AS MAIS
LIDAS!

Fashion (made in) Rio?

14/01/2010  •  Por Thereza  •  Moda

Resolvi olhar look por look do Fashion Rio pra elaborar um post bacana (em breve) sobre as tendências do nosso inverno inexistente distante. Aí foto vai, foto vem, minha memória fotográfica apitou e lembrei de vários looks que já vi em outro lugar, ou melhor, em outras semanas de moda. A Cami já reconheceu alguns looks nesse post aqui e com o fim do Fashion Rio a gente assume e resume que moda é isso aí…(.)
Mas antes de expor minhas comparações, muitas delas elogiosas, quero deixar o debate em aberto, vocês acham que é pura coincidência? Inspiração dos nossos mestres? Ou cópia descarada? Dando logo a minha opinião já digo que moda deve ser assim mesmo, parece que ninguém mais (principalmente no FR) reinventa a roda, mas também digo que houve muitos excessos (ou escassez de criatividade) nessa temporada carioca e minha humilde opinião segue no caminho da decepção. Mas vamos analisar os fatos!
siames-1
Taí uma comparação boa, Coven fez um desfile coeso, que foi aclamado e eleito um dos melhores pela crítica, a semelhança com Rodarte parece ser uma feliz coincidência. Já Juliana Jabour parece que endossou o  hit moleton+mangas amplas de Alexander Wang, achei bem parecido, só faltou a trança lateral tendência.
siames-2
Parece que no mood-board de muitos estilistas, as coleções de Balenciaga se destacam, Ghesquière faz escola! E segundo @Katylene, não foi Filhas de Gaia, mas sim Filhas de Balenciaga, inspiração descarada ou homenagem abusada? E aproveitando a deixa, notei semelhanças entre esse outro look, com um modelito desfilado na última coleção de Glória Coelho, que por sua vez se inspirou em Ruy Ohthake e o Guggenheim, totalmente permitido!
siames-3
Olha Balenciaga aí outra vez, dessa vez com o  new queridinho Lucas Nascimento, numa releitura simpática do modelito repuxado-camisa-de-força-chic, será que sou só eu que tô vendo essas semelhanças? Agora na fase separadas no nascimento, os looks acima podem não ser parecidos, mas já reparou como a Cantão tem o mesmo estilo fooofo de Anna Sui? As estampas,  a mistura delas, esse clima Boho-happy.
siames-4
Melkzda apresentou uma coleção simpática e exótica, e por falar em exotismo, não pude deixar de associar com esse look inebriante de McQueen, já usado, eleganterrimamente por Camilla Belle, quem lembra?

Agora a decepção do FR: Espaço Fashion. Sou cliente da marca há 10 anos (nos últimos beeem menos) e nunca vi uma coleção tão fora dos padrões da marca, e não considero isso evolução, mas sim um erro de percurso. Se eles querem agradar a crítica (e parece que não agradaram), as clientes que é bom ($) podem não ficar satisfeitas com essas roupas não-usáveis. Não vejo as meninas classe média do eixo Tijuca-ZS-ZN usando essas peças complexas, esquisitas mas que, obviamente, não chegarão assim nas araras. E pra finalizar a releitura, pra mim descarada, de Balmain, poderia ficar pra uma outra oportunidade, ou outra marca.

UPDATE: Acredito que esse texto da Revista Piauí, explica MUITO melhor toda essa história da moda+cópia+inspiração+plágio. Obrigada meninas pela dica! Vale a pena ler!


Deixe seu comentário!
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

84 Comentários
  1. Doris - 14/01/10 - 08h36

    Pois é… nada se cria……… ainda mais por aqui, no Brasil. Mesmo assim, muita coisa legal no fashion rio!

    Responder
  2. Camila - 14/01/10 - 08h46

    Acho que um pouquinho só de originalidade nao faz mal a ninguém..

    ps.: Camille Belle com o vestido Alexander McQueen.. Ahazo.
    beijao!

    Responder
  3. Fernanda - 14/01/10 - 08h54

    Falou e disse, se é para copiar a gente tb faz né Thereza? Cadê a originalidade dos nosso estilistas? Decepção total…. #vergonhaalheiafellings. Imagina essas marcas copiadas vendo isso? Devem rir dos nossos “estilistas”.

    Responder
  4. Carla - 14/01/10 - 08h54

    Super bem colocado, Thereza! Eu também fiquei meio decepcionada com esse FR. Também tava com essa sensação de deja-vu em quase todos os desfiles, mas agora que você colocou as comparações, deu pra ver que de sensação não tinha nada, nada que foi apresentado realmente era novidade. Se inspira, mas não copia, né? Que feio!

    Responder
  5. Talita - 14/01/10 - 09h07

    Acho que tem um pouco de tudo:Coincidência,Inspiração e cópia…

    Quer dizer, acho que nada é coincidência.Por que a inspiração nas grandes marcas é inevitável.Pra fazer um desfile 100% autoral só se a pessoa nunca viu nada do que os outros fizeram até hoje,seria preciso a contratação de ETlistas.

    Maaaas inspiração é uma coisa,tipo o exemplo Coven/Rodarte.
    E cópia é oooutra bem diferente, tipo: o exemplo:Filhas de gaia/Balenciaga

    Se as marcas internacionais baixarem aqui pra pedir o direito pela roupas vai dar um preju rsrsrsrs
    E depois essas marcas daqui tem a cara de pau de se sentirem ofendidinhas por que as lojas populares copiam as “peças delas” pra vender mais barato tsc tsc…

    Responder
  6. Patricia Albuquerque - 14/01/10 - 09h10

    tá certa The! Não vejo mal em se inspirar nos grandes mestres, mas como hj qualquer pessoa tem acesso a tudo, prefiro ver essas inspirações direto na fonte. Preferia quando as queridas marcas daí seguiam a risca o DNA que nos conquistou (Jabour, EF, Cantão…) O que eu achava legal na moda do Rio é que ela era diferente do resto, única mesmo. Hj tá ficando tudo igual!
    bjs

    Responder
  7. Carol B. - 14/01/10 - 09h14

    Muito bem feito esse post Therezaaaa…. a verdade é essa mesma….. acho que os estilistas brasileiros têm muito potencial, porem com essa busca por inspirações eles acabam muitas vezes errando a mão!!! Uma pena!!!

    Responder
  8. Natália - 14/01/10 - 09h18

    não sou a maior fã de desfiles.. no final são as mesmas esquisitices e pronto.

    Responder
  9. Carol B. - 14/01/10 - 09h20

    E muito bem colocado Talita, o pior são as marcas ainda ficarem ofendidas pq marcas populares copiam suas “criações”….

    Responder
  10. Caroline® - 14/01/10 - 09h20

    Senti uma vibe “copy+paste” fortíssima!

    Responder
  11. Mel Salvi - 14/01/10 - 09h25

    Thê,
    Acredito que o FR está anos luz de distância dos grandes desfiles e as inspirações já eram esperadas. Tipo uma coisa para adaptar a moda para a nossa realidade. FR não é uma fashion week (na minha opinião mais humilde ainda ).
    O que ocorreu foi que não tentaram adaptar e algumas marcas ficaram com cara de por-favor-diga-que-é-alta-costura. Quando na verdade tentaram mesmo copiar! #prontofalei
    O resultado foram looks nada práticos e com sensação de déjà vu!
    bjks

    P.S. Gostei do desfile da Cantão e Lucas Nascimento deveria ter esperado mais para estrear.

    Responder
  12. Cau - 14/01/10 - 09h28

    De 238934893843 blogs de moda, o teu é o que visito todos os dias! Tuas reviews, chuck drops e outras colocações, sempre bem humoradas e com a pitada de sarcasmo e ironia que sai do lugar-comum em que se encontram a maioria dos blogs de moda! Adoro! Continue assim!!! Um abraço, Cláudia.

    Responder
  13. Dani Amado - 14/01/10 - 09h32

    Impressionante as semelhanças! Tem nada de inspiração e coincidência gente, é cópia meeesmooooo. Deviam fazer um reality show com os estilistas: Colocarem eles presos em uma casa durante um ano, sem internet, tv, sem viajarem para as semanas de moda de NY, Paris, Milão, sem um coolhunter, para desenvolverem uma coleção. Quero ver tanta criatividade e imaginação. O lado bom é que passamos a ter acesso a peças parecidas com as milhionárias que não podemos comprar.

    Responder
  14. Gabi D. - 14/01/10 - 09h34

    Em Publicidade e Propaganda a coisa que mais se martela em nossas mentes é “REFERENCIAS”. Livros, Filmes, Coleções, Correntes Criativas… Mas sempre o criativo precisa pensar o ainda não pensado, é aquele famoso ESTALO. Em moda existem os sites de tendência, tipo ombro marcado, cintura marcada, mistura de texturas, até aí ok, tudo bem, todo mundo vai fazer isso, mas a FORMA da composição que cada marca vai fazer é que a assinatura e identidade.
    Inspiração tudo bem, é normal, é Balenciaga afinal de contas, mas né? A moda brasuca deu uma “chupinhada” feia nas semanas de moda internacionais.
    Aí, depois nego fica chorando pq não entra definitivamente no cenário internacional… ou fica ofendido pq um crítico diz que a moda brasileira não é expressiva e nem ACRESCENTA nada a moda mundial.

    Não que eu concorde com esta ultima frase, eu acredito em nós, mas esse tipo de comportamento… francamente.
    Tô contigo e não abro Thê! =)

    Responder
  15. Patricia - 14/01/10 - 09h36

    Espaço Fashion se perdeu TOTAL nesse FR.
    Pra quem é cliente da marca, e tá acostumada a usá-la tanto em ocasiões mais especiais, como no dia a dia, só restou mesmo a decepção!
    Uma pena…

    Responder
  16. Nath - 14/01/10 - 09h47

    Oi Thereza!!
    Bom, eu assisti ao desfile da Espaço Fashion e para falar a verdade, no geral eu gostei :); mas não ignoro o fato de que eles realmente estão seguindo por um caminho que não é o deles, e para mim também é meio decepcionante. Na real, também não acredito que vão alcançar esse público pretendido.
    Mas cópia descarada mesmo foi a Filhas de Gaya!!! Isso aí não é inspiração nem aqui nem na China!
    Beeijo!

    Responder
  17. fernanda - 14/01/10 - 09h52

    the, AMO seu post, sua percepção e a maneira como resolveu tratar desse assunto!
    olhar crítico e pensamento mais aprofundado, questionador, são o que diferenciam profissionais e profissionais no nosso meio. (you go girl)
    a nossa moda desperta essa sensação de devajú há tempos. em 2007 a revista piauí fez uma matéria GIGANTE, que super pegava pesado, sobre cópias – citando gente tipo reinaldo lourenço, juliana jabour e mais.
    na época os blogs de moda super conversaram sobre os escritos e ninguém chegou a uma conclusão. mas a gente entendeu que copiar pode ser um caminho pra encontrar uma identidade própria, pra crescer e pra amadurecer. veja bem que só da discussão ser despertada um monte de gente (leitores) tá se educando, tá refinando o olhar, aprendendo a buscar referências.
    não defendo cópias de jeito nenhum, acho uó, mas né. a gente tem complexo de inferioridade histórico – e de tanto ver acho que hoje enxergo com (alguma) naturalidade.
    arrasou no post. a condução do pensamento tá incrível. SOU SUA FÃ. ;-)

    Responder
  18. Está certissima. Esse Fashion Rio foi excessivamente “inspirado”.
    Cade a moda carioca de verdade?

    Responder
  19. Patricia Lima - 14/01/10 - 09h59

    Post realista. Amei.
    beijos

    Responder
  20. Camila Gomes - 14/01/10 - 10h01

    Gostei do posicionamento. Sobre a EF, eu nunca fui muito fã, mas ao assistir o desfile, pensei: o que aconteceu? Talves aquela EF que todo mundo conhece vai ser comercializada na C&A, e a nova EF caminha para um outro lado. Um lado mais tendecita da força…

    bjbj

    Responder
  21. Mari - 14/01/10 - 10h04

    Guria, sem exageros, foi o melhor post sobre fashion rio que eu andei lendo, foi tipo realista na medida, que nao ofende ninguem com a ideia de copia-plagio-inspiração-homenagem-vi-no-wgsn-e-achei-legal-fazer-igual.
    Parabens!
    (:

    Responder
  22. Annina - 14/01/10 - 10h09

    Thereza!

    Há um tempinho atrás, eu encontrei uma matéria que a Piauí em 2007 fez sobre a cópia na moda.
    Matéria incrível, mesmo… de mais de 6 páginas!
    Tem entrevista com muita gente importante, tipo Glorinha, Paulo Borges.
    A matéria repercutiu muito (falou-se mal da Erika Palomino) e ela está disponível pela internet porque parece que é discutida em faculdades, acredita?

    Seria uma boa postar na no blog…
    Caso não faça isso, tá a fim de ler? (Caço na net pra ti)

    É interessantíssima (sabe que a Piauí é profunda, né?) e termina com uma frase fantástica!

    Beijos!

    Responder
  23. @tiago_gustavo - 14/01/10 - 10h09

    Olha, realmente tem coisas que lembram bastante outros desfiles por aí…
    Essa foto referência do desfile da Glória Coelho, também lembrou um pouco do desfile do McQueen…ou não?

    Responder
  24. Lívia - 14/01/10 - 10h13

    ESTOU SEM PALAVRAS PQ VC FALOU TUDO!!! SOU SUA FÃ. 2! hahahah Só falou falar do desfile da auslander né CHUUUUVA de “referencias”.

    Responder
  25. Elen Carvalho - 14/01/10 - 10h14

    Nathalia T. acho que a moda carioca está nas pessoas que circulam pelo FR.
    Achei mais bacana observar os transeuntes do que ver os looks dos desfiles!Claro que tem suas excessões…
    O que vc acha Thereza?????
    Ah a Espaço Fashion tava de chorar!!!!
    BJ

    Responder
  26. Juliana Schiffler - 14/01/10 - 10h19

    Balmain e espaço fashion ..mesmo estilista?

    esses vestidos estao identicos.

    e vc sempre descreve td mto bemm

    bj

    Responder
  27. isabel - 14/01/10 - 10h31

    AH, NÃO SEI…CONFESSO QUE ACHO QUE A SEMANA MELHOROU COM PAULO BORGES. TÁ MAIS A CARA DO RIO QUE NÃO É IGUAL A SPFW. EU GOSTEI DE ALGUNS DESFILES QUE VI COMO O DA ANDREA MARQUES. E CONCORDO COM O CASO ESPAÇO FASHION, TÁ FICANDO MUITO AUTORAL MAS TÁ FUGINDO MUITO DO PROPÓSITO. QUANTO AS CÓPIAS,ACHO QUE ISSO VAI ACONTECER SEMPRE. É MEIO ESQUISITO QUERER ALGO MUITO DIFERENTE DISSO. AINDA NÃO SOMOS OS QUE “GERAM” INFORMAÇÃO DE MODA. SÓ ESTAMOS CAMINHANDO PARA ISSO. A DISCUSSÃO SOBRE O ASSUNTO É SEMPRE VÁLIDA PORÉM NA HORA DE COMPRAR VOU PREFERIR MESMO PEÇAS COM A CARA DO BRASIL OU ABRASILEIRADAS. É RUIM PARA O PRROGRESSO DA NOSSA MODA MAS É BOM PARA O CONSUMO.

    Responder
  28. Debora Wolf - 14/01/10 - 10h34

    Nossa esse vestido da Glória Coelho é igual da coleção passada, será que ele não vendeu??

    Responder
  29. Samantha - 14/01/10 - 10h35

    Eu comecei a me interessar e procurar saber mais de moda, tendências de hoje e tal, do meio do último trismestre do ano passado pra cá.. E confesso que reconheci as supostas inspirações de algumas marcas, e até percebi as semelhanças que voce támbém precebeu quando tava vendo as fotos! hahahahahahah
    adorei o post, escreveu muitíssimo bem! já se tornou leitura diária, beijo!

    Responder
  30. Debora Wolf - 14/01/10 - 10h36

    Kakaka agora que li o post, o vestido é da coleção passada, sorry haha

    Responder
  31. carolina. - 14/01/10 - 10h46

    as filhas de gaia também desfilaram um vestido preto tubinho, de mangas longas, e decote longo em V MUUUUUUUUUUUITO parecido com um balmain que a blake usou, se nao me engano, na festa do VMA.

    Responder
  32. Jean Jaimmesson - 14/01/10 - 10h50

    Só posso dizer que você arrasou muito Thereza!!!

    Um texto maravilhoso e que super vale ser favoritado para ler, reler, pensar e reler novamente.

    O blog está demais!!
    =)

    Responder
  33. Mariana - 14/01/10 - 10h52

    The, parabéns pelo post! É uma ótima maneira de chamar nossa atenção para essas coisas que eu acho muito importante. Como pretendo ser estilista, é sempre bom estar atenta e acho muito importante que o pessoal saiba também. Afinal, como disseram ai, tendência é tendência mas cada um tem que recriar a tendência no seu estilo. Achei o FR fraco .

    Responder
  34. Lygia - 14/01/10 - 10h56

    Ameeeeeeei o post!
    Concordo com TU-DO o que você falou!! haha

    Responder
  35. Fernanda Pinheiro - 14/01/10 - 11h00

    Oi Thereza!

    Que post maravilhoso, ein?! =)
    Sabe que eu quase não acompanhei o Fashion Rio desta edição, confesso que achei meio boring, (fora as meias de látex da Juliana Jabour no desfile!!)..
    Mas o seu post até me fez prestar mais atenção nestes desfiles e com certeza fará eu “ficar mais ligada” nos detalhes das próximas semanas de moda que virão..

    Fiquei cho-ca-da com aquela cópia descarada da Balmain by Espaço Fashion.. Que foi aquilo?!

    Bjos, o blog está cada vez mais legal!! =) Adoro!

    Responder
  36. Lilian- Achados do Dia - 14/01/10 - 11h15

    Sobre as roupas não usáveis apresentadas pela Espaço Fashion (que tb adoro): desses li esse post na Oficina de Estilo : http://www.oficinadeestilo.com.br/blog/2010/01/04/com-conceito-e-com-produto/ falando sobre como entender o conceito da passarela. Será que não é esse o caso? Será que a intenção não era chamar atenção pra um tipo de tecido/ padronagem/ modelagem pra traduzir em peças usáveis nas lojas? Ou, pelo histórico dos últimos anos, tu achas que é mesmo pé na jaca? (só reflexão)

    Responder
  37. Anna - 14/01/10 - 11h22

    A moda é isso aí mesmo, nada se cria, tudo se copia e isso não é ruim. É natural se inspirar no que fez sucesso. Mas acho que ao invés de algumas cópias que sairam EXATAMENTE iguais, poderiam ter-se criado adaptações mais abrasileiradas, umas coisas com alguns ponto parecidos mais o resto bem diferente, entende? Porque aí sim o Fashion Rio ia fazer diferença para a moda do resto do mundo.

    Responder
  38. Vanessa (@Vanessapeq) - 14/01/10 - 11h28

    Depois do seu “parecer” podemos dizer que tudo se “copia” nada se “cria”.
    Qto a Espaço Fashion, faz bastante tempo que nem passo na vitrine…
    Muito bom querida. Adoooooooro suas alfinetadinhas :D

    Responder
  39. Vanessa (@Vanessapeq) - 14/01/10 - 11h34

    Ah! Não vi vc falando nada da New Order, que na minha humilde opinião é MODA PARA USAR! Amo!
    Faz um post feliz agora Thê, com as coisas bacanas!

    Responder
  40. Daniela - 14/01/10 - 11h37

    Nossa Filhas deGaia e Balenciaga tem o mesmo vestido!!!

    nossa fora outros que estao iguais!!!

    Responder
  41. Vanessa V. - 14/01/10 - 11h47

    mas, hein?!!!! tô meio passadãm.

    Responder
  42. Flávia Rocha - 14/01/10 - 12h03

    Falou e disse!! Acho que ainda podemos gostar de alguns tipos de “inspirações”, porém cópias absurdas como fez Filhas de Gaia me deixam tristes e decepcionadas…moda é criatividade e é isso que procuramos nos defiles.

    Responder
  43. Flávia - 14/01/10 - 12h26

    Eis o link do artigo da Revista Piauí de 2007, sobre plágio na moda; http://www.escolalivredejornalismo.com.br/wp/wp-content/uploads/2008/09/moda.pdf
    Vale a pena TODAS lerem!

    Responder
  44. Marcela - 14/01/10 - 12h51

    Inspirarações todos tem , até a Prada faz isso. Mas as cópias muito fiéis. A Printing, parecia Balmain, isso só para citar uma só.
    o Alcino Leite da Folha de SP, desceu a lenha (muito acertadamente) na forma provinciana copiadeira,deste FR. Marcas que estavam em evolução, retrocederam. Que pena!

    Responder
  45. Lia - 14/01/10 - 13h25

    Arrasou no post, parabéns! Teu blog está cada dia melhor.
    bjs

    Responder
  46. Talyta Bastos - 14/01/10 - 13h35

    Oi Thereza, realmente o que podemos falar dessas comparações estão totalmente a cara do Brasil, não acha? nada muito autêntico. Apesar de a moda ser isso mesmo, as Filhas de Gaia deram uma exagerada na cópia né, acho que as meninas tiveram uma exacerbada inspiração se podemos chamar de inspiração né heheh
    beijinhos, amei o post!

    Responder
  47. Tanisi Mendes - 14/01/10 - 13h50

    Nada se cria, tudo se copia

    Responder
  48. Sissi - 14/01/10 - 13h59

    Mto bom o post! Tava “sedenta” por alguma comparação inteligente. Pra variar, veio de vc! Bjossss

    Responder
  49. Amanda - 14/01/10 - 14h22

    Oi. Adoro seu blog e adorei seu post. Amei o desfile da Filhas de Gaia, mas tambem achei muito parecido com Balenciaga e Balmain. Tem um vestido preto curtinho e mangas 3/4 super parecido com um modelo Balmain que a Blake Lively usou numa festa HBO post Emmy e que a modelo Daria Werbowy usou no MET Gala 29. A coleção é otima, mas ficou na duvida se foi homenagem, copia ou inspiração.
    Beijos e adoro seu blog.

    Responder
  50. Taís - 14/01/10 - 14h24

    Oi Thereza!!!
    Descobri seu blog há pouco tempo e desde então tenho lido seus posts, até alguns mais antigos e me divertido horrores!!!
    Adoro a sua abordagem sobre os mais diversos assuntos e neste post especialmente achei o máximo as suas comparações.
    Parabéns pelo blog!!
    Beijos

    Responder
  51. ruuti :* - 14/01/10 - 14h28

    adorei o blog, muito interessante!
    já foi pro meu blogrol, http://modapurpurina.blogspot.com
    passa lá tbm colega :8

    Responder
  52. Rayssa - 14/01/10 - 14h35

    O problema maior é que a moda brasileira é reconhecida somente pelos biquínis. Não vemos nada muito elaborado e quando é feito algo do tipo, só consigo reconhecer cópia e ainda utilizando de tecidos mais baratos. Então, os brasileiros só vão ficar com fama de serem copiadores e “adaptadores” sem ter sua identidade.

    Responder
  53. Rayssa - 14/01/10 - 14h37

    Vale muito a pena ler a reportagem da revista Piauí;

    Responder
  54. Giovanna - 14/01/10 - 15h19

    Nossa adorei o seu blog!!eu visitava outro blog de moda mas o seu ta bem melhor!!
    Alias peguei o seu link no blog da suri que tambem é otimo!!

    Responder
  55. Carol - 14/01/10 - 16h04

    Oi Thereza, o que achou dos sapatos que viu?
    Beijo

    Responder
  56. Carol - 14/01/10 - 16h43

    Desde quando tendencias, originalidade , coleçoes que inovam e influenciam aparecem primeiro no Brasil? sempre tudo que vejo é copia ou referencia da moda internacional, por isso não dou credibilidade e atenção pro que se faz aqui.

    Responder
  57. Géssica Hage - 14/01/10 - 17h26

    eu tava lendo no twiiter do @_starving_ , eles tavam acompanhando as fotos do catálogo da espaço fashion, vou colar aqui:
    – eu(mandy) to na sessao de fotos do catalogo da espaco fashion! as roupas sao di-vi-nas!

    – nem tinha gostado mto do desfile ontem..mas vendo as roupas agora de perto..quero tudo!

    – e eh uma top que ta fotografando! aguardemum catalogo lindo!

    eu tb nao gostei mto do desfile, mas quem sabe, as roupas que vão pras lojas não vão esta boas hein?
    otimisto forever

    Responder
  58. Julie - 14/01/10 - 17h57

    Cópia descarada! Espaço Fashion e Balmain nem se comenta…

    Responder
  59. Vicky - 14/01/10 - 18h56

    Dizem que nada se cria tudo se copia, mas originalidade é sempre bem vinda!
    Sinceramente acho que o Fashion Rio tem que passar por uma renovação. Para começar mudar colocar umas marcas mais sérias. Tipo TNG não entendo o que tá fazendo lá, a loja tem umas roupinhas legais e talz,eu ate compro lá, mas vendo o desfile não enetndo o que fazem numa Fashion Week que se diz séria como o FR tá mais para o Bras Fashion Week. Que é lugar de Tais Araujo desfila, sem preconceitos. Mas para mim celebridade tem que se conter a ficar na front row e tá otimo. Ninguém ve celebridade nas passarelas lá de fora, pq aqui tem essas cafonisses? Depois eles reclamam quando vem modelo querendo fazer novela.
    Fashion Week = modelos!
    E vc Thereza o que acha de famosos na passarela(apesar q esse ano nem teve tanto né?)?

    Responder
  60. Gabriela - 14/01/10 - 19h45

    OI Thereza
    que site vc ve todas essas fotos otimas dos desfiles?
    quero acompanhar melhor hahaha
    obrigada, beeeijos

    Responder
    • Thereza - 14/01/10 - 20h29

      eh o site FFW
      Tem detalhes, fotos grandinhas eh tuuudo!!

  61. Nicole Bernardes - 14/01/10 - 21h03

    Nossa Thereza, vc arrasou nos comentários…eu não tenho toda essa memória fashionista para lembrar de cada desfile da temporada, fiquei impressionada e vi todas as semelhanças que vc comentou! Acredito que não é pura coincidência não hehehe!

    bjs

    Responder
  62. Ana Carolina - 14/01/10 - 21h58

    oi thereza.. eu axo que as coleções de inverno do fashion rio, são mais levinhas, mais divertidas e mais propicias ao nosso inverno.. e eu sou cliente da espaço fashion há uns 10 anos tb e oq eu sempre me fascinou na marca, foi a leveza, descontração e simplicidade, e quando eu vih os modelos desse fashion rio, vestindo a linda trentini, me sentih completamente no spfw, acho que eles resolveram fazer um desfile afetado e politicamente correto, feito pra agradar critico chatu, e esqueceram a essencia linda da marca que é carioca ateh a raiz dos cabelos, e o brasil inteiro admira na moda carioca, eh a simplicidade e a riqueza de detalhes simplistas, e descontraidos.. adoooro usa uma sandalia de dedo, uma regata podrinha me acabah no shortinho jeans, e me sentir carioquissima desfilando pelas ruas de cuiaba, alias, aki nao tem praia, e toda vez q saio de ksa assim, sempre escuto o comentario: tah axando que tah no leblon, é? adooooro seu blog, e seu senso carioca de ser…

    Responder
  63. Bianca F. - 14/01/10 - 22h21

    eu AMEI o post… amei as comparações que vc fez e como sempre… adorei os seus ‘comentários’. pra mim essas semelhanças não passaram de uma cópia descarada e uma falta imensa de criatividade…
    beijo

    Responder
  64. priscila vanzin - 15/01/10 - 00h38

    mesmo com tanta cópia, achei alguns looks ótimos. só não suporto mais essa tão falada ‘inspiração vampiresca’.

    Responder
  65. Juliana - 15/01/10 - 07h02

    Sobre os modelos os cortes mudam um pouco sim, apesar da grande similaridade, são tendências logoooooo terão vários modelos similares , agora as estampas pecaram muito filhas da gaia poderia ter feito uma releitura melhor hahaha mas achei o vestido filhas da gaia melhor elaborado! Me parece que as mangas fofinhas continua, assim como as meias, lembro de quando era mais nova, tentei adeirir as meias e nunca passei tanta vergonha na festinha, acho que os meninos não aceitam muito bem essa moda hahaha…
    Bjos adoro teu blog guria!

    Responder
  66. Debora Wolf - 15/01/10 - 11h29

    hahaha agora que eu ví que vc me deslinkou, se é que existe essa palavra hahah

    Responder
  67. Nati Vozza - 15/01/10 - 12h25

    Como já disse no Twitter, no Glam…e etc…
    INCRÍVEL o post.
    Bjocas

    Responder
  68. Gabi - 15/01/10 - 13h56

    Não creio que exista inspiração, apenas a cópia. Nada foi criado, apenas recriado pelos estilistas brasileiros, como podemos ver pelas fotos. Mas creio que não seja puro mal caratismo. Não é novidade que moda vem, moda vai, sempre usamos aquilo que a Europa dita primeiro. Se no inverno lá é tendência usar transparências, no nosso inverno usaremos também. Se é tendência pintar o cabelo de verde, acho que muitas pessoas aqui fariam o mesmo. Isso já é cultural! Tanto que o que vemos em revistas estrangeiras, principalmente as européias, são justamente as tendências mostradas no Fashion Rio. Nenhuma novidade. Talvez os nossos estilistas tentem modificar alguns tecidos, algumas formas para adequar ao nosso “inverno”, mas creio que, na teoria, é tudo igual.

    Responder
  69. betina - 15/01/10 - 17h18

    a tempos que nao vemos mais a moda ser recriada, apenas “inspirada”. as coisas só vao evoluindo, ou voltando a estar na moda depois de um tempo socada num canto do guarda roupa, mas nada mais é recriado, coisas novas, nunca vistas ou usadas. moda atual me cansa.

    Responder
  70. Weber - 15/01/10 - 18h07

    Passado com o post :O
    ainda mais com a matéria da Revista Piauí :O

    Responder
  71. matilinda - 15/01/10 - 18h24

    filhas de gaia e balenciaga medoOoOo

    Responder
  72. Thiara - 16/01/10 - 01h26

    Adorei seu ponto de vista e realmente, teve muuuita coisa “inspirada demais” nesse Fashion Rio…O que é uma pena, pois a moda é sinônimo de criatividade, e acho que isso não foi muito evidenciado por algumas marcas no evento. Parabéns pelo post!

    Responder
  73. JuNascimento - 16/01/10 - 12h03

    eu tinha reparado nas filhas de gaia e na espaço fashion, que alias, na minha humilde opiniao se perdeu nesse fashion rio. era tao mais legal qdo os precinhos la eram mais camaradas e as roupas bem naqueles estilo que a gente conhece….

    Responder
  74. Graziela Magnani Gatti - 16/01/10 - 18h47

    Tô passada!Achei terrivel o Fashion Rio,a cópia é cuspida e mal passada.
    Espero que a SPFW seja melhorzinha né ao menos

    Responder
  75. Carol - 16/01/10 - 19h28

    Noooossa,alguns desses looks também veio em minha mente quando vi! Pensei que eu era a única! haha
    Mas na minha opinião essa temporada do Fashion Rio foi bem melhor!

    Responder
  76. Carol - 16/01/10 - 19h33

    Ahhhhhh,não consegui abrir o link da Revista Piauí! O que fala exatamente?

    Responder
  77. Ulisses - 17/01/10 - 15h18

    Achei a matéria da Revista Piauí pertinente mas no mínimo desrespeitosa.
    A jornalista escreveu o texto inteiro num tom de ironia insuportável com destaque para os pequenos comentários entre parênteses. Criticou o modo de vestir dos entrevistados, a postura, o tom de voz, e ainda o ambiente em que se encontrava na entrevista, trantando o luxo como um grande pecado.
    Confesso que muito do que foi dito faz muito sentido mas profissionalismo é imprecindível em qualquer trabalho, principalmente na mídia.

    Quanto ao post, ótimo! Parabéns

    Responder
  78. Paulete - 17/01/10 - 21h33

    o vestido da Gloria Coelho eu vi numa revista de desfiles importada, não lembro o nome, foi na sala de espera do Jr Santaella, não sei de quem era mas era IDÊNTICO!!! Faz tempo, mas foi antes do desfile dela….

    Responder
  79. Rosangela Piraja - 18/01/10 - 00h32

    Tê,

    Já viu o look da Camila Belle ?
    E o vestido da Diane Krooger???

    Responder
  80. Bebel - 18/01/10 - 09h02

    Nossa! Isso que é ter olho clínico, pra ver esse tipo de coisa que (quase) ninguém vê. Muito bom o post, assim como o artigo da revista Piauí. Pena que isso acontece ainda na indústria brasileira…
    Quem diz na revista que podemos adaptar, interpretar pra ficar ao nosso gosto, tudo bem. Realmente, depois de um tempo não há livre e espontânea criação, você sempre busca inspiração em alguma coisa. (Só não deve ser uma coleção alheia.) Mas cópia não vale. Desconstruir um blazer YSL pra descobrir como é “feito” (em termos de corte e costura) e adaptar a uma peça sua, ok. Copiar o blazer inteiro, como o caso do blazer navy da Reserva? Não!
    E esse vestido da Gloria Coelho, eu lembro dessa coleção, lindo…

    Responder
  81. Luana Sarmento - 18/01/10 - 11h00

    Fiz um post tamém sobre as cópias descaradas!!! O seu está bem mais completo, mas impressionante como o povo é cara de pau na minha opinião!
    http://pespontoss.blogspot.com/2010/01/ctrl-cctrl-v.html

    Beijos

    Responder
  82. Amanda - 19/01/10 - 06h10

    É chato ver como as tendências européias vêm de forma tão marcante e despersonalizada pro Brasil, mas a gente também viu muita coisa bacana e ‘anti-tendência’ europa 2010 por aqui, bem mais brasileira, por assim dizer… viu o primeiro (acho que foi…) post da Oficina de Estilo sobre as calças do fashion rio? É uma outra forma de observar os desfiles, que ainda tem muito a crescer e mostrar a moda tupiniquim :) Beijocas!!!

    Responder
  83. […] Fashion (made in) Rio? by Thê FashionismoThê arrasa na crítica e as consumidoras agradecem! […]

    Responder