O que a máscara capilar mais cara do mundo tem? Cupuaçu!

25/10/2018  •  Por Thereza  •  Beleza, Cabelos

Tem um rombo orçamentário, mas tão bonito o cabelo!

Outro dia li uma matéria sobre a Masque Quintessence da Leonor Greyl que custa U$145 (mais ou menos R$580)  e fiquei intrigada, o que tem de diferente uma máscara capilar pra ser tão cara assim? São os ingredientes? Os princípios ativos? A tecnologia estudada anos a fio? O salário dos cientistas que ficaram anos a fio dedicados a cuidar do meu cabelo? Uma embalagem que remete um pote de ouro?

CUPUAÇU

Bom, talvez check √ para todas as respostas acima, mas fiquei legitimamente curiosa com essa máscara da Leonor Greyl, especialmente por ter uma máscara deles (infinitamente mais barata e quando o dólar custava uns R$2) e não amar tanto (teve resenha aqui), mas essa promete!

Do que se trata o produto em questão? Os óleos de castanha Cupuaçu e Manketti hidratam profundamente e regeneram os cabelos mais secos e danificados. Repara o cabelo após a escova, luzes ou qualquer outro tratamento químico. Dá  brilho e suavidade imediata e duradoura!

CUPUAÇU

Pois muito bem, o que meu deixou curiosa foram os ingredientes! Manketti é um óleo emoliente – rico em ácido linoléico – usado na África há mais de 7000 anos, que visa beneficiar a pele e o cabelo com nutrição e condicionamento. Ele realça o brilho e também hidrata e oferece benefícios na regeneração estrutural, criando uma camada protetora contra os agentes agressores externos.

Muito bem, mas um nome me chamou a atenção: Cupuaçu. E isso é coisa nossa! Originário da Amazônia, esse fruto é riquíssimo e poderosíssimo, fazia ideia? Eu não. Pois bem, ele tem: Polifenóis, Vitamina A, B1, B2, B3, Ácidos graxos, Aminoácidos, Fósforo e Fibra e ainda dizem que é gostosinho (nunca tive a oportunidade de comer).

O fruto é excelente pra alimentação, corpo, pele, mas o que essa belezinha amazônica faz nos fios? Nutrição e hidratação profunda!O Cupuaçu promove suavidade e maciez aos cabelos, aumentando a sua umidade natural e elasticidade, condicionando-os e evitando a desidratação. É ideal também para cabelos quebradiços, secos e ressecados devido à longa duração das propriedades de hidratação que repõem a umidade, promovendo a selagem das cutículas e proporcionando um brilho saudável com redução no volume das madeixas”. Ufaa, tá bom pra vocês?

A primeira coisa que me vem à cabeça é ir ao mercado, pegar a bendita fruta e besuntar sobre meu necessitado cabelo. Mas não é exatamente assim que funciona (bom, eu acho, vai que né). O ideal é usar Manteiga de Cupuaçu 100% pura, sem outros componentes sintéticos, mas existem alguns produtos com o ingrediente à venda e vale experimentar! Vou pesquisar mais sobre produtos nacionais e experimentar um cupuaçuzinho.

E vocês, conheciam seus benefícios e usam algum produto com o ingrediente? Me contem!

Review: Leonor Greyl

22/03/2013  •  Por Thereza  •  Beleza, Cabelos

leonor g

Agora pro blog não ficar só no tema SPFW, uma resenha que estava doida pra compartilhar, Leonor Greyl, conhece? É uma senhora espanhola baseada em Paris, muito famosa por seus produtos para cabelo todos produzidos de forma natural. De uns tempos pra cá muito se fala dela e daí que entra minha veia investigativa e minha lombriga consumista! Na última viagem comprei na Sephora os dois produtos mais falados (em SP tem na Drogaria Iguatemi)!

 LEONORGREY2

Começando pelo mais famoso, o Óleo de Palma. O produto funciona como um tratamento pré-shampoo e segue a premissa da marca de desenvolver produtos naturais, nesse caso Palma = Dendê! No meu caso, nunca tinha experimentado nenhum tratamento nesse estilo, daí usei 1, 2, 3 vezes… não senti muita diferença, não foi aquela coisa UAU.

É um produto razoável, tem um cheiro delicinha, mas óleo por óleo eu prefiro o natural da minha raiz Moroccan Oil, mesmo sabendo que são pra funções diferentes, não vi um grande propósito absurdamente imprescindível nele e pelo preço que é, hummm… encostei (aka repassei pra minha mãe)!

LEONORGREYL1

Agora partindo pra Máscara de Orquídea, que é a mais falada e funciona na luta contra o frizz e cabelo poroso, ou seja, tudo aquilo que estava precisando, mas nunca tive nada nesse perfil. Daí ainda criei uma expectativa maior quando li que a Jennifer Aniston é “Obsessed!” por ela, já que eu sou dessas ;D

Bom, sem querer ser chata, mas vocês sabem que gosto de dar os dois lados da moeda, as duas pontas do fio e tipo… não rolou! Passei várias vezes e nada, pelo contrário, meu cabelo ficou pior. Poisé. Ficou mais frisado, mais poroso, ficou emaranhado, sem definição, muito esquisito! Uma máscara de U$60? Não vale o dinheiro MESMO, logicamente essa é apenas minha opinião, ok?

Chuc Bass 2.5

Dado esse cenário de bad hair day adquirido, apenas 2.5 pontos na escala Chuck para os produtos da dona Leonor! Agora se alguém conhece e ama, me diz! E se não ama também hehe! Só pra finalizar, depois de tantos produtos, o Ojon continua imbatível no meu <3!