A volta dos que (não) foram: Abercrombie & Fitch

05/09/2016  •  Por Thereza  •  Compras, Tendência

No início da década ’00 tinha uma marca gringa que era sinônomo de desejo & ostentação, não pelos seus casacos ~relativamente razoávei$, mas pelo nome, pelo status do mais puro fashionismo wannabe americanizado, sim estamos falando de Abercrombrie & Fitch.

Era só você viajar pra NY ou Miami ou saber que algum parente ia, pronto já estava você lá pedindo um moletom ou brusinha, seja com o logo escancarado ou discreto, era A marca do início da década passada. Eu, sempre que viajava, gostava de comprar sainha jeans deles, umas brusinhas e sim, claro, tirar foto com os sarados na porta, quem nunca?! Mas isso MUDOU, saem os tanquinhos e entra uma moda mais real.

MTQxMjExMTgzMjUxMzM0ODUx

No início do ano, postei nessa Ronda aqui, que a marca estava prestes a sofrer um grande rebrandind depois de anos de crise financeira e polêmicas. Esqueça os tais tanquinhos na porta e pense numa marca mais cool, mas ainda com aquele dna “american way of life”. Basicamente a ideia é se afastar daquela pegada extra sensualizada e focar na vida real e um pouco mais adulta.

Para a nova fase, a marca contratou como diretora criativa, Kristina Szasz, que já trabalhou em marcas como Tommy, Karl Lagerfeld, Levi’s e Polo Ralph Lauren e a contar pelo seu curriculum, já dá pra ver onde a marca quer chegar. As fotos da nova campanha de inverno apontam a nova fase e gera até um desejinho de compra (eles entregam aqui), diz aí?!

MTQxMjExMTgyOTgyODk5Mzk2

MTQxMjExMTgzMjUxNTMxNDU5

MTQxMjExMTgzMjUxNDAwMzg3

MTQxMjExMTgzMjUxMjY5MzE2

MTQxMjExMTgzMjUxMjAzNzgw

Senti a pegada normcore vida real que mostra muito bem a moda de hoje em dia, mais simples, mas ainda valorizando boas peças. A marca, que sempre foi forte no jeans, seguirá com seu dna nesse aspecto e eu aqui já desejei essa jaqueta.

As modelos mostram até uma variedade das meninininhas pós adolescentes de sempre e mostram uma A&F mais madura, afinal, o dinheiro rola mais nessa faixa etária. Por fim, eles dizem que de fato buscam esse novo público mais sofisticado e maduro, mas ainda tem lugar pros jovens e seus casacos e camisas clássicas, talvez sem a febre da logomania, mas com um toque de nostalgia.

abercrombie

 

E vocês, eram clientes ou admiradoras da marca, dariam uma nova chance?! No meu caso, se o som diminuir e a luz aumentar, entro facilmente!

10 anos depois, relembrar é viver com os looks mais memoráveis de O Diabo Veste Prada!

26/04/2016  •  Por Thereza  •  Estilo, tv

Uma década se passou do lançamento de um dos melhores filmes de todos os tempos quando o assunto – é moda e figurino! Foi na distante 2006 que fomos tomados de amor pela história  da adorável Andy Sachs, vimos na Miranda Priestly um quê de Anna Wintour e ficamos com um ligeiro abuso – não […]

Continue Lendo >>

7 marcas que habitavam nosso armário no ano 2000!

19/04/2016  •  Por Thereza  •  Moda, Rio de Janeiro, Tendência

Talvez seja meu signo, mas eu sou muito apegada à mais pura nostalgia. Não sou museu, não vivo de passado, mas gosto de lembranças e histórias e, quando o assunto é moda, adoro relembrar fashionismos do passado :) E se tem uma coisa que esta mexendo com esse lado, se chama Laços de Família! Eu era obcecada […]

Continue Lendo >>

Página 1 de 212