AS MAIS
LIDAS!

Cuide bem do seu pescoço e colo

06/09/2017  •  Por Thereza  •  Beleza

Linhas de expressão e rugas são sinais do tempo, ou seja, uma hora eles chegam e isso é completamente normal, mas tem fatores da nossa rotina que podem acelerar esse surgimento e isso a gente mais do que pode evitar, né?

E eu não estou falando, por exemplo, do sol, mas de algo (ainda) mais comum e que a gente deixa muito pra lá: as rugas na região do colo e pescoço! Elas entregam nosso descaso com a região e geralmente são as primeiras a surgirem.

PESCOÇO

Uma vez li uma matéria com a escritora Nora Ephron que disse uma verdade “Nosso rosto é uma mentira e nosso pescoço é a verdade” e isso é fato. Quantos creminhos temos para o rosto em si e quantos desses estendemos – ou até mesmo são exclusivos – para o pescoço e colo?

Pois é, daí li uma outra entrevista sobre o tema (sim, eu não me importo com uma testa franzida, mas essas linhas no colo me irritam) e a Cindy Crawford revelou que esse é um dos seus ~dramas de beauté, “quando você tem 20, as rugas de travesseiro somem em 15 minutos, mas quando a idade vem, essas tais rugas duram um dia inteiro e assim sucessivamente”.

E um dos maiores problemas das tais rugas (lá eles chamam de pillow lines)  é o nosso sono, ou seja, a forma como dormimos! Quem aqui dorme com a barriga pra baixo e a cara estatelada no travesseiro? Bom, eu sou 100% assim e no dia seguinte acordo toda marcada da roupa de cama. Ok, em uns minutos passa (ou horas), mas com o tempo as tais linhas se formam e isso pode ser incômodo pra quem gosta de um belo decote.

Recentemente postei aqui um dado que fala justamente sobre isso, “Sabia que a maior causa de rugas depois do sol é a forma como dormimos? Esfregar sua cara no travesseiro por 2500 horas por ano é como passar um ferro realçando suas rugas. Durma “estrategicamente” e sempre busque fronhas de qualidade (cetim!), pois elas ajudam a fazer essa jornada do sono ser menos marcante.”

Dormir reta, com a barriga pra cima é o maior e mais eficiente segredo pra quem quer evitar as tais rugas. Ok, muito difícil, mas pela internet existem vários “tutoriais” e técnicas que ajudam a transformar esse hábito. Por exemplo, colocar um travesseiro de cada lado (tipo criança), te ajuda a não mexer muito durante a madrugada, ou até mesmo colocar um rolinho embaixo do joelho te ajuda na postura.

E além – ou juntamente – da forma que dormimos, os dermatologistas são categóricos: nosso rosto começa (ou termina) no colo. Essa região é muito sensível (mais que o rosto em si), bastante exposta ao sol e não custa nada estender o cuidado pra essa área. Já existem cremes exclusivos pra esse região e outros produtos que te ajudam a evitar a tal ruga do sono. No final das contas, uma boa hidratação, seja qual produto for, é meio caminho andado pro sucesso, já que uma pele ressecada é porta de entrada pras rugas.

Sio | Guerlain | Clarins | Chanel | Vichy | Cololiso

Lá fora a região – eles chama de décolletage – tem uma vasta opção de produtos exclusivos, dentre eles, antes do creme, os pads funcionam pontualmente e ajudam a evitar as rugas do sono. A Sio Beauty tem pads não só pro colo, mas pro pescoço e rosto. Eles são de silicone e dizem não incomodar nada, fiquei curiosa!

E no quesito creme, do lançamento da Vichy para Pescoço, Colo e mãos que tem um preço camarada até os 4 dígitos da Guerlain. O creme da Clarins é o único no quesito que já usei e curti e a Chanel ainda tem sua linha Le Lift para a área.

E numa invenção made in Brasil, o Cololiso é um sutiã pra você dormir, digamos, menos esmagada. Não sei se conseguiria (ainda) usar um produto feito isso no momento mais relax do dia, mas é uma ideia boa.

E vocês, me digam, usam creme pra região do colo e pescoço ou vocês não passam do queixo?!

 


AMARO Beachwear

Deixe seu comentário!
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

10 Comentários
  1. Luciana Nascimento - 06/09/17 - 06h33

    Eu não passo do queixo! Isso precisa acabar!rsrs Agora vou me lembrar do pescoço e do colo! Excelente matéria! Obrigada!

    Responder
  2. Ana Luiza Oliveira - 06/09/17 - 10h25

    Essa foto que abre post é muito maravilhosa HAHAHAHAHAHAHAHAHHAA!!!

    Responder
  3. Chris Anelise - 06/09/17 - 10h51

    The, eu tenho só 22 anos e quando vejo essas rugas entre os seios e sei exatamente que é por eu dormir de lado, já pensei em fazer eu mesma um negócio tipo esse último ai, nunca tinha visto antes hahahah Enfim, eu me preocupo, mas não faço nada, vou me lembrar mais dessa parte rs

    Responder
  4. Juliana - 06/09/17 - 13h56

    eu já hidrato essa parte agora só consigo dormir de bruços com a cara afogada no travesseiro hahaha. Gostei da ideia da fronha de cetim que já serve pro cabelo.

    Responder
  5. Erika - 06/09/17 - 18h05

    Que matéria bacana, Thereza! Esses dias mesmo estava olhando meu pescoço e me ocorreu que deveria dar uma atenção especial para a área. Sou leitora antiga, mas fazia tempo que não visitava seu blog (sorry!!!) e constato que é sempre uma grata surpresa passar por aqui. Beijão!

    Responder
  6. Ursula - 06/09/17 - 22h27

    Meninaaa, bem que desconfiei que era da dormida mas nunca pesquisei. Agora já era, aqui não sai nem com dias, impreguinou essas pestes
    Pior é que não consigo dormir de barriga pra cima, sempre tenho sonhos ruins hahaha mas é sério! Agora correr atrás do preju que a pele é bem seca e já passou dos 30

    Responder
  7. Ana Paula - 06/09/17 - 23h25

    Eu sempre “estiquei” os produtos do rosto para o pescoço, mas nunca para o colo. Sempre passei o hidratante de corpo nessa região e hoje sinto mesmo uma certa persistência nas marcas do sono. Atualmente, uso Ideal Body e sinto a pele bem melhor.

    Responder
  8. Vitória Gonçalves - 09/09/17 - 20h14

    eu tenho 0 cuidado com essa área, mas minha mãe sempre falou muito sobre isso – e sobre as mãos também (ela fala que as mãos que entregam a idade)! vou passar a prestar mais atenção desde já, para criar o hábito antes que vire um incômodo para mim

    Responder
  9. Lilian louise - 10/09/17 - 16h28

    Gostei muito. Acredito muito na postura ao dormir.

    Responder
  10. Jéssica tanoue - 14/09/17 - 19h37

    Eu já usei mais ultimamente não uso mais depois dessa matéria eu vo volta a usar com certeza

    Responder