AS MAIS
LIDAS!

Os looks da Blake Lively em Nova York

17/10/2017  •  Por Thereza  •  Estilo, Moda

Ontem foi um belo dia pra fanbase da Blake Lively aka, A GENTE (aguardando comentários daqueles que não são fãs #dscpl)! Vocês sabem, a Blake tem uma mania muito marketeira de fazer uma press tour de filme: ela-cria-um-look-do-dia-para-cada-novo-movimento. Entra no carro com um, sai da gravação outro, entra no estúdio com um, sai do hotel com outro, entra na entrevista com um… e por aí vai! OU SEJA, é muita pauta para veículos de todo o mundo.

Em 2016, na divulgação de Café Society, contabilizamos 6 looks. Já no ano anterior com The Shallows, foram impressionantes 9 looks. Por fim, ainda teve The Age of Adaline e surreais 12 looks. Para o lançamento de All I See Is You (sem previsão de estréia por aqui), até o fim dessa edição foram 5 7 looks, mas teremos muita água pra rolar e look pra vestir, portanto, esse post será eternamente atualizado. Dito tudo isso, vamos aos looks!

Ela acordou logo cedo e rumou pra um programa de tv a bordo de um macacão Brandon Maxwell (já falamos desse estilista revelação aqui) AMARELO BANANA GEMA e com pegada sixties. Enfim, tinha tudo pra dar errado, mas não é que deu certo? Eu acho isso coisa de puxa-saquice star quality. Se eu tivesse que observar algo, nem seria a cor, mas dois dedinhos a menos no comprimento da calça.

blake-lively

Logo depois ela seguiu PLENA E ELEGANTE  com um Oscar de la Renta que, num devaneio da ficção, ela deve ter roubado de sua mãe, Lily van der Woodsen. Veja bem, eu poderia ter detestado esse comprimento ingrato, mas achei o vestido muito bonito. Sofisticado, diferente, acho que ela segurou.

blake-lively

Chanel, você quer? Isso tudo ainda era pela hora do almoço e Blake saiu poderosa a bordo de outro macacão, dessa vez Chanel pied-de-poule. Também amei os acessórios, scarpin Louboutin (sempre companheiro da atriz) e bolsa de dadinhos Chanel.

Blake sempre se orgulhou em dizer que não tinha stylist, mas se todas essas montações são arte dela, fica aí a denúncia de jornada tripla de trabalho.

blake-lively

Momento Wall Street! Não sei pra onde ela tava indo, mas o look working girl foi bem ousado! Tenho algumas restrições com a bota e a bolsa grandona, mas bateu um déja vu de como ela se vestiria se ainda estudasse na Constance Billard até hoje rs #repetente.

blake-lively

Foi chegando o fim do dia e uma mistura geral de listras, estampas, camadas e o que vier pela frente com esse look Jonathan Simhkai e botas Louboutin!

Já no look da noite para a première, Blake apostou no glam, com um belo vestido Chanel brilhoso e com as barras parecendo que atravessaram a máquina de picotar, mas com todo o respeito. Não sei se tava muuito frio ou ela se sente mais confortável assim, mas acho que esse vestido num tapete oficial e sem casaco teria um outro impacto.

E quem vai te buscar no trabalho no fim do expediente? Sim, o boy! O look final da Blake foi sua interpretação de esportivo, mas com muito glamour envolvido, claro! E Ryan Reynolds não fica atrás, adoro os looks festivos dele com coletinho e tudo.

Eu não sei se o nome disso é simpatia, se esse sorrizão no rosto faz tudo ficar mais legal, mas taí uma pessoa que pode usar qualquer coisa e ficar bem, se sentir bem, aparentar estar bem. Obrigada por esse tour Blake, vou assistir seu filme!

 

 

À procura da blusinha 2 dígitos perfeita [Tema: miscelânea]

16/10/2017  •  Por Thereza  •  Compras

Ai que saudade da blusinha (brusinha pros íntimos)! É amigas, são tempos difíceis, esses adoráveis paninhos, que nos trazem tanta alegria, estão pela hora da morte, aka, 3 dígitos. A gente até encontra uma ou outra por umas lojinhas da vida, mas cadê nos e-commerces? Difícil… mas não impossível, com isso estamos de volta com mais uma trepidante edição de blusinhas 3 dígitos!

E dessa vez nada de tema, uma adorável miscelânea, acho que usaria basicamente todas. Vem comigo nesse tour e, quem sabe, encontrar uma bru pra chamar de sua. Agora se você tem um bom segredo de loja online com roupas maneiras e de 2 dígitos, compartilha com a gente!

BLUSINHA-FASHIONISMO

AMARO | SOPH | REDLEY | BASIQ | AMARO | PEEPOU | AMARO | AMARO | ANIMALE | HERING | SHOULDER | COLCCI | ZATTINI

Antes do veraozão chegar, ainda rola de aproveitar a febre das camisas sociais desconstruídas e essa ainda vem com corset acoplado, eu achei um preço bem bom. Já a blusa preta da Soph tem uma fivela acoplada e bem bonita. Pro momento colorblock, um cropped super verão da Redley. Se você é das listras, essa bru da Basiq tá fofa.

Agora se uma blusa de alcinha rosa é necessária, essa da Amaro é imprescindível. E o bom e velho camuflado vem em versão azulada na Peepou. Menção honrosa pra t-shirt empoderada e pra outra tee com sobreposição grudada.

Saudades das ciganinhas? Tem em dose tripla com Animale, Hering e Colcci. Pra fechar, mais t-shirts com Shoulder e Coca-Cola!

Espero que tenham gostado dessa seleção 2 dígitos, volto a qualquer momento!

Tendência Inverno 2018: Meia 7/8!

16/10/2017  •  Por Thereza  •  Tendência

Adiantada? Sim. Ansiosa? Também. Atenta? 100%! É só o outono chegar nas bandas do norte que a gente começa a enxergar uma ou outra tendência pro verão que se aproxima (deles, né). Umas são óbvias, frutos das passarelas, outras são quase tentativa de inovação vinda das estrelas do streetstyle. Outras são Kardashians.

Fale mal, mas fale delas. Entre erros e acertos, acho que as 3 irmãs estão numa boa fase de fashionismo (semana passada a Kourtney ganhou um merecido post pra exaltar seu estilo) e muito se deve à mudança geral de stylists, mas o papo de hoje é sobre a Kim.

A contar pelas fotos acima – tiradas nesse finde em São Francisco – o trio poderia estar a caminho do enterro da inimiga, mas venho por meio deste post alertar para uma tendência:

A MEIA 7/8! Kim resgatou a meia 7/8! Não que ela tenha sido deixada de usar entre um look colegial e uma lingerie mais discreta (guardadas suas devidíssimas proporções), mas Kim recuperou uma moda antiga e há tempos não reinventada de maneira streetstylesca.

Eu lembro muito da meia 7/8 na década de 90. Logicamente ela não era usada de maneira tão óbvia e lingerienesca (só falta pregar a cinta-liga), mas que existiu, existiu e de maneira mais “pop” e menos temática.

E o pior é que: eu adorei o look da Kim. Na realidade, eu me surpreendi positivamente, pois esse look poderia dar super errado, mas não é que deu certo? E olha que o mesmo look contém sandália transparente e bermudinha ciclista.

E aproveitando a viagem, olha como a tendência pode ser usada nas ocasiões mais diversas e por pessoas e personagens idem. Do momento diva pop com Rihanna e Madonna, passando pela vida mais “real”, com Kendall, Taylor e Megan. Até a fase ficção nos bons tempos de Constance Billard com Serena e Blair.

Eu não sei se é uma moda pra já (talvez o calor interfira nessa), mas se esse ano vivemos o auge da meia-arrastão, a 7/8 já desponta como uma grande promessa para 2018. Obrigada, Kim.

Preparadas ou pego minha soquete e vou embora?

Página 3 de 2.09412345Última »