TOP 10: Firmadores e afins!

24/05/2019  •  Por Thereza  •  News

Vamos de TOP 10 e nossa seleção implacável de beleza e um tema específico?! Recentemente já teve TOP10 com os melhores Lip balms, hidratantes para os olhos e Tratamento Capilar SOS, mas hoje é dia de pele, corpo e alma rs!

Fiz uma seleção de 10 cremes com função firmadora, seja pra firmar a pele, anti-celulite, estrias e todo processo que não só hidrata, mas também ajuda a manter a pele 100% com aquele vigor especial! Nossa lista vai de R$12 a R$1000, ou seja, para todos os bolsos e expectativas!

TOP 10 FIRMADORES

CLIQUE PRA VER >> 1 NIVEA | 2 MONANGE | 3 PALMER’S | 4 OGESTAN | 5 WELEDA | 6 ADCOS | 7 L’OCCITANE | 8 CLARINS | 9 CAUDALIE | 10 LA MER

Começando com a Nivea e seu clássico Firmador Bye Bye Celulite, ele tem a Coenzima Q10, que estimula a renovação celular e a combinação de Extrato de Lótus, que transforma gordura localizada em energia. Entre os produtos do segmento na faixa de 2 dígitos, é o mais popular.  Ele está com um ótimo preço aqui na Farmácia Online Minas-Brasil.

Agora baratinho mesmo é a Loção Hidratante Firmadora SOS da Monange, que tem uma combinação de ativos e agentes que restauram o nível de colágeno e elastina, além de estimular a produção natural dos mesmos. O resultado é uma pele firme, hidratada e com mais elasticidade. Pra quem não pode investir muito, mas quer foco na firmeza. Tem também na Farmácia Online Minas-Brasil.

Ainda nos 2 dígitos, a Palmer’s é uma marca gringa super popular e que cada vez mais cresce aqui no Br, seu firmador para os seios tonifica a região e tem uma mistura de manteiga de cacau e karité, óleo de amêndoa e ainda óleo de argan, achei uma combinação poderosa. Tem dele aqui na Época.

Agora se seu foco é nas estrias, a Ogestan tem um potente antiestrias para ser usado em todas as regiões do corpo. Tem dele na  Drogaria Online Drogaria Net. De estria para celulite, a Weleda tem um óleo de Bétula – que não conhecia, mas já considero pacas, que ativa a regeneração natural da pele, deixando-a mais firme e lisa.

Já a Adcos tem seu Reduxcel, um creme corporal que tem e ação redutora de medidas e da celulite, diminuindo o aspecto casca de laranja da pele. Sua formulação tem cafeína pura e um complexo drenante que melhora a microcirculação sanguínea, diminuindo o inchaço na região aplicada. Nunca usei, mas li altas resenhas positivas, achei bem interessante.

Agora os dois que uso no meu dia a dia frequentemente! O hidratante de Amêndoas da L’Occitane é o meu de cabeceira da vez e confesso que inicialmente não sabia dessa função firmadora, mas sim da sua alta potência hidratante (e o cheiro altamente sofisticado, amo). Já o Masvelt da Clarins, uso há anos, já teve resenha aqui e é ótimo no combate – e prevenção – à gordura localizada, tudo por conta do seu extrato de papoula, flor de hibisco e cafeína.

Pra finalizar, riqueza suprema e alto investimento: A Caudalie tem um Óleo Anticelulites Redutor de medidas que age como uma drenagem natural, hidratando e definindo os contornos da pele. Já A La Mer chega aos 4 dígitos com o Reparative Body Lotion,  um sérum para o corpo, renovando e suavizado ao toque com uma levíssima textura de loção e tecnologia de alto desempenho, pelo precinho eu imagino e aceito rs!

E vocês, tem um hidratante firmador, que cuida seja da estria, celulite ou afins que ama e recomenda? Me conta!

 

 

 

O melhor shampoo dos últimos tempos

03/05/2019  •  Por Thereza  •  Cabelos

Eu tenho uma certa obsessão por shampoos, talvez por ter vivido numa geração de “shampoo qualquer um” (quem lembra dessa falácia?!) e sempre busco encontrar um novo shampoo especial pra chamar de meu.

No últimos tempos, fiz posts exclusivos sobre 2 shampoos que amei – um da Nuxe e outro da Vichy – e considerei como “os melhores shampoos dos últimos tempos”. Continuo amando e usando, mas tenho um novo pra chamar de melhor e, nesse caso, a melhor parte mesmo é que ele é brasileiríssimo e barato!

SHAMPOO FASHIONISMO

Pode entrar, Phytoervas Fortalecimento Total Jaborandi! Um dos melhores shampoos que usei recentemente, falo isso com tranquilidade. Antes disso, vale dizer que usei a versão de Coco e Algodão da marca no ano passado e também gostei muito, mas esse verdinho eu amei mais ainda, porque eu senti meu cabelo fortalecido e acho que ele está crescendo acima da média.

Do que se trata? O shampoo Phytoervas, com seu ativo de Jaborandi, combate o enfraquecimento dos cabelos, reduzindo os cabelos quebradiços. Auxilia no fortalecimento e revigora os fios dos cabelos. Cabelos hidratados, macios e brilhantes.
A marca ainda tem “Cosmética Integral Phytocomplex”, que trabalha com a extração mais pura dos ativos da natureza, preservando os nutrientes essenciais, intensificando seus efeitos. O produto não é testado em animais, é vegano e liberado para tratamentos Low Poo (tem fórmula leve e suave sem cloreto de sódio, sem sulfatos, sem corantes e sem parabenos).

SHAMPOO FASHIONISMO

Quando o assunto é produto capilar, o jaborandi é uma planta muito tradicional nesse universo, ela é rica em uma substância chamada pilocarpina, responsável por estimular o crescimento dos fios e evitar sua queda e foi bem isso que me fez amar o shampoo. Em janeiro fiz luzes depois de 6 meses, clareei mais ainda meu cabelo e, com isso, naturalmente senti uma maior quebra e queda, foi bem nessa época que comecei a usar o shampoo!

Senti que ele ajudou muito no sentido da restauração e fortalecimento, pra completar, senti que meu cabelo cresceu MUITO mais rápido nos últimos tempos e esse shampoo é o único produto de diferente que estou usando.

SHAMPOO FASHIONISMO

Pra completar, ele tem uma coisa que gosto: com pouquinho ele AGE mesmo, tipo faz espuma na medida, limpa o couro cabeludo todo, sem precisar usar muito produto. Eu ainda gosto de botar um tiquinho de água pra dissolver e ele responde muito bem, pra completar tem um cheirinho gostoso de limpeza.

No final das contas, e tal vez a melhor parte, o shampoo tem um preço show, achei dele aqui na drogaria online Drogaria Net e vale muito a pena! Menção honrosa também para o condicionador da mesma linha de Jaborandi, gosto de mesclar linhas, mas já usei os dois juntos e o efeito é muito bom, encontrei dele aqui na farmácia online Minas-Brasil. Essa foi uma ida ao salão com o cabelo lavado coma dupla Jaborandi!

SHAMPOO FASHIONISMO

E você, já conhecia ou usou algum produto da linha? Sei que a Phytoervas é idolatrada entre as meninas do Grupo do Fashionismo, especialmente às adeptas do low poo!

 

Podcast: Quanto mais idade tenho, menos base uso

23/04/2019  •  Por Thereza  •  Beleza, Maquiagem

Oi eu sou Thereza, tenho 36 anos e sempre achei que poderia “aplacar” o avanço da idade com base. Tolinha, é justamente o contrário que está acontecendo. Explico.

Eu sempre gostei de maquiagem, mas nunca daqueles extra reboco, mas também não muito de apenas uma corzinha (um bb cream) só. Sempre fui mediana, gosto de base com média (ok, pra alta) cobertura, acabamento matte e me dou por satisfeita. Até uns anos atrás, achava que com o advento da idade, iria recorrer à bases cada vez mais caras e com maior cobertura pra disfarçar as intempéries da minha cútis rs. Repito, fui tola.

Na vida real (aka sem make), minha pele é até boa, nunca fiz nenhum procedimento estético, não tenho rugas, minha testa ainda não franze, o que me incomoda mesmo na minha pele é a falta de firmeza e manchinhas (que vão de espinhas esporádicas e olheiras sistemáticas). Com isso, por um lado a base me ajuda nesse segundo ponto, mas não tem base no mundo que vai difarçar a tal falta de firmeza… muito pelo contrário.

Com essa perda de viço e ganho de flacidez – totalmente normal, sinto que a base muito pesada e com muitas camadas tem até RESSALTADO isso. Deixando a pele opaca, aka sem viço, e marcando o que originalmente são apenas linhas de expressões (que você pode ter em qualquer idade) e transformando em rugas, entende? O que é uma coisinha ali que nem incomoda, acaba sendo potencializado com uns 2cm de espessura de base.

A questão é a seguinte, a base é e sempre será um eterno aliado, raramente saio de casa sem uma basesinha pra ao menos uniformizar o tom da minha pele, mas hoje em dia entendo que ela não faz milagre e, se mal usada, pode potencializar aquilo que eu eventualmente quero disfarçar.

E ainda tem outro ponto, confesso que base sempre foi o item de maquiagem que mais gastei e hoje em dia entendo que é possível encontrar bases mais em conta, mas ainda muito eficientes (cito duas que amo e uso frequentemente, a da L’Óreal e a da Maybelline, ambas já tiveram resenha aqui). Então, com o tempo e a experiência, a gente entende que a maquiagem pode ser usada a nosso favor, ser um acessório poderoso, mas sempre com parcimônia e sem achar que será nossa tábua de salvação de beauté.

No quesito base, sinto que com o passar da idade tenho usado menos, mas com mais inteligência.

 

O papo desse post estendeu para um podcast no Fashionismo para ouvir, clique e escute!

Página 3 de 18212345Última »