Drops Fashionismo #6: Baile do Met, moda consciente e uma estética que não nos pertence

06/05/2018  •  Por Thereza  •  Drops Fashionismo, RDS

Olá! Vamos ao nosso Drops Fashionismo desse belo domingo de outono do mais belo mês do ano :) Hoje a seleção está especial, só link maneiro, clica pra prestigiar a vizinhança!

E aproveito também pra falar que amanhã é a 1a segunda feira de maio e o que significa? BAILE DO MET! O dia mais animado do ano aqui no Fashionismo logicamente terá live, surra de looks e posts, vem comigo? Agora lembra do look vencedor da edição 2017? Refrescando sua memória…

 

Baile do Met: Moda e o imaginário católico | IncoModa

O hiato das coleções mensais e a mudança das fast fashions | Hoje Vou Assim Off

Como 2 mulheres transformaram lixo em moda consciente | Finanças Femininas

Sapatos brancos entram no seu armário? | Chata de Galocha

Pinterest, Tumblr, Instagram e uma estética que não nos pertence | Aquela Mari

Onde comprar acessórios? 11 lojas online incríveis | Coisas de Diva

Kristin Davis, a Charlotte de SATC, adotou um bebê | Just Jared

H&M, FAST FASHION CONSCIENTE

22/09/2015  •  Por Thereza  •  Moda, Pense

É oficial, nos dias de hoje, com a multiplicação de informações (graças à Internet!), nada passa despercebido, sabemos de tudo, somos mais antenados e conscientes. E no que tange nosso meio da moda, assuntos que até poucos anos mal sabíamos com profundidade – ou posso dizer, gravidade? – hoje em dia fazem parte da reflexão e debate de muitos de nós. Estou falando de trabalho escravo, degradação ambiental e todas as polêmicas e mistérios que envolvem grandes marcas.

E isso é um mal que acontece em muitas áreas e também com marcas de moda que compramos/adoramos e outras que sequer fazemos ideia, isso é recorrente. Boicotar é uma opção, mas o que se tem feito é refletir sobre o tema para encontrar soluções eficientes para coibir essa questão, buscar ideias sustentáveis e ainda assim fazer a tal engrenagem da moda rodar.

HMConsciousExclusive-2015-640x450

E se tem uma marca que sai na frente e se destaca, é a H&M. A rede sueca tem se compromissado cada vez mais em não só buscar soluções para essa questão, mas também numa nova conscientização de consumo. Como gestos assim merecem ser reconhecidos, separei 5 fatos que mostram o empenho da marca em se adequar a esse novo mundo.

Close the Loop – Moda sustentável através de roupas recicladas: Esse é um vídeo novo e muito legal que a H&M fez, não só pra endossar o tema sustentabilidade, mas pra junto a isso levantar outra bandeira, a que você não tem que seguir regra alguma. Você pode ser loira e usar amarelo, pode usar chinelo de meia, pode usar chapéu em local fechado e até mesmo, pasmem, usar saia curta depois dos 40 :D É um vídeo bem bonitinho!

No final, eles convidam os clientes a deixarem as roupas que eles não querem mais em uma de suas 3300 lojas, para que eles  possam depois reusá-las ou reciclá-las, transformando assim em novas roupas. Eles ainda citam que ao reciclar uma simples t-shirt, há uma economia de 2.100 litros d’água.

HM-Conscious-Lounge-Pop-Up-by-FormRoom-London-UK-02

HM-Conscious-Lounge-Pop-Up-by-FormRoom-London-UK-05

H&M Conscious: A marca tem um compromisso público de 7 itens para um mundo mais consciente e sustentável, são eles: Fornecer moda consciente aos clientes; Mostrar responsabilidade aos parceiros e recompensá-los por isso; Ser ético; Ser antenado quanto às questões ambientais; Reduzir, reusar, reciclar; Usar recursos naturais com responsabilidade e Fortalecer suas comunidades. Na página da H&M dedicada ao tema, é possível saber mais sobre cada um desses compromissos.

Conscius Collection: Além dos 7 itens, há a Conscious Collection, que é uma coleção feita totalmente de tecidos orgânicos e desenvolvida especialmente para uma moda mais sofisticada. A ideia da marca é mostrar que roupas com esse DNA sustentável podem também ter um aspecto fashion envolvido. Olivia Wilde é a garota propaganda e Helen Hunt apareceu com um vestido da linha no último Oscar.

hm-conscious

Premiando boas ideias: Nessa luta constante em busca de ideias não só pra remediar o que foi feito, mas para pesquisa de novas técnicas, a H&M está oferecendo um prêmio de 1 milhão de dólares para quem apresentar novas técnicas para reciclagem roupas. Segundo eles, “nenhuma empresa, especialmente fast fashions, podem continuar trabalhando dessa forma vigente”, com isso, o concurso busca inovações que permitem a reciclagem das fibras, sem alterar a qualidade da roupa. E aproveitando esse momento reciclagem, eles lançaram recentemente uma linha de jeans que contêm algodão reciclado em sua composição. Bacana, né? Ao que tudo indica ainda viveremos a geração da moda reciclada, sem preconceitos!

The True Cost: Vi outro dia no Netflix esse documentário que mostra o outro lado das fast fashions, o lado do trabalho escravo e degradação ambiental. É chocante e nos faz refletir, daí qual foi a única marca por lá que decidiu ao menos tentar falar e se justificar? A H&M. Representantes tentaram mostrar a busca constante de formas de mudar esse modelo e comportamento e até mesmo correr atrás do tempo perdido. Aliás, pra quem gosta do tema precisa assistir.

326f603b9bce2e869b571fc72d679169

Uns podem dizer que esses gestos são grandes jogadas de marketing, afinal, a H&M – 2ª maior rede de fast fashion do mundo – ainda vive muito da sua produção de roupa vindo de origens questionáveis, mas será que uma mudança não pode começar por aí? Será que há uma opção além do boicote?

E se vocês conhece compromissos de grandes marcas feito esse da H&M, podem compartilhar!

TUDO SOBRE A KIM KARDASHIAN NO BRASIL E SUA COLEÇÃO PARA C&A

12/05/2015  •  Por Thereza  •  Compras, Estilo, Moda

Hoje pra mim foi um dos dias mais longos dos últimos tempos! Acordei 5AM (às vezes eu durmo 5am) e parti pra São Paulo para, vocês sabem bem, participar dos eventos que rolaram em torno no lançamento da coleção da Kim Kardashian para a C&A. Agora sentem que vou contar minha saga tipo diário, ok?

252500_499769_binder1_2r

11AM: Hora do backdrop! Fotógrafos e imprensa separados da Kim por uma simples fita e milhares de flashes  (sem exagero!). Apesar do pequeno atraso e ansiedade generalizada, Kim chegou, sorriu, posou e saiu. O primeiro encontro ao vivo foi um mini choque, depois parece que já somos migas de décadas.

Fazendo pose para as câmeras ela é bem certeira no karão e em seus melhores ângulos, não abriu a boca e 60 segundos depois saiu rumo ao retoque da make e cabelo (com seu glamsquad Jen Atkin e Mario).

KIM KARDASHIAN PARA C&A

Fisicamente, achei Kim surpreendentemente petit. Magra e miúda, corpo mignon, mas com seu bundão vertiginoso e verídico. Já seu jeitinho é bem delicado e doce, olha no olho e não é nariz em pé, sabe? Parece uma garota tranquila e humilde e que respeita todos os profissionais envolvidos e não tô falando isso por ser kardashianática, porque pra eu me decepcionar com crush é um pulo.

12PM: Hora da coletiva e partimos para o cinema do Iguatemi, esperamos bons minutos e eis que ela chega para apresentar a coleção, o making of e responder perguntas da imprensa.

Entre os destaques da conversa, ela falou que sua relação com o Brasil começou 2 anos atrás quando ela veio pra cá grávida da North e se sentiu muito mal vendo os looks & corpos da brasileira, depois disso veio o convite da C&A e ela viu uma oportunidade nessa aproximação para criar looks sexies que são a cara dela e da mulherada local.

Ela também reforçou que a coleção é baseada no seu estilo pessoal e melhores momentos fashion. Kim contou que, apesar de usar muito preto e branco, na coleção tem cores com pegada militar e look estampado p&b que também refletem seu estilo. Nesse video rapidex que eu fiz ela conta mais sobre seus looks favoritos (no meu snapchat são mais de 300 segundos da saga, vale me seguir!).

Depois da entrevista, para quem achava que teríamos selfies, que nada, ela foi direto para algumas entrevistas com veículos tradicionais, leia-se jornais, revistas e tv. Pena que os blogs não tenham a mesma oportunidade, ainda mais se tratando do klã que fez toda a diferença justamente nesse meio cibernético.

14PM: Depois de uma manhã intensa, fui pro hotel deixar a mala, relaxarm, subir post e me preparar para a próxima etapa. Fiquei hospedada pela primeira vez no Hotel Renaissance e amei, daqueles hotéis que te enchem de mimo! Quando cheguei tinha minha bebida e comida favorita me esperando: coca-zero e batata frita e no final do dia ainda encontrei uma tela em branco com tintas e pincéis pra pintar e relaxar, não é a coisa mais fofa? Lá no snap também teve realtime do momento, obrigada à equipe mais atenciosa de todas :*

1 RANAISSANCE HOTEL

17PM: Já arrumada e um pouco desesperançosa, parti para o Morumbi Shopping para o evento da noite que consistia numa festinha com apresentação dos looks e pré-venda e no meio disso um rasante da Kim para apresentar os looks e… tirar umas fotos com o pessoal! Dos 200 fãs selecionados pela marca, os 30 primeiros que chegaram puderam tirar uma selfie com ela e achei essa atitude fofa.

Apresentação feita, bate-papo (ela disse que ligou para as irmãs e disse que as próximas férias da família seriam onde? Brasil!) e tudo mais, eis que chegou minha hora, a hora da selfie ou… uma foto tradicional mesmo. No início, o clique seria num camarim improvisado, mas como a correria foi grande (ela tinha voo pra LA em poucas horas), os cliques foram no palco mesmo, daí você imagina a vergonha né?

E quando chega a minha vez e subo… maior gritaria e comoção, também conhecido como as leitoras mais fofas do mundo! As meninas do #MelhorGrupo do Fashionismo estavam por lá e fizeram a festa, snaps e mais <3 e no final minha foto com a Kim acho que foi a gente olhando pra elas kkk Mas na hora da foto em si, o segurança armário dela deu 2 segundos e a foto teria que ser em dupla, foi uma mega confusão! Não deu pra parar, conversar nem nada, só um oi > foto > tchau, mas mais que suficiente, né?

Queria agradecer a TODOS os comentários deixados ao longo do dia de incentivo e depois comemoração. Sério, saibam que essa energia me deixa mais feliz que a simples foto em si. Li tanta coisa linda que ontem parecia meu aniversário, ok, ele é agora dia 19, então me senti presenteada!

19PM: Hora das compras! Depois das fotos saí logo pra C&A pra catar uns looks, não experimentei nada e saí comprando. Sobre as peças em si: é tudo Kim mesmo, looks body-con que são a cara dela, sabe? Confesso que essa minha coleção aqui segue mais bonita hehe, mas por lá tem muita coisa legal e com BOM preço, nada acima de R$180.

KIM KARDASHIAN LOOKS PARA CEA

Comprei as saias que uma tem um tecido bem grosso e, como a Kim disse, dá uma segurada corporal, esse 1º modelo preto pra mim é a melhor peça da coleção. Gostei do conjuntinho p&b que tem tecido grossinho bonito. Comprei uma calça jeans e o vestido peplum preto, além de duas blusinhas soltinhas e não-cropped.

Achei os tecidos bons, nada que possa deixar um aspecto transparente, especialmente por ser tão justo, então acho que no final das contas vale a brincadeira e aproveitar o momento fast fashion, só senti falta de uma coisa: nenhuma peça tem etiqueta nas roupas da coleção (só de papel), acho que seria legal ter, faz uma diferença e não custaria nada! Mas no final rola de levar um cabide karimbado de souvenir :)

1KIM compras c7a

A coleção chega às lojas no próximo dia 21 de maio, mas no e-commerce da C&A já tem algumas peças disponíveis! E vocês, acompanharam meu dia e gostaram da coleção ou esperavam mais?