Blake Lively fala sobre relacionamento, feminismo e filhas!

31/07/2017  •  Por Thereza  •  Celebridades

Saudades da Blake Lively? Pois bem, a atriz é capa e recheio da edição mais importante do ano, a #septemberissue da Glamour americana. A capa é para divulgar, entre outros projetos, seu novo filme, “All I see is you“, que estreia em setembro, ou seja, chuva de tapete vermelho em breve.

E melhor que as lindas fotos – vestido e bota Fendi, o recheio está com uma matéria incrível e que revela o lado Blake mulher, esposa e feminista, tem de tudo, separei uns lances.

blake-lively-entrevista

SOBRE RELACIONAMENTO COM RYAN

Blake quer fugir do estereótipo de vida perfeita, casamento perfeito, enfim, tudo aquilo que imaginamos dela. “Amo meu marido o tempo todo, mas não sinto borboletas e arco-íris toda hora”, segundo ela, é preciso desmitificar esse ideal de relacionamento perfeito, especialmente entre os famosos.

Brigas? Sim, mas ela revela um segredo na hora de resolvê-las, “Em outros relacionamentos, eu desabafava e buscava conselho com alguma amiga, mas com Ryan, antes de ser marido, éramos amigos, com isso o trato como meu melhor amigo, desabafo e busco sempre esclarecer os problemas direto com ele, e ele faz o mesmo, me trata como melhor amiga”, fica a dica.

SOBRE CONCILIAR AGENDAS 

A entrevista foi feita em Vancouver, onde Ryan grava Deadpool 2 e Blake revela que alinhar agendas para que os dois não estejam trabalhando no mesmo período, é o segredo pra manter a família unida. “Admiro as pessoas que colocam o trabalho em primeiro lugar, mas o que nos preenche de fato e prioritariamente é a nossa família. Depois disso, tudo vem em segundo lugar. Já tivemos que desistir de coisas que amamos pois não funcionou ao mesmo tempo”

Depois de Ryan, será a vez de Blake trabalhar, a atriz será estrela e produtora executiva de “The Husband’s secret”, da mesma autora de “Big Little Lies”, esse será o grande passo na carreira da atriz, pois nessa dupla função ela poderá controlar mais o trabalho e o tempo.

SOBRE POLÍTICA

Quem acompanha a atriz nas redes sociais sabe que, apesar do lado brincalhão nas legendas do Instagram, ela se posiciona em assuntos sérios como feminismo e política.

Para ela, a vitória de Donald Trump foi, apesar de triste, transformadora, “Eu me tornei mais consciente e sensível à pauta. Não apenas em relação a machismo, mas também sobre discriminação em qualquer área, classe, gênero, raça”.

SOBRE A LUTA CONTRA O TRÁFICO SEXUAL

Blake falou de seu trabalho na Child Rescue Coalition, uma ong que usa a tecnologia pra proteger e recuperar crianças vítimas de exploração sexual.

Ela ainda fala de tudo que aprendeu na luta contra o tráfico sexual “Há milhares de casos de crianças desaparecidas nos EUA a cada ano, algumas dessas crianças são traficadas pelo sexo, mas isso não é relatado. Você lê apenas as meninas brancas ricas e de classe média que foram sequestradas, mas há pessoas desaparecidas o tempo todo, e porque são minorias, porque elas são provenientes de bairros empobrecidos, eles não fazem as novidades. Isso é tão devastador”. Ela ainda finalizou contando que diariamente, de 30 a 50 milhões de fotos de pornografia infantil, são compartilhadas na Internet.

SOBRE EDUCAR AS FILHAS

Muito desse engajamento da Blake se deve às suas duas meninas, James e Inez. A atriz busca ser o mais reservada possível e também faz parte de um grupo de famosos que não permite que tais fotos de paparazzi das crianças sejam publicadas por grandes veículos, e eles respeitam.

E o que ela vem buscando ensinar às suas filhas? “Pare de dizer às meninas que elas podem tudo, uma afirmação dessas, pode abrir margem para questionamentos, afinal, nós todas nascemos nos sentindo perfeitas… até alguém dizer que não somos, portanto não temos o que ensinar, apenas protegê-las do que já sentem”.

blake-lively-entrevista blake-lively-entrevista

Achei a entrevista muito legal, profunda e que revela um lado da Blake que a gente até imaginava, mas é importante reafirmar. E ela termina o papo compartilhando sua filosofia do tudo passa, “Sempre que algo for triste e dolorido, passa. Se algo for bonito e incrível, é preciso aproveitar, pois isso passa também, tudo passa, aprecie a vida”. Fofa!

 

 

Fashionismo Pergunta: Ana Paula Renault

04/04/2016  •  Por Thereza  •  Celebridades, Moda, News

Vocês sabiam que meu fascínio pela ferramenta blog começou por conta de blogs de Big Brother? Eu sou viciada no programa desde a edição 1, assino todos os ppv’s, curto, me divirto e torço muito!

Nessa edição que termina amanhã (#VaiMunik!), vimos a melhor participante de todos os tempos, Ana Paula Renault!  Carismática, personalidade forte, atitude e sim, muito estilo. Pra mim, nunca houve uma bbb tão estilosa quanto Ana Paula, de querer saber o id do look e a cor do batom.

A trajetória de Ana foi intensa, tortuosa e, indiscutivelmente, a mais marcante do reality, pode ter saído de uma maneira que ninguém desejou, mas não importa, seu presente aqui tem sido brilhante e o futuro já promissor.

Por essas e outras, é a nossa convidada mais que especial pra volta da tag #FashionismoPergunta, nosso bate-papo cheio de perguntas aleatórias, divertidas e jogo rápido, partiu conhecer um pouco mais delaaaa, Ana Paula!

ANA PAULA RENAULT

3 coisas que não saem da sua bolsa? Protetor labial, cartão de credito e óculos escuros.

A próxima viagem dos sonhos? Itália. E acompanhada!

Nova York ou Paris? Paris!

Carrie, Miranda, Samantha ou Charlotte? Amo a Samantha! Acho ela descoladaça, uma mega empresária, loira, debochada. Mas a Carrie é a Carrie, né?

#TeamJennifer ou #TeamAngelina? Angelina!

Qual é o seu maior guilty pleasure? Um anel da Bvlgari rsrs!

Vodka ou champagne? Champagne!!

Rasteirinha ou salto alto? Depende da ocasião. Mas ultimamente tô usando muita rasteirinha, porque é confortável! A gente que é chique, fica chique até de pé no chão. Rsrs

Se você pudesse ser dona de qualquer restaurante do mundo, qual seria? Nossa, gente! Que difícil. Escolheria um beach club em Saint Tropez, tipo aquele Le Club 55.

Sobremesa favorita? Adoro todos os doces, mas a melhor é a mousse de chocolate que minha mãe fazia, receita da minha avó!

Filme favorito? Gente! Não sou muito ligada em filmes.

Seriado que você gostaria que não acabasse nunca? Revenge.

Primeiro site que entra todo dia? Na globo.com, pra ler as noticias do mundo.

Se você só pudesse usar um produto capilar por um ano, qual seria? Reparador de pontas.

Dica de beleza que herdou da sua família? Lavar o rosto, sempre!

Uma moda que jamais entrará no seu closet? Sandália gladiadora.

Kardashian favorita? A Khloé… rsrs!

Estilista que gostaria de ser melhor amiga? Coco Chanel, diva!!!

Marca que gostaria de ter uma coleção inteirinha? Cris Barros.

Primeiro artista que teve um crush? Nunca tive isso, sabia? Sempre me apaixonava pelo bonitinho do colégio, aquela paixão que era mais fácil de concretizar.

Flores favoritas? Lírios

Livro de cabeceira? Os 100 melhores contos brasileiros do século.

Qual perfume você está usando hoje? Sempre uso o mesmo. É um de baunilha, de uma perfumaria pequenininha de Paris, chamada Fragonard. Gosto de misturar ele com o “L”, da Lolita Lempicka, que saiu de linha.

3 produtos de beleza que você não vive sem? Rímel, protetor labial e sabonete especifico pro rosto.

Produto ou tratamento de beleza que mais sentiu falta nos dias de confinamento? Ah, uma massagem!

O povo quer saber o id do macacão maravilhoso do paredão fake e o batom vermelho que você usou algumas vezes! O macacão é da Agilitá, verão/2015. O batom é da Vult, comprei na drogaria do aeroporto, é o liquido, meio mate, muito parecido com da Lancôme.

Não basta ser a participante mais incrível de todos os tempos, você também foi a mais elegante e bem vestida que passou pelo programa. Como você define seu estilo? Eu não sou de modinha. Gosto de roupas mais clássicas e bem cortadas. Antes mesmo do estilo boho virar tendência, já gostava de misturar alfaiataria com peças mais folks, nem que sejam acessórios. Acho que meu estilo é um boho chique!

ANA PAULA BBB 1

Obrigada Ana Paula por ser incrível, simpática, acessível e por nos ter fornecido o melhor entretenimento dos últimos tempos, esperamos vê-la muito pelas redes sociais e fica aqui um apelo pra um reality seu com Munik, Geralda e Ronan, fica a dica! 

Um bate-papo sobre cabelos, tendências, erros e acertos!

22/10/2015  •  Por Thereza  •  Beleza, Cabelos, Fashion Week, Fashionismo pergunta

Sem dúvida que o assunto capilar é um dos que vocês mais adoram aqui no Fashionismo. Seja aquele produto lançamento, uma escova mirabolante ou apenas inspiração pro próximo corte e cor, o tema cabelo é favorito geral! E à partir de agora a tag vem reforçada por bate-papos com profissionais da área que vão nos dar dicas no ponto pro sucesso capilar!

E mês passado tive a oportunidade de entrevistar o Jorge João, “International Redken Performing Artist”, em bom português (inclusive, João é de Portugal!), ele é artista Redken, uma espécie de embaixador e autor de vários cabelos e penteados das semanas de moda mundo afora, tudo com a assinatura e produtos da marca, claro!

jj

Em termos de corte e cor, qual é a principal tendência de 2016?

Jorge João: São muitas as tendências. Acredito que a grande tendência são o cortes e cores mais naturais. No caso dos cortes, são cortes que usam a própria textura do cabelo, como forma das pessoas ficarem com o cabelo pronto mais rápido, sem precisar tanto do secador, chapinha.

Já as cores também tendem a mais naturais, um degradê. Deixam de ser cores, mechas muito marcadas como já houve.

No caso do corte lob, acredito que ele vai durar mais uns 2-4 anos essa tendência. Percebo que geralmente essas grandes tendências duram 2 anos para se instalar, dois anos de todo mundo aderindo e mais dois anos de transição para outra tendência. Foi assim com o bob, e acredito que seja o que irá acontecer com o lob.

Você acredita no envelhecimento dos cabelos?

JJ: Eu não acredito tanto assim no envelhecimento. O cabelo é como a pele, se renova constantemente. Então se um cabelo está danificado, ressecado, apresenta problemas, há formas de recuperar, melhorar. A pessoa tem que procurar um tratamento específico para o próprio tipo de fio. As vezes um tratamento indicado por um amiga não tem tanta eficácia no dela, de repente outro funciona melhor. Cada cabelo é único!

E como  evitar que um possível envelhecimento aconteça?

JJ: Acredito que as pessoas tem de proteger o cabelo não só das ferramentas de styling (secador, chapinha, babyliss). O sol, vento, mar também agridem o cabelo também. Por isso acho muito importante a hidratação, produtos com proteína, primers, cremes que protegem o cabelo contra essas agressões do dia a dia.

Com seus anos de experiência, você consegue observar os erros típicos que as mulheres cometem no cuidado com os fios?

JJ: São vários, e erros muitas vezes simples. Muitas mulheres tem cabelos finos e acabam não usando condicionador, pois acham que pesam. Quando na verdade o condicionador é importante, pois ele fecha a cutícula do cabelo e impede que os fios percam a hidratação, fiquem vulneráveis.

Enquanto isso, há também aquelas que querem um efeito mais pesado e usam condicionador quase que como leave-in. Passam no banho e deixam secar com o produto.

E tem outros mais comuns, usar secador, chapinha, babyliss sem usar o termo-protetor, e dessa forma o cabelo pode queimar e ficar bem danificado. Porém o mais impressionante que vi, é em pleno século XXI, pessoas que usam ferro de passar roupa como forma de alisar o cabelo.

Algo também que geralmente também não recomendo, é aplicar tintura em você mesmo. Tinturas de farmácia são desenvolvidas para vários tipos de cabelo, e por isso esses tipos de química são mais fortes. Além disso, não necessariamente ficará o tom que deseja, justamente porque foi desenvolvido para todos os tipos de cabelos e cores. Recomendo as pessoas procurarem um cabeleireiro, pois ele vai saber exatamente qual tipo de tintura, de tom, ficará certa nos seus fios, e qual tipo se “adaptará” melhor ao seu cabelo.

Dentre uma enorme variedade de produtos Redken, você consegue eleger seu favorito?

JJ: É difícil, porque no dia a dia uso tantos produtos. Mas um dos que mais uso, um coringa, é o primer Pillow Proof. Ele serve como protetor térmico, ajuda a secar o cabelo mais rápido e potencializa a ação de outros produtos de styling, como spray fixador, texturizador e outros. [Nota da editora: Também amo e já postei aqui!]

Com a chegada do verão, a brasileira sofre com o calor, umidade e para manter a dignidade dos fios. Você tem alguma dica especial e produto Redken que seja perfeito para temporada, tanto no aspecto de cuidado quanto de styling?

JJ: Eu normalmente recomendo para climas mais quentes e úmidos o Frizz Dismiss (linha nova da Redken). Uso bastante o número 2 do leaven in (Smooth Force – Spray anti-frizz). Ele blinda o cabelo contra a umidade e tem entre os compostos o óleo de pracaxi, um fruto aqui da Amazônia. O produto foi desenvolvido pensando nas brasileiras. Ele aplicado antes do spray fixador ajuda mais na manutenção do penteado. Mas sempre recomendo para dias muito quentes e úmidos, usar o Frizz e trabalhar com a textura normal do seu próprio cabelo, pois dessa forma ele permanecerá mais tempo

Redken-6

Obrigada, João! Espero que tenham gostado da entrevista e aceito sugestões para próximos convidados e temas!