BOLSA DESEJO: MÉTIS, DA LOUIS VUITTON

19/01/2016  •  Por Thereza  •  Acessórios, Compras, Estilo, Moda, Tendência

Com o dólar do jeito que tá e a crise em geral que assola qualquer tipo de bolso, é difícil planejar aquele próximo ‘investimento na bolsa’, mas ok… nosso coração fashionístico não é de ferro e vez ou outra sempre rola uma paixãozinha por uma bolsa esperta, atemporal (e que a gente garante que será uma herança pra nossa próxima geração). Estou assim por esse modelo:

METIS POCHETTE

Prazer, Pochette Métis, da Louis Vuitton! Na realidade eu estou obcecada por esse modelo, pois tem tudo que gosto numa bolsa: alça compridona, tamanho compacto e, de quebra, aquele monograma atemporal da LV, mas num modelo fresh e muito charmoso

As mais observadoras já notaram esse modelo pelos streetstyles mundo afora, pelos painéis dos Pinterest é super pinado e acho que a ideia da Métis vai nesse novo momento cool reservado, mas ainda com um belo toque de logomania à la anos 90!

MÉTIS LOUIS VUITTON

E é um tipo de modelo sofisticado, mas que funciona bem pra qualquer ocasião, do look basiquinho aos mais fashionistas. Sabe aquela bolsa que vai bem em qualquer ocasião? Essa. Mas ok, partiremos pra realidade e de volta com nossa tag ‘Quer pagar como’, afinal, quanto custa essa belezura?

METTIS LV

Ouch! Muito ruim pegar o dólar e multiplicar por R$4,20 e o Euro por R$4,60 e isso porque eu fui bem razoável, só de lembrar que no início da tag, lá em 2013, eu multiplicava o dólar por… R$2!

Mas ok, vida que segue e a gente vai trabalhar muito pra fazer a economia girar. E mesmo com essas oscilações, as marcas ainda não reajustaram a ponto dos EUA voltar a ser mais barato, por lá a Métis custa R$7.551 (valor final com taxas) e aqui no Brasil – com o benefício do parcelamento né – sai por R$6.750. Mas caso o desejo seja forte, na Europa, ela sai por R$5.023 (valor final, com detaxe)!

Voltando ao modelo em si, ótima sugestão pra quem curte uma bolsa contemporânea, mas com roupagem clássica que só a Louis Vuitton tem!.

E vocês, curtem esse tipo de modelo?

NOSTALGISMO: AS MOCHILINHAS DA LOUIS VUITTON

29/04/2015  •  Por Thereza  •  Acessórios

Esse post era pra começar com uma memorável capa da Veja Rio com a Daniella Sarahyba de idos anos 90, maaas, infelizmente, a Internet não tem registro disso (se alguém já sabe do que tô falando e tiver a tal capa, me manda pfvr).

O ano era 97 ou 98 e o cenário era o seguinte: auge das patricinhas. Aqui no Rio, os jovens de 17 e pouco iam às tardes de sábado fazer uma social no Fashion Mall (comer no Joe & Leo’s!) e a maior it girl atendia pelo nome de Daniella Sarahyba, a patricinha que virou modelo. O sucesso dessa época era tão grande que Daniella estampou a tal icônica capa da Vejinha, falando justamente desse fenômeno, “As patricinhas do Fashion Mall”. Eu não lembro bem o look, mas lembro exatamente do acessório.

Mochila Louis Vuitton

Mochilinha da Louis Vuitton!

Se os anos 90 teve uma ~it bag~, a it foi essa mochila da LV. Era o must have da nossa geração, tudo, claro, porque foi usado pela paty da nossa geração.  Lembro muito bem de tudo isso, pois vivi um “”drama juvenil”” na época, é que logo que a revista foi publicada, meus pais estavam viajando e eu supliquei pela minha 1ª it bag, era caso de vida ou morte sos, quem seria eu na fila do pastelão?

Meus pais, fofos, compraram pra mim a tal mochilinha da Louis Vuitton, quando eles chegam com a linda embalagem marrom, que mochilinha era? Uma mochilinha que parecia um be-sou-ro, imagina o trauma da adolescente que estudava num colégio cheio de patricinhas e queria a mochila da vez, mas ok, pelo menos hoje eu tenho uma história pra contar e a bolsa segue comigo (postei foto dela aqui no meu Pinterest), apesar de pouco tê-la usado.

Mochila Louis Vuitton

Passada a frivolidade juvenil, quem viveu essa época sabe que a bolsa de fato foi um expoente fashion que movimentou muita gente e causava adoração em torno da label francesa. O modelo era descolado, tudo a ver com a década 90 vigente e super prático. Entre camisas pólo e Keds, era o look do dia oficial de 20 anos atrás.

Mochila Louis Vuitton

E ao longo desse tempo, o modelo vai e vem, seja a versão já vintage com couro bem escurecido ou os novos modelos que a Louis Vuitton lança vez ou outra. Celebridades como Ashley Tisdale, Emma Roberts usaram numa história recente e ícones da música, como Mariah Carey e Kanye West, usaram no passado. Agora se você acha que essa bolsa é ultrapassada…

Mochila Louis Vuitton

Na realidade eu só decidi fazer esse post (estava triste que meu lado detetive não conseguiu uma cópia da revista ), pois quem postou o modelo no instagram na última semana? Kylie Jenner, a menina move multidões e tem poder de influência no povo teen e sem dúvida tem seu fator Sarahyba do novo milênio, além dela, sua irmão Kendall também tem a sua (a de uma é vintage e a de outra é nova) e juntas só mostram que um modelo desse é tão clássico quanto uma Chanel ou Dior.

Vocês lembram dessa fase LV na década de 90, da capa da Sarahyba e momento Fashion Mall?

MOMENTO ECONOMIA: 10 PRODUTOS QUE ESTÃO MAIS BARATOS COMPRAR NO BRASIL QUE NOS EUA!

30/03/2015  •  Por Thereza  •  Compras, New York

O dólar, ah o dólar! Lembram daquela linda época que ele custava tipo R$1,89? Lembra aquela bela fase que a gente viajava, via um preço e apenas multiplicava por dois pra fazer a conversão? Era tão simples e natural, a matemática nunca viveu tanto seu esplendor.

Pois bem, esse tempo não existe mais.

Você acha que um mísero dólar está valendo 3 reais?

NEM ISSO, o dólar já está fechando no patamar de 3 reais e QUARENTA CENTAVOS, isso tudo até o fechamento dessa edição, dia 30 de março às 16:44h.

6c46a35a26e8f95a7460bd8fb8f42bd8

Dado todo esse cenário de economia periclitante e recessão iminente, vamos voltar à nossa famosa tag, quer pagar como? Pois bem, se antigamente os posts serviam pra mostrar o cenário Euro x Dólar x Real, vamos agitar nossa economia, pois atualmente tem inúmeros itens fashion que estão mais em conta comprar aqui do que lá!

Fiz um top10 de produtos clássicos, modelos de luxo que sempre entram na nossa wishlist – mais ou menos  – imaginária! Se comprar lá já era uma questão a se pensar, na hora de comprar aqui ainda temos o benefício de um bom percalemanto e de não cruzar as barreiras da imigração.

preco-bolsa-brasil

Louboutin Pigalle, modelos mais clássico da marca, já tá mais barato comprar aqui! A diferença é pouca, mas pra quem tem dúvida, não tenha, se for pra ter o seu scarpin da sola vermelha, compre aqui. Uma observação óbvia, de todas as 10 lojas que liguei, a vendedora da Louboutin foi a única que disse “corre miga, que esse preço vai mudar a qualquer momento”, ou seja, é claro que reajustes serão feitos, então vale ficar ligada!

Na Valentino, o famoso Rockstud também tem preço um pouco mais vantajoso aqui e lembrando que esse sapato tem inúmero modelos, ou seja, essa margem pode ser maior ou menor. Se tiver viagem em vista, veja o que é melhor.

E os óculos? Os modelos clássicos do Ray-Ban estão com uma diferença bem razoável. Até os óculos, que são sensação, da Dior estão valendo mais a pena aqui do que acolá, aliás, esse Reflected é lindo!

Pra quem busca uma bolsa maior pra trabalho ou viagem, a Goyard segue nessa boa margem pro-Brasil, a icônica Saint Louis já está R$1.000 mais barata aqui, fiquei com vontade #aquelas Já a Saffiano clássica da Prada (existem inúmero modelos, essa que cotei é a grande com 2 zipers) tem uma boa diferença do que pelas bandas do Obama.

Vai uma mini bolsa aí? Tanto Miu Miu quanto Gucci sempre tiveram uma margem de 10-15% mais cara que nos EUA, o que era bem razoável, mas agora estamos mais baratos e com uma boa vantagem, especialmente a versão hit da Gucci!

E se a gente pensa numa “it” bolsa, sempre vem os dois modelos clássicos da Louis Vuitton, a Speedy e a Neverfull! Se você cogita um investimento na próxima viagem, reflita, tá valendo mais comprar aqui mesmo, sem contar que a história do parcelamento já é um bom incentivo e regalia exclusiva concedida a nós, brasileiros!

De todas as lojas que liguei, a única que segue valendo comprar nos EUA é a Chanel. Por exemplo, a Grand Shopping Tote (aka GST!) está custando R$12.820 na loja daqui e na conversão, comprando nos EUA, ela sai a R$10.700, ouch.

dfc65ebfccd06ff9f3b20a3a6fca52e0

Lógico que comprar na Europa segue mais barato comparado ao Brasil e EUA, mas é interessante ter consciência da situação vigente, analisar o mercado e o impacto do dólar por aqui. Nesse caso, vale refletir as prioriodades numa próxima viagem e o que é interessante comprar aqui mesmo.

Vocês já tinham reparado esse (des)equilíbrio? Já cogitam comprar algo por aqui ao invés de gastar lá?

Página 2 de 512345