As capas de dezembro

16/11/2014  •  Por Thereza  •  News

Todo os meses, entre os dias 10 a 15, as principais capas de revistas americanas são dilvulgadas. Até aí, tudo ok, rotina da indústria, mas esse mês… as capas parecem que tiverem outro peso. Algumas muito falatório, outras puro merecimento! Como domingo é dia de ler revista, aqui vemos as capas.

fashion_scans_remastered-amy_adams-vogue_usa-dec_2014-scanned_by_vampirehorde-hq-1

Vocês acreditam que Amy Adams nunca foi capa da Vogue América? A atriz já foi nominada  5 vezes pro Oscar – e a gente sabe que isso tem peso 2 nas escolhas da Anna Wintour – mas nunca tinha figurado seus lindos cabelos vermelhos, mas isso até ontem e agora Amy é capa da Vogue! Linda de Valentino, finalmente Anna, antes tarde do que nunca!

Agora mesmo que só na chamada, olha quem também tá na capa da Vogue….

capa-kendall

Kendall Jenner! A modelo é chamada de sensação das redes sociais (e a gente não discorda!), conseguiu 2 feitos: Um foi ter um super editorial (fofinho, mas nada além disso) na Vogue e segundo ser A FACE!

Pra quem é modelo em ascensão, se tornar garota propaganda/embaixadora de uma grande marca é um feito notório e Kendall conseguiu se tornar nada mais, nada menos, que o novo rosto da gigante Estée Lauder. Achei poderoso!

cover riririri

Já repararam que Rihanna anda meio sumida? Pelo menos musicalmente falando não lança nada de novo há um tempinho e eu, como fã, acho um absurdo, acelera aí, Riris! Mas dizem por aí que ela vai fazer a Beyoncé e nesse próximo mês lançará um álbum segredo e a contar por essa capa da Elle americana, os indícios aumentaram.

capa-rihanna-elle

Sobre o recheio, amei o styling, adoro ver uma Riri mais séria e misteriosa, tá bem maravilhosa. Só acho que a capa poderia ser com esse look do véu de bolinha, ok que não tem look envolvido, mas linda seria.

tay

E essa foi a semana da Taylor Swift, seu clipe Blank Space foi o mais falado – e assistido da semana (teve post aqui) – e ela conseguiu dobradinha de capas. Enquanto na Time, eles falam de seu poder, na supercool Wonderlando, eles a chama de princesinha do Pop, concordam?

1415723433875_wps_29_If_any_info_is_used_onlin

De princesinha, pra rainha, AMEI AMEI AMEI essa capa da Bazaar americana com a Jennifer Aniston! Tão diferente e futurista, doida pra chegar aqui no Brasil e comprar, pois é daquelas que merece ter impressa em casa.

capa-jenniston

O recheio segue a mesma linha, poderosa minimalista. Não li a matéria, mas estaria Jennifer presa numa redoma de vidro, querendo se livrar dela? Faço a mínima ideia, mas certeza que há uma mensagem envolvida. Palpites?

kardashian13f-2-web-2

Por fim, a capa que tentou quebrar a internet, Kim Kardashian na Paper Magazine, aqui, nesse blog, com um vestido de paetê, mas pelo Google da vida, nua em pêlos. Achei corajoso da Kim aceitar se expor assim mais uma vez, ok, um pouco chocante, mas ainda interessante.

Só acho graça que povo ficar abismado, mas eu só observo que ela cada vez se leva menos a sério (disse no Twitter que ela tinha talento sim, por segurar a taça na bunda) e acho isso bom.  E se alguém tinha dúvida de sua força, de fato ela praticamente quebrou a internet. Chokou, kausou, mas só falaram dela. Ponto pra ela que é feliz assim.

Gostaram da ronda das capas?

Blake Lively e sua 3a capa de Vogue

18/07/2014  •  Por Thereza  •  Celebridades

1

Isso é pra poucas, em seus 26 anos de existência, meia dúzia de anos desses sendo famosa, Blake Lively consegue sua 3a capa da Vogue América. Muitos não entendem, mas cá estou eu pra – tentar – explicar. Blake Lively caiu no gosto da Anna Wintour, apesar da editrix ser ultramega exigente, parece que Blake se tornou sua válvula de escape, a atriz mostra que dá pra ser fresh, cool e ainda assim segurar looks incríveis como ninguém.

Blake é a personificação do “girl’s next door”, da menina americana clássica, da californian girl (que nessa edição está mais pra southern girl). Se Kim apareceu na capa por “chegar LÁ no topo aos trancos e barrancos & sex tapes”, Blake está na capa por ser aquilo que no fundo todas nos sempre fomos (juro), por mostrar que somos normais, mas temos nossos dicas de moleca (risos), sedutora ou seja qual personagem for e acho que foi basicamente isso que encantou Anna. Essa é minha visão da coisa, por favor, gostaria de ouvir a de vocês ;)

blake-lively-vogue-cover

Agora das 3 capas, acho que essa última é minha favorita, seja pelo tema e também styling. A 1a, em 2010 também é bem linda, curto o cabelo old hollywood, mas achei previsível. A de 2012 mostra a Blake surfista, mas achei nada demais. Aliás, acho que as 3 capas mostram a versatilidade da moça e como Anna a enxerga, mas também acho que no final das contas Blake deve vender bem e é dilsso que Anna go$ta. Agora vamos ao recheio completo:

b3_1

Gente, esse cenário é real, tô chocada! As fotos foram feitas pelo fotógrafo Mario Testino em Wyoming, noroeste dos EUA. O cenário já deslumbrante por si só e o styling do editorial complementou muito bem. Pra mim tem umas fotos meio campanha da Ralph Lauren anos 90 com Brokeback Mountain. São looks da Blake além do tapete vermelho, bem pensados e fora do estilo casual/discreto dela, olha só!

b8_1

AMEI esse look! Uma coisa meio fazendeira RYCA. Aceito tudo, até a versão nauru botinha.

b5_0

Totalmente orgânica à paisagem, daquelas fotos poderosas!

b6_1

Se coloca  logo da Ralph Lauren 1996 a gente acredita

b9_1

Franjas, franjas, franjas, gravem a tendência!

b7_1

Com os migos, cadê Ryan?

b10_1

Gente, que foto maravilhosa e não é porque sou puxa-saco, hein

b11_1

Essa tá muito papel de parede de computador

b4_1

Não é um editorial incrível? Sério, o tema foi perfeito, looks e cenários, parabéns Anna e envolvidos. Agora sobre o conteúdo, como vocês podem ver lá na chamada da revista: “De Gossip Girl a empresária da Internet” o que eu chamo de… blogueira! Enquanto atrizes e cantoras saem na capa em época de lançamento de filmes e cds, Blake diversificou, foi capa pra anunciar seu tão tÃO aguardado blog/site.

Ele se chamará Preserve, será lançado na próxima semana e segundo ela será um apanhado de seus achados. Blake diz que tem mania de registrar tudo de bacana que vê em suas viagens, de um achado de artesanato local, passando por uma receita imperdível, até mesmo escolhas fashion, o Preserve é o seu olhar sobre consumo, cultura e tudo que for interessante pra ela, terá dicas, videos e compras, é claro.

Muitos falam que ela se tornará uma mistura de Gwyneth Paltrow (com seu Go-op) com Martha Stewart e eu acho muito bacana quando atrizes vão além, mostram diversidade e buscam do seu poder e influência pra comunicar de outra forma. Eu tô super ansiosa pra ver no que vai dar!

E vocês, o que acham da relação Anna+Blake e o que acharam da capa e editorial?

A Copa, as capas e a moda

26/05/2014  •  Por Thereza  •  Celebridades, Moda

Falar de Copa virou tabu. Lógico que a restrição é mais que válida (é necessária), mas também precisa ser legítima e pensada. Além de não podermos expressar nosso mínimo desejo de assistir um jogo ali outro acolá (torcer não impede de votar), antigamente às vésperas dos jogos o clima era outro, as ruas já estavam coloridas, pintadas e decoradas. Semana passada já falei sobre e espero que o mínimo de alegria que o esporte em si pode dar, que aconteça logo para então seguirmos adiante! Enquanto isso, quer queira quer não, a Copa tá na moda.

capa_1-2

Saiu hoje a capa da Vogue Brasil de junho com Gisele e Neymar e eu curti. Curti porque achei não-óbvia, não-caricata. Achei clean, charmosa e até emblemática, pois vai que em uma mensagem subliminar do branco = paz :P A cara da Gisa dispensa comentários e Neymar saiu muito bem de modelete, mesmo tendo sua perna direita ligeiramente decepada (pô Vogue, logo a perna?!).

10277787_10152420357798442_8630579879113637576_n

Ainda no tema Copa, nossa possível maior rival também chegou causando numa capa bem semelhante (ou uma coisa mais Kimye!). A Vogue espanhola chamou Cristiano Ronaldo e sua namorada, a Top Irina Shayk, pra ilustrar o Mundial de maneira ousada. Minha opinião (não é de patriota): Prefiro a brasileira! Lógico que tem Cris peladones e tal, mas se o assunto é moda, porque colocaram ela com uma toalha amarrada e drapeada? Tanto look e escolhem esse? Afe! Mas o recheio tá melhor.

portads

E se a Copa é aqui #VaiTerCopaSimBemCapazComCerteza, Brasil foi homenageado pela Vogue Mexicana com a Isabeli Fontana com um look bizarro – ou seria exótico? – na capa!=. Achei o esforço simpático, mas fiquei confusa com o look e a sobrancelha.

vogue-brazilian-models

Olha Vogue América e Miss Anna Wintour nos prestigiando! Ok que não rolou capa – que ficou com a Charlize Theron – mas dentro tem um editorial bem legal e poderoso, que mostra muito fashionismo, pele suada e cabelo molhado, maneira Vogue de mostrar o esporte.

Ainda tem esse video fofo da Raquel, Adriana, Alessandra e Isabeli gastando o inglêxxx, o samba e as embaixadinhas! Qual se saiu melhor? Eu amo o sotaque da Adriana!

ww

Por fim, a cult da Vogue Paris tá nem aí com o futebol e foi esportista dentro d’água e essa foi minha capa favorita dos últimos tempos! Amei o conceito, o ângulo, achei incrível, coisas de Manu Alt (e mérito de Natasha Poly na capa).

E vocês, curtiram a capa do Neymar, do Rony ou ficam com a Vogue América?! Ou não querem saber de Copa e vão pra Vogue Paris?!