Vale a pena comprar bolsa importada no Brasil?

08/04/2013  •  Por Thereza  •  Acessórios, Compras, Moda

Naquele papo da chegada da H&M no Brasil, veio a ideia desse post junto aos debates e reflexões que surgiram sobre questões tributárias, impostos, burocracia e até mesmo desigualdade e economia brasileira. Por um lado, não tenho muito conhecimento de causa pra me aprofundar nesse tema específico, mas ao mesmo tempo acho válido a gente ter uma noção, mesmo que superficial, sobre esse consumo de itens importados.

Quando viajamos, vamos meio que condicionadas a comprar e comprar, com isso uma H&M ou F21 da vida vira uma inegável pechincha. E assim como as fast fashions, vez ou outra vamos com a oportunidade de gastar (ou melhor, investir) numa peça mais, digamos, valiosa.

bolsa

Lógico que nesse caso não é uma condição, muito menos uma obrigação, é apenas aquele caso bissexto da vida onde nos damos ao luxo (literalmnente falando hehe) de adquirir uma peça x especial. Tem gente que curte sapato, outros jóias, eu adoro uma bolsa e acho o investimento mais interessante de todos! Agora será que já tá valendo a pena comprar no Brasil? Fashionismo investigativo ligou pra 5 lojas e cotou ;D

Gucci, Miu Miu, Louis Vuitton, Prada e Chanel (a única que não tem no Rio), comparei o preço de 4 bolsas (e um sapato de bônus!) badaladas e super usadas dessas marcas. Lembrando que para Euro usei o câmbio R$2,70 e para dólar R$2,00 e já embuti os 8,75% de taxa americana, que faz uma bela difereça pra quem tá na dúvida. Pode variar um pouco, mas é basicamente isso!

bnnolsa gucci

A Soho Disco Bag da Gucci é a bolsa do momento, viralizou de uma tal maneira que eu nem sei bem, porque confesso que acho uma bolsa normal, mas é legal porque tem uma infinidade de cores e das 5 marcas, a Gucci é a que tem a menor diferença.

Na Europa ela sai por R$1.782 (lembrando que lá tem detax, onde você pode pegar 12% no final), nos EUA por R$1.950 e aqui no Brasil por R$2.175 (versão normal tá, nada de croco, phyton, ouro..). 10% mais cara? Achei bem pouco viu, e como uma leitora falou no outro post, a Gucci veio pro Brasil pra ser competitiva e entrar de cabeça o mercado e com essa margem baixa, aparentemente consegue!

bolsa miu miu

E a Miu Miu? Adoro a marca, as peças e o lifestyle, um româtico cheio de personalidade. Escolhi a Vitello Lux, é aquela clássica com laços nas laterais, tem tamanho médio e grande e a M  na Europa sai por R$2.362, nos EUA por R$2.604 e aqui no Brasil por R$2.930, ou seja, uma margem de 12%, outra marca que está bem razoável, sem contar aquela velha – e funcional – história que aqui no Brasil podemos parcelar em 5 ou 10 vezes, verdadeiro luxo (ou problema hehe) que só aqui temos!N

bolsa saffiano

Agora a irmã mais velha, a Prada! Sempre fui apaixonanda por essa versão clássica e ano passado comprei a roxa (adoro cores exóticas para bolsas) e foi aí que percebi que valia até a pena comprar no Brasil (e eles entregam delivery, caso seja de outra cidade ;D)!

A tote Saffiano (na realidade esse é o nome do couro, porque a bolsa não tem nome e sim número) é um ótimo investimento e tem vários tamanhos (tipo uns 5 ou 6), acho que vale a pena comprar uma versão que vem com a alça compridinha, pois algumas não vem.NUsei como referência um tamanho médio que na Europa sai por R$3.726, nos EUA por R$4.080 e aqui por R$4.625, ou seja R$570 de diferença ou aproximadamente 14% a mais, continuando assim bem baixo e ainda razoável pra quem quer gastar dinheiro num item desse.

bolsa lv

Agora indo pra boa e clássica Louis Vuitton, certeza que a marca é a primeira opção de muitos, daí pra fugir das tradicionais Speedy ou Neverfull, fui numa opção mais moderninha, mas que mesmo assim reflete a margem adotada pela marca.

Escolhi a versão Alma Mini, esse modelo é super clássico, porém essa versão mini foi lançada recentemente e teve até vídeo com umas blogueiras gringas. Enquanto na Europa ela sai por R$2.835 e nos EUA por R$3.100, aqui no Brasil ela custa R$4.050, uma diferença de R$950 ou 30%, um caso a se pensar porque a bolsa é uma fofura sem fim!

sapat chanel

Finalizando com a Chanel e nada de bolsa, mas sim a boa e velha sapatilha, item clássico da marca! Na Europa (sempre o local mais barato, exceto Inglaterra, é claro) ela sai por R$1.147 (e tem a maior variedade de cores e materiais), nos EUA sai por R$1.362 e por aqui por R$2.200, uma faixa dos 60% mais cara. Lembrando que a tabela de preço dos produtos da marca mudam constantemente, tudo para, digamos, conter nosso furor consumista!

 

Confesso que não sabia que a diferença era tão – relativamente – razoável. Estamos falando de um produto de luxo e caro? Sim, mas acho legal que cada vez mais as marcas vem abrindo os olhos pro nosso mercado, com ou sem tributos excessivos, é um belo avanço! Agora acho que antes de viajar, já vale a pena pensar onde comprar! E vocês, o que acharam dos valores comparados ao Brasil?