A nova geração de bolsas Louis Vuitton

26/02/2015  •  Por Thereza  •  Acessórios, Moda

Vocês sabiam que a Louis Vuitton é a marca de luxo mais valiosa do mundo? Quando digo valiosa, significa não só em valor “financeiro ou custo”, claro, mas também pelo nome, marca em si e história. Também pudera, qualquer um que entende/gosta um pouquinho de moda reconhece a LV, até mesmo quem não gosta, sabe da relevância e importância da marca.

LOUIS VUITTON HANDBAG | FASHIONISMO

Agora se nas últimas duas décadas Marc Jacobs foi o grande nome e motivo do sucesso da marca, nessa nova fase, após sua saída, a LV busca um novo gás e frescor necessário pra seguir seu império e quando falamos de desejo e LV falamos de?

Bolsa, é claro! Seja uma Speedyzinha básica a uma de croco milionária, sem dúvida que todo o sucesso da marca vem atrelado às suas bolsas e pra essa nova geração tem 2 modelos que são os carros-chefe da vez.

 LOUIS-VUITTON-NEW-BAG

Petite Malle: Eu sou APAIXONADA por essa bolsa, ela remete aos famosos baús da marca e sem dúvida é o lançamento de maior destaque dos últimos anos da LV. A bolsa já foi vista em mão de fashionistas pelo streetstyle até celebs no tapete vermelho.

Acho ela uma formosura sem fim, super diferente, com um quê de vintage e um suspiro de novidade ao tão icônico – algumas vezes famigerado – logo da marca.

Twist Bag: Agora saindo do monograma, a Twist é um modelo modernete, uma releitura mais sofisticada e jovial do LV. Essa bolsa parece ser uma tentativa de ser a 2.55, tem tamanho médio e símbolo impactante.

Sabem quem foi uma das primeiras famosas a usar? Beyoncé! Se foi puro amor ou contrato, eu não sei, mas sei que a bolsa é um charme e vem em vários tamanhos e ‘acabamentos’.

E fugindo mais ainda da logomania, LV investe cada vez mais forte em bolsas mais discretas e que tem a difícil meta de superar Neverfulls e Speedys que tanto encantaram e seguem sendo bestseller da marca.

LUIS VUITTON HANDBAG | FASHIONISMO

Achei essa Lockme muito gracinha, especialmente essa cor! Chique, discreta e perfeita pro dia a dia. A Capucines é outra favorita, gosto do metal LV disfarçado, mas sempre presente, a Michelle Williams é garota propaganda desse modelo e ele vem em muitas cores.

A Lockit segue esse modelo clássico, discreto e atemporal, já vista nos braços de Reese Witherspoon e outras celebs que querem repassar essa info que LV vai bem além do monograma.

Por fim, a Vivienne, meu grande xodó, why tão cara? Acho essa bolsa MUITO linda, tem o LV maiorzinho, mas em compensação é uma maletinha cheia de graça, essa provavelmente é um dos destaques do novo momento LV!

E vocês, curtem essa nova fase? Se tivessem que escolher um modelo, qual seria? 

Celebrando o monograma da Louis Vuitton

12/10/2014  •  Por Thereza  •  Moda, Pense

Na história da moda não há nada mais unânime em dizer que o monograma da Louis Vuitton é o mais famoso, respeitado e reconhecido do mundo. Criado em 1896 (!!) por George Vuitton (que viu no monograma uma forma de homenagear seu já falecido pai, o Louis), ao longo desses 118 e 3 séculos, é motivo de desejo, luxo, história e um quê ostentação. Tem períodos de glória, é copiado mundo afora e até rejeitado por alguns, mas sem dúvida, não há simbolismo fashion maior que esse monograma (na foto abaixo, sei primeiro desenho).

louis-vuitton-first-monogram

E depois da geração Marc Jacobs, a marca busca renovar-se, encontrar novos projetos e a sua mais recente parceria é algo bem ambicioso: ‘The Icon and The Iconoclasts: Celebrating Monogram”. A ideia da louis Vuitton foi chamar artistas de diversas áreas para recriarem – subverterem, desconstruirem, tudo com carta branca – seu símbolo maior, o monograma.

celebrating-monogram-lv

E o legal disso é que além de designers e arquitetos, LV convidou “colegas” de trabalho, como Karl Lagerfeld e Christian Louboutin. Quem disse que há concorrência feroz no mercado? Acho que num caso desse a união faz a força e o resultado pode ser surpreendente, afinal, é sempre interessante ver a visão que um gênio tem sobre outro. A coleção será lançada no dia 15/10, mas essa semana já saiu o video oficial da campanha, bem como as primeiras imagens.

Entre modelos como Freja Beha, Liya Kebede e os próprios artistas posando com suas criações, a coleção chega com uma expectativa de sucesso no mercado, não só pela ousadia, mas também pelo apelo dos designers em si, eu já me peguei desejando um modelo bem específico e especial! Mas observem cada um dos 6 artistas e suas artes.

iconoclasts-louboutin-lv

Christian Louboutin sem dúvida colocou sua marca registrada, o vermelho, na coleção e o resultado foi ousado e criativo, como o designer. Além da bolsa, com detalhes em vermelho e spike (outro material que já vem se tornando característico dele que, mesmo depois da ~moda~, permanece em suas coleções), Christian desenvolveu um carrinho de compras, a ideia era remeter um item super daily french, de uma forma super fashion.

O resultado foi um carrinho rico (aguardem o preço na última montagem), com uma estética LV, logicamente, representada pelo monograma, mas espcialmente por detalhes que rementem o estilo do Loubi, do interior temático, passando pelo detalhe que “segura” o carrinho, repararam? Charmosíssimo!

iconoclasts-karl-lagerfeld-lv

E Karl Lagerfeld parece que segue no momento #projeto…karl!  Para sua linha, o estilista da Chanel, buscou objetos de desejo fora do óbvio e o que desejamos mais que um kit malhação grifado? :o Pois bem, Karl desenvolveu uma  ‘estação de luta’, com um saco de box, junto a isso a luva mais fashionista do mundo e tudo num mega baú Vuitton, o preço? Só sob consulta, afinal, serão apenas 25 desses no mundo. Para a vida mais real – e fashion – uma bolsa de verdade que tem um quê de saco de boxe, mas é bem usável!

iconoclasts-lv-designers

E se alguém tinha dúvidas da força da mochila no mundo da moda, parece que ela persiste e mais pop que nunca. O aclamado designer industrial, Marc Newson, desenvolveu uma mochila em 3 corese que mais que design, ela preza pela funcionabilidade e simplicidade.

A estilistA japonesa, Rei Kuwakubo (criador da Comme des Garçons),  apostou na ousadia e provocação e desconstruiu uma das bolsas mais clássicas da marca, criando rasgos dramáticos no modelo. Já a fotógrafa e diretora, Cindy Sherman, recriou o icônico estúdio-baú, com cores ousadas e detalhes que remetem sua história. Cindy também fez uma bolsa, com as mesmas aplicações.

 iconoclasts-frank-gehry-archictet-louis-vouitton

Agora não tem mistério que Frank Gehry produziu meu item favorito, afinal, ele é meu arquiteto favorito :) Quando postei a foto  no Instagram todo mundo falou que essa bolsa dá muito TOC kkk mas eu achei ela incrível, literal e representação máxima do seu estilo arquitetônico.

Pra quem não conhece bem, Frank é famoso justamente por subverter as linhas, brincar com movimentos e fugir do óbvio, lá no Decorismo estendi a conversa e compartilhei suas principais obras e que remetem a tal bolsa!

 iconoclasts-shop-price-bags-louis-vuitton

Agora falando sobre preço, ouch, sei que o nome do designer aliado à Louis Vuitton multiplica qualquer cifra, mas não sabia que seria tão radical assim haha Se a bolsa do Frank fosse mais na média da marca, acho que seria até um boa homenagem (imagina você chegando na faculdade e colocando seus Caran D’Ache, esquadro e faca olfa dentr? haha #aquelas). Agora o que eu acho que poderia ser bem usável é essa clutch do Louboutin, poderia ser vendida fora do carrinho, que tal?

No final das contas, achei uma parceria mais que interessante, surpreendente e essa moda poderia pegar! Tipo veríamos Alexander Wang para Chanel, Francisco Costa para Dior, Michael Kors para Givenchy, umas parcerias bem loucas e que no final fugiriam do óbvio e fariam da moda um lindo lugar para se admirar :)

O desfile de despedida do Marc Jacobs na Louis Vuitton

02/10/2013  •  Por Thereza  •  Fashion Week, Moda

Depois de meses de especulação finalmente foi confirmada a saída de Marc Jacobs da Louis Vuitton depois de 16 longos anos de longos. Mas antes disso, é claro, um desfile pra encerrar o ciclo. Desfile não, fashion SHOW mesmo! Se geralmente Marc faz apresentações mirabolantes, dessa vez não poderia ser diferente, foi um desfile apoteótico!

Louis Vuitton: Runway - Paris Fashion Week Womenswear Spring/Summer 2014

E eu não estou falando isso pelos adereços da cabeça apresentados, o desfile pra começar contou com a reunião de seus principais cenários dos últimos anos, entre eles o carrossel, a fonte, elevadores, escada rolante e outros, sinal que aquele desfile entraria para a história e encerraria seu ciclo de maneira impressionante.

Louis Vuitton : Runway - Paris Fashion Week Womenswear  Spring/Summer 2014

Assim que chegamos, já ficamos impressionadas não só com o cenário, mas com a riqueza de cada detalhe, das recepcionistas (com roupas de ‘french maid’) com meia-calça LV  até o assento dos convidados, que tinha o grafite do Stephan Sprouse (aliás foi minha primeira ~it bag~, a clutch “pichadinha” lá em 2001 hehe). E eis que pontualmente começa o desfle e uma música que misturava suspense, tensão, mas também delicadeza (no final tem um mini vídeo que eu fiz #eikevideomaker) e que embalava as modelos e os 41 looks finais de uma geração.

1mk

E foram todos os looks pretos! Salvo um jeans, transparência ou outra tonalidade da cor, foi um desfile que de longe parecia verão, mas de perto comentava-se que eram looks de luto com a sua saída, que até então ainda não tinha sido oficializada. Ao final do desfile saiu a notícia que sua saída da marca era pra cuidar exclusivamente da sua!

As peças eram fortes e, segundo Marc, uma homenagem às mulheres que sempre serviram como sua inspiração , como Miuccia Prada e Coco Chanel. Mas também vimos muito do dna do próprio MJ e até referências do que vemos por aí nessa temporada, como por exemplo o jeans como carro-chefe do look.

Olhando assim, parece tudo muito complicado, mas além do conceito, podemos observar muitas ideias individuais bem interessantes. Também aposto que alguma celeb logo logo vai usar esse longo preto e por falar nelas, vi muitas por lá!

LV FRONT ROW

Impossível não começar com Sabrina Sato, toda gata num look camisola feelings da última coleção. Sabrina está aqui em Paris para um projeto secreto com a Glamour. Além dela, dei de cara com Elle e Dakota Fanning no backstage (tirei uma foto fofa no Instagram, me segue lá!), as duas bem fofinhas!

Quem também estava por lá era a Hailee Steinfeld que está no filme recém-lançado Romeu & Julieta (ela é a própria), e quem está no filme é nada mais nada menos que Chuck Bass (aka Ed Westwick), assistam. Miroslava bonequinha russa como sempre, Princesa Charlene com batom roxo e por fim Sofia Coppola e sua homenagem, a bolsa SC!

LV BAGS

E falando de bolsas, o que vimos? Sacos, buckets… o nome que for, esse tipo de bolsa veio como tudo e vai pegar! A Louis Vuitton tem sua Noe bag que virou a bolsa queridinha do último ano e nessa edição ela vem revisitada e com inúmeros acabamentos, sem dúvida que é um formato de bolsa – Seja LV ou seja F21 – que é charmosa e bem interessante, curti!

Pra finalizar o desfile emocionante e que certeza que vai ficar pra memória, alguns registros da passarela!

Louis Vuitton : Runway - Paris Fashion Week Womenswear  Spring/Summer 2014

Louis Vuitton : Runway - Paris Fashion Week Womenswear  Spring/Summer 2014

Louis Vuitton : Runway - Paris Fashion Week Womenswear  Spring/Summer 2014

Louis Vuitton : Runway - Paris Fashion Week Womenswear  Spring/Summer 2014

 Louis Vuitton : Runway - Paris Fashion Week Womenswear  Spring/Summer 2014

em-paris-590x90

Au revoir, Marc Jacobs! Foi bom enquanto durou, um novo ciclo que se fecha e agora ansiosas pelo futuro das duas marcas!

Página 3 de 512345