DICA DE VINÍCOLA NA TOSCANA: CASTELLO DI AMA

30/09/2015  •  Por Thereza  •  Viagem, Vinho

55ddd740f073f4db64846dd4_castello-di-ama-chianti

Itália é nosso destino favorito e não é à tóa, além da história e, claro, da gastronomia incrível, um dos nossos programas prediletos é visitar vinícolas na Toscana! Dessa vez, fomos em uma das mais importantes do país e que ainda tem um diferencial que nunca vi em nenhuma outra. 

O Castello di Ama fica localizado em Gaiole in Chianti (cidade de 2.333 habitantes :D entre Florença e Siena) e é famoso por produzir um dos melhores e mais premiados Chiantis do mundo (na opinião do Rodrigo, é o melhor!)Pra quem não sabe, Chianti é um vinho feito com a uva Sangiovese, típico da toscana e seus vinhedos ficam localizados na região do mesmo nome. Aliás, essa região é um dos locais mais bonitos da Itália, suas estradas são de tirar o fôlego e com cada visual digno de cinema (inclusive, boa parte do filme ‘Cartas para Julieta’ foi gravado nessa região) ou uma bela foto no Instagram!

castello di ama

Agora quando eu digo que o Castello di Ama tem um diferencial comparado à outras vinícolas, é que ele não envolve apenas vinhedos e paisagens deslumbrantes, lá é um local cheio de arte, digo, repleto de arte, em cada canto tem… arte! Da entrada, passando pelas caves, jardins e até as capelas, é tudo sobre arte, e vinho!

O enólogo do Castello di Ama, Marco Pallanti, não é só responsável por desenvolver vinhos cheios de elegância e complexidade, como também trouxe para a vinícola, o “Castello di Ama per L’Arte Contemporanea”, um projeto que reúne diversos artistas contemporâneos com suas obras espalhadas entre vinho e verde.

castello dia ama mirror

chianti_castello-di-ama_tayou_contemporary-art-installation_tuscany.jpg

revolution-castello-di-ama

185

Esse aspecto pra mim foi o mais bacana de todas as vinícolas que já visitei na Itália, pois justamente enquanto o Rodrigo focava no vinho e em sua produção, eu admirava toda a arte envolvida de forma orgânica, conjunta e muito especial.

E essa analogia vinho e arte, reflete exatamente no estilo do vinho e espírito do produtor. Os rótulos do Castello di Ama são ícones italianos e aclamados no mundo inteiro. Seu diferencial é a localização privilegiada dos vinhedos e o cuidado especial com todo o processo, eles tratam cada vinho como uma obra de arte. Ao todo são 10 rótulos, entre brancos, chiantis clássicos, supertoscanos e vinsanto.

bellavista3

chianti_castello-di-ama_che-zen_contemporary-art-installation_tuscany.jpg
castello di ama 1

A construção é uma Villa aos moldes de uma cidadela, com ruazinhas, casa principal e até capelas.  Eles ainda contam com uma hospedagem bem exclusiva, que é perfeita pra quem quer passar mais dias pela região e viver um pouquinho sob o sol da Toscana.

A nossa visita guiada começou às 10h, com tour pela vinícola onde conhecemos cada detalhe, desde equipamentos e estilo de produção até peculiaridades históricas. Às 12h, fizemos uma parada estratégica para degustar alguns de seus rótulos e logo depois subimos para um almoço no Il Restoro di Ama, que fica dentro da propriedade. NÃO deixem de almoçar lá, foi uma das melhores refeições que fizemos. É uma culinária slow food, comida tradicional toscana e com ingredientes super frescos e colhidos no próprio Castello. Aquele tipo de comida com sentimento, explosão de sabores e sofisticação na medida.

degustacao-vinicola-castello-di-ama

degustacao-castello-di-ama

Pra quem estiver com roteiro pela Toscana, pode reservar uma manhã ou tarde pra conhecer o Castello di Ama, uma experiência completa e inesquecível! A localização dele ainda é boa pra quem fica hospedado em Florença e tem apenas um dia para visitar vinícola, é um pacote completo! No site do Castello di Ama, vocês encontram mais informações e como reservar o tour. Por fim, a curiosidade hollywoodiana é que na semana anterior a que fomos, a atriz Natalie Portman estava por lá fazendo a mesma visita, imagina se encontro?! :)

000007a5f-moggi93411

Agora pra quem ficou curioso com os rótulos do Castello di Ama, no Brasil pode encontrar à venda na Mistral (tanto no e-commerce, como nas lojas físicas), que é a importadora exclusiva da vínicola. Semana que vem o Rodrigo fará post sobre a Itália contando o motivo etílico do nosso amor!