Saddle bag, o retorno da bolsa icônica da Dior!

28/02/2018  •  Por Thereza  •  Acessórios, Compras, Fashion Week

Ontem foi dia de desfile da Dior na Paris Fashion Week e Maria Grazia Chiuri segue inspiradíssima em fazer looks incríveis que vão do desejo ao feminismo. Entre vestidos pro red carpet e camisetas com mensagens poderosas, o desfile da Dior tem trazido muitas tendências e a da vez é uma que foi hit absoluto no fim dos anos 90, início do ’00.

bolsa-saddle-dior

Se você está na faixa dos 30, provavelmente já viu esse modelo de bolsa. A Saddle bag foi hit na era Galliano, e agora voltou repaginada nas mãos de Maria (a íntima falando). O modelo foi lançado em 99 e logo fez sucesso por conta de seu formato, até então, inusitado. A bolsa tem shape de sela de cavalo e o modelo original vem com o monograma icônico da marca, mas por conta do sucesso estrondoso, o estilista foi criando mil edições especiais.

A bolsa ganhou fama mesmo nas mãos – e ombros – de Carrie Badshaw e, logo depois, com as its da geração, Paris Hilton, Mischa Barton e Sienna Miller. Eu lembro perfeitamente do frenesi da bolsa e desejava fortemente (era da mesma época da baguette da LV).

Corta pra era Maria Grazia e a estilista volta aos poucos com o modelo e sempre tentando resgatar o dna da marca. A Saddle apareceu discretamente na última temporada, mas no desfile de ontem ela foi o carro-chefe no quesito bolsa! O modelo foi visto de diversas formas, estampas e combinações. A coleção focava na década de 60, portanto vimos muitos patchworks, mas as versões clássicas também dominaram na passarela.

saddle-bag-dior-look

No ano passado, Bella e Kendall já saiam com seus modelos a tiracolo, Beyoncé também eventualmente usa as suas, sejam vintage ou atuais e a Saddle já tem sido vista discretamente entre streetyles, Pinterest e Instagram. Sem dúvida é um modelo icônico e que veremos muito por aí, gostam?!

Tendência (inútil) da vez: Micro Bolsas!

26/02/2018  •  Por Thereza  •  Acessórios, Celebridades, Moda

Lembram que na década passada a grande moda de bolsa era aquela grandona? Uma coisa meio Victoria Beckham e Paris Hilton com suas giga Hermès?

Depois dessa overdose desmedida de fashionismo, a vida começou a entrar nos rumos, mas logo uma resposta ao exagero veio, eram as mini bags! Umas bolsas piquititinhas (rsrs) que cabiam ou o celular ou o batom e você decidia a sua prioridade. Agora temos uma ~nova moda.

micro diorama

As micro, mini, as TINY bags! É sério, isso existe e segundo as Vogues gringas foi uma das tendências de 2017, que tal? São extra mini bolsas e não só aquelas tipo chaveirinho pra você acoplar numa bolsa grande e útil, mas mini mesmo pra você carregar sua carteira de identidade e não se perder pelo mundão.

Culpa de quem? Valentino! A marca apresentou no seu desfile Spring/17 não só uma, como basicamente todas as modelos e 1 ou 2 micro bolsinhas. É tão fofo né, mas tem umas que mal cabem o Iphone 8, mas pra que guardá-lo, não é mesmo? E se você acha que isso é exoticidade de passarela, as famosas tem colocado em prática recentemente, pelo menos pra inglês ver.


Gigi Hadid e sua mini pink bag. Ok que essa bolsa cabe um celular e um batom, mas tão mini que a gente até cancela a tag #WhatsInYourBag por falta de conteúdo.

Kendall Jenner e o clássico das microbags, essa Fendinha que cabe um batom amostra grátis!

Olha Irina Shayk e mais uma bolsa micra, as acumuladoras choram!

Já Anna dello Russo é mais esperta e visionária e carrega não só uma, como duas mini-mini bags, agora sim!

Por fim, a provável precursora da onda, Rihanna e uma extremamente mini bag que não cabe nenhum item da Fenty Beauty, mas tão bonita de rosto!

E vocês, adeptas desse momento minimalista ou bolsa tem que ser tipo coração de mãe?

5 Tendências da temporada de alta costura pra usar na vida real!

25/01/2018  •  Por Thereza  •  Fashion Week

Esse é um título de post bastante utópico, pois “alta costura” e “vida real” não cabem numa mesma frase, mas explico. É que acompanhando os 3 dias da temporada couture em Paris (onde mais seria?!), reparei algumas coisas em comum e que, quem sabe, podemos adaptar pra vida real, mas 100% antenada.

Lógico que isso naturalmente acontece em qualquer tipo de semana de moda, até mesmo na bastante exclusiva alta costura, mas essas são espécies de tendência que valem pra gente ligar o radar e quem sabe  buscar traduzir à no$$a maneira!

LAÇAROTE

O que é um detalhe que geralmente compõe looks românticos, se tornou carro-chefe de muitas apresentações, como a do Elie Saab que postamos aqui, mas também esteve presente de Valli a Vauthier. Será que com o fim momentâneo do minimalismo teremos de volta a era mais fofa romântica?

OCLINHOS

Essa é uma confirmação de uma tendência que começou meio que marotamente há um ano. Encabeçado pelas instamodels, os oclinhos que não tampam nenhum sol (teve post também aqui) ganharam um respiro na temporada de alta costura. Do retangular com Vauthier até no shape gatinho – e com outra trend, correntes! – com Saab. Preparadas?

TULE NA CABEÇA

Eu esqueci o nome oficial disso (#blogueirafail), mas os tules dos mais diversos formatos estiveram presente em vários desfiles da temporada. Seja com bolinhas ou apliques, não faço a mínima ideia de como usaríamos isso na vida real, mas uma coisa é certa, achei bem lúdico para o momento carnaval, que tal?!

FLASH TATTOO

Há uns 3 anos, as Flash tatoos eram moda e a gente aplicava por qualque canto do corpo. Será que a tendência volta? Parece que sim! Maria Grazia Chiuri criou modelos especiais pra Dior com mensagens de ordem e que são a cara da nova fase da marca. Por mim tudo bem!

BRINCÃO

Acho que a moda mais real de toda, brincões. Eles não vão a lugar algum! Teve versão argolona com pérolas, olhos e correntes extras longas. Pras apaixonadas por brincão _o/ nada de minimalismo!

Qual dessas tendências voc6es adaptariam pra vida real?!