A VOLTA DAS QUE NAO FORAM: GOYARD ST. LOUIS

16/09/2015  •  Por Thereza  •  Acessórios, Compras

Essa deveria virar uma tag fixa e recorrente por aqui, quem lê/faz blogs há muito tempo certamente já está no ciclo daquelas modas que foram láaa em 2008 e estão com o comeback mais que anunciado (aguardem o neon, colorblocking e clogs).

goyard-1

Acho difícil taxar uma bolsa de modinha passageira, especialmente aquela que você paga verdíssimos dólares, mas se teve uma bolsa que foi O hit de alguns anos atrás, foi a St. Louis da Goyard.  O modelo tipo tote foi sem dúvida uma opção mais sofisticada – e fora do óbvio – comparada à irmã Neverfull da Louis Vuitton e agora eu noto um movimento de várias fashionistas tirando as suas do armário.

goyard-2

Essa bolsa me lembra Carolina Dieckmann na praia do Pepê, Lauren Conrad em Orange County e qualquer boa celebridade que adora carregar uma tranqueira com estilo, porque taí bolsa espaçosa!

O Pinterest é um forte indício que o momento St. Louis está com tudo. Pelas ruas de Paris vi muuuita gente usando (talvez elas nunca deixaram, mas o meu radar apitou), logo, acho um modelo muito interessante a se investir (essa palavra nunca fez tanto sentido).

goyard-celebs

Dizem que ela é ótima pra viajar, mas eu não gosto de viajar com bolsa sem zíper, mas o que me parece mais interessante nela é que é aquele tipo de bolsa pro dia a dia, que dá pra colocar além dos itens básicos, aparelhos eletrônicos e até roupa praquela troca de look do dia esperta.

Sobre a marca, acho a Goyard incrível, tem aquele lado tradicional francês, mas não é tão popularzona, é um clássico que quando você vê alguém usando logo pensa “essa é antenada” #aquelas. E pra não perder o costume fiz um ‘quer pagar como’ atualizadíssimo com a St. Louis.

GOYARD-ST-LOUIS-PRECO

Em  março fiz um  post comparando valores de ‘it produtos’ (vale reler) e naquela época ela custava R$3.280, houve um aumento de 15%, mas mesmo assim é uma bolsa que vale comprar aqui no Brasil. Observem como nos EUA é mais caro e na Europa está quase parelha. O lado bom daqui é que além de parcelar e tal, ainda dá uma agitadinha no nosso mercado e no final das contas, literalmente falando, vez ou outra merecemos uma mimo assim.

O que vocês acham do modelo e da ideia de investimento em clássicos!?

MOMENTO ECONOMIA: 10 PRODUTOS QUE ESTÃO MAIS BARATOS COMPRAR NO BRASIL QUE NOS EUA!

30/03/2015  •  Por Thereza  •  Compras, New York

O dólar, ah o dólar! Lembram daquela linda época que ele custava tipo R$1,89? Lembra aquela bela fase que a gente viajava, via um preço e apenas multiplicava por dois pra fazer a conversão? Era tão simples e natural, a matemática nunca viveu tanto seu esplendor. Pois bem, esse tempo não existe mais. Você acha que […]

Continue Lendo >>