A AUSÊNCIA DE ANITTA

14/05/2015  •  Por Thereza  •  Celebridades, Moda

Me desculpe o trocadilho tosco, mas preciso falar de alguém que me intriga e o nome dela é Anitta.
A cantora veio de um sucesso estrondoso quase 3 anos atrás e o Show das Poderosas sem dúvidas foi A música pop dessa década ’10, afinal, quem nunca cantou, coreografou e viciou na música?  Pois bem, com isso vimos o surgimento de uma funkstar que aparentemente tinha todos os indício de virar uma popstar.

anitta estilo
Aqui no Brasil, pop-musicalmente falando, precisamos disso. Uma Britney, uma Katy, uma Riri, até uma Beyoncé vai, sabe essas divas do pop que vão além do palco, da performance, mas são cheias de personalidade, carisma, fashionismo e ilustram 9 entre 10 revistas, sites e blogs?! Se você pensar bem, quem tem essa influência/poder aqui no Brasil?

Acho que Anitta tinha tudo pra ter/ser. Vinte e poucos anos, música chiclete e ausência de concorrência. Qual popstar brasileira de 20-30 anos vocês curtem? Acho que o mais perto que temos disso aqui no Brasil é com Ivete e Cláudia, mas apesar do axé ser pop no Brasil, o pop que falo é aquela musiquinha global chiclete que pega, mas é só o complemento pro tal star quality.

Sempre acreditei que Anitta poderia cumprir o papel e chegar nesse patamar, daí como esse é um blog de moda, vamos analisar a moda envolvida nela. Não há moda genuína envolvida. Quando um visual acertado, seja no palco ou fora dele, poderia fazer TODA a diferença, até agora não engrenou, tampouco impressionou. Falta consistência.

260685

Às vezes parece que Anitta não tem um time 100% dedicado para tal função e é necessário ter para ser. Parece que também ainda não definiu seu estilo e isso é fundamental pra condição ~popstar~ que ela busca e a gente espera. Ninguém é obrigada a ser fashionista convicta, mas ela parece se preocupar, logo, é preciso caprichar e surpreender.

De um início esforçado, passando por uma rápida fase com Yan Acioli (vi ao vivo o início dessa relação e ela parecia promissora) até esse momento atual que envolve Moschino e Givenchy e nenhuma estabilidade.

Falando de grandes marcas que vez ou outra ela usa, o mais irônico disso tudo é que, pra mim, o melhor look “festa” que ela usou foi justamente de uma fast fashion. Esse look Riachuelo aqui (era pra Versace, mas era Riachuelo e foi muito legal).

anitta look riachuelo versace

Anitta parece confortável. Sabe aquele look que cai como uma luva? E ele é sexy na medida, mas ainda discreto e com acessórios certeiros. Esse foi um acerto que muita gente gongou só pelo fato de ser de fast fashion, mas Anitta foi legal e provou que dá pra se vestir bem assim com poucos dígitos.

Resolvi postar sobre isso hoje, pois às vezes eu tenho a ligeira impressão que Anitta precisa ser melhor assessorada, fashionisticamente falando. Enquanto seu glamsquad  com Thiago Fortes e Junior Mendes segue harmonioso, o fashionsquad passou por maus bocados essa semana com esse look aqui.

image.php

Primeiro, uma cantora com o potencial de Anitta não pode usar um look deliberadamente inspirado. Cara, ela pode usar o original! Pois bem, no casamento da Preta Gil, Anitta surgiu com esse look flamenguista que logo indicaram ser uma cópia desse Zuhair Murad da Nina Dobrev. 

Agora o pior de tudo é que o vestido estava mal ajambrado. Segundo o estilista responsável, ela veio com a ideia e ele executou, porém, ele concordou que o vestido precisava de ajustes. Simples assim.

Gente. Cadê o fashionsquad da Anitta pra falar pra ela que uma outra famosa usou um vestido similar? Cadê o fashionsquad pra contratar uma pessoa pro fitting perfeito? É tão simples, é um pequeno detalhe que faz toda a diferença. Da lista das bem vestidas, ela se tornou gongada por uma coisa muito boba.

Captura de Tela 2015-05-14 às 13.18.06

Sei que Anitta passou por uma transição empresarial no último ano e que provavelmente pode ter desestruturado alguma coisa. Acredito no potencial, porém vejo que já está mais que na hora dela desabrochar no fator fashionista.

Mais do que um stylist pra montar os looks, ela precisa de um profissional que a acompanhe e ajude-a a descobrir, definir e polir seu estilo. Ela pode até não querer 100%, mas  mercado quer, os fãs esperam e não vejo nada de mal nisso, não é tão difícil assim encontrar seu estilo e seguir com ele (pelo menos até o próximo cd).

A NOVA FASE DE LADY GAGA!

07/04/2015  •  Por Thereza  •  Moda, Música, Red Carpet

Lady Gaga teve um início de carreira avassalador, é polêmica, controversa, mas uma coisa é inegável: a danada é puro fashionismo. Brinca, experimenta, não se leva a sério, usa, se leva muito a sério. Lady Gaga é aquele toque (acho que seria uma porrada mesmo) de ousadia que o mundo dos famosos precisa.

Ao longo desses anos, cantou e causou muito, mas acima de tudo se manteve irreverente e fiel ao seu estilo, seja ele 20kg de bisteca ou num Chanel Couture, como é o caso abaixo.

10cover_lores_gaga_Embed

Mas agora uma coisa é fato: Lady Gaga está mudada! E, surpreendentemente, a inspiração não veio de nada exótico, mas sim de um ícone da música, um senhor cheio de história: Tony Bennet! Em 2014, os dois gravaram e viajaram juntos por aí numa turnê que rendeu momentos memoráveis e looks incríveis. Parece que esse toque clássico, deixou Gaga mais serena e com sua loucura mais ponderada ou, digamos, organizada! Pra completar a boa fase, ficou noiva e casará em breve!

Recentemente ela revelou que seu envolvimento com o jazz obviamente influenciou para a nova estética de seus looks. Além disso, a idade e o amadurecimento sem dúvida aprimoraram seu estilo, agora mais coeso e inspirado nas lendas de jazz do passado.

LADY-GAGA-ESTILO-PALCO

Pra coroar esse bom momento fashion, seu novo stylist Brandon Maxwell, entrou pra anual lista do THR como um dos stylists mais poderosos de Hollywood. Ambos aparecem juntos na capa da revista e com fotos feitas na casa de Coco Chanel, fotogradados por nada mais nada menos que Karl Lagerfeld, ou seja, Gaga está bem assessorada e seus looks tem sido cada vez mais impressionantes, como foi no Oscar e Grammy.

LADY-GAGA-TAPETE-VERMELHO

Na noite do Oscar, a aparição foi em dose tripla! No primeiro look, um Alaia que teria tudo pra ser princesa da Disney, mas lógico que Lady deu seu toque Gaga e o look virou meme instantânea! No palco, uma apresentação memorável e agora sim, princesa completa. Por fim, na festa da Vanity Fair, muita sensualidade e transparência num outro Alaia poderoso.

Já no Grammy, meus dois looks favoritos e que sintetizam a palavra diva. Amei esse vestido preto, certeiro nos acessórios e joias, bem como o prato texturizado e uber decotado. Em comum, algo que Gaga poderia usar mais vezes, esse cabelo old hollywood quase branco e muito interessante!

LADY-GAGA-ESTILO-RUAS

Acima, alguns dos seus looks mais recentes pelas ruas de Nova York, Paris e adjacências, sim, todos esses looks fazem parte do streetstyle dela! Amei esse look p&b em destaque, assim como todas as versões brancas, pretas, as super pantalonas, calças justinhas e vestidos também.

Parece que nessa fase, Gaga continuou sendo exótica, porém de maneira mais sofisticada e polida. O resultado é bem mais interessante e traduz esse sentimento de diva que tanto esperamos dela.

Na THR, ela revela que, mesmo nos dias mais casuais, não se importa com o conforto, mas sim em se vestir para atender as expectativas dos fãs e poder retribuir o que eles esperam dela. Com isso, ela se veste como se fosse num editoral, seja qual dia for, mas sempre dedicando cada look e irreverência aos little monsters!

Vocês já tinham reparado nessa mudança da Gaga? Aprovam seus novos looks de diva da irreverência?

Decifrando Nina Dobrev

01/04/2014  •  Por Thereza  •  Estilo, Moda, Tendência

Outro dia pensei, logo twittei (na realidade foi no Facebook mesmo), sobre o estilo da Nina Dobrev. Ela me intriga. Não sei se é porque não assisto seu seriado, o The Vampire Diaries (já tentei, mas não curto o tema), mas acho que ela tem todo o potencial, mas não consigo ficar encantada por seus looks.

nina header1

Desculpem-me os Nináticos, mas essa é uma análise sobre moda, ok? É que na semana passada compartilhei na fanpage o que pensava sobre o estilo/atitude dela e virou um bate-papo super legal, na realidade o que mais adoro em vocês, queridas leitoras, é que um post sempre estende pro debate interessante e no caso Nina não foi diferente.

O tal post analisava seu último look e questionava porque Nina não tinha virado uma Blake ou uma Leighton. Lógico, cada uma é cada uma, mas a referência às duas vai pro fator glamour, fama e popularidade que ambas tiveram com Gossip Girl, por que Nina não deslanchou tanto assim, a contar que aparentemente TVD faz até mais sucesso que GG?!

Enquanto Blake foi capa da Vogue, Leighton também apareceu em várias publicações, ambas conseguiram muitos contratos de moda e beleza (uma é embaixadora da L’Oreal e outra da Biotherm), vestem os principais estilistas e Nina?

Nina tem quase tudo isso, mas parece que, apesar do super potencial, falta algo. Na minha opinião, a principal barreira pro encantamento total é o estilo. Parece que ela não se encontrou, e mais, sua stylist não faz as escolhas mais acertadas e eu conto nos dedos quantos looks 100% harmoniosos ela conseguiu.

NINA LOOKS HMM

Um ponto: tem vezes que vejo uma certa incoerência nos looks. Não consigo notar uma identidade ou harmonia no estilo. Alguns looks pesam demais, outros dão uma sensação que falta alguma coisa. No final, tenho a impressão de inconsistência. E tudo isso é responsabilidade do stylist e não da Nina. A harmonia e conjunto, é o profissional que cria, daí o famoso entra com a atitude.

Fui dar uma pesquisada sobre a sua stylist e descobri que é a Ilaria Urbinati, conhecida por vestir homens. De Bradley Cooper a Chris Evans, passando por outros gatos de Hollywood, e Nina. Li uma matéria onde ela conta que Nina gosta de ser fiel a poucos estilistas, mas também curte conhecer novos talentos, também disse que por ela fazer um seriado teen, não pode nada cair por lado da vulgaridade e concordo, não cai.

nina 4

Uma coisa que me incomoda em muitos looks da Nina: o sapato errado e/ou descompensado. Esse look azul (tem um cinto voando ali), por que esse sapato? Além de ter achatado a silhueta dela, super pesou o look. E o segundo? A proposta do rosa foi ótima, mas o modelo de sapato não ornou, pequenos detalhes que um stylist afiado faria toda a diferença.

Outra coisa que prejudica o conjunto do look: a pose. Olha o braço? Pra que se contorcer toda? Nina, seu braço é fino, assim como todas as outras partes do seu corpo, relaxa! Muitas vezes certas poses parecem falta de confiança, ou seja, parece que não segura o look.

NINA LOOKS LOVE

Pra não dizer que não falei de flores, separei meus looks favoritos. Esse 1o look foi o 1o que vi dela e lembro que na época perguntei no Twitter “quem é essa menina?!”, o look é lindo assim como muitos outros que ela usa. Amei também esse macacão, super diferente e, taí, ela segurou bem!

Partindo pros longos, Nina maravilinda nesses 2 Elie Saab, esse azul é uma visão! O preto é interessante e sexy na medida e esse vermelho, Look do Ano com louvor!

Resumindo: Lá no Facebook muitas meninas falaram que falta carisma, que Nina é sem sal e etc. Uns falaram que falta uma tesoura nos fios. E outros falaram que Nina não tem essa pegada “fashion” pois ela de fato é mais recatada, de outro país e pra completar, diferente de B. e L., seu seriado não tem nada de moda, o que complementa essa questão.

Concordo com muitos pontos, porém essa vontade de decifrá-la vem muito da “carência” de ver uma menina bonita, com potencial e talento, para nos encher de pautas, looks e suspiros! E vocês, também notam essa questão?