Por dentro do design

12/07/2012  •  Por Thereza  •  Moda, Viagem

Quando fui convidada pela TAMvia F*Hits – para vir à Seattle conhecer a fábrica da Boeing, o objetivo final era compartilhar minha experiência e traçar um paralelo entre ModaxDesignxTecnologia. Mostrar as soluções encontradas pelos alunos vencedores do Projeto D e como é tudo é desenvolvido e feito na prática. E depois de 2 dias imersos nesse novo mundo, pudemos perceber que o desenvolvimento de uma aeronave tem muito mais a ver com moda e design do que imaginávamos.

Na arquitetura é assim, na moda e design também, quando começamos um projeto, seja ele pra qual finalidade for, o primeiro ato é reunir idéias e inspirações, certo? Com isso, criamos um moodboard, que nada mais é que um mural cheio de colagens com imagens que nos inspiram e criam o norte do projeto.

E pra desenvolver o interior de um avião o processo inicial é o mesmo! Baseado na cultura de cada país (na China é uma coisa, no Brasil é outra e assim por diante), as aeronaves são montadas da maneira a melhor servir o cliente e seu perfil. E depois da parte externa do avião pronto, a TAM faz a escolha final de cada item, e pra quem acha que é apenas um detalhe, a escolha desses materiais fazem toda a diferença!

No escritório de design da Boeing conhecemos outros aspectos complementares que mal percebemos, mas que já estão organicamente incorporados ao nosso ato de viajar. Seja diariamente ou anualmente, a idéia é que a viagem seja uma boa experiência, um momento único e inesquecível, e se no design de interiores a idéia é essa, criar um local acolhedor, com os aviões o caminho é o mesmo!

Da escolha do tapete, passando pelo papel de parede até a textura perfeita da parede. A parte luminotécnica  também é tema imprescindível, fornecendo uma sensação de amplitude, que no final tudo vira conforto e prazer em viajar. Tem inúmeros detalhes que nunca percebemos, mas estão lá tão naturalmente, que já incorporamos com o ato de viajar.

E seja na tecnologia, moda ou arquitetura, essas são áreas que sempre precisam observar o comportamento do consumidor, pois não basta fazer livremente e pronto, é necessário atentar para esses tais mínimos detalhes, onde por exemplo, a estampa de uma poltrona pode fazer toda a diferença.

E se na moda as coleções duram um ciclo de 6 meses, com os aviões a “moda” dura 20 anos, daí a atenção redobrada em sempre criar um design a frente do seu tempo e de acordo com cada cultura. Depois de conversar com o pessoal da Boeing, da TAM e os próprios alunos e professores que estão aqui, já estou com uma visão totalmente diferente sobre o tema!

E pra quem achava que a atuação no ramo de moda e design poderia ser limitada, taí tanto a Boeing quanto a TAM provando que esse mercado vai muito além. Espero que vocês tenham gostado de saber um pouco mais de um tema que parecia distante do nosso meio, mas não é, e além disso sei que tenho várias leitoras que trabalham nessa área!

No Facebook do Fashionismo adicionei várias outras fotos da visita à fábrica! Amanhã ainda tem mais posts sobre Seattle, TAM e Projeto D e logo depois rumo a Nova York!

A sandália da Carine Roitfeld

24/06/2012  •  Por Thereza  •  Acessórios, Celebridades, Estilo

Quando começamos a ficar viciadas nesses mundinho da internet de moda, acabamos descobrindo novas coisas, tendências e…sapatos! Taí uma um modelo de sandália que eu sempre via, achava interessante, difícil de usar mas que me atraía por ser diferente. Certeza que você já viu esse modelo abaixo…

A primeira pessoa que vi usando foi a ex-editora da Vogue – e eterna fashionista – Carine Roitfeld. Depois disso, qualquer mulher ousada e interessante apostou no seu modelo de tiras  até o tornozelo. A tal gladiadora-fashionista se tornou unanimidade no último ano e por aqui já chegou em diversas cores, versões e opções mais ace$$íveis pra gente. No F*Hits Shops tem essa versão marrom da Luiza Barcelos, “as seen on” Carine, Emmanuelle, Taylor e qualquer boa fashionista que se preze.

Não sabe com o que usar? (no início também não sabia) Repare que o modelo é versátil, funciona do look básico, passando por qualquer saia lápis, vestido (dos comportados aos sexies) até um super longo poderoso, que sugere-se uma fenda. Sou apaixonada por esse primeiro look abaixo, um vestido tão simples, mas que a sandália mudou tudo.

Não sei se concordam, mas acho uma sandália super sexy, com um quê de diferente, mas cara de clássica. E se você quiser saber mais sobre esse sapato ou outros looks, aqui tem link de convite pras leitoras do Fashionismo pro F*Hits Shops.

E vocês, curtem a sadália? Tem coragem?

Por uma maquiagem casual

24/01/2012  •  Por Thereza  •  Beleza, Maquiagem

O primeiro bate-papo que assisti no qg, foi com o pessoal da Eudora, que apresentou exclusivamente o filme fashion que eles produziram recentemente. O vídeo – que é uma graça e já já sai – foi dirigido por Jacques Dequeker e estrelando a top Barbara Berger. O mood clima era bem suave, com maquiagem leve e muitas cores naquela onda candy e sorbet colors, que já falamos muito no mês passado e parece que vai começar a pegar.

A idéia da Eudora era criar uma maquiagem casual, com cara de maquiada, mas sem nada muito pesado, bem leve e delicado. Afinal, por mais que achemos incrível um olho-tudo-boca-também, a vida real nos pede uma maquiagem sutil e que funcione na maior parte do tempo (no meu caso, evito base na testa #rj).

E no moodboard da gravação do vídeo notei uma continuação da tal onda das cores de sobremesa, que norteou esse post aqui. Além da Louis Vuitton que falamos, marcas como Jill Sander, Mulberry e Ann Taylor, seguiram a mesma cartela de cores nos seus últimos anúncios dessa temporada 2012. E pra mim é de encher os olhos, super femininas, suaves, mas marcantes e intensas. Ótimo pra fugir da tal onda colorblocking que muita gente já torce o nariz.

Agora não tem nada mais lindo que orquídeas, talvez apenas peônias! Lá no Decorismo tem mais cliques das orquídeas espalhadas pelo hotel!