Eurotrip: Vinícolas na Toscana

15/10/2014  •  Por Thereza  •  Viagem, Vinho

Eu tô adorando tanto falar da minha viagem por aqui, ainda mais dividida assim por capítulos, me sinto a roteirista do Travel Channel e já tô pensando na próxima viagem hehe

Bom, o capítulo de hoje é todo etílico e que fundamenta a concepção da viagem: conhecer as vinícolas! Vocês sabem que adoro vinho e nunca tínhamos visitado vinhedos, daí nada melhor que começar em grande estilo entre Chiantis e Brunellos, fiz um resumo das 4 vinícolas que visitamos na Itália.

eurotrip-fashionismo-roteiro-etilico

Mas antes disso, uma dúvida que me perguntaram: beber e dirigir? Aqui no Brasil a lei é clara e seca, mas lá na Itália o cenário muda um pouquinho, afinal a Toscana é turisticamente conhecida pelos seus vinhos incríveis e nada melhor do que conhecermos tudo de carro.

Você vai encher a cara? Não. Degustações te deixam bêbado? Muito menos (a não ser que você não tenha o hábito de beber, o que não deve ser o caso de quem vai numa vinícola hehe). No nosso caso, eu fui um pouco mais comedida que meu marido (logo, dirigi!), mas entre uma degustação e outra, bebíamos bastante água e comemos o suficiente, mas o principal foi dirigir apenas de dia e fazer uso do bom senso, claro!

Não quero ser nenhuma fora da lei aqui hehe, mas todo lugar que íamos, perguntávamos sobre e ninguém nos preocupava com isso, mas no final das contas o que fica é a consciência e prudência. Agora vamos às minhas escolhidas!

antinori

Antinori: Seus vinhos estão entre os mais famosos e vendidos do mundo, com isso nada melhor que um local suntuoso pra receber os visitantes – e produzir os vinhos, claro! Ela fica a 30 minutos de Firenze e eu tive o prazer de ter uma tarde especial toda organizada pela Cavist – restaurante que amo e já teve post aqui.

Por lá, além de contemplar a arquitetura lindíssima, acompanhamos todo o processo de produção de vinho e por fim, tivemos um almoço – bisteca fiorentina, salivando!! – que está no TOP3 da viagem (ou da vida mesmo). Tudo com uma vista incrível das videiras em crescimento.

Foi na loja enoorme de Antinori onde compramos mais vinhos. Rótulos incríveis como Tignanello que por aqui custa R$500 e por lá pagamos €45, aliás, trouxemos 15 vinhos na mala (o permitido são 12 litros e foi tudo tranquilo e sem derramamentos).

Aqui no Brasil vale ficar de olho nos rótulos de Antinori, meus favoritos são: Villa Antinori, Pèppoli e Pian delle Vigne , todos tem na Cavist :) E por ser enorme e muito famosa, o site da Antinori é muito completo e dá pra agendar visitas no próprio site, falo isso, pois é bem difícil ter uma informação tão organizada assim!

vinicola-antinori-toscana

Biondi Santi:  – Esse foi especial, pois a Villa ficava na cidade charmosíssima – e imperdível – de Montalcino e esse vinho foi o primeiro brunello feito no mundo! A visita foi bem íntima – na realidade só Rodrigo e eu haha – mas assim facilitou o processo e todas as curiosidades que ele tinha.

Ao final, basicamente degustamos o principal vinho deles, um Brunello Riserva 97, que no Brasil a garrafa custa R$5000 (ele achou que era jabá por eu ser ~blogueira~ e me amou um pouco mais depois disso, mas acho que a italianinha fofa nem sabia do que se tratava e só quis ser gentil), mas tem opções com preços vida realtrouxemos um Super Toscano ótimo de €20.

vinicola-biondi-santi-montalcino

Castello Banfi: Já ouvi falar muito dos vinhos do Banfi e do Castello em si, que tem uma localização de tirar o fôlego (e vimos veadinhos pulando na estrada de terra) e restaurante bem recomendado.

Infelizmente não consegui agendar a visita à vinícola (é necessário antecedência!), mas tivemos um almoço muito delícia e pudemos degustar alguns vinhos na loja e bater um bom papo, aliás, não teve um lugar que fomos onde as pessoas não foram gentis e também amavam falar sobre vinho, comida e Itália :)

No site dá pra saber infos sobre hospedagem, visita ou almoço e os vinhos do Banfi vendem aqui pela na Worldwine e são maravilhosos, recomendo!

vinicola-castello-banfi-toscana

Rocca dellE Macie: Essa foi a favorita do meu marido de toda a viagem, por ser a mais completa em termos de ver o processo do vinho (confesso que euzinha aqui às vezes ficava no mundo da lua com tanto termo técnico e só pensava a parte dos bons drinks vinhos) e também por ser a mais sem pressa. Por lá, vimos todo o processo, da videira ao engarrafamento (e isso não acontece em todas as vinícolas).

Ao final, foi uma degustação caprichada, 7 vinhos ótimos e ainda degustação de mel e azeite produzidos por eles. O Rocca fica no coração de Chianti e a uns 45 minutos de Firenze (vale bate-volta), nesse dia fizemos Rocca e Antinori e foi perfeito.

vinicola-rocca-della-macie-chianti

Sobre preços, não é nada muito caro, a degustação sai em média €20-40 por pessoa, mas também não pensem que é fartura, golinho pra degustar mesmo (disfarça, cheira o vinho e vira haha). Quem tiver alguma outra boa sugestão de vinícolas na Itália, faz favor de compartilhar :) E no Decorismo estendi o post com mais 10 imagens dos meus dias na Toscana!

16 sugestões de vinhos para fim de ano (e o ano todo também)!

08/12/2013  •  Por Thereza  •  Gastronomia, Vinho

e1cf8701f486925efc5de6907c8220d5

Acho que vocês me conhecem bem: gosto de peônias, Chuck Bass, batom rosa e… vinho! Quem me acompanha no Insta sempre me vê pelos bordejos etílicos e já fiz alguns posts sobre o tema e até contando como essa entrada no mundo de Baco me fez bem e mudou até meu relacionamento (já falei que meu marido deixou de tomar chopp no boteco pra degustar vinho comigo hehe) e ainda é mais saudável que bebedeira de vodka, whisky e afins.

Já fiz post com dicas pra iniciar nesse meio aqui, pra experimentar champagnes aqui e agora, atendendo a pedidos, dicas de 16 vinhos pra você tomar e dar de presente nessa época de fim de ano! Sempre recebo pedidos pra falar mais sobre o tema e tá na hora de compartilhar meus favoritos e dizer o que vale a pena pra todos os paladares e bolsos. Tentei ser sucinta na descrição e também não especificar muito sobre as safras pra não complicar, mas certeza que são rótulos consistentes ano após ano. Obrigada Rodrigo por ajudar na escolha e comentários sobre os vinhos (viu, agradeci :P).

VINHOS 1

Cava Cristalino Bru: Espumante espanhol (Cava!) perfeito para festas. Tem ótimo custoxbenefício e bem mais a oferecer do que a maioria dos espumantes de renome e muitas vezes com o dobro do preço. Fresco e super frutado, não é muito seco, mas também zero enjoativo, agrada a qualquer paladar, pra beber a noite toda!

Alta Vista Premium Chardonnay: Branco argentino típico! Vinho muito tropical, com excelentes aromas de maracujá, banana e abacaxi. Ótima opção pra quem quer começar no mundo dos brancos. Simples, mas muito bem feito.

Muga Branco: Espanhol de Rioja. Possui notas de baunilha, mel e ervas, super fresco e ótimo para bebericar no verão. Harmoniza muito bem com canapés e frutos do mar. Bom ter sempre por perto para qualquer ocasião, aliás, gosto tudo que venha de Rioja.

Biot Rosé: Espumente brasileiro da Serra Gaúcua. Ótimo custoxbenefício, boa surpresa e rótulo fofo! Cremoso, frutado, super saboroso e com muitas borbulhas (aka perlagio). Ótimo para festas de fim de ano e perfeito aperitivo!

Lua Cheia Branco: Português bem interessante e uma ótima sugestão de presente, pois impressiona conhecedores e agrada novatos. Muito frutado, cremoso e floral, vinho branco sem erro!

M de Minuty: Rosé francês de Provence super clássico! Leve, com boa acidez (o que significa zero doce e enjoativo) e ótimo para degustar em dias quentes. Aquele tipo de rosé clássico e sem erro, um dos meus favoritos (achei na Premium Drinks).

Champagne Lanson Brut e Rosé: Um dos meus champagnes favoritos. Bom preço que super justifica e ainda superior a muitas marcas mais conhecidas. O branco tem aromas de pêra, amêndoas e frutas cítricas. O rosé lembra frutas vermelhas frescas e é bem seco (ou seja, zero enjoativo), amo! Champagne com bom corpo e fácil de agradar aos mais diversos paladares, vale muito experimentar (sempre compro no Mundial)!

VINHOS2

Antano Crianza: Espanhol de Rioja, saboroso, frutado, com toques de madeira e defumado, vinho com ótimo custoxbenefício. Bem coringa, harmoniza bem com carnes vermelhas e molhos fortes.

Milcampos Tempranillo: Espanhol de Ribera del Duero, encorpado e com deliciosas notas tostadas. Também é um ótimo custoxbenefício e harmoniza muito bem para churrasco. Daqueles pra ter sempre em casa.

Stellenzicht Pinotage: Nome complicado, mas vinho muito fácil de gostar! Sul africano que representa bem a uva mais conhecida da região. Frutado, levemente doce, com muitas ameixas maduras e toques de café. Harmoniza bem com carne e agrada diversos tipos de paladares, especialmente o feminino (por ser levemente doce, é fácil de tomar).

Trivento Golden Reserve Malbec: Vinho denso, suculento e bem encorpado! Com muitos aromas de geléias, frutas negras e chocolate, vai agradar quem gosta de um “pancadão”, pra dar onda rápido (brinks)! Um malbec clássico, com tudo que tem direito e que todos precisam experimentar!

Erasmo Reserva: Chileno com corte de bordeaux. Muito complexo, com ótimos aromas de couro, especiarias e tabaco. Para os entendidos, é um vinho com excelente pontuação pela crítica e com uma forte pegada européia. Bom presente para surpreender entendidos e ótimo para novatos que querem avançar no conhecimento. Por ser muito fechado/intenso, vale usar decanter ou abrir horas antes de beber.

Chatau Caronne: Bordeaux clássico para quem quer ingressar na região mais prestigiada e famosa do mundo! Vinho intenso, elegante e com aroma frutas negras. Ótimo presente que representa bem a elegância de Medoc, uma das minhas regiões favoritas!

Blog por Tiago Cabaço: Português moderno e um dos meus vinhos favoritos (e não é porque se chama blog hehe mas, confesso, o nome me seduziu!). Bem encorpado, com explosão de frutas maduras, mentolado e um frescor maravilhoso. Ótimo potencial gastronômico e harmoniza bem com pratos de sabor mais acentuado.

Rocca delle Macie Chianti Clássico Riserva:  Esse italiano é uma jóia da Toscana, tipo de vinho que encanta os mais exigentes, ótimo para surpreender um entendendor! Elegante, complexo e bem estruturado, um vinhaço, vale cada centavo, excelente presente!

c1c55fabf51b2b56a9248c86b6dd9e9e

Agora pra finalizar, vocês sabem que sempre indico lojas especializadas de vinho como a melhor opção, pois tem bom armazenamento, o que garante a qualidade do vinho (sério, já comprei vinho em mercado que não deu pra beber um gole justamente por essas questões de conservação). Sempre compro na Cavist, que tem na Barra, Ipanema e Leblon, lá é ótimo que é loja+Restaurante.

Também compro sempre na World Wine do Fashion Mall e Grand Cru, essas duas tem no Brasil todo! Também compro na Lidador, Candy e Cadeg. Em mercados, encontro boas promoções no Mundial e Pão de Açucar, mas vale ver a tal questão da conservação nessas grandes redes.

Gostaram das minhas dicas! Se alguém tiver uma boa sugestão ou achado etílico, compartilha por aqui!

 

 

5 dicas pra ficar bonita na luta contra a ressaca!

16/12/2012  •  Por Thereza  •  Beleza, Maquiagem, Vinho

ressaca moi

Nada melhor que um post didático feito esse para um domingo exaustivo de dezembro (afinal, tantas festas de confraternização e afins), que tal? Você aí, cara leitora (maior de idade, vale destacar), sofrendo dos males de uma noite intensa, regada a muitos alguns bons drinks, daí acorda num domingo de sol com uma face que não tem máscara Clé de Peau que disfarce. Um horror!

Estava lendo uma matéria na Glamour americana e achei imprescindível o compartilhamento de conteúdo tão enriquecedor, dicas pra evitar a ressaca e ficar bonita no dia seguinte da balááda, que tal? São dicas básicas, mas alguns segredos e detalhes pra gente colocar em prática, djá!

tumblr_lguh3gisVz1qc0fwzo1_500

Dica 01: O álcool desidrata nosso cérebro, corpo todo e até cabelo, com isso além de beber muita água, é legal prevenir com um complemento de  óleo de peixe ou vitamina B12 (ambos devem vender no Mundo Verde). Não sei se é a mesma coisa que Engov, aliás, taí um remedinho que funciona (quando você lembra de tomar). Dizem também que azeite ajuda no antes, ou seja, pré-night pode ser aquela saladjeenha regada a um belíssimo azeite.

Dica 02: Chegou sofrida? Pra não acordar no dia seguinte com uma cara de quem comeu bebeu e não gostou, um travesseiro extra ajuda a evitar o inchaço (tipo pro corpo ficar mais inclinado), reduzindo o acúmulo dos fluídos. Um creme com vitamina B5 também ajuda no processo de drenagem, ou seja, é tentar prevenir antes do ‘problema’ chegar.

Dica 03: Acordou e não gostou do que viu? Não basta tomar aquele cafézinho pra amenizar a cabeça latejante, cafeína direto na veia no rosto também ajuda! Ela combate a inflamação e ajuda a estimular a pele, tudo pra deixar a gente com cara menos inchada e mais digna! Além disso, um saquinho de chá verde quente por 2 minutos sobre os olhos ajuda a reduzir olheiras, ressecamentos e afins.

Dica 04: A hora da make! Acha que uma boa base pode disfarçar tu-do? Que nada, quando nossa pele está desidratada, a maioria das bases e pós não são absorvidos, deixando tudo tipo craquelê, ou seja, piorando o que já não tá bom! A ideia (dica top dos maquiadores) é focar apenas num BB Cream que vai ajudar a uniformizar (iluminar, esconder poros…) o tom da pele, pois geralmente também acordamos manchadas e com pele sem viço.

Dica 05: São sempre os olhos que nos entregam durante E depois. Nada de sombras escuras (é claro!), mas foco total no iluminador em todos os pontos do rosto e num lápis bege na linha d’água para deixá-los destacados e com cara de descansados!

HANGOVER

Pra finalizar, a minha dica mais infalível, que cura tudo, especialmente a dor de cabeça (= ressaca)! Depois que adquiri o hábito de beber vinho (dificilmente bebo outro tipo de bebida), aprendi a beber MUITA água. Água, o belíssimo líquido precioso é seu melhor amigo nem só pra curar ressaca, mas para você não tê-la!

Pois se bebeu, a ressaca é a desidratação do seu organismo, causado pelo excesso do álcool, com isso, não exceda e beba água antes, durante e depois, é fundamental e um super diferencial! Dica simples, mas que eu demorei anos pra incorporar à rotina do final de semana etílico e hoje vejo toda a diferença!

Gostaram desse edificante post pra um domingo pós-agito? Se você tiver alguma dica, mandinga, segredo, simpatia, contaí vai!

Página 30 de 31« Primeira2728293031