e escrevo por distração e porque adoro moda, mas só. Não acho que você tenha que pensar muito em publicar, mas sim publicar o que você gosta e o que você quer, nada de copiar só porque tá na moda ou porque era legal, só acho que isso não pode deixar de ser uma diversão para quem escreve. Acho que os blogs, assim como a vida real tem suas competições, mas isso não pode afetar ninguém (não estou falando de você), mas concordo que alguns ficaram bem chatos, sem posts, e sem conteúdo.
    Beijos e desabafa mesmo!

    Responder
  57. Nicole - 19/03/10 - 20h53

    Adorei The, a maioria dos blogs, melhor, blogueiras, quer aparecer ao invés de postar assuntos interessantes, querem é virar celebridades.

    Responder
  58. Juliana Noronha - 19/03/10 - 21h12

    Concordo com tudo o que você disse, acredito sim que todo mundo tem o direito de ter um blog, ate pq é público. Um bom lugar para liberar suas próprias idéias, reclamar de alguma coisa… ou simplesmente ter um pq esta na moda!!! risos
    Eu sou jornalista e tenho sim um blog de moda, mas justamente o que acontece é que a quantidade de blogs com os mesmoa assuntos é casa dia maior e o que fica de bom são os que superam a criatividade como o seu, que aliás eu leio bastante.
    Eu levo muito a sério o meu blog ” Versatilidade”, mas acredito que quem não gosta de verdade, não tem dedicação… vai ser só um meio de liberar suas idéias, sem que muitas pessoas leiam… não é mesmo???
    Teresa querida, fica meus parabéns pelo blog e pelo texto!!! adorei!!!
    beijoss Ju Noronha

    Responder
  59. De Chanel na Laje - 19/03/10 - 21h23

    Oi, Thereza!
    Em primeiro lugar, quero dizer que me senti honrada com a menção ao blog. :-)
    Bom, eu achei o seu post superválido por uma razão bem concreta: se você tem um blog de moda, é natural – e eu diria até necessário – que você proponha uma reflexão sobre essa atividade. E qualquer reflexão/debate desse estilo é de extrema importância, na minha opinião, especialmente porque é tudo muito novo: papel do blogueiro na sociedade, relação blogueiro-leitor, blogueiro-marcas, blogueiro-mídia. Só que infelizmente nem todo mundo está disposto a fazer esse tipo de trabalho de autocrítica e autoconhecimento, né? Então, repito, post superválido, no que vc deixou clara a sua opinião e os seus questionamentos, e abriu um espaço de discussão interessante (gostei muito de alguns comentários que li por aqui).
    Sejamos sinceros: você não foi a primeira a questionar a banalização dos blogs de moda nem será a última. http://bit.ly/blTeGz
    Parece que no Brasil o ato de “pensar sobre a blogosfera” é quase um crime, coisa de competitivos mal-amados que ofendem gratuitamente “porque são invejosos” dos que têm muita audiência ou patrocínio e blábláblá. Enquanto isso… muitas discussões interessantíssimas rolam mundo afora sobre esses temas.
    Ah, amei a foto do post!
    Desculpa o megatexto. Beijos!

    Responder
  60. Juliana - 19/03/10 - 21h32

    Concordo The, muitos blogs que eu adorava, hoje em dia estão perdendo sua ”essência”. Adoro todos os seus posts, acho que sem o fashionismo eu estaria perdida.

    Responder
  61. Andréia - 19/03/10 - 23h38

    Thereza, concordo com cada linha que você escreveu!

    Estudo Jornalismo e meu blog é ligado ao meu site sobre futebol. Mas isso não faz necessariamente dele um blog exclusivamente sobre futebol. Falo sobre outras coisas também, ligadas ou não ao esporte. Com tanta “porrada” que tomei da vida no meio do jornalismo futebolísico, aprendi a buscar vias diferentes da maioria dos colegas de carreira, que também querem um lugar ao sol na internet. E eu não sou popular, nem mestre no assunto.

    No meu caso, é um portfólio do meu trabalho como jornalista, e como blogueira, por que não? Sou a favor da monetização dos blogs que mereçam, e de brindes, VIPs, e outros mimos, desde que haja consciência por parte do blogueiro saber quem é o anunciante, a “generosa” corporação por trás dessa “gentileza” e suas intenções, além de ter uma opinião suficientemente forte para dizer não quando estiver a fim de falar.

    Entretanto, de um ano para cá, tenho percebido que muita gente tem se aventurado pela blogosfera visando apenas ganhar em publieditoriais e não agregar nada de novo. Não penso que seja péssimo, porém, bem chatinho encontrar a cópia da cópia da cópia toda hora. Não digo, se inspirar em um post visto, e tirar algo daquele assunto; mostrar um outro ângulo daquela tese. Isso sim é algo bacana de se fazer.

    Até hoje, eu não me conformo com celebridades virtuais que ignoram seus admiradores. Algumas ainda tentam interagir, mesmo com escassez de tempo. Filtram o que é pertinente a receber um reply. Sejam 5 ou 500 comentários. E creio que são as que mais atraem leitores legais de se ter – porque de que adianta ter um monte de comentários com as seguintes mensagens: “primeiro! comentei primeiro!” ou “seu blog é lindo! passa no meu e comenta”?

    Parabéns pelo desabafo. Ele é o pensamento de muita gente.

    Responder
  62. Cristiane de Oliveira - 19/03/10 - 23h43

    The,
    O seu post estava mega claro, não estou entendendo o porquê dessa confusão toda das pessoas ficarem ofendidas com o que você falou.
    Você, como sempre, foi muito transparente, objetiva e sincera, e acho que isso às vezes assusta.
    Li e reli, concordo com o que você disse e entendi. Também acho que em nenhum momento você quis diminuir o trabalho (em blogs) de alguém.
    Realmente alguns blogs (tanto antigos quanto novos) perderam ou estão perdendo o gás, parece que não apresentam mais a mesma força de antes ou, o que é pior, escolhem determinadas marcas para falar que testaram, que funcionam, que são “super tendência” só porque na verdade estão recebendo um certo “patrocínio” por fora.
    Você tem o meu apoio.
    Beijos
    Cris

    Responder
  63. Lala - 19/03/10 - 23h46

    Oi Thereza!
    Você levantou uma questão sobre a qual eu venho pensando desde o ano passado. Adoro moda e blogs de moda e comportamento, não só os nacionais como os internacionais. É muito bom ver a opinião de diferentes pessoas no mundo sobre um mesmo assunto e tudo o mais, mas mais que isso, fazer uma avaliação e um filtro daquilo que a gente lê todos os dias é fundamental. Vejo que muitos dos blogs dos quais eu era leitora assídua, se perderam… e se perderam no sucesso, no excesso de patrocinadores (todo mundo precisa de um apoio e não condeno), no estrelismo, no “se achismo”. Muitas das blogueiras antigas, se enxergam como ditadoras de moda e não como propagadoras de moda ou como pensadoras de moda.Por outro lado, muitos dos blogs mais novos são vazios, cópias, mais do mesmo… que provavelmente não vão conseguir “se manter” por muito tempo, porque repetições e cópias em nada acrescentam. Analisando bem parei de ler muitos blogs que antes eu gostava, pelos mesmos motivos que você disse no post. E parei de entrar em blogs novos, pelo niilismo e pelas cópias, muito cansativas.
    Acompanho o seu blog quase que desde o começo e sua evolução foi nítida, e o mais legal disso tudo, é que você não deixou o seu frescor na escrita, a sua educação de sempre ao tratar e lidar com as leitoras, e principalmente o conteúdo de qualidade. Desde então, não me recordo de não ter gostado de algo que li aqui. Acho muito legal a sua posição e sua reflexão sobre o assunto. Parabéns pelo trabalho e muito obrigada por proporcionar momentos de leitura tão legais e agradáveis. Adoro você e o que você faz aqui no Fashionismo.
    Um beijo

    Responder
  64. Gir - 20/03/10 - 00h33

    Te, você falou algo bem pertinente, o que acontece é que no meio de tantos blogs sobre moda, as pessoas se acomodam, acabam repetindo os assuntos e não abordando de um modo interessante, acaba cansando o leitor e esse, não tem estimulo para comentar e acaba passando batido. Assim como as blogueiras amadureceram, os leitores também, querendo informações interessantes, assuntos inovadores, o que acontece é os blogs com assuntos batidos ou com medo de postar algo que acha interessante e ser criticado pelo seu ponto de vista.

    Responder
  65. Juliane - 20/03/10 - 00h35

    Aaah, Thereza, fiquei triste de voce não ter sido muito bem entendi nesse post!!
    Achei bacaana!
    Por exemplo, no meu blog, eu tenho preferido postar com menos frequencia (por falta de tempo) do que fazer posts irrelevantes, por respeitos as pessoas que leem.
    E fico realmente triste, quando algum blog que eu goste, vai ficando desleixado..
    Acredito que refletir sobre isso não ofende e nem tira o direito de ninguém, é só um toque!
    Beijos querida

    Responder
  66. Camila Coutinho - 20/03/10 - 00h42

    Oi The!!!
    Achei esse seu post MUITO BOM e bem escrito demais, tinha que dar a minha opinião também né? hehe

    Como leitora eu tambem acho que alguns blogs que eu lia DIRETO (Tipo ficava ansiosa pelos posts) andam meio devagar. To sentindo as blogueiras desmotivadas sabe? Não sei se é em função de terem se “profisionalizado” ou se é somente um momento coletivo de falta de criatividade.

    Por outro lado (agora falando como blogueira), acho que isso é passageiro. Como voce falou, andam surgindo MUITOS blogs de moda e ,como a internet tá aí pra todos (graças a deusss!), as pessoas acabam entrando nos mesmos sites pra buscar inspiração e tals. Sem querer ficam todos meio parecidos ne?

    Entao acho que esse é justamente o momento em que tá todo mundo precisando parar pra analisar o conteúdo e ter tempo pra dar um refresh nas idéias! Pra isso é preciso ficar longe do computador pelo menos uns dias e viver um pouco offline, só que ninguem consegue porque todo mundo cobra os posts e a blogueira acaba postando umas coisas mais básicas enquanto isso! hahaha Será que deu pra entender como eu tentei explicar? é que to com sono! haha

    Quanto aos comentários e twits, é realmente IMPOSSÍVEL responder tudo gente, sério! Pra mim é mais fácil email sabe? Aí sim consigo responder quase todos com atenção! Prefiro quando as meninas mandam as perguntas pra lá..

    To falando isso pela minha visão dos dois lados hein? Blogueira e leitora!!!

    Escrevi demais né?
    Enfim, espero que esses proximos meses viajando refresquem bastante as minhas idéias…realmente as vezes a criatividade tira férias e a gente nem percebe!

    Beijos theeeeee
    luv fashionismouuuu

    Responder
  67. Natalie - 20/03/10 - 00h42

    Nossa Thê..como sempre você tocou fundo na minha alma. Eu tinha um blog que até estava no seu blogroll e era muito bom..mas depois perdi a vibe..sei lá..muita coisa pra fazer, e olha que só comecei a ler blogs por sua causa depois de uma googlada…enfim. achei o post super pertinente e eu vejo que realmente rola isso dos blogs perderem o frescor e a espontaneidade de antes…mas continuo fiel a vocês que sempre dão mais frivolidades e informações gostosas e necessárias para as nossas vidas! beijos..como já te disse no twitter..VC É GENTE COMO A GENTE! Uma fofa!

    Responder
  68. Bebel - 20/03/10 - 01h56

    Ótimo post. Como eu já devo ter comentado mil vezes anteriormente, essa superlotação de blogs de moda também me deixa irritada pela falta de conteúdo, de seriedade, pela repetitividade. Passo por diversas entresafras criativas e posso até deixar o blog sem posts, mas isto é porque prefiro postar algo legal, diferente, do que repetir mais do mesmo que todo mundo fala. Mas nunca se sabe, às vezes meu blog é tão chato quanto outros, rs…
    Acho que muita gente entra nessa visando outras coisas ao invés de levar na boa, como tem que ser. Claro que todos queremos reconhecimento… mas one thing at a time.
    Beijos

    Responder
  69. Paula carvalho - 20/03/10 - 07h57

    Nossa, gostey muito do que você falou. Isso tbm serve de incentivo pra quem tá começando agora!
    Passa no meu? http://www.supertendencias.wordpress.com

    Beeeeeeeijos ;*
    Paula Carvalho.

    Responder
  70. Karine - 20/03/10 - 11h48

    Adoro o seu blog! E agora fiquei mais fã ainda!

    Responder
  71. Thereza - 20/03/10 - 14h15

    Pra finalizar esse tema que foi compreendido pela maioria, mas uns discordaram e eu respeito muito, mas umas (2) – que não aceitei pelo bem do blog – deturparam de uma maneira deprimente.

    Paula, a idéia tb era essa!! Que sirva de “ajuda” pra novos blogs refletirem e produzirem coisas legais, pq eu sempre recebo email pedindo dicas pra criar um blog interessante e o que eu sempre falo é ter determinação, empenho e criatividade, pq não podemos negar, que quando a gente cria um blog seja lá de que for, queremos reconhecimento pelo nosso esforço, isso é óbvio e nada mais justo.

    Bel e Cami, QUE BOM que eu não sou a única que tenho entresafras criativas, me sentir na “obrigação” de postar algo interessante, muita pressão. O apoio de blogueiras como vocês justamente endossa essa reflexão, que ao meu ver é válida e necessária pra gente melhor como blogueira, e porque não, como pessoa.
    E Cami, com certeza NY vai te inspirar e dar fôlego e gás ao blog, vai ser muito bom!

    DCNL, obrigada por entender que refletir é preciso!! Toda essa minha reflexão começou da minha parte, da minha vida e do meu blog, não foi criticando um ou outro e sim tentando repensar a força dos blogs e encontrar uma maneira de dar gás pra esse meio, que SIM, está saturado. E vai da gente encontrar a solução pra que a extinção deles não ocorra, o que aí sim vai ser de extrema tristeza pq eu não vivo sem o meu, e como leitora, não vivo sem muitos que leio por aí todo dia, e admiro e me inspiro.

    E para todas as meninas que concordaram que desanimaram com o mundo dos blogs e seus google readers, faz parte, essa momento já era até esperado pelos “estudiosos” no assunto! E acho que em nome das blogueiras, só posso falar que isso passa. Com o tempo achamos nosso caminho, uma “linha editorial” criativa e com diferencial. Com o tempo encontramos nosso caminho e recuperamos nossa criatividade e o tal do frescor.

    Responder
  72. Maysa Úrsula - 20/03/10 - 14h20

    Oi The (acho Theresa mto formal, hehehe)!

    Sempre leio seu blog e concordo com o seu pensamento sobre alguns blogs bem legais estarem paradinhos e talvez seja mesmo a falta de criatividade. Sobre a pauta repetitiva não acho que seja copy, talvez seja causa do bombardeio de informações que temos. Gracias!

    Se o site é quase um portal de moda todo mundo acaba encontrando e tirando suas referências/imagens de lá e replicando do seu jeito. Digo isso porque sou jornalista formada e trabalho com assessoria de imprensa e invariavelmente um dia vamos ver matérias, posts, imagens, entrevistas sobre o mesmo assunto. Lógico que sou contra sair por aí copiando, palgiando.Onde todo mundo procura imagens das celebs nacionais? No EGO, então não tem como ter fotos diferentes, hehehe…

    Eu tenho um blog há 2 anos e apesar de mais de 1.500 acessos diários não tenho o retorno de coments que esperava ter (Interatividade,Oi!), mas gosto tanto do assunto que continuo lá firme e forte, kkkkk.. Escrevo pq gosto e não p/ ser a famosona, hehehe…

    Prova dessa tal globalização é que fiz um post sobre a Deborah Secco ter copiado o cabelo e as roupas da Alexa Chung antes de muita gente – um no domingo e outro na quarta-feira – e depois vi no Garotas Estupidsa o mesmo post falando disso e até o nosso texto era parecido. Se muita gente olhar o meu vai dizer o quê? Maysa copiou da Camila Coutinho! E não foi pq as datas estão lá, então, só posso concluir que a tal globalização faz as pessoas e os blogs se tornarem repetitivos mesmo, mas com um país de 150 milhões de habitantes há espaço para todas e só permanecem os que têm algo mais! O seu certamente pernanecerá!

    Beijo e sucesso para vc! Vida longa ao Fashionismo!

    Responder
    • Thereza - 20/03/10 - 15h02

      Maysa, vocês está super certa, realmente temos um bombardeio de informações todos os dias!!
      Quanto aos comentários, realmente é fogo viu!! Quando fiz o questionário aqui pro blog descobri que apenas UM% comenta assiduamente em todos os posts, mas acho que é hábito da pessoa ler e não comentar.

      Quanto a coincidência de posts é super normal, eu sempre tenho essa relação fraterna com a Lívia do Gmaour Paraguaio a gente se entende e tem alguma sinergia na hora de postar!! Mas sabemos que é pura coincidência e até mesmo gosto na hora de postar!!

      Beijos e vida longa aos blogs!!

  73. Katarina - 20/03/10 - 15h09

    Adorei o post de hoje. Quando li a parte em que vc fala que o animo vem dos nossos comentarios, decidi postar aqui, uma coisa que ‘e muito rara eu fazer! Com certeza a sua relacao conosco ‘e maior do que em qualquer blog que eu ja vi. Venho diariamente no fahionismo com a certeza de que vou ler um post novo e de qualidade. Voce tem total razao quando fala da banalizacao e falta de originalidade de diversos blogs hoje em dia. Adimiro muito oque voce anda fazendo por aqui, um trabalho de primeira. Nao tenho certeza se meu comentario sera lido, vc mesmo disse: VC ‘E HUMANA. nao tem que ta lendo 50/80/200 comentarios por dia! VIDA LONGA AO FASHIONISMO. Sucesso, garota. beijos

    Responder
    • Thereza - 20/03/10 - 15h38

      Katarina, Chayanne e Ana!
      Obrigada pelo apoio e por ter entendido essa crise que assola o meio!
      Da minha parte, sou cheia de idéia e se tivesse mais tempo, postava mais, mas muitas das minhas idéias esbarram no pensamento “será que vai ser legal? Que vai surtir efeito?” Por isso acho válido esse meu pensamento e compartilhar com outras leitoras e blogueiras, que descobri que passam pelo mesmo problema que eu!!

      Mas é com o comentário, mesmo que bissexto (;P), de vocês leitoras que nós nos sentimos “importantes” e sem nenhuma pretensão vamos tocando o blog a nossa maneira!!
      Beijos!!

  74. Chayanne - 20/03/10 - 15h24

    Theresa,
    incluo seu blog na minha leitura diária de “blogs com personalidade”. Falo isso, porque mesmo que possa ser modinha ter um blog, a questão é como este ou aquele se destacam na multidão.E é aí que a maneira inteligente, criativa e com características próprias imprimem o perfil de cada blogueiro e o seu público seguidor. Cada um pode expressar a sua visão sobre o mesmo tema, mas alguns têm o DOM. E este é o diferencial.
    Eu tenho um blog pessoa, só por brincadeira entre amigos. Me dá prazer falar o que vem à cabeça sem maiores preocupações. É também uma espécie de terapia pra mim. Não vislumbro comercializar, divulgar ou me promover. É um hobby e ponto.
    Concordo quando diz que talvez paire uma falta de criatividade, “pese” a responsabilidade de imprimir opinião, etc. Também tenho pensado assim sobre alguns blogs que leio. Espero que seja temporário. Pois, o melhor disso tudo aqui, é a leveza de se poder falar a mesma língua sobre as coisas que gostamos, né?
    Bjs,
    Chayanne

    Responder
  75. Ana Silvia - 20/03/10 - 15h33

    Thereza, concordo com voce em numero, genero e grau. Mas como todas as novidades do mundo, è assim: todo mundo quer experimentar fazer um pouquinho…
    Sò sobrevivem os fortes e talentosos. Os aventureiros sao levados pela correnteza, sempre è assim. Alimente sua inspiraçao e seja determinada.
    Voce è talentosa e inteligente, è muuuuito bom ler o que vc escreve!

    Responder
  76. Anna - 20/03/10 - 16h41

    concordo plenamente

    Responder
  77. Fê Marconi - 20/03/10 - 19h15

    Falou td Teh!! Post super inteligente e significativo. Tem muito blog por ai com as msms coisas sempre, cm alguem jah comentou lah em cima…mas oq eu acho pior são alguns blogs por ai que copiam (CtrlC+CtrlV msm) posts de outros blogs cm se fosse delas! Isso é baixo, é sujo!! Quer fazer um blog, faça, mas antes pense sobre os assuntos q vai tratar, e se tem outros blogs cm referencia, q sejam apenas inspirações msm, ou ao menos cite a fonte…Sei lá, eu msm já pensei varias vezes em ter um blog, mas enqto ainda não estiver segura sobre o q falar, e COMO falar, acho q é bom esperar…Não sei, posso estar errada, mas é muita responsabilidade falar com pessoas q vc naum conhece e q vc pode (e muitas vezes VAI) influenciar. Tem q ter o respeito msm com as leitoras, afinal se escreve um post pra q as pessoas leia, e para saber a opinião dessas pessoas, não?
    Então The, por isso q sou sua leitora assidua(?). Vc sab oq escreve, escreve com respeito, e tem um respeito enoooooorme pelas suas leitoras. Sou leitora já faz um tempiinho e sempre percebi isso. Mas eu acho q esse é o caminho do sucesso, por mais q existam blogs e blogueiras q naum respeitem os outros e seus leitores, esses não vão pra frente, não duram muito tempo.

    Continue assim The, com post sobre aquilo q amamos, moda, mas tbm sobre coisas importantes q pensa.

    Muito Sucesso!!!!!! ;D

    Responder
  78. Gabriela - 20/03/10 - 19h18

    Parabéns pelo post!
    Muuuuuuitos perderam o frescor de antes!
    E vc é muito engracada! Tem um jeito próprio de escrever.
    Sou leitora diária do fashionismo.

    Responder
  79. Marcela - 21/03/10 - 11h58

    Faça minhas as suas reflexões. Há uma ano atrás enchi minha lista de favoritos com blogs de moda/estilo, etc. Lia quase todos , todos os dias. Agora cansei. parece que todos estão iguais, com as mesmas fotos, dicas, idéias. O mesmo, aconteceu com os blogs de street style e de estilo pessoal. No primeiro o jabá corre solto. Os internacionais, criou a figura do blogueiro sensação, egocêntrico, estrela (Nem preciso citarnomes, vamos aos top, mas aquela menina de 12 anos me irrita). Os de estilo pesoal, estão datados. Cansei de ver poses e fotos da mesmice e de mais ego inflamado. Não sei o rumo que os blog irão tomar. Alguns irão sumir, pois seus donos vão cansar do briquedinho.Outros irão evoluir para site/blog, ou continuar blog, até o fim dos seus dias. Fiquei tentado há uma ano atrás em criar + um blog de moda e estilo. Planejei, pensei , pensei e fiquei no querendo… Se cansava dos outors, imagine do meu? Sua afirmação é correta, há muita diferença entre postar e blogar. Acho que vc está no caminho certo. Faz com carinho e atenção, humor, não faz malabarismo de imagens (prefiro a simplicidade e conteúdo) e aguça a minha curiosidade todos os dias. Continue passando longe da “profissão blogueira”, enquanto ele for um simples blog (se não quiser mudar). Só venda a alma ao jabá, se ele for realmente uma forma de crescer, ganhar dinheiro de forma efetiva e, se ele te levar a um patamar superior da blogosfera.
    Sucesso sempre!

    Responder
  80. Luiza - 21/03/10 - 12h07

    Overdose de blogs, informaçãoes, vida virtual,twitter, etc, etc… é isso que dá, viciar-se. Tem gente que não vive, se não ficar mandando msg para o mundo. Acho melhor pararmos, entendermos e repensar a nossos hábitos “internáuticos”. É muita fofoca, fotos e vida virtual para as nossas cabecinhas ôcas, terráqueos!!!

    Responder
  81. helaine - 21/03/10 - 16h51

    Thereza te amo demais…amo vç como fâ…Meu sonho e te conhecer vç e inspiradora e simples seu blog e como tivesse conversando com uma melhor amiga.Tenho um blog fashion gastando pouco que e mais um diario pessoal de ideias e homenagens a pessoas que amo e me espelho.E vç e uma delas leio sempre seu blog e admiro o jeito que fala e trata as suas leitoras.Torço por ti e um dia quem sabe terei um blog bacana e lindo como o teu…Amo vç!!!!!

    Responder
    • Thereza - 21/03/10 - 18h25

      Helaine, que fofa!!!
      Beijos!!!!!

  82. Érica Camargo - 21/03/10 - 19h07

    The, você sabe que eu simplesmente AMO quando vc faz esses posts desabafo, que simplesmente no faz refletir não só como blogueira mas como leitora também! Acho que a intenção dos blogs (da maioria pelo menos) é trazer informação para suas leitoras de uma maneira totalmente espontânea, do seu ponto vista, sem afetações e principalmente sem a obrigação de ter que agradar a marca A ou B pq ela anuncia em seu espaço, e isso, graças a Deus vc tem de sobra. Não sou contra anuncios em blog, mas acho que em alguns casos isso infelizmente interfere nos posts das blogueiras e inevitavelmente acabam perdendo sua essência, é uma pena! Acho que pra quem trabalha ou simplemente se interessa por moda, os bons blogs se tornaram uma ferramenta de inspiração, assim como suas blogueiras que são sim formadoras de opnião, por isso a responsabilidade e o respeito com sua leitoras deve ser tão grande, não importa se vc receba 5 ou 500 comments por dia; carinho pelo que vc faz e respeito a quem lê é fundamental!!
    Obrigada por ter um blog que me serve de inspiração todos os dias, e que mesmo na entressafra de criatividade (super normal, por sinal, pq vamos combinar q até as revistas tem esse momento! rs) é uma delicia de se ler, simplesmente pq é bem feito e com amor, tenho certeza disso!!!
    beijooooooo

    Responder
  83. Ana Satudi - 21/03/10 - 20h47

    Post muito, muito digno Thereza. Tenho pensado a muito tempo em começar um blog mas sempre me assombra a possibilidade que eu não vou saber o que falar, não vou ter leitores ou vou postar algo “ruim”.
    Post esclarecedor, simples e ótimo!

    Responder
  84. Marcella - 21/03/10 - 22h37

    The (íntima), quando eu vi o bafafá do seu post no twitter, confesso que a primeira coisa que veio na minha cabeça foi: “ué, mas se ela mesmo fala que blog is the new black?”. Ai quando vim ler aqui, vi que era totalmente diferente do que eu estava imaginando. Achei perfeito o seu post, tanto como reflexão quanto dica para uma das zilhões de meninas que estão começando o seu bog (futilidades e etc, nunca vi tanto blog com variação do mesmo nome!). Acho que a necessidade que as meninas ficam de blogar se deve ao fato de hj em dia, o mundinho “vip” das blogueiras famosas sejam um pouco glamurizados. O que a gente bem sabe (e vc mesmo disse) que náo é verdade. Todas são bem gente como a gente, ou pelo menos deveriam ser né? Confesso que sou uma fã de blogs, leio todos os dias, sou sua leitora há séculos, desde o início mesmo, primeiros posts, sempre recomendei seu blog (agora não precisa mais né? Ele já é famoso!!! kk) acho vc muito fofa, tipo amiga mesmo? Sempre foi hiper atenciosa, seja aqui, formspring, twitter, até no orkut eu te add (alockaaaa), mas é que é assim mesmo, a gente se sente amiga, íntima, tipo com artistas da globo, kkk!! A única coisa que eu queria te pedir é q vc nunca perca esse seu lado, como tds dizem a seu respeito, essa sua não afetação, pq sem dúvida este é o seu grande diferencial!!!
    Quanto a ganhar dinheiro pelo blog, sinceramente acho super justo, afinal, dá um trabalho sem fim postar tantas vezes por dia, ler comments, responder e etc, mas o importante é que a blogueira nunca se venda, pq se ela recomenda um creme horroroso com cheiro de chulé pq a marca x pagou por isso, logo logo ela vai ser desmascarada, e vai ser muito feio!!! Diferente de uma revista, o blog falando, é como se fosse nossa amiga no telefone dando a dica, não é?
    Nossa comentário gigaaante, mas muita coisa pra falar. (é que eu faço parte dos 99% das leitoras que raramente comentam, mas entram aqui 300 vezes por dia), mas espero que tenha passado o meu recado, e dizer mais uma vez que adoooro o seu blog, e te desejo sucesso sempre!!!
    ps: quem falou aquilo sobre a pessoa gostar de batom e escrever um blog sobre maquiagem foi o gongar tá na moda, no seu formspring, a respeito do pimenta rosa (nemória boooa!! kkk).
    beijão

    Responder
  85. Marcella - 21/03/10 - 22h43

    ah e só pra finalizar, as vezes, por exemplo, quando compro make nova, faço uma produção que acho super digna, coisas do tipo, fico morrendo de vontade de mostrar pro mundo, escrever, fazer resenhas, fico até fazendo textos mentais de como eu colocaria isso em um blog, pq simplesmente, eu vivo em blogs, e vcs, da blogosfera me entenderiam. A diferença é que esses pensamentos duram 30 segundos, e rapidamente penso: deixa isso pra quem tem TALENTO, CRIATIVIDADE E DEDICAÇÃO.

    Responder
  86. Dri - EveryWhere - 22/03/10 - 06h37

    WOW! Amei o post The!
    Uma coisa que nao entendo eh a disseminacao da “classe blogueiras”.
    Gente, por favor, hoje em dia TODOD Mundo tem blog, e ser ou nao ser blogueira(o) nao faz de ninguem melhor ou mais especial que o outro…
    Obvio que ha blog E blogs. Existem os que apenas disseminam informacao criada por outras pessoas, e ha outros

    Responder
  87. Dri - EveryWhere - 22/03/10 - 06h41

    WOW! Amei o post The!
    Uma coisa que nao entendo eh a disseminacao da “classe blogueiras”.
    Gente, por favor, hoje em dia TODOD Mundo tem blog, e ser ou nao ser blogueira(o) nao faz de ninguem melhor ou mais especial que o outro…
    Obvio que ha blog E blogs. Existem os que apenas disseminam informacao criada por outras pessoas, e ha outros que criam sua propria informacao.
    A meu ver todos sao validos! Maiores ou menores…
    E assim como tem muitos blogueiros por ai que fazem campanha anti-copia e tal, mas ao memso tempo seu conteudo nad amais eh que scanear paginas de revistas ou traduzir notinhas alheias.

    Pra mim, o segredo de um bom blog eh ser autentico, e falar sobre oque vc gosta. Quem escreve com o coracao (olha a breguice!) escreve bem, e toca quem le.
    Pra seu um bom blogueiro nao faz a menor falta ter diploma de jornalista e decorar regra gramatical, e sim acreditar e ter paixao pelo que se escreve.
    nao eh a toa que alguns dos blogs de maior sucesso nos EUA sao justamente sobre o “nada” (a la Seinfled), justamente poruqe os autores falam do coracao sem censura e sem tentar fazer pose ou criar estilo…
    Beijos!
    Dri

    Responder
  88. Dri - EveryWhere - 22/03/10 - 06h46

    Ops – cortou o comentario anterior antes da hora…
    WOW! Amei o post The!
    Uma coisa que nao entendo eh a disseminacao da “classe blogueiras”.
    Gente, por favor, hoje em dia TODOD Mundo tem blog, e ser ou nao ser blogueira(o) nao faz de ninguem melhor ou mais especial que o outro…
    Obvio que ha blog E blogs. Existem os que apenas disseminam informacao criada por outras pessoas, e ha outros que criam sua propria informacao.
    A meu ver todos sao validos! Maiores ou menores…
    E assim como tem muitos blogueiros por ai que fazem campanha anti-copia e tal, mas ao memso tempo seu conteudo nad amais eh que scanear paginas de revistas ou traduzir notinhas alheias.

    Pra mim, o segredo de um bom blog eh ser autentico, e falar sobre oque vc gosta. Quem escreve com o coracao (olha a breguice!) escreve bem, e toca quem le.
    Pra seu um bom blogueiro nao faz a menor falta ter diploma de jornalista e decorar regra gramatical, e sim acreditar e ter paixao pelo que se escreve.
    nao eh a toa que alguns dos blogs de maior sucesso nos EUA sao justamente sobre o “nada” (a la Seinfled), justamente poruqe os autores falam do coracao sem censura e sem tentar fazer pose ou criar estilo…
    Beijos!
    Dri

    Responder
  89. Andressa - 22/03/10 - 09h59

    Thereza, o seu blog é sem dúvidas um dos mais interessantes. Seus posts são sempre criativos e muito pessoais (p.ex. adorei aquele post sobre sua paixão pelo guns…me identifico muito com essa coisa de paixão adolescente por banda! Tô indo a SP no final de maio ver a minha paixão teen: o Aerosmith!), isto é, sempre trazem a sua visão/opinião, o que é muito importante.
    Eu enjoo fácil de blogs que só repetem notícias. O Fashionismo é especial.
    Beijo

    Responder
  90. Danny Schmidt - 22/03/10 - 16h07

    Thereza, o seu blog é sem dúvidas o numero 1.
    Beijinhos

    Responder
  91. Lin Magnus - 22/03/10 - 16h08

    Concordo totalmente. E o pior é quando alguns blogs que parecem bons param do nada, sem motivo ou explicação aparente.

    Responder
  92. Mari Silva-Baars - 22/03/10 - 18h28

    Como sempre, a mais atrasilda nos comentários… mas já te escrevi, em outra ocasião, que a linha editorial do seu blog é a que mais me agrada, dentre os blogs sobre moda, beleza e afins que há por aí. Sem aquela egotrip me, me, me (olha o meu look, olha a minha bolsa, olha o meu sapato…). Equilibrado, como todos deveriam ser. Beijos

    Responder
  93. Nathi Fuzaro - 22/03/10 - 21h50

    Oii Thereza!! Acompanho sempre seu blog, mas dificilmente comento por falta de tempo… Como você, sou blogueira, mas essa não é minha profissão, e aí fica difícil conciliar a vida real com a virtual, né? E é exatamente por isso que estou comentando: pelo menos comigo, essa entressafra criativa acontece sempre, e geralmente é culpa do cansaço. Minha sorte é que escrevo o Porcinas junto com a minha irmã, e assim nos revesamos para postar pros nossos leitores (pois como leitora, gosto de ler posts todo dia e acho que o mesmo acontece com quem curte nosso cantinho, né?). Enfim, não vou entrar no âmbito da queda de qualidade de alguns blogs (o que também percebi), só queria questionar a causa dos recessos criativos. Eu sei que a minha é cansaço, pois amo pesquisar e escrever sobre acessórios de moda. Só que tem horas que a vida real fala mais alto, e aí o que queremos mesmo é dormir um pouco, ou assistir tv, ou colo de mãe, carinho de cachorro… Enfim, super entendo sua reflexão e acho muito válido publicá-la!
    Beijos e sucesso! ;)

    Responder
  94. Andrea - 23/03/10 - 08h59

    Thereza, quando eu vi no twittero anúncio do post minha vontade foi de aplaudir! E mesmo agora, depois de algumas leituras (é, eu tenho o hábito de ler algumas vezes antes de comentar) continuo com a mesma vontade.
    Sabe qual o problema? A maioria das pessoas diz q criou o blog para si mesmo (como vc mesmo citou: fazer a terapia ocupacional com um assunto que gosta e se diverte) só que depois essas mesmas pessoas se desvirtuam e ficam mendigando atenção. Alguns blogs que eu lia eu simplesmente larguei de mão, dei unfollow. Odeio os pedidos de COMENTEM-NO-BLOG-POR-AMOR-DE-DEUS, minha opinião: escreva algo que valha a pena ser comentado que as pessoas comentarão sem necessidade de serem instadas a isso.
    Parabéns pelo texto, parabéns pelo blog e, por favor, continue sim com a sua terapia ocupacional, pq ela ajuda, e muito, a minha!!!
    Bjs

    Responder
  95. Cristal - 23/03/10 - 13h47

    Oi Thereza, tudo bem?
    Vim parar aqui pela primeira vez atraída por esse post! Sou do mundo blogueiro, apesar de não fazer parte do segmento moda, e me identifico horrores com tudo o que você disse. MCom muitos blogs novos surgindo sem muito propósito ou conteúdo, muitos blogs antigos acabam se perdendo… Seja na arrogância, seja na desatualização, ou, como costuma ser, no conformismo. É uma luta diária não se conformar e lutar sempre por assuntos novos, ângulos novos… Quando se está cansado, ou de mau humor, é duro querer produzir algo novo quando você sabe que algo velho, e fácil de fazer, vai atrair os mesmos leitores. É difícil não se acomodar. Eu luto todos os dias e, ainda bem, tenho quem me ajude nessa árdua tarefa.
    E é duro, também como leitora, não me acomodar. Acomodar a blogs antigos que não são mais os mesmos, ou até mesmo blogs novos, mal feitos, em que você ignora o texto e se concentra nas fotos. Tenho procurado rever a minha lista de blogs… Abandonar quem se perdeu (e voltar um dia, quem sabe?) e encontrar novas fontes de leitura. Renovar sempre, também como leitora. E foi assim que vim parar aqui!
    Parabéns pelo blog!
    Prazer,
    Cristal

    Responder
    • Thereza - 23/03/10 - 14h11

      Cristal, acho que você falou a palavra certa: ACOMODAR.
      Acho que é por aí que surgiu o post, da minha percepção como leitora, que alguns blogs tenham se acomodado.
      Sem nenhuma pretensão, tampouco soberba, com essa minha visão parei pra refletir sobre o meu e logo surgiu esse post, realmente não pude imaginar que alguém poderia interpretar de outra forma, como foi interpretado.

      Mas que bom que uma neo-leitora como você, com uma visão nova, sem apego pelo blog ou pela blogueira, conseguiu entender e concordar com a idéia.

      E adorei seu blog, sou série-addict!!

  96. Marina Campos - 23/03/10 - 15h41

    ÊÊÊEÊÊ! Que bom que vc gostou do meu texto Thee!
    Concordo com tudo q vc escreveu, e acho que ultimamente as pessoas andam priorizando o Chuck Bass e esquecendo do post de verdade…

    Felizona com seu comentário por lá!
    Bjos!

    Responder
  97. Andy - 23/03/10 - 16h41

    Hey, querida, você se contradiz demais. Que tal ler esse post aqui: http://itguels[.]blogspot[.]com/2010/03/rebeliao-bloguistica%5B.%5Dhtml e os que são indicados no final?

    Vocês acham que podem dizer quem deve ou não fazer blog? Ter um blog “famosinho” não significa que um dia você não tenha nem recebido um comentário sequer! Vocês acham que podem dizer qual blog é bom ou não, mas se esquecem que um VOCÊS produziram um monte de LIXO.
    Exemplo disso é a Betty, do Le blog de Betty, veja as fotos dela no começo e compare com as atuais, o nome disso? EVOLUÇÃO. E é isso o que tem que acontecer hoje, meu bem, não é porque um blog que tá começando agora não produz posts interessantes que ele não deva bloggar, isso vai se amadurecendo com o tempo.
    Vocês são hipócritas, falam sobre fazer blog com conteúdo, mas possuem twitters em que só comentam sobre como vocês sofrem ou sobre BBB. Oi? Twitter não é mais ‘What do you doing”, lá também é um espaço pra informação de QUALIDADE. E o seu, minha querida, não é dos mais influentes. Sorry! nunca vi nada de interessante lá! Nenhum link para uma matéria legal nem nada.

    Adoro o Fashionismo, assim como outros blogs tão legais e porque não famosinhos, mas eu ando muito CHATEADA com vocês por causa desses comentários e posts bossais sobre quem pode ou não fazer blog e tudo mais. O twitter de vocês é chato e monótono.
    E me desculpe, não quis assinar com meu nome de verdade, pois tenho medo que vocês julguem meu blog também (ironia).

    Desculpe o desabafo, como eu disse, eu gosto do Fashionismo e vou voltar aqui sempre, mas essa é só a minha crítica em relação ao seu post. Espero que você a entenda, da mesma forma como eu entendi a sua.

    Responder
    • Thereza - 23/03/10 - 16h51

      Andy, eu não entendi muito bem seu comentário, a começar pelo uso do plural.
      Vocês quem, cara pálida? Faço o blog sozinha, não tenho assistente, assessores, muito menos defensores.
      Faço parte de uma parcela que fala sobre moda e etc sem nunca ter trabalhado nela, então esse vocês é relativo a quem?

      E sinceramente, se você “adora o fashionismo” e o lesse com frequência, você veria que em nenhum momento me contradisse. Pelo contrário, o post foi repensando o MEU ATO de postar, e depois minha visão como LEITORA, e que problema tem nisso? Porque tanto escárceu?
      E pela última vez digo e repito que meu post não foi direcionado a blogs novos, mas sim PELO CONTRÁRIO, foi um pensamento sobre blogs antigos que talvez se acomodaram, passam por uma fase, sei lá, quem sou eu pra julgar, só questionei pra saber o que as pessoas pensam, pra aí sim teralguma opinião formada sobreisso.

      Se a carapuça serviu, pra um ou outro blog, lamento, mas quando pensei, não foi somente sobre blogs nacionais, mas também de blogs internacionais que sinto falta.

      E respeito qualquer forma de crítica, seja construtiva ou não, mas a pessoa vir ao blog, pré disposta e criticar, ai é demais, e não estou dizendo que é seu caso.

      Quanto aos outros posts que você me indicou, admiro e respeito o fato deles pensarem e refletirem sobre o tema, afinal, que mal tem nisso? No meu caso, fui criticada por pensar, AINDA BEM!

    • Thereza - 23/03/10 - 17h33

      Gente, não precisa escrever “anônimo” pra fazer propaganda. Aqui, toda propaganda é bem vinda.
      Outra condição sine-qua-non de toda blogueira é verificar IP de anônimo
      Coincidências existem
      ;P

  98. Andy - 23/03/10 - 17h33

    Você não entendeu mesmo o que eu quis dizer ou está se fazendo de coitadinha?
    Quando eu digo no plural vocês, não me refiro ao seu blog com assistentes ou coisa do tipo, mas sim vocês (blogueiros) que acham que podem dizer quem deve ou não bloggar ou o que é ou não conteúdo relevante, etc.
    Bom, a verdade é que existem muitos bloggeiros afetados, assim como pessoas que trabalham como moda que também são (não estou dizendo que você é) e que acham que possuem conteúdo tão interessantíssimo que demais blogs não seriam capaz de fazer igual ou melhor.

    Eu só critiquei a hipocrisia de quem diz que existem blogs demais, mais do mesmo, sem conteúdo, etc quando na verdade possuem blogs que tratam de assuntos repetitivos ou twitters sem nenhum conteúdo tão relevante assim, etc…

    Responder
    • Thereza - 23/03/10 - 18h15

      Eu entendi sim Andy, só pensei que você percebesse uma sutil ironia, mas enfim, não me faço de coitadinha, pois se fizesse talvez não tivesse sequer feito esse post.

      E mais uma vez explico que a intenção não era criticar a quantidade de blogs criados todo dia, mas sim fazer um reflexão, rever seu conteúdo e principalmente, adotar uma linha editorial pertinente, agora eu me pergunto: QUE MAL TEM NISSO? Eu sei que pensar enlouquece, mas não sabia que incomodava.

      Sinceramente, você sendo leitora do meu blog ou não (eu te obriguei? propaguei publicidade dele até te convencer à exaustão? negativo) , tem todo seu direito de criticar, só não admito que a pessoa venha com pré disposição à crítica, que venha comentar aqui me atacando ou atacando meus pensamentos sem um mínimo embasamento. É lamentável eu não poder falar o que penso e esbarrar em meia dúzia de pessoas que criticam por criticar, a realidade é essa.

      Agora as pessoas falam tanto de democracia que caem numa anarquia muito mais perigosa.
      Pois se o blog fala de Olivia Palermo, Chanel ou it-(insira o seu) ele já é recriminado e mal visto. Porque? Preconceito?
      No meu caso, falo de diversos assuntos com a mesma intensidade e com uma ligeira preocupação de quem está falando pra meia dúzia. Porque falar qualquer merda por aí sem se preocupar com o efeito que vai causar numa reles leitora pode ser minimamente perigoso, não acha? Mesmo o blog sendo despretensioso ou com o intuito de ser ouvido(lido) por milhoões.

  99. Kelly Pinheiro - 23/03/10 - 18h56

    Adorei o comentário da Camila, ela disse tudo. Depois de ler todos os comentários acho que não tenho muito a dizer.

    Bjs com carinho
    Kelly Pinheiro

    Responder
  100. Monique Zilli - 23/03/10 - 23h56

    Theresa, adorei seu post! Nos meus favoritos tenho muitos blogs que acompanho desde o começo e percebi que realmente hj, incluindo o seu, sou fiel a no máximo 5! É bem triste mesmo.
    Adoro esses posts “desabafo” que você faz e achei todos muito importantes!
    Já tive um blog a uns dois anos atrás e desisti por causa da aula, hj me formei e voltei com ele. Voltei pelo fato de adorar pesquisar e querer compartilhar o acho de interessante “por aí”. Sei o quanto é difícil fazer uma coisa que chame a atenção e que é inédita.
    Adoro o teu blog e continue sempre com a tua essência!
    Bjooo

    Responder
  101. Ana Paula Pedras - 24/03/10 - 10h15

    Adorei o post Thereza! Super pertinente e bem escrito, como sempre.
    Eu me cansei de muitos blogs que antes eram leituras diárias, gringos e nacionais, e hoje leio pouquíssimos. Quando percebi o meu cansaço como leitora, passei a prestar mais atenção no que escrevia no meu próprio blog. Não tenho pretensão de re-inventar a roda mas pelo menos hoje me sinto mais segura para falar o que sei e o que estou aprendendo. Antes eu escrevia mais do mesmo talvez por insegurança e medo de me expor. Hoje eu escrevo sobre os mesmos assuntos mas estou aprendendo a colocar mais opinião, a pensar mais e ter mais cuidado. Só assim pra não ficar cansativo e repetitivo. Engraçado como depois dessa mudança de postura o número de visitas triplicou. Bom que tem gente pra reconhecer conteúdo e cuidado. Fico muito feliz! Mesmo!
    Parabéns pelo seu blog! Fácil de ler, gostoso de navegar e o melhor de tudo: conteúdo com ponto de vista único! Isso é pensar, e pensar não é pra qualquer um. Parabéns!
    Beijos e sucesso!

    Responder
  102. Andy - 24/03/10 - 12h28

    Peraí Thereza, eu não vim aqui pré-disposta a te criticar só por criticar, até porque essa é a primeira vez que eu me coloco numa posição oposta a sua opinião, em vista de diversos outros desabafos seus por aqui.

    Você diz: “Eu sei que pensar enlouquece, mas não sabia que incomodava.”
    Não incomoda o fato de você pensar e atribuir suas críticas a um FATO. Eu concordo com você que existem muitos blogs que já foram realmente bons, mas que hoje seus leitores já estão cansados pela ausência de conteúdo interessante, porém o que eu questionei (e aqui entra bem sua frase, já que esse questionamento, ao meu ver, te incomodou) é que você não pode simplesmente dizer quem deve ou não fazer um post. Você não pode simplesmente criticar o fato de que “Muitos blogs surgem a cada dia, uma proliferação desenfreada, MUITOS são ótimos, mas provavelmente a maioria é mais do mesmo.”, porque muitos desses que hoje não são bons, amanhã podem te surpreender. NINGUÉM NASCE SABENDO BLOGGAR ou fazer o que quer que seja, você deve saber isso melhor que ninguém.
    E você se contradiz sim, porque diz que não quer criticar a quantidade de blogs criados ao dia, mas o que foi mesmo que você disse sobre ploriferação do blog?

    E você já parou pra pensar que você pode ter ofendido leitoras suas? Eu vejo muito as “tops blogueiras” criticarem blogs mais novos e fazer esses mesmos comentários que você fez, achando que só porque tem um blog bacana e bem acessado, tem o direito de julgar os demais. Oi querida, hoje se está por cima, amanhã você já não tem certeza!

    Responder
  103. Andy - 24/03/10 - 12h29

    proliferação*

    Responder
  104. Jenny - 24/03/10 - 13h09

    Nossa! Eu concordo ABSOLUTAMENTE com você.
    Estou na blogsfera a muito tempo, mais como leitora do que como blogueira, e me sinto realmente ofendida com a falta de comprometimento, originalidade e capacidade de muitos dos blogs atuais – sobretudo no âmbito fashion/feminino.

    Mocinha põe a foto do esmalte que tá usando, da roupa que tá usado e copia posts de sucessos em outros blogs e acha que está tudo bem, que ninguém se importa com poluição que estão criando na net. Os blogs parecem que vêm em série, tudo “mais do mesmo”. Se é um blog pra você mesma, tudo bem. Mas se, como disseram, você fica mendigado atenção você tem que ter um mínimo cuidado. Pra mim, falta TALENTO pra maioria dos pseudo-blogueiros de moda.

    Encontrei esse post por outros posts que o criticavam. Acessei vários blogs reclamando do que você escreveu. E sabe o que concluí: a grande maioria (pra não dizer absolutamente todos) são esse modelo de blog crtlc+ctrlv, que não adicionam em nada. Então, pra quem se sentiu ofendida: reveja seus conceitos, porque você está admitindo que tem um blog sem conteúdo…

    Parabéns pelo ótimo trabalho, pelo ótimo post, pela franqueza, educação e coragem de abordar um tema que mexe na ferida de tanta gente e acaba gerando tanta inveja.

    Mas fica a dica: se benza! Porque o que tem de urucubaca rolando pra cima do fashionismo.com pela blogosféra não é brincadeira =P

    Responder
  105. adriana - 24/03/10 - 16h26

    Este blog é um dos poucos que realmente aprecio quando o assunto é moda, maquiagem, e coisas de mulheres em geral hehe
    Tem mta bobagem por aí, erros de português, mas o seu é inteligente, leve, coerente!!! Eu adoro e parabéns por pensar antes de postar! =]

    Responder
  106. paola scott - 24/03/10 - 22h13

    Olha , como leitora que sou ( não tenho blog e nem imagino um dia ter), só desejava uma coisa, de verdade: que fosse obrigatório, pra toda candidata à blogueira, fazer uma prova de português ( gramática e redação), antes mesmo de pensar no conteúdo do blog, dos posts, whatever.O que a gente vê de coisa mal escrita por aí, não está no gibi!
    Thereza, concordo muito com vc!
    Bjs

    Responder
  107. Casino 1270285372 - 03/04/10 - 10h33

    Casino 1270285372…

    Casino 1270285372…

    Responder
  108. Louis Vuitton Designer Purse - 09/04/10 - 20h04

    I just like the style you took with this subject. It’s not every day that you discover a subject so concise and informative.

    Responder
  109. russian toys - 24/04/10 - 04h36

    ?? ????? ?????? ?? ??? ???????? ?? ????!

    Responder
  110. Christian Louboutin - 09/06/10 - 09h51

    i have enjoyed reading thank for sharing your story Greeting.

    Responder
  111. mbt shoes - 18/07/10 - 12h49

    thanks for this great post wow… it’s very

    wonderful

    Responder
  112. Luzia Cardoso - 31/12/10 - 00h44

    Thereza, sou sua leitora diária e pela primeira vez resolvi manifestar minha opinião sobre algo postado. Adorei de verdade o post e mais ainda a sua coragem em expor sua opinão sem se preocupar com a polêmica que isso ia causar. Escrevi diários a vida inteira e fui percebendo o amadurecimento ano após ano. Mas, queria fazer algo com a minha cara e não tinha idéia de como até conhecer o mundo dos blogs. Estou a pouco tempo nesse mundo onde tem bastante página bacana e original que vale a pena se espelhar e ‘frequentar’, como te muita cópia e conteúdo descartável. Concordo em gênero, número e grau quando fala que para colocar algo na rede, vc deve buscar a originalidade para não se tornar cópia barata do que vemos por ai. Não busco seguir tendência ou ditar moda. Criei o blog como forma de entretenimento para estar por dentro daquilo que me atrai, seja na moda, na saúde, entretenimento e afins.Confesso que dei muitas risadas vendo os comentários feitos anteriormente. Não sei porque tanta revolta das leitoras. Da mesma forma que muitas tem direito de colocar blogs sem nenhuma originalidade e escrever um monte de bobagem, vc tem direito de postar o que quer (leia-se criticar também o que bem queira). Um abraço de uma grande admiradora… e um 2011 de grande sucesso e realizações.

    Responder
    • Thereza - 31/12/10 - 01h26

      Oi Luzia (nome da minha mãe hihi),

      Poisé, o post girou em torno do ato da pessoa postar por postar, por querer ter um blog, algum tipo de fama, $
      Tentei mostrar minha visão (talvez até mais como leitora) de que as coisas não são bem assim. Que o legal é ser original, e acima de tudo postar com coerência e discernimento.

      Além das fadadas cópias, vemos muitar reproduções sem sentido e que fogem com a verdade do conteúdo em si.

      E também como alguns blogs, por mais hypados que sejam, tem mais sucesso que um excelente blog sem a tal fama.

      Em suma, foi uma reflexão que algumas pessoas levaram a mal, mas faz parte né, acredito que respeitei todas as opiniões e hoje, 6 meses depois, super amadureci com o debate ;))

      Beijos e obrigada pelo seu cometário, adorei!

  113. […] sempre foi meu blog favorito. Tem post reflexivo, it girls e it boys out and about e até o famoso decorismo com apartamentos famosos ou ideais […]

    Responder
  114. […] – Pela Não Banalização dos Blogs e Hierarquia da […]

    Responder
  115. Renata - 04/01/11 - 13h38

    Thereza: dos blogs de moda que frequento, posso dizer que o seu é o único onde sinto naturalidade, mesmo depois da profissionalização. Já comenti aqui e em outros lugares, blogueiros sempre me passaram uma generosidade… No começo.
    Meus “favoritos” são 90% de blogs de moda, mas ando muito desanimada em frequentá-los. A falta de conteúdo original também é um ponto..Acredito que o que está acontecendo é a tendência trilhando seu caminho em direção as ruas comerciais populares até o seu fim… Blog não é mais the new black e do jeito que as coisas andam no nosso mundo, não vai virar um clássico…

    Responder
    • Thereza - 04/01/11 - 15h14

      Obrigada Renata!
      Tento ao máximo manter a naturalidade dos meus textos e reflexões sobre o caminho dos blogs (e blogueiras). Por mais que tenha virado uma profissão, posso muito bem encará-la com o amor de um hobby.

      E concordo com tudo que vc falou ;)

  116. Igor - 08/01/11 - 01h07

    Bem, eu confesso que eu acho alguns blogs bastante informativos e que eles ajudam muito a propagação e informação sobre moda de uma maneira mais direta as pessoas.
    Mas infelizmente a coisa já balizou e não tem para onde correr. O que resta agora, são os que ainda têm essa consciência, fazer ou tentar realizar algo digno e pensar que moda não é futilidade, e acessórios de grife, coisa eu venho batendo na tecla SEMPRE.
    Nós não estamos aqui pra falar de moda, na realidade, para divertir as pessoas com o assunto e tentar informá-las sobre questões pequenas de forma mais suave ou como você mesmo diz: com frescor.
    Pouquíssimos de nós, sabemos realmente sobre moda, sobre sua história, o que ela representa para uma sociedade, sua filosofia e o quanto ela participou de manifestos que revolucionaram a trajetória da humanidade.
    Por fim é isso. Tenho certeza também que isso é passageiro, como tudo na vida que tem seu começo meio e fim, acho que a onda dos blogs estão no meio do tempo, chegando ao seu final de uma vez por todas.
    De qualquer forma, desejo a todos muito boa sorte e que continuemos fazendo nosso trabalho.

    Responder
  117. […] ao caminhar do blog, é um assunto delicado, cada um tem seu foco, tempo e prioridade. Num post passado falei sobre o cuidado na hora de postar (seja sobre a história da indumentária Inca ou sobre a […]

    Responder
  118. Thaíssa - 01/02/11 - 18h08

    Estou no começo do meu blog e através de um RT no twitter entrei aqui pra ler , aproveitei pra ler esse post e mais um monte já que os textos do blog são bons e coisas boas a gente usa pra se espelhar. Eu AMEI o post, me deu muito mais força de vontade para continuar meu blog e fazer ele evoluir cada vez mais, fiz um post falando sobre “teste de qualidade” que as blogueiras inventaram agora… Por mais que meu blog não consiga um dia atingir um público imenso, se as 50 leitoras ou menos estiverem felizes eu também estarei porque foi com intuito de me divertir, conhecer e aprender que eu criei o meu blog.
    Ah, sobre a blogueira responder as leitoras acho válido e assino embaixo, fico irritada quando uma blogueira ” se acha” e NUNCA responde ninguém.
    Sucesso, amei mesmo esse espaço, vou aproveitar pra seguir pra eu sempre saber das novidades.

    Responder
  119. Thatta Franco - 04/04/11 - 22h07

    Achei incrivel esse post! Realmente banalizou-se demais as postagens, os temas, a maneira de escrever! Serissimo tem blog que eu nao suporto nem ouvi falar, nem abrir a pagina! é terrivel, igual demais! sem diferenciais… mas creio que tem gente que pode continuar inovando e sendo verdadeira sem perder a essencia do que veio fazer qdo entrou nesse mundo virtual!
    bj

    Responder
  120. Carol - 22/04/11 - 18h09

    Poxa Thereza, vc disse tuudo! Eu comecei a escrever há menos de um mês, porque sempre tive paixão por moda e sonhei em fazer jornalismo para escrever sobre isso mas… se falasse isso em casa, acho que minha mãe me matava, aí fiz Direito porque nesse profissão que amo poderia matar minha vontade de escrever “da mesma forma”. Depois de formada eu percebi que minha vontade de escrever não estava morta, fazer Recursos e Apelações todos os dias não me realizava plenamente e então abri meu armário de idéias. Estou suuuper feliz e sinto-me plena, faço as duas coisas que mais amo nessa vida, mesmo tendo um número pequeno de acessos por dia, eu amo meu blog e é como se fosse um filho. Mas quando percebi toda essa polêmica sobre posts comprados, excesso de jabás e etc eu confesso que me desanimei…. não tenho pretensão de ser blogueira profissional, contudo confesso que da mesma forma que me pagam hj para que eu escreva a defesa de meus clientes, adoraria ser paga para escrever sobre moda! Não vejo mal em ter patrocínios e etc, mas devo admitir que alguns blogs me cansam… não são mais pessoais, vc sente a diferença quando entre em um blog com mto patrocínio e quando entra em um blog onde a pessoa ainda tem mais liberdade. Já até comentei aqui que adoro seu blog pq ele não se entrega ao jabá, vc sabe equalizar mto bem as coisas, te admiro por isso.
    A profissionalização pode ser bom pra quem recebe o $$ mas é verdade que acaba prejudicando o conteúdo. De qualquer forma, vivamos com nossos blogs, cada uma tendo sua linha de escrita e relacionamento com suas leitoras. Se não gostar é tão simples, não leia mais, não é mesmo? A internet está aí para facilitar nossas vidas, basta respeitarmos nossas leitoras e mantermos nossa identidade para que os blogs tenham vida longa e eu torço mto por isso! Viva a blogsfera!
    Bjs

    Responder
  121. Sinhazinha - 09/05/11 - 14h35

    Queria primeiro te parabenizar pelo post coerente e certeiro. E acrescentando ao post da Jenny ali em cima, além de muitos blogs serem alimentados na base do CtrlC + CtrlV, existe uma epidemia de blogueiras que criam seus blogs apenas para pedir produtos ! Acho até válido para pessoas que tem pequenas lojas virtuais, como é o meu caso, divulgar produtos, mandar peças para resenhas, brindes para sorteios. Mas esta não pode ser a única função de um blog, amealhar amostras grátis pela web. É até constrangedor, porque muitas vezes os blogs acabaram de ser criados, não possuem conteúdo de qualidade, seguidores, nada…e já começam pedindo produtos. Bjks e parabéns de novo pelo post corajoso.

    Responder
  122. […] Acabei de googlear sobre isso, e não sou só eu que acho mais ou menos isso. Entrem: pela não banalização dos blogs. […]

    Responder
  123. […] Pela não banalização dos blogs – Fashionismo […]

    Responder