AS MAIS
LIDAS!

Comparando o FOREO Real x FOREO Fake

19/07/2019  •  Por Thereza  •  Beleza, Publicidade

Vocês sabem que meu amor pela FOREO não é de hoje e eu adoro toda essas inovações no universo de beleza. No início do mês, compartilhei aqui o novo FOREO LUNA fofo e sua skincare personalizada, mas agora chegou a hora de falar da essência da FOREO: sua tecnologia pioneira, única e patenteada. Uso o FOREO há mais de 1 ano e afirmo com tranquilidade que depois que ele entra na rotina de cuidado com a pele, não sai mais, é basicamente um lifestyle de beauté.

Com a nossa geração skincariana, dúzias de produtos e milhares de novidades, logo a escova de limpeza facial ganhou destaque e comoção pelas entusiastas de beleza. A marca existe há 6 anos, mas foi provavelmente nos últimos 2 que houve um boom e o que acontece quando algo faz um sucesso estrondoso? Cópias, réplicas, fakes e inspireds.

Tem marcas que acham que imitação é forma de elogio e termômetro de sucesso, mas a FOREO não pensa assim por um simples motivo: com pele não se brinca.

Foreo luna mini 2

O mercado de pirataria tem crescido a passos largos e o Brasil perde milhões por ano, causando um grande impacto negativo na economia. E quando o assunto é FOREO, a marca é recorrentemente vítima de produtos falsos e, obviamente, de má qualidade.

É sabido que o FOREO não é um produto barato – e muito por conta da tecnologia citada acima – e na vida real é preciso analisar, ponderar e saber a hora certa de comprar o seu. Poderia nesse post citar o custo x benefício que existe nem seus produtos e que sempre vai ter um pro seu bolso & necessidades, mas o foco nesse post é mais conscientização. Vale a pena ~brincar com um fake, podendo ter um relacionamento sério com o original? Dito tudo isso, adquiri um FOREO Fake pra fazer o test drive e entender suas diferenças.

Ano passado foram encontradas na China, 5.000 unidades de LUNA mini 2 fakes, esse é o modelo mais falsificado, logo o que eu comparei. E sabe teste cego de vinho? Pois bem, tampa meus olhos e me entrega o FOREO original e o fake e eu digo na cara o certo: é incrível como os filamentos tem texturas MUITO diferentes, não é pouco não, é muito.

SOBRE O TOQUE

Com o original, você desliza o dedo sobre os filamentos e logo eles se movem, como se você tivesse alisando a raiz de um cabelo sabe? Você encosta de leve e parece que ele se encaixa, se molda no seu dedo e é tipo um carinho macio. Já a versão fake é dura, rígida, parece que os filamentos não tem profundidade e são curtinhos, logo, não deslizam e se “ajustam” à sua pele pra limpar de maneira implacável.

E, enquanto o mini 2 tem duas espessuras de filamentos bem definidos e uniformes na frente e outra na parte de trás, a versão fake tem cerdas bagunçadas, irregulares e meio que amassadas. E essa parte você já consegue identificar a falsificação de cara.

FOREO FAKE E ORIGINAL

PULSAÇÃO X VIBRAÇÃO

A FOREO é conhecida por suas 8.000 pulsações T-Sonic™ por minuto e elas justamente oferecem uma limpeza ainda mais profunda, mas e o fake? Parece um celular vibrando na sua delicada cútis. E quando eu testei, me pareceu até mais agressivo e descoordenado, sabe? Dá tipo um tremelique na pele que não é nada agradável, pelo contrário, é incômodo.

As pulsações da FOREO são mais delicadas e precisas. Outro ponto que o fake não tem: o timer de 1 minuto (apesar de “simples”, pra mim é o mais legal, pois eu uso durante o banho), os 8 níveis de pulsação e a marcação de 20 segundos por área.

E pra pesquisar pro post, vi resenhas gringas falando que existem versões fakes que causaram curto circuito, afinal, pelos fakes não serem completamente à prova d’água, a sua estrutura elétrica – que não possui as certificações dos órgãos reguladores – pode ser perigosa ao usuário. Eu tenho medo de ligar qualquer coisa na tomada, quem dirá passar um fake assim no rosto.

QUALIDADE DOS FILAMENTOS

Agora talvez o mais importante, com o surgimento da FOREO, depois de outras escovas de limpeza que logo ficaram obsoletas, fala-se muito de higiene. Enquanto seu silicone é macio, 100% à prova d’água, resistente a bactérias, a versão fake… é um silicone bem simplinho e quase descartável.

Sei que vocês podem estar achando, “ahh Thereza, você está puxando sardinha pra Foreo”, mas não, porque eu poderia até brincar com outra coisa fake qualquer, mas se o assunto é pele e eu vou comprar um gadget pra me pulsar & limpar toda… eu tomarei o mínimo cuidado, entende? No final das contas, talvez literalmente falando, as versões fakes não tem nada de parecido, muito pelo contrário, podem ser placebos que vem com uma bula cheia de contra-indicações.

FOREO

Assim como falamos no post da fast fashion e o barato sai caro, isso também pode se aplicar na hora de um gadget de limpeza facial falsificado. Você pode se machucar, ter uma alergia e ter que parar num médico e toda a economia se tornar um novo gasto.

Por fim, esse post não é pra julgar quem compra fake ou não, mas sim fazer uma análise com conhecimento de causa. Tenho a consciência que a FOREO não é um produto barato e que desperta curiosidade e desejo, mas às vezes é preciso uma pequena reflexão de beleza – e, por que não, de consumo – e não pensar em qual fake comprar, mas saber quando é possível ter um original.

FOREO

Certifique-se que você está comprando FOREO em e-commerces certificados pela marca, como Sephora, The Beauty Box,  Época Cosméticos e +! 

 




Deixe seu comentário!
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

16 Comentários
  1. Angélica - 19/07/19 - 15h21

    Eu peguei na mao um falsificado e parecia uma pedra dura, nada flexivel, nem macio, as cerdas eram grossas so pensei em quem ia comprar isso e rasgar a pele

    Responder
  2. Tata - 19/07/19 - 15h54

    Eu ando com bastante vontade de ter uma Foreo, mas ainda acho muito caro. Porém, nem cogito comprar uma fake, não tenho a mínima coragem de usar. Pena que tem muitas influencers em canais sobre skincare disseminando o uso das Foreo fakes e afirmando, muitas vezes, que é a mesma coisa, já vi várias.
    Acho que as pessoas não têm noção de que a pele do rosto é extremamente sensível e usar algo (ainda mais um eletrônico) sem certificado do Inmetro e sem saber a procedência pode ser muito perigoso.

    Responder
    • Thereza - 25/07/19 - 12h50

      exatamente! entendo o interesse e curiosidade de muitas, mas o que dá mais receio é justamente ser um produto eletrônico. No mais, vale esperar a hora certa, um desconto, um incentivo, acho que cada vez mais eles ficarão em conta e pra mim o melhor custo x benefício da marca é a versão fofo que tem um preço bem mais razoável!

  3. Luísa Moura - 19/07/19 - 22h20

    Eita, essa foto dos filamentos dá um medo retado de arranhar o rosto inteiro! Vi que a Avon lançou uma versão agora, queria saber se é boa ou se é estilo essas fakes, curiosa!

    Responder
    • Thereza - 25/07/19 - 12h49

      Eu não experimentei esse da Avon, mas li em comentários no insta que vem da China tb. E sobre os filamentos, eles são bem mais duros e “curtos” mesmo!

  4. Suzane - 22/07/19 - 02h18

    To com vontade de provar mas por enquanto não cabe no meu orçamento! Vc ouviu falar do lançamento da avó , The? To curiosa!!

    Responder
  5. Luisa - 22/07/19 - 02h32

    Acho que a marca não tá entendendo bem o que tá rolando. Ninguém tá comprando a “pobreo” achando que é a Foreo, muito pelo contrário. Estão comprando a versão fake com consciência de que é fake por um simples motivo: pagar 1k num aparelho que pulsa pra lavar o rosto é caro demais pros brasileiros. Simples. Não adianta a Foreo pagar um milhão de publiposts colocando a qualidade da fake em cheque (coisa que, sendo verdade ou não, quem vai acreditar num post PAGO e imparcial feito pra defender a marca?) se o problema não é o engano, e, sim, o preço. Poderia não existir a fake que ainda assim, quem compra a fake não compraria a original pelo valor. Da mesma forma que quem compra a original não deixa de comprar por uma paralela. Admiro demais teu trabalho, The, mas em épocas de olhos cada vez mais atentos, pessoas cada vez mais críticas e dinheiro cada vez mais escasso, a marca vai ter que fazer MUUUUITO mais do que pagar posts pra incentivar a compra dos produtos inace$$iveis dela.

    Responder
    • Thereza - 25/07/19 - 12h48

      Oi Luisa, obrigada pelo comentário! No que diz respeito ao meu publi, sempre fui muito transparente e acho possível sim fazer essa análise, inclusive falo da marca bem antes de chegar no Br. Em relação ao preço, sempre deixei claro que não é um produto barato, mas tb do meu ponto de vista, você compra um fake de 100 reais, enquanto o original está 400 (o fofo pra mim tem o melhor custo x benefício, sem contar garantia e durabilidade eterna) e nesse meio tempo – com a nossa obsessão por skincare – compram 2 ou 3 cremes e o valor fica equivalente ao “investimento” com um foreo. Daí sabe o que li de legal outro dia, “se as pessoas se preocupassem tanto em limpar o rosto como se preocupam em comprar produtos para cuidar do rosto…elas precisaram comprar menos produto pra cuidar do rosto”. Se a questão for a necessidade da limpeza, às vezes é melhor pensar e esperar a hora certa de ter um gadget original, ao invés de ter mais cremes e produtos similares.
      Sei que minha opinião pode ser parcial (toda opinião tem um ponto de vista hehe), mas eu ainda sou partidária das pessoas refletirem sobre uma compra como essa ao invés de comprar por comprar e o efeito ser arriscado ou placebo.
      Esse meu textão poderia gerar um post reflexão hehe sobre algo muito mais amplo sobre nosso comportamento de consumo no geral. Bjs!

  6. Izabel - 22/07/19 - 09h17

    Eu prefiro sempre comprar o equivalente, original de um produto que caiba em meu orçamento e em meus ideias, de itens de moda vale até os inspireds, como a arezzo faz as vezes huahuaha
    Mas falso não dá, ainda mais de produtos que você vai usar diretamente em vc.
    Na boa na boa, acho muito “nonsense” certas coisas que as pessoas compram só para estar “na moda”.
    Uma foreo não cabe no meu orçamento mesmo, e nem é o tipo de produto que eu compraria de todo modo, porque acho excesso de limpeza, mas se a rotina da pessoa comporta esse tipo de limpeza, que ela junte uma grande a compre a original, que realmente vai fazer o efeito que ela quer e claro, vai durar anos, como todo produto de qualidade. Acho muito mais factível ter poucas coisas, porém boas, que um monte de tranqueira em casa

    Responder
  7. Raquel Velloso - 24/07/19 - 12h36

    Eu primeiro comprei um imitação, achei bom q limpou bem e deixou a pele mais lisinha, mas de tanta gente falar que o foreo era muito melhor, comprei também. E achei muito parecido. Pra mim, não fez diferença nenhuma.
    Acho que existem tantas imitações que umas podem ser ruins e outras boas.
    E em relação ao efeito desse T-Sonic, sou bem cética

    Responder
    • Thereza - 25/07/19 - 12h34

      Vc achou até no toque igual? Pq o fake que eu usei a textura dele parece uma lixa, tipo até imagino a pessoa se impressionar com a vibração (que pra mim parece de celular), se colocar os dois em pé numa mesa dá pra ver que é diferente), mas achei a textura do “silicone” mais agressiva à pele e a minha ficou até vermelho em alguns pontos :/

    • Raquel Velloso - 25/07/19 - 20h36

      Sim, achei a textura muito parecida.
      Eu comprei o fake na Amazon americana e estava super bem avaliado.

  8. Clara Rodrigues - 25/07/19 - 09h34

    The, não duvido da diferença na qualidade dos dois produtos, mas não entendo essa forma da Foreo fazer marketing, contratando influenciadoras pra ficar repetindo exaustivamente que a similar é ruim. :/ Nunca vi marcas que são extremamente alvo de falsificação, como Adidas, Nike e tantas outras falando que os tênis falsificados podem fazer mal. Então, acho que tá faltando confiança no taco da Foreo. Sinceramente, essa repetição de que a “falsificada” é ruim, faz mal e etc só me faz desconfiar se a original é realmente tudo isso para custar tanto.

    Responder
    • Thereza - 25/07/19 - 12h32

      Oi Clara, entendo e respeito seu ponto de vista, mas acho que a diferença da Foreo com essas marcas de Adidas/Nike foi até no quesito que falei no podcast, pq comprar um marca de moda falsificada – apesar de se ser totalmente ilegal e eles tb coibem isso, tipo vivem processando as marcas que copiam, é um pouco diferente no que diz respeito à tecnologia patenteada e tb até no lado da saúde.
      Por exemplo, um tênis falsificado da nike não vai me causar um dano, mas o que se diz lá fora são as reações adversas dos foreos falsificados, desde causar reação alérgica até mesmo curto-circuito. Então acho razoável e natural a marca correr atrás disso e buscar coibir essas atividades ilegais. Imagina você criar um produto novo, ele ser pioneiro, sensação e ainda patenteado e ele ser copiado dessa maneira? Bjs!

  9. Juliana - 25/07/19 - 17h33

    Vamos lá… Comprei um Foreo original, estou usando há quase quatro meses religiosamente e… Nada. Minha pele está igual. Ele limpa bem, mas consigo o mesmo resultado massageando meu rosto por um minuto completo e um bom sabonete facial.

    Enfim… Hoje eu não compraria nenhum dos dois mas essa é a minha experiência e minha opinião.

    Responder
  10. Thayla Harumi - 31/07/19 - 10h58

    Nunca usei nem a original (por motivos de $$) nem as fakes, mas na minha opinião, tem um hype muuito grande e até um tanto quanto exagerado em torno da Foreo. Em relação às inspireds, já vi resenhas de pessoas que amaram e de pessoas que odiaram. Acho que depende muito do fabricante e realmente é bem chato esse posicionamento da marca de ficar patrocinando posts puxando o saco dela e detonando as outras. Quer mais clientes? Façam um produto acessível ao bolso dos brasileiros!

    Responder