Preço por vestida!

29/06/2011  •  Por Thereza  •  Compras, Moda, Pense

*Nota da editora: sim, o título é esse mesmo.

Outro dia estava (re)lendo o excelente livro do blog Who What Wear (eles já lançaram outro livro chamado What to wear, where) e uma reflexão me chamou a atenção, especialmente por tê-la adotado recentemente na minha viagem: a relação investimentoXuso das coisas.

Explico, muitas vezes gastamos com uma bobeirinha ali, outra acolá, sem pensar de fato no uso efetivo e durabilidade de tal peça. Não estou falando só da qualidade, mas sim da quantidade de vezes que usamos.

Geralmente esse nosso pensamento imediatista está atrelado à modinhas passageiras, ou seja, de rápida saturação, com isso, usamos pouquíssimas vezes a dita cuja. Seja tendência ou um clássico qualquer, será que vale a pena mesmo?

No livro tem um cálculo bem simples, porém que no final das contas é bem eficiente e incentivador, especialmente quando se planeja investir numa peça mais eterna. O cálculo adotado é o seguinte, o custo de um item, dividido por quantas vezes você o usa:

Daí, em contrapartida, você compra a bolsa da modinha por R$800 e usa uma vez por semana, fazendo o cálculo, esse preço médio subirá pra R$15,38, sendo que você usou BEM menos. Parando pra pensar, faz sentido.

Lógico que por mais que seja um simples cálculo matemático, é um pensamento hipotético, visto que na vida real provavelmente ninguém compra bolsas “da modinha” por R$800.

Mas é uma boa reflexão que pode se estender com jóiasXbijoux, sapatos ou o que te causar dúvida na hora de investir, ousar ou estrapolar. É um aliado pra nossa razão fashionística e não custa nada calcular!

 

E esse papo todo me lembro de 3 posts que fiz (fazendo jabá de mim mesma) e giram em torno dessa reflexão de consumismo exacerbado: Você é uma compradora racional?Investindo bom é jóia!It bag para todas ;D