AS MAIS
LIDAS!

7 espumantes nacionais que você precisa experimentar!

14/04/2016  •  Por Rodrigo  •  Vinho

Espumantes nacionais são uma boa pedida? Sempre. Seja para o dia-a-dia ou ocasiões especiais, temos excelentes opções para agradar todos os bolsos. É impressionante que ainda tem gente que torce o nariz para os produtos brasileiros, por falta de conhecimento ou simplesmente preconceito, há certa resistência em acreditar na qualidade dos nossos espumantes. Entretanto, a indústria nacional, nas últimas décadas, tem passado por intensa reformulação nos seus processos e conceitos para elaborar vinhos cada vez melhores.

arton173

Isso não sou apenas eu que digo, atualmente nossas borbulham ganham ano após anos prêmios internacionais da crítica especializada fazendo com que os olhos do mundo se voltem para as nossas terras. Não é à toa que renomados enólogos e empresas estrangeiras tem se interessado no terroir brasileiro para estudo, parcerias e implantação de suas vinícolas.

A versatilidade dos nossos espumantes os tornam os companheiros ideais para momentos descontraídos, reuniões em família, harmonização e festas como casamentos, pra quem precisa comprar em quantidade, mas não quer abrir mão da qualidade sem estourar o orçamento.

espumante brasil

Então vamos para algumas indicações que certamente farão bonito. Vale ressaltar que muitas vinícolas imprimem nos seus rótulos o método pelo qual o espumante foi produzido. São basicamente dois processos, o Charmat e o Champenoise (ou tradicional).

No primeiro, o vinho, após a fermentação alcoólica é fermentado em cubas de inox fechadas e o CO2 liberado não se dispersa e mantém o gás. É um processo mais barato e rápido e resulta em espumantes frescos e leves.

Já para o tradicional, a segunda fermentação ocorre dentro da própria garrafa com adição de leveduras especiais, durante um período mais longo. O processo é meio complexo, porém o importante é saber que com ele, os espumantes são mais estruturados e aromáticos.

espumantes

Cave Geisse Brut – Método Tradicional: Um dos grandes espumantes brasileiros produzido na Serra Gaúcha. Sabores inconfundíveis de damasco e nozes fazem desse espumante amanteigado uma bela opção para um jantar romântico a base de frutos do mar. Fica na faixa de R$80,00.

Valmarino Natural Brut – Método Tradicional: Elaborado com as uvas Chardonnay e Pinot Noir. Frutado, com aromas de leveduras e tostado e textura cremosa na boca, é perfeito para aves e peixes. Está por R$50,00 na Enoeventos.

Valmarino Brut Rosé: Outro belo espumante da Valmarino. Esse Rosé tem frescor e um delicioso toque de framboesa e frutas vermelhas no paladar. Aperitivo perfeito. Também por R$50,00.

Casa Perini Prosecco – Método Charmat: Produzido com a uva Prosecco é uma bela alternativa para casamentos. Leve, refrescante e com álcool baixíssimo, vai alegrar seus convidados durante a noite toda. Preço ótimo de R$28,00 na Superadega.

Marcus James Brut – Método Charmat: Outro gaúcho que também bate um bolão em comemorações. Cítrico e floral, com perlage (borbulhas) finíssimo e bom frescor. Vai muito bem com canapés. Precinho camarada também, R$30,00 na Vinhos e Vinhos.

Casa Valduga 130 Anos – Método Tradicional: Espumante emblemático que representa toda a evolução na viticultura brasileira. Esse premiadíssimo rótulo vem com aromas complexos de frutas amarelas, maçã verde, pão e avelãs. No paladar é intenso, muito cremoso e seu perlage elegante explode na boca. Espumante especial para momentos especiais. R$82,00 na Superadega.

Miolo Terranova Demi-Sec – Método Charmat: Quem diria que no árido sertão, entre a Bahia e Pernambuco, seria possível produzir vinhos? Pois bem, não é só possível, é uma realidade. Os investimentos na região proporcionaram a produção de grandiosos vinhos.

Os vinhedos banhados pelo Velho Chico, recebem até 300 dias do sol por ano permitindo duas safras anuais. O Terranova é aquele espumante pra quem adora uma doçura a mais, mas sem perder o frescor. R$26,00 na Vinhos e Sabores.

quick-dirty-sparkling-wine-header

Não nos falta motivos de admiração para nossos espumantes! Se já temos orgulho em servir para os amigos um Champagne (só levam esse nome o que são produzidos nessa região na França), um Prosecco do Vêneto ou uma Cava espanhola, imagina o que devemos sentir ao brindarmos com maravilhosas pérolas da Serra Gaúcha ou do Vale do São Francisco. Espumante nacional, sim!

Qualquer dúvida, é só deixar uma mensagem!




Deixe seu comentário!
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

20 Comentários
  1. naiara - 14/04/16 - 17h18

    Que bom saber que um dos meus espumantes favoritos está na lista. Favoritos do meu bolso, no caso. Terranova :purple_heart:

    Responder
    • Rodrigo - 19/04/16 - 19h54

      Oi, Naiara.
      Tem muita coisa boa nessa faixa.
      Abs.

  2. Raquel - 14/04/16 - 17h26

    Excelente post, vou salvar!

    Responder
    • Rodrigo - 19/04/16 - 19h53

      Valeu, Raquel.
      Abs.

    • Maressa - 22/04/16 - 19h38

      Ei Rodrigo, o que você acha do prosecco dedicato brut? E o salton brut? Estou precisando para casamento.

  3. Danielle - 14/04/16 - 21h48

    Gostaria que você falasse sobre vinho verde que eu amo mas conheço pouco, quais você indica, etc…

    Responder
    • Rodrigo - 19/04/16 - 19h53

      Oi, Danielle.
      Também gosto dos vinhos verdes, ótimos como aperitivos e super frescos. Farei algumas indicações nos próximos posts. Se tiver algum em mente, me fala.
      Abs.

  4. Marielly Andrade - 14/04/16 - 23h35

    Adorei as indicações! Vou procurar por aqui…

    Responder
    • Rodrigo - 19/04/16 - 19h52

      Oi, Marielly.
      Se quiser uma outra indicação, é só falar.
      Abs.

  5. Carol Mendes - 15/04/16 - 03h15

    ótimo post Rodrigo. sempre bom valorizar produtos nacionais… já conhecia alguns, agora vou experimentar os outros que foram indicados. Inclusive vou enviar essa matéria para uma amiga que insiste em sempre beber só Chandon, n querendo desmerecer o Chandon que gosto bastante, mas também tentar convence-la que existem outros espumantes brasileiros igualmente deliciosos…

    Responder
    • Rodrigo - 19/04/16 - 19h51

      Com certeza, Carol. Há muita coisa boa que não tem tanta divulgação.
      Abs.

  6. Chris - 15/04/16 - 09h40

    Pena que os Brut nacionais não são tãooo Brut assim
    Mas muito legal o posto, vou provar os que não conheço :purple_heart:

    Responder
    • Rodrigo - 19/04/16 - 19h50

      Oi, Chris.
      Antes os espumantes nacionais tinham um certa doçura exagerada. Alguns dos que indiquei são mais adocicados para atender um determinado mercado que aprecia essa característica. Contudo, a tendência natural é crescer o consumo de espumantes mais secos como no resto do mundo.
      Abs.

  7. Carol Carneiro - 15/04/16 - 10h48

    Amei o post! Confesso que ainda estava mais para o time dos que tem o pé atrás com a produção brasileira, mas depois do seu post saí de vez. Rótulos anotados para provar nas próximas oportunidades!

    Responder
    • Rodrigo - 19/04/16 - 19h46

      Oi, Carol.
      Confesso que também tinha um pé atrás, muita gente tem. Vale muito a pena experimentar os rótulos nacionais, pois a qualidade tem aumentado consideravelmente.
      Abs.

  8. Tamara Ficher - 15/04/16 - 17h44

    Adorei o post. Realmente o Brasil tem uma variedade ótima de espumantes de qualidade. Recentemente conheci os espumantes da Estância Guatambu, que são ótimos e com um preço legal, vale a pena experimentar.

    Responder
    • Rodrigo - 19/04/16 - 19h43

      Oi, Tamara.
      Os vinhos da Guatambu são realmente ótimos. Boa dica.
      Abs.

  9. Daiana Sandri - 17/04/16 - 17h19

    Adorei o post, Rodrigo! Os 3 primeiros e Marcus James ainda não experimentei, valeu pela dica!

    Responder
    • Rodrigo - 19/04/16 - 19h42

      Oi, Daiana.
      Vale a pena experimentar. Tem muita coisa boa no Brasil. Esses são apenas alguns. Depois indico mais.
      Abs.

  10. Maressa - 22/04/16 - 19h39

    Ei Rodrigo, o que você acha do prosecco dedicato brut? E o salton brut? Estou precisando para casamento.

    Responder