AS MAIS
LIDAS!

O blazer Balmain e suas versões inspired!

10/04/2017  •  Por Thereza  •  Tendência

Você já entrou no e-commerce, clicou num look e depois falou mentalmente “obrigada, só tô dando uma olhadinha” e saiu da loja virtual? Pois bem, essa técnica offline – popularmente conhecida como encaroçamento – ganhou ares de perseguição no mundo cibernético.

Você entra na loja, olha as blusinhas, elas são tão lindas, mas desiste de comprar no momento… e o que acontece? O banner com as peças passa a te perseguir ad nauseam. O nome técnico disso é remarketing, mas na prática se chama: personalized victimized by Balmain!

blazer-balmain

Acima apenas uns prints que me perseguem diariamente. Outro dia, sabe-se lá porque, entrei no site da Farfetch para, hipoteticamente, ver o preço do bendito blazer que a Kim Kardashian adora e, voilá, como num passe de mágica em tempos de world wide web, ele passou a me perseguir. Mas diz aí, tão bonito de rosto!

blazer-balmain

Se você ficou interessada (vai que), os blazers da marca aqui no Brasil saem na faixa de R$10.000, mas a perseguição foi tanta que já vi um modelo preto por R$5.000. Lá fora, no Net-a-Porter ele sai na faixa de U$1.800 e o que nos passa pela cabeça? Muitas coisas Inspired, porque nesse caso tá liberado.

E o Remarketing anda tão inteligente que, eu juro pra vocês, ele começou a me mostrar essa versão tropicalizada da Amaro, sendo que eu sequer cliquei no link. Paralelamente, no mundo analógico, passeando pela Zara, cruzei com essa versão bem similar. Ele é oficialmente Blazer, mas é compridão e dá pra fazer como vestido, voltando a esse meu post desejo aqui!

O da Zara custava na faixa de R$280 (pena que eles não tem e-commerce aqui), só não levei porque o tecido era bem grosso e quase lã, já o da Amaro sai bem mais em conta e também tem na versão branca.

E você, já foram perseguidas por anúncios?! 


AMARO Beachwear

Deixe seu comentário!
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

16 Comentários
  1. Ana Paula Tedesco - 10/04/17 - 16h51

    Acontece comigo dia sim outro também, o terror da minha alma Becky Bloom

    Responder
  2. Ju Aquino - 10/04/17 - 16h55

    Kkkkk rindo mto desse post! Sofro demais com a perseguicao das roupinhas e acessorios na internet.. fora quando visito um site novo (que NAO tenho cadastro) e magicamente aparece um email na minha inbox falando: “ola Juliana, ainda procurando pelo produto xxx?”
    Isso eu fico p da vida! Devia ser ilegal! Nao dei meu endereco de email em momento algum!

    Responder
  3. Na - 10/04/17 - 17h08

    Na Riachuelo tem um bem inspered e na promo por 99,00 temers :grin:

    Responder
  4. Karen - 10/04/17 - 17h36

    The,
    Eu sempre vejo preços de cremes e perfumes…
    Me persegue tanto tanto os anúncios que acabo comprando o que não quero kk
    Isso realmente irrita e influencia.. ;/
    Mas fala aí… Esse blazer é lindão né kkkk

    Responder
  5. Nathália Ferreira - 10/04/17 - 17h37

    MORRO de medo dessa perseguição virtual! hahahha Fico assustada em como eles são certeiros! Um dia estava pensando (PENSANDO) em mudar o plano de TV a cabo aqui de casa e DO NADA o que me aparece como “post promovido” no twitter e instagram? #MEDO

    Responder
    • Je - 11/04/17 - 10h40

      Outro dia eu CONVERSEI sobre determinada coisa com meu marido, e PAH, apareceu anuncio no celular dos dois…. dá medo mesmo.

  6. Andressa - 10/04/17 - 20h31

    The! Quem nunca fez uma comprinha imaginária na Farfeth né?
    Já vi esse blazer mil vezes no site #sonho.
    Tem uma loja aqui de Brasilia que vende um iguaaaalzinho, por 600 e poucos temers!

    Responder
  7. Mila M. - 10/04/17 - 23h25

    E eu que fiz uma prova de concurso que tinha uma questão sobre disputa da Crimeia pela Russia, joguei pra pesquisar no google no pós prova e o instagram começou a me mostrar perfis de pessoas na Crimeia? Ahahaha
    Ps: Blazer mais maravilhoso da vida. :sos:

    Responder
  8. Tatiana - 11/04/17 - 09h41

    e aquelas teorias da conspiração de que estão nos espionando pelas câmeras dos computadores, celulares e televisores????? eu morro. sinto um medo real desses anúncios – e de todo o resto, rs -, porque muitas vezes, JURO, nem pesquisei o trem ainda. só pensei nele, e lá vem os links me perseguir.

    Responder
  9. Manuella - 11/04/17 - 17h21

    Eu tenho uma técnica! Sempre que pesquiso uma coisa que quero em lojas online, logo depois pesquiso uma coisa que acho horrível (por ex. sapatênis masculino) e abro uns dois links! Pronto. Aí fica só aparecendo sapatênis feios na minha frente e acabo esquecendo o item que queria comprar kkkkk
    Brincadeiras à parte, também acho essa “perseguição” sinistra, por isso dou um jeitinho de enganar os algoritmos :ok_hand:

    Responder
    • Ju Aquino - 12/04/17 - 11h51

      Kkkkkkkkkkkkkk!!!!

    • andi - 13/04/17 - 12h43

      melhorrrr dica :heartpulse: :heartpulse:

  10. luciana* - 11/04/17 - 21h09

    Nunca dei valor pra marcas, muito porque sou POBRE e também porque usar grife não é sinônimo de bom gosto, né? Mas um dia, quando eu tiver um black card quero um blazer Balmain, uma jaqueta Chanel e um trench coat Burberry. :)

    Responder
  11. Nathalia - 12/04/17 - 17h08

    Gente, só instalar um ADblock que a perseguição acaba. Tudo bem que esse não deve ser ter sido o intuito do post….
    Blazer lindo, vai me perseguir na imaginação

    Responder
  12. Luana Piotto - 12/04/17 - 20h26

    HAUAHUAHAU adorei o post #euri . Acho lindooo, eu tinha um antigo de moletom (!!!) alongado coisa mais linda, azul marinho com botões dourados, mas coloquei pra lavar e voltou manchado ;~~ fiquei arrasada. Super de olho nesse da Amaro, só fico na dúvida se vai ficar curtinho, mas é lindo!

    Responder
  13. Barbara - 19/04/17 - 07h49

    Vou aderir a ideia e comprar um pra mim!! Gostei :sunglasses: :heart_eyes:

    Responder