Sobre ruivas e histórias!

28/04/2011  •  Por Thereza  •  Beleza, Cabelos, Celebridades

O post com o novo cabelo da Blake rendeu (até porque vocês adoram uma gongadjenha), mas como ela é muito gente boa, daremos um voto de confiança (já que sempre damos votos pro LDS). Seu loiro clássico e indefectível, que tanto foi esfregado na nossa fuça cara, fará falta, mas o ruivo tem uma razão cinematográfica e a gente espera que ela encontre seu tom.

Mas ela não foi a única adepta da recente onda vermelha, nas últimas semanas outras famosas decidiram abandonar – mesmo que temporariamente – sua loirice/morenice em prol de um vermelho – mais ou menos intenso.

Admiro qualquer tentativa de ruivice. Afinal, a primeira cor que pintei meu cabelo foi um vermelho henna, daquelas embalagens marrons de farmácia! Tinha 13 anos e provavelmente não tinha mais o que fazer da vida (foto editada em prol da reputação da blogueira).

Era um vermelho denso, escuro, artifical e que ficou péssimo pra minha pele branca amarelada, foram 2 semanas e uns 14 banhos, mas bem antes disso ele já estava totalmente desbotado. Eu tentei.

Acredito que minha queda por ruivos tenha uma razão, com nome e sobrenome: Axl Rose. Na minha adolescência ele era minha referência masculina e tem algo mais exótico que homem ruivo?

Além disso, de Marilyn Monroe (que diziam ser originalmente ruiva) ao Príncipe Harry, e uma centena de outros que não couberam nesse pequeno post. Ruivos são inesquecíveis e tem um je ne sais quoi que impressiona.

A título de inspiração, adoro ruivas tipo Julianne Moore, Marcia Cross e Julia Petit, que deveriam ser (e estão sendo) ruivas ad eternum (acredito na eternidade de uma cor como marca registrada). Mas muitas outras famosas já ensaiaram a ruivice ou usaram-na com a finalidade de inovar e causar comoção (vide Blake).

Existem também as ruivas performáticas, que usam a cor do cabelo pra se destacar, seja na tv, moda ou música. A cor do cabelo exala personalidade e veja se alguma das três acima poderia ter outra cor? Combinam perfeitamente com seu perfil e profissão, aliás, tudo por ela!

Agora se é loira e não quer arriscar na ruivice extrema, porque não um strawberry blonde? Esse loiro com nuances vermelhas, que não deixa de ser um clássico, mas recentemente tem se tornado um hit. Aquela foto da Whitney lá em cima é bem recente e com esses traços moranguescos. É uma opção que foge dos loiro tradicional, mas com uma pitada de pimenta!

Sabemos que ruivas são poderosas, mas loiras e morenas também. Vai da gente ter coragem, doses de bom senso e um profissional pra indicar o tom certo. Na minha opinião (e de 98,71% das leitoras envolvidas) a cor da Blake foi um equívoco, tipo um acidente de percurso.

Ela não foi a primeira e nem será a última, mas ainda bem que somos todas mulheres passíveis de erros, mas principalmente, responsáveis por gratas surpresas, doses de inovações e muito encantamento!

Quer ensaiar uma ruivice, mas tem medo de errar? Aqui tem boas dicas pra quem topa o desafio! E tem alguma ruiva por aí?! ;D

Já pode malhar?!

15/03/2011  •  Por Thereza  •  Celebridades, Estilo, Moda, Tendência

Ano novo começou e com ele promessas (pretensiosas? Utópicas?) de uma vida saudável and sarada, aos moldes de uma Kardashian ali ou de uma Paltrow acolá. Mas e nessas horas de sacrifício exercício, onde fica o glamour? Cadê a tal da digninidade fashionística? CADÊ?

O que sei de gente (oi, tudo bem?) que deixa de malhar por não ter a viscolycra ideal, por não ter a it-legging, não tá no gibi e não tem pacote de 6 meses pago adiantado que garanta tal presença.

Lógico que isso tudo é balela pra gente ficar assistindo a novela das 6, 7, 8 ao invés de suar ao ritmo de Ragatanga like a G6. Mas que delícia seria se tívessemos opções simpáticas e truques de styling eficientes, que pudessem chamar mais atenção que meia dúzia de músculo escondidos sobre 23kg de gordura.

Well, e não tem nada melhor do que as celebridades pra nos guiarem em busca do look de academia perfeito! Vejamos (cientistas afirmam que ao ler esse post queimaremos 36 kcal)! ;D

A rainha é ela, entre um supino e outro, só dá ela: Nicole Camille Richie. A mina tem as manhas e tá sempre com looks que podem sair da academia direto pra Rodeo Drive mais próxima.

Sua técnica favorita são as layers, popularmente conhecida como camadas. Uma camiseta em cima da outra, um tecido fininho e alguma cor, fica com cara de quem se preocupou com o look, fica fofo! No frio, uma big scarf pra enrolar tudo e dar o toque final.

Mas existem outras fashionistas, graças a Deus. Destaque pro look minimalista (sim) da Jessica Biel, achei very elegante, especialmente porque esse coletão pode ter função disfarçatória de culote e região.

E essa legging da LC? Amei, pena que pessoas com quadris de 3 dígitos e com coxas de melancia não podem usar, snif. E que fofa é Gwen com esse casaco colorbar da tv?

Mas a gente sabe que na vida real nem sempre temos tempo ou $ pra investir no tema, e também sei que muuuitas preferem gastar dinheiro com roupa-de-naite ao invés de malha-pra-acadamia, né?

Mas tudo dá-se um jeito e sempre tem a opção da impecabilidade. Kate Beckinsale e outras, apostaram no preto/cinza, mas porque não uma bolsa rosa-schiap pra dar uma bossa ao look?

Agora isso é fato, todo mundo tem uma t-shirt engraçadinha na gaveta, pois elas são as mais eficientes no look-gym, vão bem com tudo!

Elas são descontraídas e, principalmente, confortáveis, porque no final das contas é disso que precisamos! Agora essa calça Pink (da Victoria’s Secret) da Gwyn só pode ser usada na acadjmia e olhe lá!

Alerta! Esse texto foi todo desprendido de preconceitos, mas não tem engenheiro da Nasa que me justifique aqueles meiões que sobem as canelas e chegam até aos joelhos! Saradas de plantão, vocês podem usar isso no perímetro acadêmico (!), mas na rua, que tal trocar pro uma soquete discreta, não é melhor? (isso é uma pergunta de verdade)

Mas em defesa das brasileiras, mais esquisito que isso só essas calças de moletom que essas loucas gringas cismam de usar e acham que é bacana, oi? Ainda bem que essa muóda não chega por aqui, até porque academia sempre tem uma questão pró-sentimental envolvida.

E pra gente colocar em prática de verdade, tô preparando um post com peças pra gente comprar e praticar, além da inspiração! Mas quem tiver tip-de-estilo, contaí!

Trend Alert: Jaqueta caprichada!

10/03/2011  •  Por Thereza  •  Celebridades, Compras, Moda, Tendência

O carnaval passou, ano novo chegando, mas e o tal do inverno, já pode começar? A contar pela última semana aqui no Rio, SIM! Termômetro na faixa dos vinte e bem poucos (o que pra uma carioca já é clima quase glacial), mas o que vem depois de uma temporada de muito biquini e pouca roupa? No que devemos “investir” pro outono/inverno? Uma jaqueta de couro incrementada.


Porque uma jaqueta de couro clássica a gente até tem, mas e uma especial, mais elaborada? Elas vem com tudo no inverno e quem nos me garante é a Burberry Prorsum. Lembram desse look  usado recentemente pela Kate Bosworth? Pois bem, o look é todo Burberry e se o vestido tacheado já é suficientemente lindo, ela ainda arremata o look com essa jaqueta toda fashionista.

A tal jaqueta pode ser até simples, mas os mínimos detalhes que fazem o look verdadeiramente caprichado. Esse, digamos, reforço nas mangas é usado seja nos cotovelos ou ombros e dá um belo diferencial ao modelo.

 

Tô contando até 3 pra Zara’s e H&M’s da vida criarem seus modelos inspireds e acessíveis, já que a jaquetinha em questão custa U$2.195.

E o modelo (que tem outras versões parecidas) é hit absoluto! Desfilada ano passado, ela já foi usada por Anja Rubik, Alexa Chung, Kate Bosworth (que tem a nude e a preta) e Rachel Bilson, que fez a combinação mais fofa da jaqueta pesada com o vestido longo florido, como você não pode ver na foto (mas eu mostro aqui!).

 

E não satisfeita em ser uma grande produtora de hits, Burberry também sua versão aviator que promete ser a sensação da nossa próxima temporada invernística. Se dizem que casacos de pele (fake, é claro) estão com tudo no hemisfério de cima, será que essa praga moda pega por aqui? Não sei, mas a jaqueta aviator é uma opção mais modernina e já vi algumas por aí, ou seja, versão acessível pra gente, djá!

 

E olha como a Burberry é uma grande agregadora de estilos, de Emma Watson a Kim Kardashian, todas amam! Seja a versão mais clássica ou a com 15 quilos de tachas, se a onda é uma jaqueta mais caprichada, lá vamos nós investir em uma. Seja mais ou menos grifada, a referência é que fica!